Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

CAETANÓPOLIS / MG - EDIÇÃO ESPECIAL - CCC - COMPANHIA CEDRO E CACHOEIRA DE FIAÇÃO E TECELAGEM






















BEM VINDO DENOVO A CAETANÓPOLIS, CIDADE QUE FICA NA ZONA METALÚRGICA À 96 QUILÔMETROS DE BELO HORIZONTE.
NESTA EDIÇÃO ESPECIAL, MOSTRAREMOS A CCC (COMPANHIA CEDRO E CACHOEIRA) DE FIAÇÃO E TECELAGEM.
UM EMPRESA CENTENÁRIA E PIONEIRA NO GÊNERO NAS MINAS GERAIS.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
EM 1864, OS IRMÃOS BERNARDO CAETANO, FILHOS DO MAJOR ANTÔNIO GONÇALVES DA SILVA MASCARENHAS, PROCURAVAM SEU IRMÃO MAIS VELHO ANTÔNIO CÂNDIDO, RESIDENTE NAS PROXIMIDADES DE TABOLEIRO GRANDE, HOJE PARAOPEBA, E O CONVIDARAM PARA SÓCIO DE UMA FÁBRICA DE TECIDOS QUE SERIA MONTADA NA FAZENDA DAS PONTES, HOJE CAETANÓPOLIS.
ORGANIZADA A SOCIEDADE, DELIBERAM QUE BERNARDO SEGUISSE PARA OS ESTADOS UNIDOS A FIM DE ADQUIRIR OS NECESSÁRIOS TEARES. 
E ASSIM, EM PRINCÍPIOS DE 1868, JÁ SE INAUGURAVA NO MUNICÍPIO A PRIMEIRA FÁBRICA DE TECIDOS DE MINAS GERAIS E A 3ª DO BRASIL, CONTANDO 18 TEARES.
EM 1901, FORAM INSTALADAS A PRIMEIRA ESTAMPARIA DE TECIDOS DE MINAS E A SEGUNDA USINA ELÉTRICA PARA ILUMINAÇÃO PÚBLICA DO ESTADO (TERMELÉTRICA). 
EM 1906 FOI CONSTRUÍDA A PRIMEIRA LINHA TELEFÔNICA DE LONGA EXTENSÃO DO ESTADO DE MINAS, COM 24 QUILÔMETROS, LIGANDO A ANTIGA LOCALIDADE DE CEDRO À ESTAÇÃO DE TABOCAS, DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL. 
foto - Thymonthy Becker Comunicação
O NOME CAETANÓPOLIS É UM PLEITO DE GRATIDÃO ÀQUELE QUE FOI O IDEALIZADOR DA 1º FÁBRICA DE TECIDOS EM MINAS GERAIS: O CORONEL CAETANO MASCARENHAS. 
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AS CONSTRUÇÕES DENTRO DA CIA CEDRO E USADAS COMO DEPARTAMENTOS DA EMPRESA, ERAM DA ANTIGA VILA CONSTRUÍDA PARA OS FUNCIONÁRIOS QUE ALI TRABALHAVAM QUANDO DE SUA INAUGURAÇÃO. AQUI PODE-SE LER A PALAVRA "GRAVAÇÃO"
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AS CONSTRUÇÕES VISTA MAIS DE LONGE.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTAS DUAS CONSTRUÇÕES MOSTRAM A ARQUITETURA USADA NA ÉPOCA DA CONSTRUÇÃO DA CIA CEDRO.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI ELAS DE UM OUTRO ÂNGULO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI PODEMOS VÊ-LA MAIS DE PERTO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTA EH A SIRENE DA CIA CEDRO. EH ACIONADA PARA INICIO E FIM DE JORNADA DE TRABALHO.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
PODEMOS VER QUE EXISTEM MUITOS ESPAÇOS ENTRE AS CONSTRUÇÕES, QUE FORMA TRANSFORMADOS EM BELOS JARDINS, E QUE SERIAM AS RUAS DA ENTÃO VILA.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI VOCE PODE VER OS POSTES PARA ACIONAMENTO DAS BANDEIRAS E TRÊS POSTES DE MADEIRA QUE REPRESENTAM O REFLORESTAMENTO FEITO PELA EMPRESA E A MADEIRA USADA NA CONSTRUÇÃO DA FÁBRICA.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI, NESTA CONSTRUÇÃO, FUNCIONA O MUSEU TÊXTIL
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI NO MUSEU TÊXTIL DÉCIO MASCARENHAS, MANTIDO PELA CEDRO, FUNCIONANDO DESDE 1983 COM UM ACERVO DE MAIS DE 1.000 PEÇAS. 
EH O MAIS COMPLETO MUSEU TÊXTIL DO PAÍS.
REFERÊNCIA PARA ESTUDANTES, HISTORIADORES, ESTUDIOSOS E EMPRESÁRIOS DO SETOR, ALÉM DA COMUNIDADE LOCAL. 
O ESPAÇO RECEBE APROXIMADAMENTE 1.500 VISITANTES POR ANO, CUMPRINDO O PAPEL DE PRESERVAR E PERPETUAR A HISTÓRIA DA INDÚSTRIA TÊXTIL NACIONAL.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
O MUSEU VISTO DE OUTRO ÂNGULO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTES SÃO OS RESTOS PRESERVADOS DO PRIMEIRO EUCALIPTO PLANTADO PELA CEDRO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
E AQUI A AROEIRA USADA NA CONSTRUÇÃO DA CIA CEDRO. PRESERVADO E FAZ PARTE DO ACERVO DO MUSEU.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ENTRADA DO MUSEU
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTE SINO, QUE FOI SUBSTITUÍDO PELA SIRENE, TAMBÉM EH PARTE DO ACERVO DO MUSEU.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
A VARANDA DO MUSEU QUE FUNCIONA EM UM DOS ANTIGOS CASARÕES DA ENTÃO VILA.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
UMA JUSTA HOMENAGEM
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI PODEMOS VER AS RODAS USADAS NOS CARROS DE TRANSPORTE, QUE SÃO TAMBÉM PARTE DO ACERVO DO MUSEU
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI PODEMOS VER DE UM OUTRO ÂNGULO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
O PRÉDIO DO MUSEU VISTO DE LONGE
foto - Thymonthy Becker Comunicação
A RODA DE MADEIRA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI ELA VISTA MAIS DE PERTO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
NUMA VISÃO MAIS AMPLA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTA EH OUTRA RODA TAMBÉM USADA ANTIGAMENTE.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AQUI PODEMOS VER DUAS DELAS
foto - Thymonthy Becker Comunicação
MAIS UMA PEÇA DO MUSEU.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
UMA VISÃO GERAL DE TODO O MUSEU QUE FUNCIONA DENTRO DA CIA CEDRO (COMPANHIA CEDRO E CACHOEIRA DE FIAÇÃO E TECELAGEM)
foto - Thymonthy Becker Comunicação
UMA VISÃO DE OUTRA CONSTRUÇÃO.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
A CIA CEDRO FEZ 140 ANOS DE ATIVIDADE EM CAETANÓPOLIS. E CONTINUA A TODO VAPOR.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESCADAS DE ACESSO AOS DEPARTAMENTOS DA CIA CEDRO.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
OS ANTIGOS CASARÕES. AQUI FUNCIONA O ESCRITÓRIO
foto - Thymonthy Becker Comunicação
DE VOLTA AS CHAMINÉS DA CIA CEDRO E CACHOEIRA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
NÃO FOI POSSÍVEL FAZER IMAGENS NO INTERIOR DO MUSEU. INFELIZMENTE.

VOCE VIU E FICOU SABENDO UM POUCO DA HISTÓRIA DA INDUSTRIA TÊXTIL NAS MINAS GERAIS, MAIS ESPECIFICAMENTE DA CIA CEDRO E CACHOEIRA DE FIAÇÃO E TECELAGEM, QUE FICA NA CIDADE DE CAETANÓPOLIS, E QUE FOI A PIONEIRA NESTE TIPO DE ATIVIDADE NAS MINAS GERIAS E TERCEIRA DO BRAZIL.
ESPERAMOS QUE TENHA VALIDO A PENA SUA VISITA
ATÉ UMA PRÓXIMA OPORTUNIDADE.

-->

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INHAPIM / MINAS GERAIS - No vale do Rio Doce entre as Verdes Montanhas das Minas gerais, uma cidade hospitaleira e charmosa

LINHA DO TEMPO DE "INHAPIM" / MINAS GERAIS / BRASIL
foto - Byllea INHAPIM TEM UMA POPULAÇÃO DE 24.269 HABITANTES(IBGE 2010) Quem nasce em Inhapim é: INHAPINHENSE

ORIGEM DO NOME A origem do nome da cidade vem do pássaro inhapim (Icterus cayanenis) nativo da região.
foto - ? Inhapim é uma palavra do tupi que significa “amanhece” ou “amanhecer”.
A igreja matriz é a porta de entrada da cidade.

foto - ? CONHEÇA UM POUCO MAIS DE INHAPIM POR FOTOS BAIRRO SANTO ANTÔNIO Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira DISTRITO DE MACADAME Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira AABB (ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL) Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira

CARMO DO CAJURU / A CIDADE DOS MÓVEIS

UM AMANHECER COMO ESTE, SÓ EM CARMO DO CAJURU. 
foto - ?
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE CARMO DO CAJURU: POPULAÇÃO: 20.018 HABITANTES (IBGE 2010) HOMENS: 9.600 (APROXIMADAMENTE) MULHERES: 9.400 (APROXIMADAMENTE) ALTITUDE: 772 METROS (MÉDIA) A ECONOMIA DO MUNICÍPIO COMEÇOU COM UMA FÁBRICA DE MANTEIGA, DEPOIS DE FARINHA E MACARRÃO. HOJE SUA ECONOMIA BASEIA-SE NA INDÚSTRIA MOVELEIRA, QUE UMA DAS MELHORES DO BRAZIL. ONDE OS MÓVEIS PRODUZIDOS EM CARMO DO CAJURU SÃO VENDIDOS EM TODO O BRAZIL E EXPORTADO PARA ALGUNS PAÍSES DO MERCO SUL

ESTE É O CASTELO DA LÍDER INTERIORES. ELE FICA NA CIDADE DE MATEUS LEME. MAS PERTENCE A FABRICA DE MOVEIS DE CARMO DO CAJURU
foto - Mauricio Cardim CARMO DO CAJURU, FOI FUNDADA EM DEZEMBRO DE 1948 QUEM NASCE EM CARMO DO CAJURU É: CAJURUENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,774, CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU EM CARMO DO CAJURU, TEM A MAIS FAMOSA FABRICA DE MÓVEIS DO PAÍS. É ALÍDER INTERIORES, QUE FABRICA OS MAIS BONITOS E MODERNOS MÓVEIS DA INDUSTRIA MOVELEIRA. A LÍDER …

CABECEIRA GRANDE / MG

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE CABECEIRA GRANDE. ÚNICO MUNICÍPIO MINEIRO A FAZER DIVISA COM O DISTRITO FEDERAL. AQUI UM PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE. A CAPELA BOLÍVIA imagem - PMCG CABECEIRA GRANDE TEM 6.453 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM CABECEIRA GRANDE EH: CABECEIRENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 22 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.955 ORIGEM DO NOME UMA REFERÊNCIA A CABECEIRA DO RIO QUE A SERVE. HISTÓRIA O DESENVOLVIMENTO DE CABECEIRA GRANDE TORNOU-SE MAIS ACELERADO COM A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA, QUE FICA A 120 km DE DISTÂNCIA. CONTRIBUI BASTANTE TAMBÉM PARA ESTE DESENVOLVIMENTO A ABERTURA DA ESTRADA UNAÍ — BRASÍLIA VIA CABECEIRA GRANDE E PALMITAL. AS PRIMEIRAS DOAÇÕES DE TERRAS FORAM FEITAS PELOS SRS. TRAJANO CAETANO COSTA E PEDRO COSTA FILHO, QUE DECIDIRAM FAZER O ASSENTAMENTO DE UM FUTURO POVOADO. OS PRINCIPAIS POVOADOS DO MUNICÍPIO SÃO: PAU TERRA, BONSUCESSO, VÃO-DE-MOREIRA, RIACHO DO PÉ E O DISTRITO DE PALMITAL. AQUI A SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA - E BANCO BRAZIL imagem - Ma…

EXTREMA / MG - PORTAL DE MINAS / EXTREMAMENTE BELA

BEM VINDO A CIDADE DE EXTREMA. O PORTAL DE MINAS. EXTREMAMENTE BELA. imagem - Vinícius Pazzoto EXTREMA TEM 28.599 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM EXTREMA EH: EXTREMENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 16 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.901 ORIGEM DO NOME O topônimo explica-se pela própria localização geográfica do local, situado no extremo sul do estado de Minas Gerais. Anteriormente, o local chamou-se também, Registro e Santa Rita de Extrema. A primeira dessas denominações explica-se pela mudança do então Registro de Mandu (Pouso Alegre) para a margem do Rio Jaguari, mudança essa determinada pelo Governador General Luiz Diogo da Silva, dando-se a transferência pelo Assento de 29 de novembro de 1764. A segunda - Santa Rita da Extrema -, o foi em homenagem à padroeira do lugar, Santa Rita, e em função da situação geográfica, como ficou dito. HISTÓRIA O núcleo inicial, segundo a tradição que congregou os primeiros moradores da vila de Extrema foi uma ermida, cuja construção data de época n…

PARAOPEBA

BEM VINDO AO MAR AZUL. MUITO BEM VINDO A CIDADE DE PARAOPEBA / CAPITAL NACIONAL DO QUIABO foto - Thymonthy Becker HISTÓRIA Afirma a tradição que foi o Cel. Marques, donatário da Sesmaria, que ao deparar-se com uma onça no meio da mata, indefeso e julgando-se perdido, ele, como católico e de fé, ajoelhou-se e fez uma prece a Nossa Senhora do Carmo rogando que, se sua vida fosse salva, mandaria construir uma capela em sua honra. O animal não o atacou e ele se retirou são e salvo. Posteriormente, ele voltou e cumpriu a promessa, fazendo construir uma capelinha dedicada à Nossa Senhora do Carmo (Padroeira de Paraopeba). Aos poucos, por ser um local de passagem obrigatória dos tropeiros que conduziam boiadas para o sertão da Bahia, foram surgindo algumas casas em torno da capela e o lugar passou a ser chamado de Nossa Senhora do Tabuleiro Grande. Tabuleiro Grande porque tabuleiro era o nome com que os antigos costumavam caracterizar os pontos mais ou menos elevados e de vastas superfícies plana…

CURVELO / BERÇO DA CURVELANA / A MAIS ELEGANTE FACA BRASILEIRA

BEM VINDO A CIDADE DE CURVELO. CIDADE-MÃE DE INÚMERAS OUTRAS
imagem - Tonhão Costa
CURVELO TEM 74.219 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM CURVELO EH: CURVELANO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.875
ORIGEM DO NOME

PONTE NOVA - NAS MARGENS DO RIO PIRANGA

BEM VINDO A CIDADE DE PONTE NOVA. TERRA NATAL DE REINALDO -  ÍDOLO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO E DA DUPLA SERTANEJA VICTOR & LÉO
foto - ?
PONTE NOVA TEM 57.390 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PONTE NOVA EH: PONTENOVENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE OUTUBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.856
ORIGEM DO NOME 

SÃO LUIZ DO PARAITINGA / SÃO PAULO - Em um cenário de ladeiras, ruas, praças, casarões antigos, acontece o carnaval de marchinhas que atrai milhares de turistas anualmente

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "SÃO LUIZ DO PARAITINGA" / SÃO PAULO / BRASIL A parte central da área urbana foi tombada em 1982 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) A Igreja das Mercês foi reerguida com êxito e inaugurada com grande festa no fim de 2011. Paralelamente, surgem novas atrações, como é o caso do Instituto Elpídio dos Santos, um casarão reformado que conta a trajetória do músico nascido na cidade (e traz um memorial sobre as dificuldades enfrentadas nas enchentes). São Luiz do Paraitinga, São Paulo COMO CHEGAR Quem vem de São Paulo deve seguir pelo Complexo Ayrton Senna/Carvalho Pinto até o final e entrar na Via Dutra. Depois de 10 km, em Taubaté, vire à direita na Rod. Oswaldo Cruz (SP-125), seguindo até a cidade. Quem vem do Rio de Janeiro e outros estados ao Norte, deve pegar a Via Dutra até Taubaté. São Luiz é a cidade paulista com o maior número de imóveis tombados Patrimônio Histórico COMO CIRCULAR Além d…

CÓRREGO FUNDO - 2ª PÁGINA

SEJA MUITO BEM VINDO DE VOLTA À CIDADE DE CÓRREGO FUNDO. TRÊS DISTRITOS QUE SE UNIRAM PARA FORMAR ESTA PEQUENA GRANDE CIDADE DO CENTRO OESTE DAS MINAS GERAIS. DO SONHO À REALIDADE. foto - Thymonthy Becker
CLIK AQUI E VEJA A PRIMEIRA PÁGINA DE CÓRREGO FUNDO
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE CÓRREGO FUNDO PELAS LENTES DE MINHA CÂMERA. VEJA ONDE ESTAMOS. CÓRREGO FUNDO JÁ PERTENCEU ÀS CIDADES DE OURO PRETO, SÃO JOÃO DEL REY, TIRADENTES, ITAPECERICA E, POR ÚLTIMO, FORMIGA.

CÓRREGO FUNDO ESTÁ A 727 QUILÔMETROS (08h50min) DA CAPITAL FEDERAL A CIDADE SE ENCONTRA A 203 QUILÔMETROS (03h00min) DA CAPITAL MINEIRA. O MUNICÍPIO ESTÁ A 87 QUILÔMETROS (01h20min) DE DIVINÓPOLIS AQUI PODEMOS VER A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL. FICA NO CÓRREGO FUNDO DE CIMA. foto - Thymonthy Becker ESTIVE EM CÓRREGO FUNDO DIAS ATRÁS E CONHECI UM POUCO MAIS DA HISTÓRIA DA CIDADE. (NÃO PUDE VISITAR, AINDA, CÓRREGO FUNDO DO MEIO) CÓRREGO FUNDO FOI FORMADA COM A UNIÃO DE TRÊS DISTRITOS PRÓXIMOS UM DOS OUTROS.  (CÓRREGO FUNDO DE BAIXO) (CÓRREGO FUND…

ITABIRITO - ENTRE A HISTÓRIA E A MODERNIDADE

BEM VINDO A CIDADE DE ITABIRITO. TERRA DO FAMOSO E PATRIMÔNIO CULTURAL, PASTEL DE ANGU.
foto - Gui Torres
ITABIRITO TEM 45.449 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ITABIRITO EH: ITABIRITENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 07 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.923
ORIGEM DO NOME