Pular para o conteúdo principal

UNAÍ / MINAS GERAIS - Na Serra do taquaril, com belas cachoeiras, corredeiras, e muitas opções de eco-aventuras; rapel, Mountain bike, trilhas e montanhismo




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "UNAÍ" / MINAS GERAIS / BRASIL
CACHOEIRA DA JIBOIA 

Uma das mais belas cachoeiras do Brasil. Localizada a cerca de 80 km de Unaí, a cachoeira da Jiboia é formada pelo ribeirão Jiboia e possui mais ou menos 120 m de queda livre. É comum, nos fins de semana, ser frequentada por grupos de pessoas vindas de Brasília e de outras localidades próximas. Não existe infraestrutura no local. Dos 80 km de percurso, 60 km são de asfalto, e 20 km, de estrada de terra. É possível a prática do rapel em determinados pontos da cachoeira.
foto - Senac
“Enquanto correm mansa e abruptamente
As águas do Ribeirão Jiboia correm também
Em direção ao meu coração.
São quilômetros entre matas e lavouras,
Correndo entre pedras de até cinco metros de diâmetro,
Que parecem ter sido estouradas por dinamite divina
Milhares de anos atrás.
Essas águas de uma cor esverdeada, em alguns
Lugares mais azuladas, é a alegria dos moradores
Daquela região.
foto - Senac
foto - Senac
Linda cachoeira com águas cristalinas em toda a parte. O que mais chama a atenção é o formato das pedras, desenhado pela natureza. Algumas delas têm a forma de pilão, o que deixa o local muito mais belo.
foto - Senac
CACHOEIRA MARIA DAS DORES
Formada pelas águas do rio Preto que correm sobre rochas quartzíticas, a cachoeira também chamada de Maria das Dores, é uma cascata de 50 metros de extensão e quatro metros de altura. 
O local tem estrutura para a prática de esportes radicais e é ideal para o banho e também passeios de barco. Além disso, em suas margens existe uma pequena mata. 
Lazer para toda família.
foto - Senac
PEDRA DA FARTURA
Localizada na Fazenda Pedra, é uma grande formação rochosa com cerca de 60 m de altura. É pontiaguda, abrindo mais abaixo para os lados, lembrando a forma de um grande pássaro de asas abertas. A vegetação na base da pedra é de mata nativa rala e de cacto.
foto - Senac
VOCÊ ESTA CHEGANDO A "UNAÍ" / CAPITAL NACIONAL DO CALOR HUMANO - SEJA MUITO BEM VINDO
foto - Montanha
População estimada 2016 (1) - 83.448
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 8.448,082
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 9,18
Código do Município 3170404
Gentílico - unaiense
ORIGEM DO NOME
Em 1923 o nome do distrito de Rio Preto foi alterado para Unaí (topônimo de origem indígena, que significa Águas Escuras), passando então o povoado, antes Capim Branco, a receber o nome do rio que banha a área.
O distrito de Unaí se emancipou em 31 de dezembro de 1943.
Gentílico: unaiense
HISTÓRICO
A história de Unaí encontra-se fortemente vinculada à ocupação do Centro-Oeste brasileiro, bem como ao desenvolvimento de Paracatu.
A área teve seu povoamento efetivo a partir do século XVIII, ainda que o território hoje ocupado por Paracatu já tivesse sido identificado pelos portugueses desde os primórdios da ocupação de sua colônia na América.
Ainda no século XVI, aí aportaram as expedições chefiadas por Domingos Luís Grou (1586-7), Antônio Macedo (1590), Domingos Rodrigues (1596) e Domingos Fernandes (1599). No século seguinte, registra-se a passagem das bandeiras de conquista e apresamento de indígenas de Nicolau Barreto (1602-4) e de Lourenço Castanho Taques, o Velho (1670), que atingiu terras do atual município de Unaí. Em homenagem a ele, as montanhas situadas ao norte da localidade analisada recebem a denominação de Serra do Castanho.
Quatro diferentes caminhos que conduziam aos sertões de Goiás se encontravam no atual território paracatuense e daí seguiam como uma só estrada: o denominado de Picada de Goiás, o de Pitangui ao citado Estado, o que passava por São Romão e o que permitia atravessar o Rio São Francisco, perto da barra do Abaeté. No local onde se reuniam, formou-se inicialmente um pequeno núcleo populacional, com algumas casas que forneciam abrigo e alimentação aos viajantes, em época anterior à descoberta das minas na região.
O bandeirante Felisberto Caldeira Brant e seus irmãos teriam dado a notícia do achado das riquezas auríferas dos sertões do Paracatu ao então governador das Minas Gerais, Gomes Freire de Andrada, em 24 de junho de 1744. Em seguida, foram distribuídas diversas sesmarias na área, para povoamento e, segundo se dizia à época, para defesa daquelas terras contra o gentio bravo. Assim, surgiram fazendas de criação de gado, cuja atividade abastecia as partes do território onde se explorava o ouro.
O arraial de Paracatu foi elevado à Vila de Paracatu do Príncipe em 20 de outubro de 1798, dependente da Comarca do Rio das Velhas. Sua própria comarca foi criada em 1815, passando a localidade à categoria de cidade em 1840.
Já no século XIX, o fazendeiro Domingos Pinto Brochado teria chegado a uma área então pertencente a Paracatu, aí se instalando com familiares, outros parentes e escravos. Com eles estava o padre Antão José da Rocha. Outras famílias, como a de Rodrigues Barbosa e a de Clemente José Souto também se estabeleceram nas imediações, surgindo um povoado perto do Rio Preto (chamado Capim Branco), que mais tarde daria origem à atual sede municipal de Unaí. Em 1873, esse povoado foi elevado à categoria de distrito, sob a denominação de Rio Preto. Em 1879 implantou-se a primeira igreja, em homenagem a Nossa Senhora da Conceição. Sabe-se também que o primeiro estabelecimento de ensino foi a atual Escola Estadual Domingos Pinto Brochado, que teve Teófilo Martins Ferreira como primeiro professor e Maria Torres como diretora.

De acordo com o historiador Olympio Gonzaga, em 1910 o município de Paracatu contava com 51 227 km2 e uma população de 60 000 pessoas, compondo-se dos distritos de Água Fria, Alegres, Buritis, Cana Brava, Catinga, Formoso, Guarda-Mor, Lajes, Morrinhos e Rio Preto, além do distrito-sede.
Franquia da marca Love Brands em Unaí, Minas Gerais
IPÊ AMARELO - ÁRVORE SÍMBOLO DO MUNICÍPIO DE UNAÍ
EM SETEMBRO DE 2005, ATRAVÉS DE UM PROCESSO ELEITORAL ABERTO A TODOS OS CIDADÃOS, O IPÊ AMARELO FOI ESCOLHIDO COMO A ÁRVORE SÍMBOLO DO MUNICÍPIO DE UNAÍ. EM 20 DE MARÇO DE 2006, A ESCOLHA DA ÁRVORE SÍMBOLO FOI HOMOLOGADA PELA LEI MUNICIPAL 2.364/06.
ESTA MUITO PRÓXIMA A CAPITAL FEDERAL (BRASÍLIA) CERCA DE 160 km.
POR ESTE MOTIVO, O TIME DA CIDADE NÃO DISPUTA CAMPEONATO MINEIRO, E SIM, TORNEIROS DE BRASÍLIA.
O time de futebol da cidade disputa os campeonatos de Brasília, a capital federal da República, e não o os campeonatos oferecidos pela Federação Mineira, em Unaí, Minas Gerais
foto - ?
CONHEÇA AGORA UM POUCO DA CIDADE DE UNAÍ.
AQUI VEMOS A REGIÃO CENTRAL
foto - ?
foto - ?
foto - ?
foto -Ismael Martins
IGREJA DO ABRIGO FREI ANSELMO
foto - Luiz Paulo Oliveira
foto -Ismael Martins
RUA CENTRAL
foto - Luiz Paulo Oliveira
foto - Luiz Paulo Oliveira
foto - Luiz Paulo Oliveira
PEDRA DO CANTO. FICA NA FAZENDO DO CANTO
foto - Revoredo
VEJA QUE IMAGEM LEGAL. A CIDADE E AS MONTANHAS
foto - Revoredo
foto - Luiz Paulo Oliveira
VEJA QUE LEGAL ESTE IPÊ. SÍBOLO DA CIDADE
foto - ?
UMA VISÃO GERAL MUITO LEGAL
foto - ?
foto - ?
foto - ?
PRAÇA CENTRAL
foto - ?
ESTE EH O "RIO PRETO" QUE ABASTECE A CIDADE DE "UNAÍ"
foto - ?
foto - ?
ESTA EH A MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
foto - Altemiro Olinto Cristo
AQUI A LATERAL DA MATRIZ
foto - Montanha
A MATRIZ NO CONTEXTO DA PRAÇA
foto - ?
ESTA EH A IGREJA DE NOSSA SENHORA APARECIDA
foto - ?
UNAÍ É UMA CIDADE BONITA, HOSPITALEIRA COMO TODA CIDADE MINEIRA, COM MUITOS PONTOS TURÍSTICOS.
VALERÁ A PENA VOCÊ VIR PASSAR SUAS PRÓXIMAS FÉRIAS EM UNAÍ.
AQUI, O CALÇADÃO DA CIDADE
foto - ?
UNAÍ, CRAVADA ENTRE AS MONTANHAS DE MINAS
foto - PMU
UMA ANTIGA CONSTRUÇÃO DE UNAÍ
foto - RN Lativian
ESTAS SÃO UMAS DAS MUITAS GRUTAS, QUE VOCÊ IRÁ VISITAR
foto - Lucivânio Oliveira
foto - Lucivânio Oliveira
CÂMARA MUNICIPAL DE VEREADORES
foto - ?
ESCOLA PÚBLICA DO ESTADO DE MINAS GERAIS
foto - ?
PALÁCIO DA MUNICIPALIDADE / CAPIM BRANCO
foto - ?
foto - ?
SANTUÁRIO DE NOSSA SENHORA DO CARMO
foto - ?
SERRA DO TAQUARIL
foto - ?
OLHA QUE LUGAR BONITO. EH A PEDRA DA FARTURA
Localiza-se na Fazenda Pedra. Tem o formato do chapéu de Duque de Caxias.
foto - ?
ESTA EH A BELA CACHOEIRA DA JIBOIA
foto - ?
O HOTEL FAZENDA, É UM LUGAR BONITO, ACONCHEGANTE, ONDE VOCÊ SE HOSPEDARÁ, PARA USUFRUIR DE UMA DELICIOSA COMIDA MINEIRA, MUITO CONFORTO. E ASSIM IRA DESFRUTAR DAS CACHOEIRAS E DEMAIS PONTOS TURÍSTICOS, QUE VOCÊ ENCONTRA POR AQUI.
VALE A PENA VIVER ESTA EMOÇÃO
foto - Divulgação

foto - ?
ESTA EH A BANDEIRA QUE REPRESENTA A CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE

OBRIGADO PELA VISITA. SEMPRE VOLTE. BOA NOITE
foto - ?


fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Senac / Portal da Prefeitura Municipal / Divulgação / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARACARAÍ / RORAIMA - A "Cidade Porto" tem Corredeiras, Hotel de Selva, Estação Ecológica, Parques Ambientais e grande Potencial Agrícola

LINHA DO TEMPO DE "CARACARAÍ" / RORAIMA / BRASIL Caracaraí é conhecida como “Cidade-Porto” por ter o maior movimento fluvial do estado de Roraima. A cidade nasceu como um local de embarque de gado para a capital amazonense. Os animais desciam até a boca da estrada, onde se iniciam as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados para Manaus. As mercadorias vindas de Manaus, que tem como destino Boa Vista faziam este caminho em sentido inverso, e isso desenvolveu o lugar. O Aeroporto de Caracaraí possui a quarta maior pista de pouso da Amazônia Ocidental, com 2.500 metros de extensão, concluída pela Comissão de Aeroportos da Amazônia. A navegabilidade de Caracaraí a Manaus pelo baixo rio Branco é maior do que em outros pontos a Norte (ainda que grandes embarcações tenham dificuldades durante as fortes secas). As duas maiores e principais estradas federais de Roraima (BR-174 e BR-210 - "Perimetral Norte&…

IPUIUNA / MG - CAPITAL NACIONAL DA BATATA

BEM VINDO A CIDADE DE IPUIUNA. A CAPITAL NACIONAL DA BATATA foto - Thymonthy Becker Comunicação IPUIÚNA TEM 9.521 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM IPUIÚNA EH: IPUIUNENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Ipuiuna, palavra de origem indígena, que  significa “olho de águas turvas” ou “olho de águas escuras”, uma referência a nascente do Rio Pardo que está no município. HISTÓRIA Presume-se que os seus primeiros habitantes tenham sido pessoas que já habitavam povoados vizinhos, como Caldas-MG e Santa Rita de Caldas-MG. É sabido que em 20 de janeiro de 1891, José Francisco Lopes e João Bernardes de Souza fizeram doação de 10 alqueires de terras para formação de um povoado que teria o nome de Santa Quitéria e São João Batista. Posteriormente, veio a edificação de uma capela que, na verdade foi o marco inicial do novo povoado a sombra da qual cresceu o novo núcleo. AQUI A MATRIZ DE SANTA QUITÉRIA foto -  Marçal Carboneri IGREJA DE SÃO BENEDITO foto …

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS - COMO A CIDADE COMEÇOU - CEM ANOS ATRÁS NASCIA A CIDADE QUE SERIA REFERÊNCIA EM QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO, NAS MINAS GERAIS

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS / BRASIL - 100 ANOS ATRÁS foto - Thymonthy Becker AQUI PODEMOS VER O CENTRO DA CIDADE, COM O SANTUÁRIO, O COLÉGIO DOS PADRES E ABAIXO A PONTE QUE LIGA O CENTRO AO BAIRRO PORTO VELHO. foto - Colombo
NESTA PÁGINA, IREMOS MOSTRAR COMO DIVINÓPOLIS COMEÇOU. ALGUMAS FOTOS SÃO RARAS. E POSSUEM MAIS DE CEM ANOS. ESTE FOI O SEGUNDO LOCAL ONDE FUNCIONOU A CÂMARA MUNICIPAL. AQUI NA RUA SÃO PAULO. foto - ?
AQUI  ANTIGA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA. HOJE EH O HOTEL DAS VOVÓS. foto - ?
ESTA EH A RUA SÃO PAULO. REPARE QUE OS POSTES DE LUZ FICAVAM NO MEIO DA RUA. foto - ?
AQUI A MESMA RUA SÃO PAULO, ENTRE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS (ANTIGA AVENIDA DA INDEPENDÊNCIA) E AVENIDA VINTE E HUM DE ABRIL. foto - ?
ESTE VÍDEO FOI FEITO QUANDO DIVINÓPOLIS TINHA 20.000 HABITANTES, HOJE TEM 225.000. QUANDO DA INAUGURAÇÃO DA PONTE CENTRO/PORTO VELHO.
AQUI A AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO ESQUINA COM RUA SÃO PAULO. REPARE AS BOMBAS DO POSTO DE COMBUSTÍVEL. foto - ?
O PRIMEIRO PRÉDIO DA CIDADE. EDIFÍCIO HERCÍLIO. …

ABADIA DOS DOURADOS / CIDADE ONDE SE ENCONTRA ENTERRADO O BAU DE TIRADENTES

BOM DIA. BEM VINDO A ABADIA DOS DOURADOS. UMA CIDADE HOSPITALEIRA, DE UM POVO ACOLHEDOR, VÁRIOS PONTOS TURÍSTICOS ECOLÓGICOS E RELIGIOSO, COMIDA MINEIRA DE PRIMEIRA QUALIDADE. E COM UMA HISTÓRIA QUE FALE A PENA VOCÊ CONHECER. copyrigth "Léo/MPB/Gustavo"
Abadia dos Dourados tem uma população de 6.704 habitantes. (IBGE 2010) Sendo 3.586 do sexo masculino e 3.118 do sexo feminino. QUEM NASCE EM ABADIA DOS DOURADOS É:  ABADIENSE ABADIA DOS DOURADOS FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO. FOI FUNDADA EM 1948. HISTÓRICO IMPORTANTE DE ABADIA QUE MERECE INVESTIGAÇÃO: Segundo o Sr. Laerte Esteves dos Santos, bisneto do fundador da cidade, Manoel Esteves dos Santos, o seu bisavô era amigo íntimo de Tiradentes e veio foragido de Sao Joao Del Rei para Abadia dos Dourados e com ele trouxe inumeras CARTAS  DE TIRADENTES. Estas cartas estavam em um bau de metal que foi enterrado por volta do ano de 1965, pela avó do sr Laerte, em um local próximo a cidade. Esteveram no local, juntamente com o sr…

ENTRE RIOS DE MINAS / MINAS GERAIS - "BERÇO DO CAVALO CAMPOLINA", TEM RUAS CALMAS, BELOS CASARÕES, CACHOEIRAS E MUITA BELEZA NA SERRA DO GAMBÁ

LINHA DO TEMPO DE "ENTRE RIOS DE MINAS" / MINAS GERAIS / BRASIL A CIDADE A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
O TURISMO O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voô livre, mountain bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da c…

ITU / SÃO PAULO - SEMPRE DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER QUEM QUER SE DIVERTIR, PASSEAR, APRECIAR UMA BOA COMIDA OU APENAS DESCANSAR. QUEM GOSTA DE TURISMO, PRECISA CONHECER ITU. E NÃO EH EXAGERO

LINHA DO TEMPO DE "ITU" / SÃO PAULO / BRASIL  Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.  Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos.  Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histór…

BRASILÉIA / ACRE - Rica em Biodiversidade, Singular em seus múltiplos aspectos, realista a respeito dos óbices que se antepõem, mas acreditando na persistência e trabalho de um povo singular

LINHA DO TEMPO DE "BRASILÉIA" ACRE / BRASIL  População estimada 2016 (1) - 24.311  Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.916,502  Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,46  Código do Município 1200104  Gentílico - Brasileense  Gentílico: brasileense  HISTÓRICO  Brasília, como era chamada Brasiléia, foi fundada nas terras dos índios Catianas e Maitenecas, no Seringal Carmem, quando o Acre já era território do Brasil.  Foi criada por homens da classe dominante da sociedade acreana da época, seringalistas e autoridades constituídas, que habitavam no Alto Acre, vinculados à exportação de borracha para Belém e Manaus.  No Seringal Carmem foi escolhida uma área para instalação da justiça do 3º Termo Judiciário da Comarca de Xapuri e do Juiz Fulgêncio de Paiva, que já havia sido expulso das terras do Seringal Nazaré. Eram os primeiros passos da fundação de Brasília, que contou com a participação de brasileiros como João Cordeiro Barbosa, José Antônio de Almeida, Olegário de A…

SENADOR GUIOMARD / ACRE - Cercada de histórias e culturas que herdaram na consolidação da cidade, reunindo etnias e tradições diversas, mantém acesa a centelha formadora do desenvolvimento

LINHA DO TEMPO DE "SENADOR GUIOMARD" / ACRE / BRASIL foto - ? População estimada 2016 (1) - 21.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.321,454  Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 8,69  Código do Município 1200450  Gentílico - guiomaense 
ORIGEM DO NOME
O nome da cidade, Senador Guiomard, eh uma homenagem ao seu fundador. Porém, grande parte da população continua usando o antigo nome da cidade, Quinari, que eh de origem indígena, por não concordar com a mudança do nome da cidade. Gentílico: guiomaense  HISTÓRICO A história de Senador Guiomard começa em 1930, com formação da colocação Quinarizinho, durante o auge do extrativismo.  Foram 32 famílias oriundas do Nordeste do país que iniciaram o povoamento daquela região, tendo sido aberta a estrada até Rio Branco em 1947. Foi elevado à categoria de vila em 1956, sendo seu primeiro subprefeito nomeado em 1957, passando então a se chamar Vila Grande Quinari.  Seu nome, segundo os moradores mais antigos, está associado à uma árvore …

RORAINÓPOLIS / RORAIMA - Com inúmeras praias, corredeiras, arquipélago de rara beleza com viveiro de tartarugas, um verdadeiro paraíso ecológico no Sul do estado

LINHA DO TEMPO DE "RORAINÓPOLIS" / RORAIMA / BRASIL População estimada 2016 (1) - 27.756  Área da unidade territorial 2015 (km²) - 33.596,525  Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 0,72  Código do Município 1400472  Gentílico - Rorainopolitano  HISTÓRICO A cidade foi criada com a instalação de uma sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), às margens da BR-174, a mais importante do Estado, isso na década de 1970. O INCRA implantou um programa para distribuir terras, isso atraiu pessoas de todo o Brasil.  Foi elevado à condição de município em 17 de outubro de 1995.  Avenida Ayrton Senna, principal avenida de Rorainópolis, Roraima foto - Tiago Orihuela A região central de Rorainópolis, Roraima foto - Tiago Orihuela Datas festivas e históricas  Festival de verão – 01 e 02 de janeiro  A festa junina eh uma tradição na cidade de Rorainópolis, Roraima foto - ? Igreja de Nossa Senhora da Assunção Dia da Padroeira Nossa Senhora da Assunção - 05 de agosto - A cidade faz um…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…