Pular para o conteúdo principal

ANDRELÂNDIA / NAS MONTANHAS MÁGICAS






SEJA BEM VINDO A CIDADE DE ANDRELÂNDIA. DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER VOCÊ. NAS MONTANHAS MÁGICAS
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ANDRELÂNDIA TEM 12,173 HABITANTES
QUEM NASCE EM ANDRELÂNDIA EH: ANDRELANDENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 20 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.868
ORIGEM DO NOME
Depois de chamar-se Porto do Turvo até 1930, o município recebe o topônimo Andrelândia, em homenagem ao fundador do povoado.
A CIDADE  
A maravilha do campo e da cidade em um só lugar, assim é Andrelândia. A cidade possui belezas naturais exuberantes e riquíssimas construções históricas, que são um retrato da vida do local imortalizado no tempo. Suas cachoeiras, pedreiras e grutas permitiram que, desde 2001 começasse a compor o Circuito das Montanhas Mágicas da Mantiqueira, possibilitando sua participação na política de desenvolvimento do turismo do governo do estado de Minas Gerais.
HISTÓRIA
Em 1749, André da Silveira e Manoel Caetano da Costa requereram ao Bispo de Mariana, autorização para construir uma capela no lugar denominado, Turvo Grande e Pequeno, pertencente à freguesia de Aiuruoca. A capela dedicada a Nossa Senhora do Porto Turvo, constituiu-se em um núcleo populacional, tornado-se Freguesia de Nossa Senhora do POrto Turvo, em 1833. 
Nessa época passou a residir no local, Antonio Belfort de Arantes. Entre outros melhoramentos, construiu justamente com seu filho Antonio Belfort Ribeiro de Arantes, posteriormente Visconde de Arantes, um prédio para instalação da Câmara e da Cadeia consideradas indispensáveis ao desenvolvimento da cidade. Em 1864, foi criada a Vila Bela do Turvo, vindo para povoação do Porto do Turvo, a sede da Vila Rio Preto.
AQUI A SANTA CASA DE MISERICÓRDIA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
CAPELA DA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
FUNDAÇÃO GUAIRÁ
O sobrado do Barão do Cabo Verde, que data de 1835, foi doado à Fundação Guairá em dezembro de 2002, época em que estava ameaçado de demolição. Mais conhecido como Casarão, o imóvel foi tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal e reformado para sediar a Fundação. Abriga ainda um Museu, que preserva em seu interior o mobiliário, a prataria e todos os itens da época.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS
foto - Thymonthy Becker Comunicação
HOTEL MÔNICA ( Onde me hospedei quando estive aqui )
foto - Thymonthy Becker Comunicação
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO
Construída pelos escravos da irmandade do Rosário em 1817, possui uma belíssima pintura no forro da nave-mor.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
IGREJA DE SÃO BENEDITO
A igreja foi inaugurada no dia 27 de setembro de 1936 e permaneceu dedicada ao padroeiro São Benedito, até a derrubada da capela e construção da atual igreja, em 15 de dezembro de 1989. Possui arquitetura moderna, imitando a mão do Papa João Paulo II.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DO PORTO DA ETERNA SALVAÇÃO
A partir da Igreja Matriz em 1749, iniciou-se o povoamento do Arraial do Turvo, que mais tarde passaria a se chamar Andrelândia. O estilo arquitetônico é o barroco, e no princípio, contava apenas com o corpo central. Mantendo o interior preservado, passou por uma grande reforma, que trouxe algumas modificações como o acréscimo de dois novos corpos. Em 1918, foi construída uma torre central que em 1954 foi demolida para dar espaço a duas torres laterais, sendo também o piso, nesta época, trocado por ladrilhos.
Possui uma bonita fachada e abriga em seu interior esculturas portuguesas, do início do século XIX, além dos púlpitos em madeira trabalhada, que possuem medalhões dourados com pintura azul, vermelha e arabescos. Os visitantes podem vislumbrar ainda os altares laterais, um de cada lado, de madeira, enfeitados com ornatos dourados, tendo ao centro um grande nicho e dois pequenos nas laterais, que guardam à direita a imagem de São Sebastião e à esquerda a de Santo Antônio.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
AGÊNCIA DO BANCO DO BRAZIL
foto - Thymonthy Becker Comunicação
SEDE DO PODER EXECUTIVO E LEGISLATIVO - PREFEITURA E CÂMARA DE VEREADORES -
foto - Thymonthy Becker Comunicação
SEDE DO PODER JUDICIÁRIO - FÓRUM -
foto - Thymonthy Becker Comunicação
PASSAGEM DE NÍVEL NO CENTRO DA CIDADE - FERROVIA -
foto - Thymonthy Becker Comunicação
CRISTO REDENTOR
Localizado em um ponto alto da cidade, na Praça Diógenes Salgado, no bairro Rosário, o Cristo Redentor proporciona aos visitantes uma bela vista panorâmica e se o passeio for à tardinha, pode ser acompanhado de um admirável pôr-do-sol. Além disso, o local, por sua tranqüilidade e proximidade com a natureza, é ideal para piqueniques e passeios de fim de semana.
Construído em 1966, o Cristo, que de cima protege e abençoa Andrelândia, tem aproximadamente 15 metros de altura. De fácil acesso, pois se situa dentro dos limites da cidade, é o lugar perfeito para relaxar e escutar os sons da natureza como o canto dos pássaros ou o sopro dos ventos.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
DEUS E EU
foto - Thymonthy Becker Comunicação
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA BELA CIDADE DE ANDRELÃNDIA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
VISTA DO QUARTO DO HOTEL ONDE ME HOSPEDEI
foto - Thymonthy Becker Comunicação
PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL
Visando a valorização dos casarões da primeira metade do século XVIII, Andrelândia deu um importante passo na preservação da memória da cidade, com o tombamento das casas antigas pelo patrimônio histórico municipal. Entre os imóveis, estão a sede da Prefeitura, sobrados e casas que guardam as lembranças do que foi Andrelândia antigamente. Com a ação, a cidade cuida do que resta de um importante período histórico em que os fazendeiros da época, que foram os primeiros povoadores, expressavam nas construções os sinais de sua cultura.
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ENTORNO DA CIDADE
foto - Thymonthy Becker Comunicação
foto - Thymonthy Becker Comunicação
LATICÍNIO ROSENA - ONDE FUI MEDIR A QUALIDADE DO AR -
foto - Thymonthy Becker Comunicação
A CHAMINÉ ONDE COLETAMOS A FUMAÇA
foto - Thymonthy Becker Comunicação
O CAVALO DA PAREDE
foto - Thymonthy Becker Comunicação
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO
THYMONTHY BECKER COMUNICAÇÃO ( Thymonthy Becker - proprietário da marca )

VALEU PELA VISITA - SEMPRE
ATÉ A PRÓXIMA


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…

BRAGANÇA / PARÁ - A cidade respira Fé, Tradição e Cultura, nas belezas de suas praias, manguezais, rios, igarapés e ilhas

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "BRAGANÇA" / PARÁ / BRASIL  Bragança, localizada na região nordeste do Pará, a 210 quilômetros de Belém, capital do Estado, é um dos municípios mais procurados pelos turistas ao longo do ano, em especial durante as férias escolares.
Lar da Marujada, manifestação cultural que reúne milhares de pessoas no município para festejar São Benedito, Bragança tem praias oceânicas belíssimas, pra quem quiser aproveitar em qualquer época do ano.

A cidade, de origem portuguesa, guarda na sua cultura características religiosas marcantes e também festeja São Sebastião e Nossa Senhora de Nazaré.
Suas fronteiras são estratégicas. Assim, o município oferece o maior número de opções aos turistas: ao Norte está o oceano Atlântico, ao Sul, o município de Santa Luzia do Pará, a Leste os municípios de Augusto Corrêa e Vizeu e a Oeste, Tracuateua.

Na língua tupi, Caeté quer dizer 'mato grande' e, por estar localizada à margem esquerda do rio Caeté, Bragança é c…