Pular para o conteúdo principal

RIBEIRÃO DAS NEVES / A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA

















BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES.
imagem  - Reo 06
RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010
QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953
ORIGEM DO NOME

Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões:
Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES.
Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus pés estavam cobertos de uma neve extremamente branca, semelhante ao gelo e seu pedido era para rezarem muito pelo povo da cidade. Daí surgiu a Padroeira do Município Nossa Senhora das Neves e o nome do Município, RIBEIRÃO DAS NEVES.
HISTÓRIA


As primeiras referências sobre o município de Ribeirão das Neves são do início do século XVIII, o qual denominava-se "Matas de Bento Pires".
Em 1745, o mestre-de-campo Jacintho Vieira da Costa obtém o título de sesmaria de uma porção de terra na região cental e dois anos mais tarde, constrói uma Capela dedicada a Nossa Senhora das Neves, o que dá origem ao nome " Fazenda das Neves". Em 1746, foi construído o engenho da Fazenda das Neves.
Em 1760, morre Jacintho Vieira da Costa e tendo oito filhos ilegítimos, lega seus bens ao filho Antonio Vieira da Costa. Isso gerou um conflito que durou até 1796 quando este falece, sem ter herdeiros legítimos.
Os bens foram levados à leilão, e as fazendas das Neves e Carijós foram arrematadas pelo Capitão José Luis de Andrade, português, morador da Vila do Sabará, iniciando um novo período na história do município. José Luis casou-se em 1799 com D. Francisca Antonia da Costa, com a qual teve dois filhos: O Guarda-mor Joaquim José de Andrade e o Padre José Maria de Andrade. Joaquim José de Andrade, nascido em 1781, veio para Neves em 1818 para morar na Fazenda dos Carijós (hoje bairros Santa Marta, Santa Martinha, Porto Seguro e Nova União) e a comprou de seu pai em 1825. Casou-se em 1826 com Dona Úrsula Maria Nogueira de Alvarenga com a qual teve 8 filhos, deixando grande descendência em Ribeirão das Neves e Pedro Leopoldo.

imagem - Wikipédia

Edificada num panorama de simples atrativos arquitetônicos a cidade conserva uma heterogeneidade religiosa, abrigando igrejas de distintas denominações religiosas, que ao longo de sua história vem constituindo um panorâmico patrimônio histórico e cultural.
CONHEÇA UM POUCO DE RIBEIRÃO DAS NEVES
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Reo 06
imagem - Reo 06
imagem - Reo 06
imagem - Reo 06
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
imagem - Reo 06
imagem - Reo 06
imagem - Jairo Nunes
imagem - Reo 06
VOCE SABIA?

Ribeirão das Neves é considerado um município dormitório, pois a maior parte de seus moradores trabalha na capital mineira, ou nos municípios vizinhos que também fazem parte da Região Metropolitana de Belo Horizonte.
imagem -  Reo 06
imagem - Reo 06
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
imagem - Jairo Nunes
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DAS NEVES
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
ANTIGO CASARÃO
imagem - Reo 06
ORATÓRIO DO ANTIGO CASARÃO
imagem - Reo 06
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES -
imagem - Jairo Nunes
CIDADE DOS MENINOS
imagem - Jairo Nunes
VILA MILITAR
imagem - Jairo Nunes
CAPELA DA VILA MILITAR
imagem - Jairo Nunes
CAMPO DA VILA MILITAR
imagem - Jairo Nunes
ÁRVORE
imagem - Jairo Nunes
ENTORNO
imagem - Reo 06
imagem - Rafael Sguizzato
imagem - Reo 06
imagem - Jairo Nunes
imagem - Rafael Sguizzato
QUADRA MUNICIPAL
 imagem - Alberto Luiz Teixeira
CAMPINHO
imagem - Alberto Luiz Teixeira
imagem - Jairo Nunes
imagem - Jairo Nunes
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…

BRAGANÇA / PARÁ - A cidade respira Fé, Tradição e Cultura, nas belezas de suas praias, manguezais, rios, igarapés e ilhas

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "BRAGANÇA" / PARÁ / BRASIL  Bragança, localizada na região nordeste do Pará, a 210 quilômetros de Belém, capital do Estado, é um dos municípios mais procurados pelos turistas ao longo do ano, em especial durante as férias escolares.
Lar da Marujada, manifestação cultural que reúne milhares de pessoas no município para festejar São Benedito, Bragança tem praias oceânicas belíssimas, pra quem quiser aproveitar em qualquer época do ano.

A cidade, de origem portuguesa, guarda na sua cultura características religiosas marcantes e também festeja São Sebastião e Nossa Senhora de Nazaré.
Suas fronteiras são estratégicas. Assim, o município oferece o maior número de opções aos turistas: ao Norte está o oceano Atlântico, ao Sul, o município de Santa Luzia do Pará, a Leste os municípios de Augusto Corrêa e Vizeu e a Oeste, Tracuateua.

Na língua tupi, Caeté quer dizer 'mato grande' e, por estar localizada à margem esquerda do rio Caeté, Bragança é c…