Pular para o conteúdo principal

SANTO ANTÔNIO DO AMPARO / MINAS GERAIS - No gelado inverno, vale saborear pão de queijo no café da manhã, tropeiro no almoço e frango caipira com quiabo no jantar. Tudo isso a beira de um fogão a lenha




LINHA DO TEMPO DE "SANTO ANTÔNIO DO AMPARO" / MINAS GERAIS / BRASIL
SANTO ANTÔNIO DO AMPARO EH UMA CIDADE MUITO TRANQUILA, HOSPITALEIRA, MAS CHEIA DE VIDA.
foto - PMSAA
ESTANDO AS MARGENS DA BR 381 (FERNÃO DIAS) MOSTRA-SE UMA CIDADE IMPONENTE E ONDE AS PESSOAS QUE POR ALI PASSAREM OU SE HOSPEDAREM, SÃO SEMPRE MUITO BEM RECEBIDAS.
foto - PMSAA
TEM UMA CACHOEIRA QUE FICA A UNS 5 km DA CIDADE, QUE EH MUITO BOA DE SE ESTAR. ÁGUA FRIA E BEM CORRENTE. MUITAS PEDRAS PARA VOCÊ CURTIR UM DIA DE AVENTURA NAS CORREDEIRAS.
foto - PMSAA
CONHEÇA POR AQUI UM POUCO DA CIDADE E DEPOIS VENHA VISTÁ-LA E CURTIR COM ESSE POVO BEM HOSPITALEIRO, DE BEM COM A VIDA E MUITO SOCIAL.
foto - PMSAA
AQUI VOCÊ ENCONTRA A TÍPICA COZINHA MINEIRA, O TRADICIONAL PÃO DE QUEIJO NO CAFÉ DA MANHÃ, O TROPEIRO NO ALMOÇO E O FRANGO COM QUIABO NO JANTAR. ISSO TUDO NUM FOGÃO DE LENHA. NO INVERNO FICA MELHOR AINDA, SABOREAR TODA ESSA DELICIA NA BEIRA DO FOGÃO A LENHA.
foto - PMSAA
foto - PMSAA
foto - PMSAA
BEM VINDO A SANTO ANTÔNIO DO AMPARO / UMA CIDADE HOSPITALEIRA. 
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 18.462
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 488,885
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 35,48
Código do Município 315990
Gentílico - Amparense
ORIGEM DO NOME 
Seu nome, Santo Antônio, deve-se ao milagre, e Amparo ao fato de que os viajantes se instalavam embaixo de coqueiros, que lá existem até hoje.
Gentílico: amparense
HISTÓRICO
A denominação do Município de Santo Antônio do Amparo, deve-se a dois motivos, um religioso e outro por servir a localidade, de amparo aos viajantes e tropeiros que passavam pela região, até então habitada por índios, dos quais ainda encontramos muitos vestígios.
Existiam duas minas d´água uma de cada lado, onde crescia uma planta chamada esporão, tipo de trepadeira, muito comum na região, que se alastrava por cima de outras árvores formando uma espécie de caramanchão.
Este local servia de amparo aos viajantes que por alí passavam em direção ao Circuito do ouro, Rio de Janeiro, Triângulo Mineiro e Goiás. Alí abasteciam seus cantis, faziam suas refeições e pernoitavam para descanso. 
No bairro Areão começou a surgir o pequeno povoado de Santo Antônio do Amparo, ainda hoje podemos encontrar duas de suas primeiras casas, feitas de pau-a-pique. 
O fundador deste povoado foi Manuel Ferreira Carneiro, vulgo “Jangada”, que aqui chegou por volta de 1778. O "Jangada" comprou estas terras a troco de um capote de inverno. A primeira parte do nome do município, segundo consta, surgiu de uma promessa feita por José, filho de Manuel Ferreira, a Santo Antônio de Pádua. Consta-se que com o desaparecimento de um de seus escravos, José prometeu a Santo Antônio, caso tivesse seu escravo de volta, a construção de uma capela da qual seria padroeiro. Feita a promessa, logo ápos, o escravo apareceu de volta, ápos ter tido uma visão do Santo. Julgando-se tratar de um milagre, José mandou construir a Capela dedicada a Santo Antônio no ponto mais alto de suas terras.
VEJA QUE PACATA E BONITA CIDADE
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
AQUI, UMA DAS TRILHAS QUE DÁ ACESSO AS CACHOEIRAS DA COMUNIDADE DOS FAGUNDES
foto - Thymonthy Becker
AQUI, A MATRIZ DE SANTO ANTÔNIO DO AMPARO
foto - ?
foto - ?
COM O CORETO TRADICIONAL
foto - ?
foto - ?
ESTE EH O HINO OFICIAL DA CIDADE.
Vindo de terras tão distantes
Por entre vales, rios e colinas
Um dia certo viajantes
Chegou guiado pela mão divina

Talvez pela fatalidade
Quem Deus por mera sorte
Ia se criar uma cidade
Trocando terras por seu capote

Rogando a Deus em pranto
Arrependido da ação covarde
Promessa fez ao grande Santo
de um Capela erguer na propriedade

Ao raiar um novo dia
Qual foi o espanto, quanta alegria
Vendo o escravo ali parado
Prostado ao chão à Deus agradecia

Para cumprir sua promessa
Ao grande Santo é o que Deus ensina
Santo Antônio tem sua capela
Edificada no alto da Colina

E todo viajante cansado
Encontra aqui à sombra da palmeira
Em Santo Antônio do Amparo
Abrigo e paz, cidade hospitaleira
Composto por "José Pedro Dutra"
VEJAM QUE BELOS CASARÕES TOTALMENTE PRESERVADOS
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto - ?
AQUI A ZONA RURAL DA CIDADE
foto - ?
A BONITA ARQUITETURA DO PALÁCIO DA MUNICIPALIDADE
foto - ?
ESTA EH A BR 381 (FERNÃO DIAS) CUJA CIDADE ESTA AS MARGENS
foto - ?
foto - ?
CLIMA 
O clima do Município é tropical de altitude, tropical, pois é caracterizado por um verão chuvoso e um inverno frio e seco, com temperatura média de 20 graus, máxima de 30 e mínima de 10 graus. O tropical de altitude é assim denominado pelo efeito amenizante na temperatura por causa da altitude superior a 1000 m. Na sede do município onde está situada a Igreja Matriz a altitude é de 1013 m, existindo pontos de até 1350 m. 
A ocorrência de geadas restringem-se a àreas baixas próximas de córregos e de difícil escoamento de massa de ar frio. 
Toda cidade procura incentivar o povo com festas e eventos, artesanato local para promover e divulgar seu Município, manter ativo o espírito do folclore e fortalecer o turismo 
Devido a cidade estar a mais de 1.000 metros acima do nível do mar, no inverno ocorre a incidência de geadas nas regiões próximas aos rios e nascentes, em Santo Antônio do Amparo, Minas Gerais
Hidrografia: 
O município esta situado a mais de 1000 metros de altitude caracterizando-o como região de nascentes de cursos de água. O córrego da Lagoa e o córrego Tome Borges formam o Rio Amparo que e afluente do Rio Jacaré que pertence a bacia do Rio Grande. Apesar de não possuir rios caudalosos o município e bem servido de fontes, cachoeiras e pequenos córregos que fazem dele o lugar ideal para a agricultura e pecuária. 
Vegetação: 
A vegetação esta diretamente ligada ao relevo. Nas regiões mais onduladas e montanhosas existiam florestas com ocorrência de madeira de lei. Hoje restam poucas áreas no município, foram transformadas em pastagens e lavouras de café. Na região de cerrado encontramos dois tipos de vegetação, um mais denso, com arvores como sucupira e pau d arco, cujas as folhas caem na época seca. O cerrado menos denso, com arvores cujos os troncos são tortos, com casca grossa, com o barbatimao e castanha de macaco. Nas regiões de campos encontramos pouca vegetação de porte, ocorrendo mais arbustos e o capim fino como o barba de bode. Nas várzeas há a mata ciliar, uma pequena ocorrência de arvores próximas aos leitos dos rios que esta pouco preservada e o capim nativo.
A região de matas e florestas foram que que toda ela substituída por lavouras, principalmente do café, em Santo Antônio do Amparo, Minas Gerais

ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE
AGRADEÇO SUA VISITA E SEMPRE VOLTE
foto - ?

ATÉ BREVE


fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Portal da Prefeitura Municipal / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

SARZEDO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM E RICA NA PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO VEJA QUE BELA AVENIDA imagem - Montanha SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995 HISTÓRIA OS PRIMEIROS CONTATOS DO HOMEM BRANCO COM A REGIÃO RECUAM AO INÍCIO DO CICLO DO OURO. AS TERRAS DO ATUAL MUNICÍPIO FICARAM À MARGEM DO PROCESSO DE OCUPAÇÃO E URBANIZAÇÃO QUE CARACTERIZOU AS REGIÕES AURÍFERAS DE MINAS GERAIS. O POVOAMENTO DE SARZEDO TEVE MAIOR IMPULSO COM A IMPLANTAÇÃO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL, LINHA DO PARAOPEBA. A ESTAÇÃO DE SARZEDO FOI INAUGURADA EM 20 DE JUNHO DE 1917. O NOME DA ESTAÇÃO E, DEPOIS, DO MUNICÍPIO, É UMA HOMENAGEM AO ENGENHEIRO ESPANHOL FRANCISCO SARZEDO QUE TRABALHOU NA CONSTRUÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO. AQUI A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. ONDE A CIDADE COMEÇOU imagem - T…

CORONEL FABRICIANO / CIDADE DA SERRA DOS COCAIS

BOM DIA. BEM VINDO A CORONEL FABRICIANO.
copyrigth "pmcf" CORONEL FABRICIANO TEM 103.797 HABITANTES. QUEM NASCE EM CORONEL FABRICIANO É: FABRICIANENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,789 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A ÁREA DA CIDADE É DE APENAS 221 QUILÔMETROS QUADRADOS. DEVIDO A ISTO, A DENSIDADE DEMOGRÁFICA É ALTA. SÃO 470 HABITANTES POR QUILÔMETRO QUADRADO. Destemidos desbravadores, muitos dos quais heróis anônimos que arrostando o endêmico impaludismo, em meio selvagem e hostil, abriram picadões, rasgaram clareiras, mata virgem adentro sertões afora, para que a ferrovia Vitória a Minas pudesse estender as suas paralelas de aço em direção a Itabira, em demanda do riquíssimo minério de ferro do fabuloso Cauê, hoje fonte principal de uma das maiores divisas acarretadas para a Pátria Brasileira. Foi do arroio daqueles heróicos operários, que surgiu a atual cidade Coronel Fabriciano, que até o princípio de 1922 não passava de uma floresta virgem, não violada p…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

NAZÁRIO / GOIÁS - NO CORAÇÃO DA CRIANÇA RESIDE O SEGREDO DA PAZ - CIDADE AMIGA DAS MINAS GERAIS

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE NAZÁRIO. NO CORAÇÃO DE GOIÁS. A MAIOR PRODUTORA DE PÓ DE GELATINA DO BRAZIL. UMA CIDADE ACOLHEDORA E DE PESSOAS PRESTATIVAS. foto - Thymonthy Becker Comunicação NAZÁRIO TEM 8.421 HABITANTES (ESTIMATIVA IBGE 2013) QUEM NASCE EM NAZÁRIO EH: NAZARINENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 25 DE AGOSTO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME O NOME NAZÁRIO EH UMA HOMENAGEM AO PRIMEIRO MORADOR (NAZÁRIO PEREIRA DE OLIVEIRA) QUE SE ESTABELECEU NA REGIÃO. ERA DE DESCENDÊNCIA ESPANHOLA E CHEGOU AO LOCAL POR VOLTA DE 1.880  HISTÓRIA DA CIDADE Por volta de 1880, Nazário Pereira de Oliveira, de descendência espanhola, radicou-se com sua família em lugar bem próximo à Serra da Jibóia, no então Município de Palmeiras de Goiás, onde tentou, sem êxito, a fortuna, procurando ouro ou pedras preciosas. Pouco tempo depois, transferiu-se para o local onde mais tarde nasceria o povoado, nas proximidades da confluência do Córrego Buriti com o Rio dos Bois. Fez erigir aí uma capela, à qual c…

AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER - Hong Kong, uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e combina a cultura oriental com a ocidental, livre comércio, baixos impostos; lidera

LINHA DO TEMPO DAS "10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER" / WORLD O ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT (EIU) DIVULGOU UM NOVO RANKING LISTANDO AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER. A LISTA, QUE TEM CAUSADO DEBATES, TRAZ HONG KONG EM PRIMEIRO LUGAR.
1° - HONG KONG (CHINA)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo. É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

2° - AMSTERDÃ (HOLANDA)
Amsterdã é prática, moderna e vanguardista. E essas qualidades de certa forma resumem as características de toda a Holanda, um país de território minúsculo que foi uma g…