Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

CORONEL XAVIER CHAVES / MG - UM LUGARZIM DE MINAS, APAIXONANTE


















BEM VINDO A HISTÓRICA, BONITA E ACONCHEGANTE CIDADE DE CEL. XAVIER CHAVES.
foto - Francisco Assis Rodrigues
CORONEL XAVIER CHAVES TEM 3.301 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM CEL. XAVIER CHAVES EH: XAVIERENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARÇO E FOI EMANCIPADA EM 1.962
ORIGEM DO NOME
A origem do topônimo é uma homenagem que os munícipes, com muita razão e justo orgulho, prestaram ao seu eminente e emérito patrono. O Coronel Francisco Rodrigues Xavier Chaves.
HISTÓRIA
O primeiro morador da região, era descendente da família Gonçalves Lara, tendo de fixado, no lugar denominado Mosquito. Segundo dados que nos conta a tradição, este primitivo habitante se dirigiu para aquelas paragens e se estabeleceu em uma aguada para gado e terrenos para cultura. Nesta época, foi eregida a primitiva Capela de Nossa Senhora da Conceição. No albores ainda do século XIX, outro forasteiro procedente do Rio de Janeiro, se deslocou para a região do antigo Mosquito, hoje Coronel Xavier Chaves, fugindo a perseguições políticas, não se sabendo qual seria o seu nome e o de sua família. Este forasteiro fixou-se na região e lá se casou com membros da família Gonçalves Lara, estabelecendo-se na Fazenda do Retiro, tronco da família Mendonça, que mais tarde era numerosa na região. Naquela época, a localidade contava apenas com a fazenda do Mosquito e fazenda do Retiro. Apenas três casas, casa da Pedra, uma casa hoje, já demolida, que pertencia ultimamente a Valentim Chaves de Mendonça e a fazenda Grande, situada no perímetro urbano da atual cidade de Coronel Xavier Chaves.
Os primitivos habitantes, até o início do século XIX, segundo nos foi dado concluir através de registros do arquivo da Prefeitura Municipal, foram as famílias Gonçalves Lara, Chaves e Mendonça. Segundo nos parece e a conhecedores da história de Coronel Xavier Chaves, a região permaneceu estagnada em suas atividades econômicas quando lá chegou por volta dos fins do século XIX, procedente da fazenda do Jacaré, município de Lagoa Dourada, o Coronel Francisco Rodrigues Xavier Chaves, denominado o Comendador. Era ele o homem de sólida formação religiosa, austero, de coração magnânimo e possuidor de vastas extensões de terra e de grande tino administrativo e político. Tornou-se herdeiro da fazenda do Mosquito e das terras do atual município de Coronel Xavier Chaves. Este homem, dinâmico e progressista, deu início à formação da povoação para lá trazendo muitas famílias, fixando-as ao meio através de trabalho nas lavouras, engenhos e na fabricação de manteiga. A sua vocação política levou-o a muito trabalhar para o desenvolvimento daquela região. 
AQUI UM ALAMBIQUE
foto - ?
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
Não existem registros sobre a história da "Igrejinha do Rosário". Data de construção ou nome de seus construtores é desconhecida. Segundo Cida Chaves "havia ou há na atualmente chamada Igrejinha do Rosário uma pedra datada de 1717. A capela pertencia a Fazendo do Mosquito que, como era costume no Brasil, possuía, na sua intimidade, outra capela para devoção das pessoas e escravos da casa". Deve-se registrar que a Fazendo do Mosquito foi uma das três fazendas cujas terras foram divididas entre parentes do Coronel Xavier Chaves, o que deu origem à cidade. Segundo seus moradores, a capela era originalmente revestida por reboco, tanto interna, quanto externamente e as paredes internas decoradas com pinturas. O reboco foi removido em 1973 e hoje a edificação é totalmente em pedra à vista. Observando atentamente o acabamento das paredes, a perfeição das vergas das portas aparente e só foi revestida tempos depois. Esta é apenas uma opinião e não um parecer conclusivo. A devoção inicial da Igreja era N. Senhora da Conceição. Com a construção da Igreja Matriz dedicada a mesma devoção a igreja passou a ser dedicada a Nossa Senhora do Rosário.
foto - André Luís Vieira
foto - André Luís Vieira
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
A Matriz de Nossa Senhora da Conceição foi construída em 1920 em estilo neo-gótico. Ao longo dos anos, sofreu algumas alterações, sobretudo em seu interior.
foto - André Luís Vieira
ENGENHO BOA VISTA
Sabe-se da existência do engenho Boa Vista desde o ano de 1755, no entanto, a data e os responsáveis por sua construção são desconhecidos. Em 1755 era de propriedade de Vicente Luís Loureiro, que mais tarde o vendeu para Manoel de Barros, pardo e forro, casado com Antônia Teles. Que venderam o engenho para Maria da Conceição Xavier, casada com Lourenço Coutinho que por sua vez fez a doação para Domingos Silva Xavier, em 1763 "para efeito de se tornar padre". Ordenou-se sacerdote, era afilhado do inconfidente Pare Toledo e foi vigário de São João Del Rei. Participante da Inconfidência Mineira foi perseguido, fugindo para Cuiabá, onde exercia o ofício de rábula, sendo preso em 1791. Padre Domingos da Silva Xavier era irmão mais velho de Tiradentes. O engenho nunca deixou de pertencer à família Xavier. Entre 1950 e 1960, pertencia a uma filha do Coronel Xavier Chaves e em 1978, o atual proprietário Sr. Rubens Resende Chaves o adquiriu. Em 1995 suas instalações foram ampliadas e a partir de 1997, o fabrico de cachaça foi retomado.
foto -  PMCXC
JEQUITIBÁ
O exemplar de jequitibá aqui focalizado, tipo branco,  nasceu nas proximidades de um local chamado "Cava Amarela". Existem nas proximidades várias dessas cavas que na realidade são caminhos cercados por barrancos cuja densa vegetação lateral se encontra no alto formando um "teto" sobre o caminho. A Cava Amarela é muito visitada e nela também passam competidores de enduros e competições de motociclismo. O exemplar em questão cresceu numa área coberta por pastagem, localizada cerca de 6 km da sede do município. Segundo técnicos especializados, este local deve ser sido anteriormente coberto por mata densa. Este exemplar tem cerca de 30m de altura, um tronco que segundo moradores da cidade, necessita do concurso de cinco homens para abraçá-lo e sua copa tem aproximadamente 40 m de diâmetro.
Pode atingir 35 a 45 m de altura, com tronco de 90 a 120 cm de diâmetro. É uma das maiores árvores da flora brasileira. Especula-se que o jequitibá tem ciclo vital de 1000 anos. O Jequitibá tem duas espécies, branca e rosa e ocorre desde o sul da Bahia até o Rio Grande do Sul, na Mata Atlântica e subtropical. É rara no cerrado ou em Terrenos secos.
foto -  PMCXC
foto - Francisco Assis Rodrigues
TRILHA DO CARTEIRO
A Trilha do Carteiro atravessa a parte mais baixa do maciço da Serra de São José, a 1200 metros e altitude. Em todo o seu percurso existem várias nascentes, o que também indica conforto para o seu usuário, pois em vários pontos as pessoas e animais podem se abastecer.
O nome da trilha tem origem na pessoa ou pessoas que trabalhavam na distribuição de correspondência entre os povoamentos e arraias da região, existindo até um monumento de pedras empilhadas, chamada pela população de túmulo.
O carteiro, com sua atividade profissional, procurava caminhos mais curtos para facilitar seu trabalho. Se não cortasse a serra o percurso seria muito mais para chegar à vila de São José. Foram os carteiros os primeiros a traçar a rota e percorrê-la regularmente. Tornou-se caminho oficial e mereceu trabalhos de execução de sua infra estrutura.
Partindo da vila de São José, após um percurso plano tem-se início da Trilha do Carteiro (Via Principal), que é o caminho calçado em boa parte, contornando a primeira montanha, subindo em direção ao topo da Serra de São José. Vencido este trecho de um quilômetro chega-se ao túmulo do carteiro, personagem que dá nome à trilha, onde a superstição é que cada um que passe por ali, coloque um pedra sobre o túmulo, esta pode ser de qualquer tamanho
foto -  PMCXC
foto -  PMCXC
foto - ?
CASAS DE FAZENDA
foto - Francisco Assis Rodrigues
foto - Francisco Assis Rodrigues
CONHEÇA UM POUCO MAIS DESTA BELÍSSIMA CIDADE
foto - Adeilson César
foto - Francisco Assis Rodrigues
foto - André Luís Vieira
foto - ?
OS BANCOS DA PRAÇA SÃO ASSIM
foto -  PMCXC
foto - Francisco Assis Rodrigues
foto -  PMCXC
foto -  PMCXC
foto - ?
A MATA NO ENTORNO DA CIDADE
foto - Francisco Assis Rodrigues
foto - Francisco Assis Rodrigues
A BELA E RIQUÍSSIMA CIDADE DAS ESCULTURAS.
foto - ?
foto -  PMCXC
foto -  PMCXC
AS ESCULTURAS DE PEDRAS SÃO A ATRAÇÃO PRINCIPAL. MAS A CIDADE TEM MUITO MAIS PARA VOCÊ ADMIRAR-SE.
OS ANJOS TOCHEIROS ESCULPIDOS EM PEDRA SABÃO SÃO DO ESCULTOR DAVID FUZATTO (https://plus.google.com/u/0/106894819292889373363/videos) ACESSE O VÍDEO E VEJA OUTRAS ESCULTURAS DE DAVID FUZATTO.
foto - ?
foto - ?
foto -  PMCXC
foto -  PMCXC
SHOW DEMAIS ESTA PRAÇA
foto -  PMCXC
foto -  PMCXC
foto - ?
foto - ?
foto - ?
AS CACHOEIRAS SÃO UMA ATRAÇÃO A MAIS PARA VOCÊ
foto -  PMCXC
O RIO MOSQUITO
foto - Francisco Assis Rodrigues
A SERRA SÃO JOSÉ NO ENTORNO DA CIDADE
foto - Francisco Assis Rodrigues
OS MUROS DE PEDRA CORTANDO A SERRA
foto - Francisco Assis Rodrigues
foto - André Luís Vieira
foto - Francisco Assis Rodrigues
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

INHAPIM / MINAS GERAIS - No vale do Rio Doce entre as Verdes Montanhas das Minas gerais, uma cidade hospitaleira e charmosa

LINHA DO TEMPO DE "INHAPIM" / MINAS GERAIS / BRASIL
foto - Byllea INHAPIM TEM UMA POPULAÇÃO DE 24.269 HABITANTES(IBGE 2010) Quem nasce em Inhapim é: INHAPINHENSE

ORIGEM DO NOME A origem do nome da cidade vem do pássaro inhapim (Icterus cayanenis) nativo da região.
foto - ? Inhapim é uma palavra do tupi que significa “amanhece” ou “amanhecer”.
A igreja matriz é a porta de entrada da cidade.

foto - ? CONHEÇA UM POUCO MAIS DE INHAPIM POR FOTOS BAIRRO SANTO ANTÔNIO Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira DISTRITO DE MACADAME Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira AABB (ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL) Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira

CARMO DO CAJURU / A CIDADE DOS MÓVEIS

UM AMANHECER COMO ESTE, SÓ EM CARMO DO CAJURU. 
foto - ?
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE CARMO DO CAJURU: POPULAÇÃO: 20.018 HABITANTES (IBGE 2010) HOMENS: 9.600 (APROXIMADAMENTE) MULHERES: 9.400 (APROXIMADAMENTE) ALTITUDE: 772 METROS (MÉDIA) A ECONOMIA DO MUNICÍPIO COMEÇOU COM UMA FÁBRICA DE MANTEIGA, DEPOIS DE FARINHA E MACARRÃO. HOJE SUA ECONOMIA BASEIA-SE NA INDÚSTRIA MOVELEIRA, QUE UMA DAS MELHORES DO BRAZIL. ONDE OS MÓVEIS PRODUZIDOS EM CARMO DO CAJURU SÃO VENDIDOS EM TODO O BRAZIL E EXPORTADO PARA ALGUNS PAÍSES DO MERCO SUL

ESTE É O CASTELO DA LÍDER INTERIORES. ELE FICA NA CIDADE DE MATEUS LEME. MAS PERTENCE A FABRICA DE MOVEIS DE CARMO DO CAJURU
foto - Mauricio Cardim CARMO DO CAJURU, FOI FUNDADA EM DEZEMBRO DE 1948 QUEM NASCE EM CARMO DO CAJURU É: CAJURUENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,774, CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU EM CARMO DO CAJURU, TEM A MAIS FAMOSA FABRICA DE MÓVEIS DO PAÍS. É ALÍDER INTERIORES, QUE FABRICA OS MAIS BONITOS E MODERNOS MÓVEIS DA INDUSTRIA MOVELEIRA. A LÍDER …

CABECEIRA GRANDE / MG

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE CABECEIRA GRANDE. ÚNICO MUNICÍPIO MINEIRO A FAZER DIVISA COM O DISTRITO FEDERAL. AQUI UM PATRIMÔNIO CULTURAL DA CIDADE. A CAPELA BOLÍVIA imagem - PMCG CABECEIRA GRANDE TEM 6.453 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM CABECEIRA GRANDE EH: CABECEIRENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 22 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.955 ORIGEM DO NOME UMA REFERÊNCIA A CABECEIRA DO RIO QUE A SERVE. HISTÓRIA O DESENVOLVIMENTO DE CABECEIRA GRANDE TORNOU-SE MAIS ACELERADO COM A CONSTRUÇÃO DE BRASÍLIA, QUE FICA A 120 km DE DISTÂNCIA. CONTRIBUI BASTANTE TAMBÉM PARA ESTE DESENVOLVIMENTO A ABERTURA DA ESTRADA UNAÍ — BRASÍLIA VIA CABECEIRA GRANDE E PALMITAL. AS PRIMEIRAS DOAÇÕES DE TERRAS FORAM FEITAS PELOS SRS. TRAJANO CAETANO COSTA E PEDRO COSTA FILHO, QUE DECIDIRAM FAZER O ASSENTAMENTO DE UM FUTURO POVOADO. OS PRINCIPAIS POVOADOS DO MUNICÍPIO SÃO: PAU TERRA, BONSUCESSO, VÃO-DE-MOREIRA, RIACHO DO PÉ E O DISTRITO DE PALMITAL. AQUI A SEDE DO PODER EXECUTIVO - PREFEITURA - E BANCO BRAZIL imagem - Ma…

EXTREMA / MG - PORTAL DE MINAS / EXTREMAMENTE BELA

BEM VINDO A CIDADE DE EXTREMA. O PORTAL DE MINAS. EXTREMAMENTE BELA. imagem - Vinícius Pazzoto EXTREMA TEM 28.599 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM EXTREMA EH: EXTREMENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 16 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.901 ORIGEM DO NOME O topônimo explica-se pela própria localização geográfica do local, situado no extremo sul do estado de Minas Gerais. Anteriormente, o local chamou-se também, Registro e Santa Rita de Extrema. A primeira dessas denominações explica-se pela mudança do então Registro de Mandu (Pouso Alegre) para a margem do Rio Jaguari, mudança essa determinada pelo Governador General Luiz Diogo da Silva, dando-se a transferência pelo Assento de 29 de novembro de 1764. A segunda - Santa Rita da Extrema -, o foi em homenagem à padroeira do lugar, Santa Rita, e em função da situação geográfica, como ficou dito. HISTÓRIA O núcleo inicial, segundo a tradição que congregou os primeiros moradores da vila de Extrema foi uma ermida, cuja construção data de época n…

PARAOPEBA

BEM VINDO AO MAR AZUL. MUITO BEM VINDO A CIDADE DE PARAOPEBA / CAPITAL NACIONAL DO QUIABO foto - Thymonthy Becker HISTÓRIA Afirma a tradição que foi o Cel. Marques, donatário da Sesmaria, que ao deparar-se com uma onça no meio da mata, indefeso e julgando-se perdido, ele, como católico e de fé, ajoelhou-se e fez uma prece a Nossa Senhora do Carmo rogando que, se sua vida fosse salva, mandaria construir uma capela em sua honra. O animal não o atacou e ele se retirou são e salvo. Posteriormente, ele voltou e cumpriu a promessa, fazendo construir uma capelinha dedicada à Nossa Senhora do Carmo (Padroeira de Paraopeba). Aos poucos, por ser um local de passagem obrigatória dos tropeiros que conduziam boiadas para o sertão da Bahia, foram surgindo algumas casas em torno da capela e o lugar passou a ser chamado de Nossa Senhora do Tabuleiro Grande. Tabuleiro Grande porque tabuleiro era o nome com que os antigos costumavam caracterizar os pontos mais ou menos elevados e de vastas superfícies plana…

CURVELO / BERÇO DA CURVELANA / A MAIS ELEGANTE FACA BRASILEIRA

BEM VINDO A CIDADE DE CURVELO. CIDADE-MÃE DE INÚMERAS OUTRAS
imagem - Tonhão Costa
CURVELO TEM 74.219 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM CURVELO EH: CURVELANO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.875
ORIGEM DO NOME

PONTE NOVA - NAS MARGENS DO RIO PIRANGA

BEM VINDO A CIDADE DE PONTE NOVA. TERRA NATAL DE REINALDO -  ÍDOLO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO E DA DUPLA SERTANEJA VICTOR & LÉO
foto - ?
PONTE NOVA TEM 57.390 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PONTE NOVA EH: PONTENOVENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE OUTUBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.856
ORIGEM DO NOME 

SÃO LUIZ DO PARAITINGA / SÃO PAULO - Em um cenário de ladeiras, ruas, praças, casarões antigos, acontece o carnaval de marchinhas que atrai milhares de turistas anualmente

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "SÃO LUIZ DO PARAITINGA" / SÃO PAULO / BRASIL A parte central da área urbana foi tombada em 1982 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) A Igreja das Mercês foi reerguida com êxito e inaugurada com grande festa no fim de 2011. Paralelamente, surgem novas atrações, como é o caso do Instituto Elpídio dos Santos, um casarão reformado que conta a trajetória do músico nascido na cidade (e traz um memorial sobre as dificuldades enfrentadas nas enchentes). São Luiz do Paraitinga, São Paulo COMO CHEGAR Quem vem de São Paulo deve seguir pelo Complexo Ayrton Senna/Carvalho Pinto até o final e entrar na Via Dutra. Depois de 10 km, em Taubaté, vire à direita na Rod. Oswaldo Cruz (SP-125), seguindo até a cidade. Quem vem do Rio de Janeiro e outros estados ao Norte, deve pegar a Via Dutra até Taubaté. São Luiz é a cidade paulista com o maior número de imóveis tombados Patrimônio Histórico COMO CIRCULAR Além d…

CÓRREGO FUNDO - 2ª PÁGINA

SEJA MUITO BEM VINDO DE VOLTA À CIDADE DE CÓRREGO FUNDO. TRÊS DISTRITOS QUE SE UNIRAM PARA FORMAR ESTA PEQUENA GRANDE CIDADE DO CENTRO OESTE DAS MINAS GERAIS. DO SONHO À REALIDADE. foto - Thymonthy Becker
CLIK AQUI E VEJA A PRIMEIRA PÁGINA DE CÓRREGO FUNDO
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE CÓRREGO FUNDO PELAS LENTES DE MINHA CÂMERA. VEJA ONDE ESTAMOS. CÓRREGO FUNDO JÁ PERTENCEU ÀS CIDADES DE OURO PRETO, SÃO JOÃO DEL REY, TIRADENTES, ITAPECERICA E, POR ÚLTIMO, FORMIGA.

CÓRREGO FUNDO ESTÁ A 727 QUILÔMETROS (08h50min) DA CAPITAL FEDERAL A CIDADE SE ENCONTRA A 203 QUILÔMETROS (03h00min) DA CAPITAL MINEIRA. O MUNICÍPIO ESTÁ A 87 QUILÔMETROS (01h20min) DE DIVINÓPOLIS AQUI PODEMOS VER A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL. FICA NO CÓRREGO FUNDO DE CIMA. foto - Thymonthy Becker ESTIVE EM CÓRREGO FUNDO DIAS ATRÁS E CONHECI UM POUCO MAIS DA HISTÓRIA DA CIDADE. (NÃO PUDE VISITAR, AINDA, CÓRREGO FUNDO DO MEIO) CÓRREGO FUNDO FOI FORMADA COM A UNIÃO DE TRÊS DISTRITOS PRÓXIMOS UM DOS OUTROS.  (CÓRREGO FUNDO DE BAIXO) (CÓRREGO FUND…

ITABIRITO - ENTRE A HISTÓRIA E A MODERNIDADE

BEM VINDO A CIDADE DE ITABIRITO. TERRA DO FAMOSO E PATRIMÔNIO CULTURAL, PASTEL DE ANGU.
foto - Gui Torres
ITABIRITO TEM 45.449 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ITABIRITO EH: ITABIRITENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 07 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.923
ORIGEM DO NOME