Pular para o conteúdo principal

BICAS





BEM VINDO A CIDADE DE BICAS / A CIDADE DOS BARÕES
copyrigth "Amarildo Mayrink"
As mais antigas crônicas relatam que os primeiros a pisarem nas terras pertencentes ao Município de Bicas, foram os Tropeiros, que aqui estabeleciam pausadas provisórias, abrigando-se em choupanas cobertas de taboas. Ficou conhecida a princípio por "arraial das Taboas", topônimo originado das águas que corriam das coberturas de taboas, que por ocasião das fortes chuvas, caiam em grossas "Bicas".
Uma segunda versão diz que, neste pouso , os tropeiros de passagem tinham as suas "Bicas" , onde se abasteciam de água, para continuarem a viagem com suas mercadorias.
O povoado desenvolvido ao redor da estação ferroviária, no auge da produção cafeeira, era o centro exportador do produto. A criação e o comércio de gado, determinaram a ocupação e progresso da região. A instalação das oficinas da então Leopoldina Railway, veio fortalecer o desenvolvimento da localidade.

O Povoado que deu origem à atual cidade de Bicas, surgiu no século XIX, tendo sido levada à categoria de Distrito, em 19/09/1890, incorporado, então , ao Município de Mar de Espanha. Passou o referido Distrito a integrar, nesse mesmo ano, ao Município de Guarará. Bicas permaneceu como parte integrante de Guarará até 1923, quando foi emancipado. A independência de Bicas se deu no dia 07/09/1923
BICAS TEM 13.653 HABITANTES (IBGE 2010)
QUE NASCE EM BICAS EH: BIQUENSE

EM 2011, ACONTECEU EM BICAS:
67 CASAMENTOS
12 SEPARAÇÕES
22 DIVÓRCIOS
copyrigth "?"
AQUI, A IGREJA NA PRAÇA
foto "By Thymonthy Becker"
A BELÍSSIMA MATRIZ DE SÃO JOSÉ
foto "By Thymonthy Becker"
AQUI O LAGO ARTIFICIAL NA FRENTE DA MATRIZ
foto "By Thymonthy Becker"
ESTA EH A TORRE. MUITO BONITA MESMO.
foto "By Thymonthy Becker"
AQUI A MATRIZ VISTA DE LADO
foto "By Thymonthy Becker"
A PRAÇA DA MATRIZ
foto "By Thymonthy Becker"
O TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA
foto "By Thymonthy Becker"
RUA DO CENTRO DA CIDADE
foto "By Thymonthy Becker"
OUTRA PRAÇA
foto "By Thymonthy Becker"
CACHORRO FOLGADO ESTE. 
foto "By Thymonthy Becker"
ESTE EH BAR DO POMBA.
foto "By Thymonthy Becker"
A ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA
foto "By Thymonthy Becker"
A BELA PRAÇA DA IGREJA
foto "By Thymonthy Becker"
VISÃO GERAL DE BICAS
copyrigth "?"
UM BELO CASARÃO
copyrigth "Jorge Adalberto Rocha"
ESTA EH A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL
copyrigth "Jorge Adalberto Rocha"
VISÃO PARCIAL DA CIDADE
copyrigth "Jorge Adalberto Rocha"
OLHA A PRAÇA NO ENTARDECER
copyrigth Amarildo Mayrink"
A PRAÇA COM O RELÓGIO DE FLORES
copyrigth "?"
ESTA EH A IGREJA DE SÃO MANOEL
copyrigth "SG Trangel"
AQUI A ZONA RURAL DA CIDADE
foto "By Thymonthy Becker"
foto "By Thymonthy Becker"
O BRASÃO DA CIDADE
UM DIA QUALQUER DESTES, A GENTE SE ENCONTRA EM UMA CIDADE DAS MINAS GERAIS
copyrgth "By Thymonthy Becker" (marca e logomarca"

ATÉ LÁ.


As fotos de minha propriedade foram tiradas em Janeiro de 2012

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

CAMBARÁ DO SUL / RIO GRANDE DO SUL - Uma pequena cidade com grandes cânions e pontos de ecoturismo com pousadas, clima de montanha e belas paisagens

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CAMBARÁ DO SUL" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL foto - Angelo Ronchi
A CIDADE Cambará do Sul é conhecida também como a "terra dos cânions" e "capital do mel". A pequena Cambará do Sul é campeã no ranking de baixas temperaturas, sendo que o seu inverno está sempre entre os lugares mais frios do Brasil. Como um típico município do interior conserva hábitos antigos, como a reunião familiar e de amigos na cozinha, ao redor do fogão à lenha. Nas épocas frias, o pinhão na chapa é o tira gosto do gaúcho serrano. foto - Angelo Ronchi
Localiza-se a 185 quilômetros de Porto Alegre, a uma altitude de 1.031 m. 
foto - Angelo Ronchi População estimada 2016 (1) - 6.687 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.208,647 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,41 Código do Município 4303608 Gentílico - cambaraense ORIGEM DO NOME A palavra Cambará em tupi-guarani significa "Folha de Casca Rugosa". É uma árvore preciosa por sua bele…

LUMIAR / NOVA FRIBURGO / RIO DE JANEIRO - Preferido dos casais que buscam sossego nas montanhas em chalés aconchegantes com lareira, diante de uma natureza exuberante da região serrana do Rio de Janeiro

LINHA DO TEMPO DO DISTRITO DE "LUMIAR" / NOVA FRIBURGO / RIO DE JANEIRO / BRASIL ENCONTRO DOS RIOS MACAÉ E BONITO
Lumiar, distrito de Nova Friburgo, na Serra Fluminense, é procurado por casais que buscam sossego nas montanhas. As hospedagens, em sua maioria chalés aconchegantes com lareira, concentram-se nos arredores da vila e em São Pedro da Serra, a 5 km de distância.

Lumiar abriga cachoeiras e atrações naturais, como o encontro dos rios Macaé e Bonito. Mas a gastronomia está melhor representada em São Pedro, ao redor da estreita Rua Rodrigues Alves.
QUANDO SE ESTA NO NORTE DO PAÍS FICA FÁCIL PARA OS AMAZONENSES CONHECER AS BELEZAS NATURAIS QUE HÁ POR LÁ. JÁ O CARIOCA, TERÁ QUE VIAJAR BASTANTE PARA VER AQUELA BELEZA TODA. EM CONTRA PARTIDA, OS AMAZONENSES TERÃO QUE VIAJAR UM “BOCADO” PARA CONHECER UMA MARAVILHA QUE EXISTE NO RIO DE JANEIRO, BEM PERTO DA CAPITAL. MAS VALERÁ A PENA.
ESTOU FALANDO DA REGIÃO DE LUMIAR, NO RIO DE JANEIRO. ALÉM DE MUITAS CACHOEIRAS, TRILHAS, VOCÊ…

LIMA DUARTE / A CIDADE DO AR PURO

BOM DIA. BEM VINDO A LIMA DUARTE / CIDADE CERCADA DE MONTANHAS. copyrigth "Rosana4"
LIMA DUARTE JÁ TEM A SEGUNDA PÁGINA.
CLIK AQUI E VEJA A SEGUNDA PÁGINA DA CIDADE DE LIMA DUARTE

LIMA DUARTE TEM UMA POPULAÇÃO DE 16.166 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM LIMA DUARTE É: LIMADUARTINO. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,739 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. LIMA DUARTE É CERCADA POR BELÍSSIMAS MONTANHAS, E POR ISTO O AR DA CIDADE É CONSIDERADO PURO.
Lima Duarte teve, provavelmente, a mesma origem da maioria das cidades mineiras: um grupo de colonos se estabeleceu a beira das estradas que davam para as minerações aí se formou um pequeno núcleo colonial ao redor de uma capelinha que a fé dos nossos antepassados se apressava em erguer. Sua primeira denominação foi Nossa Senhora das Dores do Rio do Peixe, e a origem deste nome se deve a Santa padroeira da primeira capelinha de Nossa Senhora das Dores, mais o fato de ser o município banhado pelo rio do Peixe. Passou a ser chama…

VARZEA DA PALMA - NO CAMINHO DA BAHIA

BEM VINDO A CIDADE DE VARZEA DA PALMA. 
foto - Alonso Alves dos Reis Neto
VARZEA DA PALMA TEM 35.809 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM VARZEA DA PALMA EH: VÁRZEA PALMENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953
ORIGEM DO NOME

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

IPATINGA / CIDADE DE AÇO

DE TUDO UM POUCO E UM POUCO DE TUDO - CLIK AQUI

BEM VINDO AO TERCEIRO MAIOR MERCADO TURÍSTICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A IPATINGA
copyrigth "Souza Soares"
IPATINGA TEM 239.428 HABITANTES (IBGE 2010)
QUEM NASCE EM IPATINFA EH: IPATINGUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 29 DE ABRIL E FOI FUNDADA EM 1964
A cidade nunca possuiu denominação que não fosse "Ipatinga". Existem várias versões para o nome do município, que vem da língua tupi e que significa "lago branco", através da junção dos termos upaba ("lago") e ting ("branco"). A versão mais popular relata que o nome Ipatinga nasceu de um arranjo elaborado pelo engenheiro Pedro Nolasco, a partir da junção de palavras, aproveitando os radicais IPA (da cidade de Ipanema) e TINGA (de Caratinga)
 Por volta de 1930, a Estação Ferroviária "Pedra Mole" foi transferida, após sucessivas tentativas de transposição da foz do Ribeirão Ipanema. O trajeto da Ferrovia Vitória-Minas, que …

SABARÁ

SEJA MUITO BEM VINDO A SABARÁ. VILLA REAL DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE SABARÁ copyrigth "Borbosa"
SABARÁ TEM 126.269 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SABARÁ EH: SABARAENSE (IBGE) O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0,773 - (2010) - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. SABARÁ FAZ ANIVERSÁRIO EM 17 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1675. A RECEITA DO MUNICÍPIO CHEGA A ORDEM DE: 115.339.947,00 (IBGE) AS DESPESAS SÃO DE: 80.310.772,00 (IBGE) HISTÓRIA Sabará foi o primeiro povoamento de Minas Gerais. A sua história tem raízes nos primórdios da colonização do Brasil e está intimamente relacionada à lenda da serra resplandecente existente na região do sabarabuçú, de limites imprecisos. O sabarabuçu fervilhou na imaginação dos colonizadores, que buscavam no sertão uma serra feita de prata e pedras preciosas Sabará foi um dos núcleos de mineração da Província que mais ouro encaminhou à Coroa Portuguesa. Seus rios e lavras eram riquíssimos do precioso mineral, e houve época em que os trabalhos de …