Pular para o conteúdo principal

PIRANGUINHO





SEJA BEM VINDO A CIDADE DE PIRANGUINHO. O ENGENHO DA SERRA / CAPITAL NACIONAL DO PÉ-DE-MOLEQUE
imagem - Robson Grilo
PIRANGUINHO TEM 8.016 HABITANTES - IBGE 2010
QUEM NASCE EM PIRANGUINHO EH: PIRANGUINHENSE
ACIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARÇO E FOI EMANCIPADA EM 1.963
ORIGEM DO NOME
"PIRANGUINHO" É UM TERMO FORMADO PELA JUNÇÃO DE UM TERMO TUPI, PYRANG ("VERMELHO") COM O SUFIXO DIMINUTIVO DA LÍNGUA PORTUGUESA, "INHO". = VERMELHINHO (COR DO DOCE DE PÉ-DE-MOLEQUE)
HISTÓRIA
PIRANGUINHO INICIOU SUA HISTÓRIA NO FINAL DO SÉCULO XIX, QUANDO O BRAZIL AINDA ERA UM IMPÉRIO GOVERNADO POR D. PEDRO II.
A REGIÃO ONDE ATUALMENTE SE LOCALIZA O MUNICÍPIO DE PIRANGUINHO, ATÉ MEADOS DO SÉCULO XIX, ERA PROPRIEDADE DA BARONESA LEOCÁDIA DE LOURENÇO E ESTAVA SUBORDINADA A SÃO CAETANO DA VARGEM GRANDE - ATUAL BRAZÓPOLIS. COM OS ANOS, A LOCALIDADE ACABOU SE TORNANDO ALVO DE INTERESSE POR PARTE DAS AUTORIDADES RESPONSÁVEIS EM DESENVOLVER O PROJETO "REDE MINEIRA DE VIAÇÃO". TAL EMPREENDIMENTO VISAVA À CONSTRUÇÃO DE UMA ESTRADA DE FERRO QUE LIGASSE ITAJUBÁ À SANTA RITA DO SAPUCAÍ, ESTENDENDO A MALHA FERROVIÁRIA A OUTRAS REGIÕES DO ESTADO.
NA REFERIDA ÉPOCA, A REGIÃO ERA PROVIDA DE RICAS MATAS QUE CONTINHAM MADEIRAS DE LEI - TAIS COMO JACARANDÁ, JEQUITIBÁ, TAIÚVA, PEREIRA E OUTRAS - QUE PODERIAM SER ÚTEIS COMO DORMENTES NA CONSTRUÇÃO DA FERROVIA. DESSA FORMA, UMA COMISSÃO CONSTITUÍDA POR ENCARREGADOS - CHEFES DO PROJETO - DIRIGIU-SE À BARONESA NO INTUITO DE ESTABELECER UMA ESPÉCIE DE PARCERIA. FOI DESSA FORMA QUE A REGIÃO ACABOU SE TORNANDO CONHECIDA COMO "ENGENHO DE SERRA".
A NECESSIDADE DE TRABALHADORES PARA A EMPREITADA NATURALMENTE ATRAIU UM NÚMERO SIGNIFICATIVO DE PESSOAS. DESSA FORMA, INÚMEROS BARRACOS DE MADEIRA E CASAS DE PAU-A-PIQUE FORAM SURGINDO EM TORNO DO ENGENHO PARA ABRIGAR OS TRABALHADORES DO "ENGENHO DE SERRA" E TAMBÉM OS DA ESTRADA-DE-FERRO, DANDO ORIGEM, ASSIM, A UMA PEQUENA POVOAÇÃO.
VISTA PARCIAL DA CIDADE
imagem - ?
MONUMENTO AO PÉ-DE-MOLEQUE
imagem - PMP
RUA DA CIDADE
imagem - ?
AVENIDA JK
imagem - Robson Grilo
GALPÃO
imagem - ?
BELÍSSIMO ENTORNO DA CIDADE
imagem - ?
BAIRRO SANTA EFIGÊNIA
imagem - Robson Grilo
PIRANGUINHO EH A CAPITAL NACIONAL DO PE-DE-MOLEQUE
imagem - Eldo Brasil
A FAMOSA BARRACA VERMELHA QUE VENDE O DOCE
imagem - Daniel Barbosa Bruno
imagem - ?
imagem - ?
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES -
imagem - Robson Grilo
CAMPO DE FUTEBOL
imagem - Robson Grilo
AS MONTANHAS DE MINAS
imagem - João Vitor C.
MATRIZ DE SANTA ISABEL
imagem - Robson Grilo
IGREJA NOSSA SENHORA DO CARMO
A IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARMO FOI CONSTRUÍDA EM 1875, POR GREGÓRIO PEREIRA MOTA PROPRIETÁRIO DA FAZENDA DO CAPOTE; ERA, PORTANTO, UMA IGREJA PARTICULAR E POR ISSO RECEBEU A DENOMINAÇÃO “CAPELA DO CAPOTE”.  A RODOVIA FOI ABERTA, PASSANDO A FRENTE DA CAPELA EM 1957. EM 2003 FOI TOMBADA PELO CONSELHO MUNICIPAL DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL. FICA NO BAIRRO CAPOTE
imagem - Robson Grilo
GERAL
imagem - Robson Grilo
PARCIAL
imagem - ?
EDIFÍCIO CENTENÁRIO DA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DE OLEGÁRIO MACIEL
COM 100 ANOS DE EXISTÊNCIA, A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA ESBANJA CHARME EM SUA ARQUITETURA SIMPLES. ESSE PATRIMÔNIO TOMBADO RETRATA A HISTÓRIA DO MAIS ANTIGO DISTRITO DE PIRANGUINHO. FICA NO DISTRITO DE OLEGÁRIO MACIEL
imagem - ?
imagem - ?
GERAL DA CIDADE
imagem - ?
VAGÃO DE ARTESANATO
imagem - ?
MARCO ZERO DA CIDADE
LOCAL ONDE FOI INSTALADO O ENGENHO DE SERRA AS MARGENS DO RIBEIRÃO DOS PORCOS PARA CONFECÇÃO DOS DORMENTES PARA CONSTRUÇÃO DA FERROVIA. FOI A PARTIR DAÍ QUE SURGIU O POVOADO QUE MAIS TARDE  VEIO A SE TORNAR A CIDADE DE PIRANGUINHO. FICA NO CENTRO
imagem - ?

BARRACA DO PÉ-DE-MOLEQUE
imagem - ?
PONTE DE FERRO
LOCALIZADA NO LIMITE DO MUNICÍPIO COM ITAJUBÁ, A  HISTÓRIA DA PONTE TEM INÍCIO NO FINAL DO SÉCULO XIX, APROXIMADAMENTE POR VOLTA DE 1882, QUANDO DO ADVENTO DA ESTRADA DE FERRO QUE LIGARIA ITAJUBÁ A SANTA RITA DO SAPUCAÍ.  EM TRÊS DE MARÇO DE 1896, COM A INAUGURAÇÃO DA ESTAÇÃO DEFINITIVA E O TÉRMINO DA CONSTRUÇÃO DA PONTE DE FERRO SOBRE O RIO SAPUCAÍ O TREM DEU SUA PRIMEIRA ENTRADA EM PIRANGUINHO. FICA NO BAIRRO ESTAÇÃO
imagem - ?
imagem - Robson Grilo
PONTE SOBRE O RIO SAPUCAÍ
imagem - João Vitor C.
PONTE DE ARCOS
imagem - ?
PRAÇA CEL. BRÁZ
ALÉM DE JARDINS ARBORIZADOS E MUITO ACONCHEGANTES, É NA PRAÇA CEL. BRÁZ QUE SE LOCALIZA A MATRIZ DE SANTA ISABEL, PADROEIRA DA CIDADE, CONSTRUÍDA EM 1945.
EM MAIO DE 2006, FOI INSTALADO O MONUMENTO ABRAÇO NO LOCAL ONDE FOI CONSTRUÍDA A PRIMEIRA IGREJA DA CIDADE. O ABRAÇO É UMA HOMENAGEM AOS PRIMEIROS MORADORES DE PIRANGUINHO, QUE CONSTRUÍRAM A HISTÓRIA DA CIDADE. FICA NO CENTRO
imagem - ?
RUA
imagem - João Vitor C.
RUA DO BAIRRO ESTAÇÃO
imagem - Robson Grilo
VISTA PANORÂMICA
imagem - Robson Grilo
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

MANHUAÇU / MINAS GERAIS - Rodeada por belezas naturais como o Pico da bandeira, belíssimas paisagens como as plantações de café, além de construções centenárias

LINHA DO TEMPO DE "MANHUAÇU" / MINAS GERAIS / BRASIL
Situada na zona da mata de Minas Gerais, Manhuaçu é o maior e mais desenvolvido município da região. Sua localização estratégica possui acesso a diversas rodovias estaduais e federais, estando rodeada por belezas naturais que você não pode deixar de conhecer. Manhuaçu também se destaca pela economia, que gira principalmente na produção de café. A produção regional é a maior do Brasil, sendo produtos de consumo nacional e internacional. Existem muitas fazendas de café na região, que além do impulso econômico, proporcionam uma belíssima paisagem.  Cafezal com pés carregado de café foto - ? Alguns dos maiores atrativos da cidade estão no Ecoturismo. Os principais pontos são a Pedra Furada, reservas Monte Alverne, Sítio Graciema e Mata do Sossego e os balneários Recanto no Paraíso e Cachoeira Sette. A cidade também é rica em patrimônio histórico. A Igreja Matriz São Lourenço, localizada no Centro, é o principal ponto da cidade, co…

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…