Pular para o conteúdo principal

OLHOS D'ÁGUA / NO PARQUE NACIONAL DAS SEMPRE VIVAS


















BEM VINDO A CIDADE DE OLHOS D'ÁGUA. NA SERRA DO ESPINHAÇO
AQUI UMA CACHOEIRA DA REGIÃO
imagem - ?
OLHOS D'ÁGUA TEM 5.267 HABITANTES
QUEM NASCE EM OLHOS D'ÁGUA EH: OLHOS D'AGUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.845

ORIGEM DO NOME

O primeiro nome de do vilarejo foi Pasto das Éguas, dado a condição de ser pouso dos tropeiros, o apoio dos Bandeirantes, Sertanistas e mineradores, nas suas andanças.
Mais tarde devido a presença de três nascentes de água, que os moradores do local usufruíam conduzindo água até mesmo para os quintais de suas casas, deu-se o nome de Santana de Olhos D′Água. O nome Santana, teve influência de famílias provenientes de Diamantina e talvez origens relacionadas com os Bandeirantes, que resolveram se instalar. Posteriormente Olhos D’água
HISTÓRIA


Foram as primeiras entradas baianas de pesquisa mineral, na busca de ouro e diamante, para a Coroa Portuguesa, no século XVI, que atingiram o Norte de Minas. Alguns historiadores afirmam que a primeira expedição a penetrar na região norte-mineira foi a de Espinosa e Navarro. Partindo de Porto Seguro em 13 de julho de 1553, foi se dispersando, deixando componentes em pontos escolhendo as melhores terras, povoando a região, (Fernandes Ribeiro, 1988).
Em 1573, também partindo de Porto seguro, a Bandeira de Sebastião Fernandes Tourinho, atingiu regiões do Rio Jequitinhonha e do rio Araçuai.
A segunda entrada para o Norte de Minas foi a grande Bandeira de Fernão Dias Pais, que partiu de São Paulo em 21 de julho de 1674, em busca de esmeraldas e outras pedras preciosas. Nessa bandeira, Matias Cardoso, organizou-se nas margens do Rio São Francisco, instalando grandes fazendas de apoio aos Bandeirantes e para criação de gado. Antônio Gonçalves Figueira, guia da Bandeira de João Amaro, que saiu de São Paulo em 1691, instalou também grandes fazendas na região de Jaíba, Montes Claros e Olhos D′ Água, (Fernandes Ribeiro, 1988).
É importante ressaltar que em 1820 o padre naturalista francês Auguste de Saint-Hilare, passou pelo Norte de Minas registrando a presença de várias famílias grandes e tradicionais que povoaram vários pontos do Município.
A região de Olhos D′Água, foi povoada em função destas mesmas atividades mineradoras, pois era o caminho que ligava Montes Claros a Diamantina, que unia os vales do São Francisco e Jequitinhonha.
Muitos descendentes das famílias tradicionais de Olhos D′Água ainda moravam na Fazenda Ribeirão, que hoje é um vilarejo.
O povoado de Olhos D′Água nascia sobre influência de várias famílias tradicionais, dentre elas as famílias Dias, Vieira e Praes, havendo fusões como Vieira Dias, etc.

AQUI O ENTORNO DA CIDADE
imagem - F. Welber
ESCOLA PÚBLICA
imagem - F. Aguiar
RIO
imagem - Miro Bilharvas
A PRAÇA DA IGREJA
imagem - Donbigon
IGREJA DE SANT'ANA
imagem - Gildazio Fernandes
PADARIA
imagem -  Miro Bilharvas
VISTA PARCIAL
imagem -  Joel Junior BA
GERAL
imagem - Donbigon
POSTO E HOTEL
imagem - Miro Bilharvas
PRAÇA
imagem - F. Aguiar
PRAÇA
imagem - F. Aguiar
PRAÇA
imagem - F. Aguiar
RIO JEQUITINHONHA
imagem - Gildazio Fernandes
RUA
imagem - F. Aguiar
RUA DA IGREJA
imagem - Gildazio Fernandes
BAIRRO POPULAR
imagem - Miro Bilharvas
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…

BRAGANÇA / PARÁ - A cidade respira Fé, Tradição e Cultura, nas belezas de suas praias, manguezais, rios, igarapés e ilhas

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "BRAGANÇA" / PARÁ / BRASIL  Bragança, localizada na região nordeste do Pará, a 210 quilômetros de Belém, capital do Estado, é um dos municípios mais procurados pelos turistas ao longo do ano, em especial durante as férias escolares.
Lar da Marujada, manifestação cultural que reúne milhares de pessoas no município para festejar São Benedito, Bragança tem praias oceânicas belíssimas, pra quem quiser aproveitar em qualquer época do ano.

A cidade, de origem portuguesa, guarda na sua cultura características religiosas marcantes e também festeja São Sebastião e Nossa Senhora de Nazaré.
Suas fronteiras são estratégicas. Assim, o município oferece o maior número de opções aos turistas: ao Norte está o oceano Atlântico, ao Sul, o município de Santa Luzia do Pará, a Leste os municípios de Augusto Corrêa e Vizeu e a Oeste, Tracuateua.

Na língua tupi, Caeté quer dizer 'mato grande' e, por estar localizada à margem esquerda do rio Caeté, Bragança é c…