Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

CHICHÉN ITZÁ / IUCATÃ / MÉXICO - Um dos mais importantes centros políticos e religiosos dos maias, eh uma zona arqueológica para aventureiros e interessados em história




LINHA DO TEMPO DE "CHICHÉN ITZÁ" / IUCATÃ / MÉXICO 
O Caracol (foto acima), também conhecido como Observatório, é o destaque do Grupo Sul de Chichen Itzá
Pirâmide Kukulcán, popularmente conhecida como El Castillo
Visitar Chichén Itzá é conferir de perto uma das novidades na lista das sete maravilhas da humanidade. O prêmio é mais do que justo. Também na lista de Patrimônio Histórico da Unesco, Chichén, um dos mais importantes centros políticos e religiosos dos maias, é uma zona arqueológica para aventureiros e interessados em história em geral nenhum botar defeito. 
Escultura em Chichen Itzá
"Gol" do Jogo da Pelota, uma disputa maia em que o perdedor era atirado do alto da pirâmide
Mil Colunas
Comece pela Pirâmide de Kukulcán. Duas vezes por ano, no equinócio da primavera ou outono (20/21 de março e 21/22 de setembro), acontece um fenômeno natural das luzes e sombras que projetam a imagem de uma serpente subindo ou descendo as escadarias da grande pirâmide, que tem 26 metros de altura. 
O show de luzes na pirâmide Kukulkán ilustra bem a sombra dos degraus descendo até a cabeça da cobra, em sua base. O fenômeno acontece nos equinócios de primavera e outono
Show de luzes na pirâmide Kulkukan, em Chichen Itzá
A partir de Cancún, dedique um dia completo para conhecer o complexo arqueológico de Chichen Itzá
Um campo de futebol, o Juego de Pelota, com 168 metros de comprimento por 70 de largura, é considerado o maior das Américas. Aqui era disputado um jogo que valia, literalmente, a vida o ganhador. Já o Cenote Sagrado é um grande espelho de água onde os maias ofertavam anéis, colares, objetos de ouro e onde as pessoas eram atiradas em sacrifício ao deus da chuva. Outras construções importantes são o Templo dos Guerreiros e as Mil Colunas. Mais ao sul, perto do cenote Xtoloc, está o Caracol, também conhecido como Observatório, e o conjunto Las Monjas, com o pequeno, mas elaborado, La Iglesia. 
Base da pirâmide Kukulcán
Templo de los Guerreros, com as Mil Colunas em sua base
As mil colunas de Chichent Itzá ficam junto ao templo dos guerreiros
As ruínas de Chichén Itzá são uma das atrações mais visitadas do México e tendem a superlotar. Ficam longe de Cancún (188 km), dirigir é cansativo e os ônibus de excursão ainda são a melhor alternativa. Reserve ao menos um dia para conhecer a região, com saídas a partir da Zona Hotelera a partir das 8h e retorno no fim da tarde. 
Relevos em Chichen Itzá
Chichén Itzá, uma das capitais maias mais importantes do período clássico. Eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo
Chichén Itzá, uma das capitais maias mais importantes do período clássico. Eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo
Há shows de luzes e sons da primavera ao outono, com horários que variam das 18h às 19h. Nestes casos, a melhor opção é se hospedar na região, ao invés de realizar um bate e volta desde seu hotel em Cancún. Há hotéis e restaurantes bem em conta na cidade vizinha de Piste, mas vale a pena pagar um pouco mais hospedando-se perto do sítio arqueológico. 
Campo do jogo de bola em Chichén Itzá, Yucatán
Templo dos Guerreiros em Chichén Itzá, com as Mil Colunas na base e a imagem do chacmool ocupando a parte central da plataforma superior
COMO CHEGAR 
O jeito mais fácil de acessar as ruínas é através de excursões a partir de Cancún ou Mérida. 
INFORMAÇÕES 
Horário de funcionamento: 
Abre diariamente das 9h as 17h 
Rodovia 180, km 72 a leste de Mérida 
(999) 851-0124
Chichén Itzá (do iucateque: chi'ch'èen ìitsha) é uma cidade arqueológica maia localizada no estado mexicano de Iucatã que funcionou como centro político e econômico da civilização maia. As várias estruturas – a pirâmide de Kukulkán, o templo de Chac Mool, a praça das mil colunas, e o campo de jogos dos prisioneiros – podem ainda hoje ser admiradas e são demonstrativas de um extraordinário compromisso para com a composição e espaço arquitetônico. A pirâmide foi o último e, sem qualquer dúvida, o mais grandioso de todos os templos da civilização maia. O nome Chichén-Itzá tem raiz maia e significa "pessoas que vivem na beira da água". Estima-se que Chichén-Itzá foi fundada por volta dos anos 435 e 455 a.c. foi declarada patrimônio mundial da UNESCO em 1988.
A cidade de Chichén Itzá foi abandonada em 670 d.c. e reconstruída 300 anos mais tarde, quando se tornou o centro da cultura maia e a cidade mais importante do nordeste de Yucátan.
A ascensão de Chichen Itzá está relacionada ao declínio de outros centros regionais das planícies do sul de Yucatã, como, por exemplo, Tikal.
Algumas fontes etnográficas afirmam que em 987 d.c. um rei tolteca de nome Topiltzin Ce Acatl Quetzalcoatl dominou esta região com o apoio de algumas tropas maias e fez de Chichén Itzá a capital, juntamente com Tula Xicocotitlan.
A partir de então houve uma aglutinação entre os estilos arquitetônicos do povo maia e dos toltecas. A arte e a arquitetura desse período mostra uma mistura interessante de maia e estilos tolteca. Alguns estudiosos afirmam que neste período a região não fora liderada por um único governante, mas por um conselho formado pelos mais notórios cidadãos. Entretanto, recentemente esta teoria vêm sendo menos apontada pelos historiadores durante as pesquisas sobre a origem de Chichén Itzá.
Durante a era de ouro de Chichén Itzá, a cidade experimentou um período de forte crescimento econômico e tornou-se o centro financeiro de Iucatã. As rotas de comércio possibilitaram a obtenção de ouro e outros recursos minerais para a região.
Embora existam algumas evidências arqueológicas que indicam que Chichén Itzá foi saqueada, algumas fontes históricas provam que a região não poderia ser atacada por ladrões. A questão está envolvida em um grande enigma arqueológico até os dias atuais.
Após o período de ouro, acredita-se que Chichén Itzá entrou em declínio, mas alguns estudiosos sugerem que a região não foi completamente abandonada, já que os Cenotes foram usados como local de peregrinação durante o extermínio do povo Maia.

fonte / fotos = Wikipédia / viajeaqui.abril.com.br / Thymonthy Becker / Divulgação / 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

LINHA DO TEMPO DA "WASSERSTRASSENKREUZ" / ALEMANHA - PONTE NAVEGÁVEL Já imaginou um rio passando por cima de outro? Pois é, esse tipo de canal é raro de ser encontrado no mundo. A Wasserstrassenkreuz foi inaugurada em 2003 e é o maior canal navegável da Europa, na Alemanha, sobre o Rio Elba. Une a rede de canais da ex-Alemanha Oriental com a da Alemanha Ocidental, como parte do projeto de reunificação de ambas desde a queda do muro de Berlin. PONTES NAVEGÁVEIS SÃO CONSTRUÇÕES RARAS DE SE ENCONTRAR NO MUNDO – O QUE JÁ FAZ DE QUALQUER UMA ATRAÇÃO IMEDIATA. SE ESTIVERMOS FALANDO DA MAIOR DO PLANETA ENTÃO, O ENCANTO SE MULTIPLICA.
LOCALIZADA NA ALEMANHA, A WASSERSTRASSENKREUZ POSSUI A ESTRUTURA DE UM AQUEDUTO – COMO O DA LAPA, NO RIO DE JANEIRO -, MAS FOI PROJETADA PARA SER CRUZADA POR GRANDES EMBARCAÇÕES. INAUGURADA EM 2003, E MEDINDO UM TOTAL DE 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL JÁ FEITA PELO HOMEM CONECTA DOIS CANAIS – O ELBE-HAVEL E O MITTELLAND – AO PASSAR POR …

PEDRO LEOPOLDO - TERRA NATAL DO MÉDIUM CHICO XAVIER

BEM VINDO A CIDADE DE PEDRO LEOPOLDO. TERRA NATAL DO JOGADOR DIRCEU LOPES
foto - ?
PEDRO LEOPOLDO TEM 58,740 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PEDRO LEOPOLDO EH: PEDRO LEOPOLDENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE JANEIRO E FOI EMANCIPADA EM 1.924
ORIGEM DO NOME

GALILÉIA / CIDADE DAS MANGAS

BEM A CIDADE DE GALILÉIA. TERRA NATAL DE SÃO TOMÉ (HOMENAGEM) imagem - Lamarthine C. Ribeiro GALILEIA TEM 6.951 HABITANTES
QUEM NASCE EM GALILEIA EH: GALILEENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.948

JORDÂNIA

BOM DIA / BEM VINDO A JORDÂNIA. CIDADE BAHIAMINAS foto - ? Jordânia fica na região do vale do Jequitinhonha O primeiro nome da região foi Palestina, tendo pertencido ao município de Vigia, hoje, Almenara.  Em 1948, passa a município, já com a denominação de Jordânia. A POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO É DE 10.319 HABITANTES (IBGE 2010) O primeiro bairro da cidade é o BEIRA RIO A primeira residência construída foi feita pelo Sr. Lídio Figueiredo, conhecida pela casa de seu Gulino, na antiga rua do Gavião, em homenagem ao seu construtor. Rua do Gavião, devido aos antigos dizerem que existia um enorme gavião feito de massa de cimento, em cima dessa casa, o qual vinham muitos curiosos para verem. FORAM REALIZADOS EM JORDÂNIA, ATÉ O MOMENTO, 29 CASAMENTOS. NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO ATÉ ENTÃO. JORDÂNIA POSSUI 05 PRÉ-ESCOLAS 02 DE ENSINO MÉDIO 18 DE ENSINO FUNDAMENTAL AQUI, A ESCOLA ESTADUAL DA CIDADE foto - ? A região Pastoril de Almenara, onde se situa o município, foi desbravada entre 1550 e 1600 por band…

ABADIA DOS DOURADOS / CIDADE ONDE SE ENCONTRA ENTERRADO O BAU DE TIRADENTES

BOM DIA. BEM VINDO A ABADIA DOS DOURADOS. UMA CIDADE HOSPITALEIRA, DE UM POVO ACOLHEDOR, VÁRIOS PONTOS TURÍSTICOS ECOLÓGICOS E RELIGIOSO, COMIDA MINEIRA DE PRIMEIRA QUALIDADE. E COM UMA HISTÓRIA QUE FALE A PENA VOCÊ CONHECER. copyrigth "Léo/MPB/Gustavo"
Abadia dos Dourados tem uma população de 6.704 habitantes. (IBGE 2010) Sendo 3.586 do sexo masculino e 3.118 do sexo feminino. QUEM NASCE EM ABADIA DOS DOURADOS É:  ABADIENSE ABADIA DOS DOURADOS FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO. FOI FUNDADA EM 1948. HISTÓRICO IMPORTANTE DE ABADIA QUE MERECE INVESTIGAÇÃO: Segundo o Sr. Laerte Esteves dos Santos, bisneto do fundador da cidade, Manoel Esteves dos Santos, o seu bisavô era amigo íntimo de Tiradentes e veio foragido de Sao Joao Del Rei para Abadia dos Dourados e com ele trouxe inumeras CARTAS  DE TIRADENTES. Estas cartas estavam em um bau de metal que foi enterrado por volta do ano de 1965, pela avó do sr Laerte, em um local próximo a cidade. Esteveram no local, juntamente com o sr…

NOVA LIMA / MG - RODEADA PELAS MAIS BELAS MONTANHAS DAS MINAS GERAIS

BEM VINDO A CIDADE DE NOVA LIMA. BRITANICAMENTE BRASILEIRA. RODEADA PELAS MAIS BELAS MONTANHAS MINEIRA imagem - Rick Machado NOVA LIMA TEM 80.998 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM NOVA LIMA EH: NOVALIMENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 05 DE FEVEREIRO E FOI FUNDADA EM 1.891 ORIGEM DO NOME Pela Lei Provincial de abril de 1836, foi criado o distrito de Congonhas do Sabará. Em 1891 foi elevada a cidade com o nome de Vila Nova de Lima em homenagem ao governador Augusto de Lima Júnior. Em 7 de setembro de 1923, passou a se chamar Nova Lima. HISTÓRIA Ao iniciar o século XVIII, as bandeiras vindas de São Paulo descobriram que as novas terras que começavam a ser desbravadas possuíam solos fecundos de riquezas minerais, principalmente ouro. Esse foi o motivo do início do povoamento na região de Nova Lima. No ano de 1701, o bandeirante paulista Domingos Rodrigues da Fonseca Leme, cunhado de Garcia Rodrigues Pais, encontra ribeirões auríferos e inicia atividades mineradoras; isso foi o suficiente para…

SARZEDO / RICA EM PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO
VEJA QUE BELA AVENIDA
imagem - Montanha
SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010)
QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995

JANAÚBA / MG - A CIDADE DOS RIOS

BEM VINDO A CIDADE DE JANAÚBA. A CIDADE DOS RIOS. CAPITAL NACIONAL DA BANANA E DO MINI-MILHO.  imagem - ? JANAÚBA TEM 66.803 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM JANAÚBA EH: JANAUBENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME Janaúba, nome de origem indígena, significa planta leitosa, também conhecida como Algodão de Seda, vegetal da família das apocináceas, dicotiledônia, monopétala, abundante na região HISTÓRIA Os primeiros habitantes da região do Vale do Gorutuba constituíam-se de uma mistura de índios Tapuias; mescla de um povo Cafuso ou Caburé, e quilombos negros. Este povo fincou moradia nas proximidades do Vale do Gorutuba. Conta-se que neste rio existia muitos sapos conhecidos como Kuruatuba — sapo grande ou sapo Kururu, dando origem a denominação do rio e do povo que vivia — Gorutubanos. Os Gorutubanos viviam dos produtos da terra. Dedicavam-se principalmente ao plantio do algodão e de porcos. O regime pastoril foi grande favor de civilização…

TOMBOS - NAS QUEDAS DA CACHOEIRA

BEM VINDO A CIDADE DE TOMBOS. ENTRE AS MONTANHAS DE MINAS
foto - ?
TOMBOS TEM 9.537 HABITANTES - IBGE 2010 - 
QUEM NASCE EM TOMBOS EH: TOMBOENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE MAIO E FOI FUNDADA EM 1.923
ORIGEM DO NOME

JEQUITIBA / CAPITAL MINEIRA DO FOLCLORE

BOM DIA. BEM VINDO A JEQUITIBÁ. CIDADE DE GENTE FELIZ
copyrigth "Ralj"
JEQUITIBA TEM HOJE 5.153 HABITANTES. QUEM NASCE EM JEQUITIBA É: JEQUITIBAENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,692 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 1º DE JANEIRO E FOI FUNDADA EM 1949 HISTÓRIA
Bandeirantes, buscando ouro pedras preciosas ou terras férteis para cultura, atingiram a região onde se localiza o município. Em 1670, chegava ao local, procedente de Sabará, um sertanista de barbas longas e brancas conhecido pelo nome de "Borba Gato". Veio pelo rio das Velhas, trazendo escravos e índios mansos e ao encontrar um lugar aprazível nele, fixou-se. O lugar ficava à margem de uma lagoa, próximo à foz do ribeirão Jequitibá, naquele rio. A capital de Minas quase foi transferida de Ouro Preto para Jequitibá, em 1867. O deputado Agostinho Francisco de Souza Paraíso conseguiu aprovar na Assembléia Legislativa da província uma lei transferindo a capital de Ouro Pr…