Pular para o conteúdo principal

DONA EUZÉBIA





SEJA BEM VINDO A CIDADE DE DONA EUZÉBIA / BERÇO DO VERDE FONTE DE VIDA.
foto - PMDE
DONA EUZÉBIA TEM 6.334 HABITANTES - ESTIMATIVA IBGE 2013 - 
QUEM NASCE EM DONA EUZÉBIA EH: EUZEBENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.962
ORIGEM DO NOME
Seu nome é uma homenagem à Senhora Euzébia de Souza Lima, uma fazendeira humilde que hospedava em sua casa trabalhadores ferroviários. Foi a fazendeira quem doou terras para a construção da estação ferroviária da Cidade e para a construção da Igreja de Nossa Senhora das Dores, padroeira da Cidade.
HISTÓRIA
A história dessa gente é como a de muitos outros produtores rurais brasileiros que antes de encontrarem uma atividade que os permitissem viver dignamente da agricultura, podendo se dar por abençoados quando conseguem encontrar, passaram por muitas dificuldades e por vários ramos na atividade rural. Assim, os produtores rurais de Dona Euzébia antes de se dedicarem obstinadamente ao ramo de produção de mudas cítricas, frutíferas, ornamentais e florestais de tal forma que conseguiram se colocar em 1º lugar no estado de Minas Gerais e em 2º no País passaram por vários ramos de produção na agricultura. Hoje, Dona Euzébia é conhecida em todo o Brasil, devido à coragem destemida dos conterrâneos caminhoneiros, que transportam o verde das mudas cítricas, frutíferas e ornamentais para todos os rincões do País, levando para os lugares por onde passam, um pedacinho da terra de Dona Euzébia, em cada muda que vedem.
Situado na Zona da Mata, o Município tem como riqueza principal a Água Mineral Fonte Hélios, que exporta para outras regiões, além do consumo interno. A sede, a 222 metros de altitude, está ligada a Belo Horizonte pela BR-285 numa distância de 302 quilômetros. As Bacias Hidrográficas dos Rios Pomba e Chopotó são seus principais recursos hídricos. O Clima é tropical ameno, a temperatura estável.
foto - PMDE
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DAS DORES
A Igreja Matriz Nossa Senhora das Dores localizada na Avenida Antônio Esteves Ribeiro, foi construída em 1954 para substituir a Igreja de Nossa Senhora das Dores que ficava no Bairro Bela Vista, local de difícil acesso. Com a finalização da obra da nova matriz começaram as celebrações. Após sua construções na igreja não havia bancos, até que o Sr. Francisco de Assis Ribeiro conseguiu a madeira com o Dr. Joaquim José da Costa Cruz e mandou serrar as tábuas na usina açucareira Paraíso. A madeira foi mandada para Cataguases onde os bancos foram confeccionados. Com a finalização das obras o primeiro casamento a ser realizado na Igreja Matriz foi o do Sr. Jurandir com a Srª Maria Magalhães.
foto - Thymonthy Becker
POUSADA PEDRA BRANCA
Pousada Pedra Branca está localizado à Av. Antônio Esteves Ribeiro nº75 sobre a direção da Senhora Ângela Magalhães que tem o imenso prazer em receber e servir bem todos visitantes. Na Pousada Pedra branca você vai encontrar acomodações com todo conforto.  Também há sala de refeições e Varandas para descanso. Uma vez por mês há, a tradicional seresta que é um sucesso.
Nas instalações da Pousada, contamos com:
- Café da Manhã
- Ventiladores de Teto
- Televisão
- Frigobar e outros
Estive em Dona Euzébia agora em janeiro /2014 e fiquei hospedado nesta pousada pedra branca (olha o carro do batente ai na garagem) a pousada eh realmente muito boa e o atendimento eh nota 10. A cidade eh muito legal. Os trilhos da ferrovia que já não circula por ali mais, ainda estão atravessando as ruas ou paralelas a esta. Achei isto muito legal mesmo. O presente convivendo com o passado. Valeu a pena conhecer a pequena e bela cidade de Dona Euzébia.
foto - Thymonthy Becker
ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
PRAÇA PEDRO DIAS MOREIRA
A Praça Pedro dias Moreira está localizada na região central de Dona Euzébia. A praça destaca-se com um excelente espaço de lazer e entretenimento para a população. Com um lindo paisagismo, a praça também possui um chafariz com uma bela fonte de mármore e belos jardins. A praça de tão bela, pode ser utilizada como cartão postal de Dona Euzébia”. Palavra da Gestora do Circuito Serras e Cachoeiras Thaís de Oliveira Lima.
foto - PMDE
FAZENDA DO FUNIL
A fazenda localizada na BR 120 que liga o município de Dona Euzébia ao município de Guidoval foi fundada pelo inglês John Mayall. Sua sede construída em 1858 guarda a beleza dos casarões coloniais. A fazenda que produziu primeiramente café, contava com uma senzala que foi demolida, restando apenas algumas peças do período escravocrata. A fazenda de propriedade di Sr. Antônio Tiago também conta com um grande atrativo natural, a “cachoeira do funil”, formada pelo Rio Xopotó conserva ao seu redor uma grande  área verde preservada e a presença de muitos animais silvestres.
foto - PMDE
IGREJA EVANGÉLICA
foto - Thymonthy Becker
CONHEÇA UM POUCO MAIS DESTA APAIXONANTE CIDADE
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
VISÃO GERAL DA CIDADE
foto - PMDE
O BELÍSSIMO ENTORNO DA CIDADE DE DONA EUZÉBIA
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO
VALEU PELA VISITA - SEMPRE VOLTE

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…

BRAGANÇA / PARÁ - A cidade respira Fé, Tradição e Cultura, nas belezas de suas praias, manguezais, rios, igarapés e ilhas

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "BRAGANÇA" / PARÁ / BRASIL  Bragança, localizada na região nordeste do Pará, a 210 quilômetros de Belém, capital do Estado, é um dos municípios mais procurados pelos turistas ao longo do ano, em especial durante as férias escolares.
Lar da Marujada, manifestação cultural que reúne milhares de pessoas no município para festejar São Benedito, Bragança tem praias oceânicas belíssimas, pra quem quiser aproveitar em qualquer época do ano.

A cidade, de origem portuguesa, guarda na sua cultura características religiosas marcantes e também festeja São Sebastião e Nossa Senhora de Nazaré.
Suas fronteiras são estratégicas. Assim, o município oferece o maior número de opções aos turistas: ao Norte está o oceano Atlântico, ao Sul, o município de Santa Luzia do Pará, a Leste os municípios de Augusto Corrêa e Vizeu e a Oeste, Tracuateua.

Na língua tupi, Caeté quer dizer 'mato grande' e, por estar localizada à margem esquerda do rio Caeté, Bragança é c…