segunda-feira, 22 de agosto de 2016

ARRAIAL D'AJUDA / BAHIA - Areia macia, mar calmo, cristalino, perfeito para casais, jovens e famílias. Um lugar pra chamar de seu .




LINHA DO TEMPO DE "ARRAIAL D'AJUDA" / BAHIA / BRASIL
Encontro do Rio Mucugê com o mar
ARRAIAL D'AJUDA / BAHIA / BRASIL
Se você procura um lugar para chamar de seu, um forte candidato está aqui. a areia macia e o mar calmo, cristalino e de cor deslumbrante – uma mistura de azul e verde – fazem do lugar uma combinação perfeita para casais, jovens e famílias que buscam um cenário de contemplação. a praia mais indicada é a pitinga. Com boa oferta de pousadas e charmosas barracas com espreguiçadeiras, tem sua paisagem realçada pelas imponentes falésias. aos que não abrem mão do sossego, taípe é a mais deserta e preservada do litoral. mas a vila não deixa ninguém na mão. Aos que buscam mais agitação, a Rua do Mucugê reúne bares, restaurantes, lojinhas bacanas e casas noturnas. É sempre movimentada, principalmente a partir das 16h. 
A Praia da Pitinga é versátil, no canto esquerdo ficam as barracas que garantem o movimento, do outro lado, as falésias dominam o cenário, deserto e com mar calmo
ONDE FICAR 
Na areia da praia estão os hotéis e pousadas de grande estrutura, geralmente frequentados por famílias. Há também um bom número de hospedagens ao longo da estrada que liga a balsa à Rua do Mucugê – ficar nesse trecho significa utilizar van, ônibus, carro ou táxi para ir às praias mais turísticas, como a da Pitinga e do Mucugê, e ao centrinho. Os arredores da Rua do Mucugê concentram grande parte das pousadas para casais. Em todos os lugares, os preços baixam até 50% entre março e outubro (com exceção de julho, mês de férias escolares). 
Localizado na Praia do Apaga-Fogo, o Arraial d'Ajuda Eco Resort tem uma enorme piscina em frente à praia, quadras e oferece aulas de tai chi chuan e ioga
Estrelado pelo GUIA QUATRO RODAS 2013, o Arraial ’Ajuda Eco Resort reserva acesso livre ao Arraial d’Ajuda Eco Parque, piscinas naturais, bangalôs de massagem e ainda um restaurante com vista para o Rio Buranhém. Também estrelado, o Casa Grande de São Vicente fica em uma mansão de estilo colonial, a dez minutos da praia. Lá, o café da manhã não tem hora para acabar. 
Entre os estrelados ainda estão a Pousada Beijamar, pé na areia, com quartos no meio da restinga, entre deques de madeira sobre a água; o Maitei, localizado na badalada Rua do Mucugê; e a Pousada Vila do Beco, com clima de chácara do interior e mirante que dá para as praias de Araçaípe e Pitinga. 
Praia do Rio da Barra, na divisa de Trancoso e Arraial d´Ajuda
A estrada para o rio Mucugê, mais conhecida como rua do Mucugê, é onde se encontra a maior concentração de lojas e restaurantes da região. O estilo arquitetônico, a variedade e o refinamento de seus estabelecimentos lhe renderam o apelido de "Rua mais charmosa do Brasil". Ao final da rua Mucugê se tem acesso a Praia do Mucugê e a Praia da Pitinga.
A Rua do Mucugê concentra pousadas com bons preços, como a Tororão, Caminho do Mar, do Robalo e Bucaneiros, mas os albergues Maloca Hostel e Arraial d’Ajuda Hostel são as opções mais acessíveis. 
Praia mais próxima do centro, a Mucugê é também a mais estruturada, com barracas que espalham-se pela ampla faixa de areia. No mar, os recifes dão origem a pequenas piscinas naturais, é preciso cuidado para andar por eles
ONDE COMER 
No almoço, as barracas de praia ficam cheias (dentre elas, a melhor opção para comer é a Barraca do Nel). A partir das 16h, boa parte dos restaurantes do Centro abre as portas, atraindo gente para a Rua do Mucugê e arredores. Na baixa temporada os restaurantes 
Filé recheado com brie e molho de framboesa com fritas, servido no restaurante da Pousada Coqueiros
Os pescados são maioria nos cardápios, como no Rosa dos Ventos, no Flor do Sal e no Valentino – lá, os pescados saem do tanque direto para a panela. O Morena Flor, no Centro, serve os melhores acarajés de Arraial. 
Costeleta de cordeiro servida no restaurante do Arraial d'Ajuda Eco Resort
Entre as comidinhas, o Coelhinho serve sorvetes artesanais, o Paiol, pães de mel, tortas e docinhos próprios, e a Tapiocaria d’Ajuda, tapiocas doces e salgadas. 
COMO CHEGAR 
O aeroporto mais próximo é o de Porto Seguro. A travessia de balsa dura cerca de dez minutos (saídas a cada 30 minutos; entre 1h e 7h, a cada uma hora). De carro pela BR-101, tome a saída em Eunápolis – de lá são cerca de 70 km até Arraial. 
A Praia de Taípe segue quase deserta nos trechos afastados das barracas
COMO CIRCULAR 
Atrações, pousadas, barracas e restaurantes concentram-se em dois pontos: a Estrada da Balsa e a Rua do Mucugê. A Estrada da Balsa é via de entrada para quem vem de Porto Seguro e dá acesso direto à praia. Para chegar ao Centro, a caminhada é longa, seja pela praiaou pela estrada (o que inclui a subida da falésia), mas vans fazem o trajeto ao longo de todo o dia. Na Rua do Mucugê e arredores, circule a pé. Para quem se hospeda nas estradas do Alto Mucugê ou da Pitinga, o mais indicado é ir com carro próprio para se deslocar entre as praias. 
Esculturas de orixás, do artista plástico Tati Moreno, no encontro do Rio Buranhém com o mar, na Praia Apaga-Fogo
SUGESTÕES DE ROTEIROS 
1 dia – É fundamental conhecer as principais praias da cidade. Em um trajeto que pode ser percorrido em cerca de duas horas a pé, de acordo com a velocidade do turista, caminha-se da primeira praia do distrito, Apago-Fogo, até a mais movimentada, a Pitinga. Durante o percurso, faça uma parada em uma das barracas de praia (a Donel é uma ótima opção) para provar pescados frescos. Depois que o sol se for, não perca o agito da Rua do Mucugê. 
Cavalgada promovida pelo Arraial D'Ajuda Eco Resort
3 dias – Aproveite que tem mais tempo para curtir com calma as principais praias. Vale a pena reservar um dia inteiro para ir a Taípe, mais preservada, a 14 quilômetros do Centro, e outro para a Pitinga. Se quiser dar uma pausa nos banhos de sol e mar, você também pode incluir no roteiro visitas aos parques de ecoturismo. O Arraial d’Ajuda Eco Parque tem enormes toboáguas de água doce e o Awaventura, área com trilhas, arvorismo e tirolesa. 
6 dias – Não deixe de visitar os arredores. Para chegar a Porto Seguro, basta pegar uma balsa. Também é possível fazer passeios de van até as lindas praias que ficam ao sul de Arraial d’Ajuda: Trancoso, Caraíva e Praia do Espelho. Se a viagem for entre os meses de julho e outubro, faça o passeio de barco para ver a baleias-jubarte. Já em qualquer época do ano – fique atento com a maré – visite os recifes de corais. 
QUANDO IR 
O sol aparece o ano inteiro, mas principalmente entre novembro e março. Nesse período em julho, mês de férias escolares, os preços podem até dobrar. De maio a junho, o sossego prevalece, mas alguns restaurantes e pousadas fecham. 
BARRACAS DE PRAIA 
Na Praia do Pitinga, a Barraca do Faria tem playground e piscina sombreada à beira-mar. A Flor do Sal, espreguiçadeiras, cadeiras acolchoadas – e um chef argentina que faz comida tailandesa e moquecas. Na Praia do Parracho, a Cabana Grande reserva mesas, espreguiçadeiras e sofás de madeira em um dos trechos mais agitados do Arraial. A Bara do Parracho, lota no verão com shows de axé e promove festas no Carnaval e no Réveillon. 
O movimento da Praia do Apaga-Fogo é sempre grande devido à concentração de hotéis e pousadas. O mar calmo, tomado por recifes, é ideal para passeios de caiaque
VIDA NOTURNA 
A Rua do Mucugê concentra o movimento. O Morocha Club (73-3575-2611) promove festas de segunda a sábado, com bandas e DJs – o som varia de Tim Maia e Beatles até música argentina. Aos domingos, a vez é do T.A Sushi, com apresentações de forró e ritmos africanos. No verão, barracas incluem festas e luaus em sua programação.
por Liliane Finco
Galeria Beco das Cores na Rua do Mucugê, a estradinha de paralelepípedo que liga a vila à praia concentra restaurantes, lojas e pousadas
ARRAIAL D'AJUDA / BAHIA 
UM PARAÍSO NO SUL DA BAHIA E SANTUÁRIO DA BALEIA JUBARTE.
imagem - Portal arraial d'Ajuda
HISTÓRIA
ARRAIAL D'AJUDA EH UM DISTRITO DE PORTO SEGURO, LOCALIZADO NA PARTE SUL DO ESTADO DA BAHIA, NO TOPO DAS FALÉSIAS COLORIDAS SENDO RODEADA PELA MATA ATLÂNTICA E PELAS INTERMINÁVEIS PRAIAS COM ÁGUAS MORNAS E COM TONS DE VERDE E AZUL
ARRAIAL D’AJUDA ÉH UMA PEQUENA ALDEIA QUE, DESDE O SEU NASCIMENTO EM 1549, PRESERVOU A SUA TÍPICA ARQUITETURA, CULTURA E PARTE DA MATA ATLÂNTICA.
ELA TEM A MESMA LATITUDE QUE ALGUNS OUTROS LUGARES MÍSTICOS DO MUNDO, COMO BALI NA INDONÉSIA, O QUE SEMPRE ATRAIU ESOTÉRICOS E AVENTUREIROS DO MUNDO INTEIRO.
AQUI UMA VISÃO GERAL DO ARRAIAL
imagem - ?
ORIGEM DO NOME
Batizado com esse nome de tradição cristã-branca - foi mais uma homenagem a Tomé de Sousa e aos primeiros jesuítas que aqui chegaram em 1549, com suas três naus: Conceição, Salvador, e Ajuda - que viriam a ser nomes da cidade e de suas primeiras igrejas. Inicialmente chamado de Arraial de Nossa Senhora d'Ajuda, em homenagem à Santa Padroeira, aos poucos o nome foi sendo reduzido e, na criação legal do Distrito, ficou definitivamente Distrito de Arraial d'Ajuda. Não existem variações - somente a forma "Arraial d'Ajuda" é a correta. Hoje em dia, até em documentos da prefeitura encontramos o nome escrito erroneamente - Arraial D'ajuda. Na língua portuquesa, a preposição não deve ser maiúscula e sim o nome próprio, d'Ajuda. Em 25 de janeiro de 1984 foi fundada a Sociedade Amigos do Arraial de Nossa Senhora d'Ajuda. Isso comprova como esse era o nome utilizado formalmente na década de 80 ou anteriormente.
UMA IGREJA HISTÓRICA DE 1549 E AS DUAS RUAS MAIS IMPORTANTES, BRÓDUEI E MUCUGÊ DIVIDEM O CENTRO DE ARRAIAL D'AJUDA.
NA “BRÓDUEI” VOCÊ PODE ENCONTRAR MUITAS LOJAS COLORIDAS QUE VENDEM ARTESANATOS TÍPICOS E TAMBÉM DÁ ACESSO À PRAÇA ONDE FICA A IGREJA DE NOSSA SENHORA D’AJUDA.
NA CHARMOSA RUA DO MUCUGÊ ESTÃO LOCALIZADOS A MAIORIA DOS RESTAURANTES, BARES, LOJAS E HOTÉIS E DÁ ACESSO A PRAIA DE MESMO NOME.
A MISTURA DE LOCAIS, ÍNDIOS, HIPPIES, TURISTAS E ESTRANGEIROS TRANSFORMARAM ARRAIAL D'AJUDA EM UMA PEQUENA ALDEIA INTERNACIONAL E, POR ISSO, É CHAMADA "O CANTINHO DO MUNDO".
A IGREJA DE NOSSA SENHORA D'AJUDA
imagem - ?
A IGREJA DE NOSSA SENHORA D'AJUDA FOI UMA HOMENAGEM A TOMÉ DE SOUZA E AOS PRIMEIROS JESUÍTAS QUE CHEGARAM ÀS BELAS PRAIAS DO SUL DA BAHIA EM 1549, COM SUAS 03 NAUS: CONCEIÇÃO, SALVADOR E AJUDA; QUE VIRIAM MAIS TARDE A SER OS NOMES DAS CIDADES E DE SUAS PRIMEIRAS IGREJAS. 
IGREJA NOSSA SENHORA D'AJUDA VISTA DE PERTO
foto - Thymonthy Becker
O SANTUÁRIO DO ARRAIAL D'AJUDA NO SUL DA BAHIA É CONSIDERADO O MAIS ANTIGO SANTUÁRIO CATÓLICO DO BRASIL, CUJA ROMARIA ACONTECE TODOS OS ANOS A PARTIR DE 6 DE AGOSTO, COM O ÁPICE DA FESTA EM HOMENAGEM À SANTA PADROEIRA DO ARRAIAL D'AJUDA NO DIA 15 DE AGOSTO.
ROMEIROS DE TODO O BRASIL SE MANIFESTAM NA CIDADE EM ATO DE FÉ E TRADIÇÃO.
A IGREJA DE NSª D'AJUDA DIVIDINDO A RUA
foto - Thymonthy Becker
QUASE DEZOITO QUILÔMETROS DE LINDAS PRAIAS COLORIDAS SÃO AS PRINCIPAIS ATRAÇÕES DE ARRAIAL D'AJUDA. ALGUMAS DELAS PROTEGIDAS POR RECIFES, FORMAM PISCINAS NATURAIS NA MARÉ BAIXA, OUTRAS AINDA PRESERVADAS E SEMI-DESERTAS.
VEJA AS BELÍSSIMAS PRAIAS DE ARRAIAL D'AJUDA
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker
CHEGANDO OU SAINDO
foto - Thymonthy Becker
O PORTO AO LONGE
foto - Thymonthy Becker
BALEIAS JUBARTE
ENTRE OS MESES DE JULHO E NOVEMBRO DE CADA ANO, AS BALEIAS DA ESPÉCIE JUBARTE VISITAM A REGIÃO E PROVOCAM A VINDA DE GRANDE NUMERO DE TURISTAS PARA O EXTREMO SUL DA BAHIA. COM A PRESERVAÇÃO E A PROTEÇÃO DAS BALEIAS JUBARTE, A POPULAÇÃO AUMENTOU E CADA VEZ MAIS BALEIAS VÊM EM BUSCA DE ÁGUAS QUENTES PARA NAMORAR.
imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA APAGA FOGO
imagem - Portal arraial d'Ajuda
TAMBÉM APAGA FOGO
imagem - Portal arraial d'Ajuda

PRAIA ARACAIPE
imagem - Portal arraial d'Ajuda
TAMBÉM ARACAIPE
 imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA DA PITANGA
imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA DA TAIPE
imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA DO PARRACHO
imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA DOS NATIVOS
imagem - Portal arraial d'Ajuda
TAMBÉM PRAIA DOS NATIVOS
imagem - Portal arraial d'Ajuda
PRAIA RIO DA BARRA
imagem - Portal arraial d'Ajuda
NAS AREIAS DA PRAIA
foto - Thymonthy Becker
AQUI UMA LOJA INDIANA COM CENTENAS DE ARTIGOS TÍPICOS
foto - Thymonthy Becker
O FAMOSO JESUÍTA, JOSÉ DE ANCHIETA, ESCREVEU NO INÍCIO DO SÉCULO XVI SOBRE O "SONORO BRANDO SUSSURRO DA ÁGUA QUE MILAGROSAMENTE JORROU DE UMA FONTE AO PÉ DE UMA FRONDOSA ÁRVORE, QUANDO O PE. FRANCISCO PIRES CELEBRAVA ALI O SANTO SACRIFÍCIO DA MISSA".
VÁRIOS OUTROS AUTORES DA ÉPOCA APRESENTAM VERSÕES SOBRE O ORIGEM DO MILAGRE D'ÁGUA.
imagem - Portal arraial d'Ajuda
ATÉ A PRÓXIMA
foto - Thymonthy Becker

fontes / fotos = Thymonthy Becker / IBGE / viajeaqui.abril.com.br / portal arraialdajuda.com / Wikipédia / Divulgação / 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minas são muitas, Todas são gerais