Pular para o conteúdo principal

PORTO FRANCO / MARANHÃO - Ali, onde o Rio Tocantins separa dois Estados, duas Cidades se assistem margeadas pelo Poderoso e Enigmático Rio Tocantins




LINHA DO TEMPO DE "PORTO FRANCO" MARANHÃO / BRASIL
foto (acima e abaixo) - PMPF
foto - PMPF
foto - PMPF
O belíssimo e enigmático Rio Tocantins em Porto Franco, Maranhão
foto - PMPF
SEJA MUITO BEM VINDO A BELA E ACONCHEGANTE CIDADE DE PORTO FRANCO NO ESTADO DO MARANHÃO
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker 
População estimada 2016 (1) - 23.511
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.417,493
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 15,19
Código do Município 2109007
Gentílico - Porto-Franquino
ORIGEM DO NOME
O NOME SE REFERE AO LOCAL ONDE A CIDADE INICIAL, AS MARGENS DO RIO TOCANTINS, ONDE SE PODIA USAR COMO UM PORTO SEGURO.
HISTÓRICO
Porto Franco - MA 
Histórico 
Admite-se que o povoamento de Porto Franco tenha sido iniciado por volta de 1854, quando em suas terras se instalaram agricultores vindos do lugar vindos do lugar Boa Vista, situado á margem esquerda do rio Tocantins, em Goiás. Poucos anos depois, o povoado por eles fundado foi visitado pelo português José Joaquim Severino, que percorria o Tocantins vendendo às populações ribeirinhas sal e outras mercadorias que trazia de Belém do Pará. Casando-se com uma senhora paraense que possuía parentes na região, Severino lá decidiu fixar residência. Entre 1858 e 1878, o povoado experimentou grande surto de
desenvolvimento. A 2 de abril de 1919, pela Lei Nº 853, foi elevado à categoria de vila. A 1 de dezembro desse ano elegeu seu primeiro prefeito, tenente Valério Neves de Miranda, cuja posse ocorreu no dia 1 de janeiro de 1920, data em que conquistou sua autonomia, sendo desmembrado de Imperatriz. A 29 de março de 1938, pelo Decreto-Lei Nº 45, Porto Franco foi levada à categoria de cidade
Secretaria Municipal de Educação em Porto Franco, maranhão
foto - Thymonthy Becker 
Agência dos Correios e Telégrafos em Porto Franco, Maranhão
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
Sede da Prefeitura Municipal de Porto Franco, Maranhão 
foto - Thymonthy Becker 
Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição em Porto Franco, Maranhão
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
Igreja Presbiteriana em Porto Franco, Maranhão 
foto - Thymonthy Becker 
Igreja Pentecostal 
foto - Thymonthy Becker 
Outra Igreja Pentecostal na saída da cidade de Porto Franco, Maranhão
foto - Thymonthy Becker 
ABASTECENDO O CARRO DO BATENTE PARA VOLTARMOS PRA CASA (ENGEQUISA NA ESTRADA)
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
OPÇÕES DE HOSPEDAGEM / SUGESTÕES
HOTEL SERRA DOURADA 
ONDE FICAMOS HOSPEDADOS
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
Endereço
Av Valentino Aguiar, 121 - Entroncamento - Porto Franco, MA - CEP: 65970-000
(99) 3571-2407
foto - Thymonthy Becker 
Mercado Central da cidade de Porto Franco, Maranhão
foto - Thymonthy Becker
CAJUEIRO CARREGADO DE CAJUS
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker 
ESCOLHA SEU CAMINHO
foto - Thymonthy Becker 
ESPORTE E LAZER
O principal local dos eventos esportivos e culturais da cidade é o Estádio Manoel Panelada, com arquibancadas para cinco mil pessoas, podendo sediar eventos noturnos. É o estádio onde o time local, Porto Franco Futebol Clube manda seus jogos nos campeonatos regionais.
A beira-rio e o Parque de Exposições Alfredo Santos oferecem outras alternativas de lazer para população local e da região.
O carnaval de rua é uma tradição da cidade, atraindo turistas de várias regiões do país.
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE PORTO FRANCO NO MARANHÃO
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker
RIO TOCANTINS. UMA DIVISA NATURAL ENTRE OS ESTADOS DO TOCANTINS E MARANHÃO.
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
AQUI PODEMOS VER DE PORTO FRANCO, MARANHÃO, A CIDADE DE TOCANTINÓPOLIS EM TOCANTINS, DO OUTRO LADO DO RIO. DE BALSA SE ATRAVESSA EM POUCOS MINUTOS. POR TERRA FICA A UMA DISTÂNCIA DE 85 km. O RIO EH A DIVISA NATURAL ENTRE OS DOIS MUNICÍPIOS E OS DOIS ESTADOS, CONSEQUENTEMENTE.
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
foto - Thymonthy Becker 
O RIO TOCANTINS E O CHIQUINHO
foto - Thymonthy Becker 
DISTRITO AGROINDUSTRIAL
A implantação do DIAGRO – Distrito Industrial de Porto Franco, é uma conquista do governo deste município. Sua implantação extrapola a questão das grandes empresas, pois a vinda destes investidores teve impacto determinante na economia local.
A implantação da primeira indústria de esmagamento de soja do Maranhão – ABC Inco – por exemplo, contribuiu e muito, para que Porto Franco se consolidasse como pólo regional, indutor do desenvolvimento sustentável, contribuindo significativamente para a melhoria dos indicadores sociais e econômicos do estado do Maranhão e do Brasil nos últimos três anos.
foto - Thymonthy Becker 
A CASA SOLITÁRIA
foto - Thymonthy Becker 

O ENTORNO DA CIDADE
foto - Thymonthy Becker 

foto - Thymonthy Becker 
AGRADECEMOS SUA VISITA, ESPERAMOS QUE TENHA GOSTADO E QUE SEMPRE VOLTE A NAVEGAR EM NOSSO SITE.
foto - Thymonthy Becker 
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO 


fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Portal da Prefeitura Municipal / Divulgação / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

ENTRE RIOS DE MINAS / MINAS GERAIS - "BERÇO DO CAVALO CAMPOLINA", TEM RUAS CALMAS, BELOS CASARÕES, CACHOEIRAS E MUITA BELEZA NA SERRA DO GAMBÁ

LINHA DO TEMPO DE "ENTRE RIOS DE MINAS" / MINAS GERAIS / BRASIL A CIDADE A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
O TURISMO O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voô livre, mountain bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da c…

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS - COMO A CIDADE COMEÇOU - CEM ANOS ATRÁS NASCIA A CIDADE QUE SERIA REFERÊNCIA EM QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO, NAS MINAS GERAIS

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS / BRASIL - 100 ANOS ATRÁS foto - Thymonthy Becker AQUI PODEMOS VER O CENTRO DA CIDADE, COM O SANTUÁRIO, O COLÉGIO DOS PADRES E ABAIXO A PONTE QUE LIGA O CENTRO AO BAIRRO PORTO VELHO. foto - Colombo
NESTA PÁGINA, IREMOS MOSTRAR COMO DIVINÓPOLIS COMEÇOU. ALGUMAS FOTOS SÃO RARAS. E POSSUEM MAIS DE CEM ANOS. ESTE FOI O SEGUNDO LOCAL ONDE FUNCIONOU A CÂMARA MUNICIPAL. AQUI NA RUA SÃO PAULO. foto - ?
AQUI  ANTIGA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA. HOJE EH O HOTEL DAS VOVÓS. foto - ?
ESTA EH A RUA SÃO PAULO. REPARE QUE OS POSTES DE LUZ FICAVAM NO MEIO DA RUA. foto - ?
AQUI A MESMA RUA SÃO PAULO, ENTRE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS (ANTIGA AVENIDA DA INDEPENDÊNCIA) E AVENIDA VINTE E HUM DE ABRIL. foto - ?
ESTE VÍDEO FOI FEITO QUANDO DIVINÓPOLIS TINHA 20.000 HABITANTES, HOJE TEM 225.000. QUANDO DA INAUGURAÇÃO DA PONTE CENTRO/PORTO VELHO.
AQUI A AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO ESQUINA COM RUA SÃO PAULO. REPARE AS BOMBAS DO POSTO DE COMBUSTÍVEL. foto - ?
O PRIMEIRO PRÉDIO DA CIDADE. EDIFÍCIO HERCÍLIO. …

CARACARAÍ / RORAIMA - A "Cidade Porto" tem Corredeiras, Hotel de Selva, Estação Ecológica, Parques Ambientais e grande Potencial Agrícola

LINHA DO TEMPO DE "CARACARAÍ" / RORAIMA / BRASIL Caracaraí é conhecida como “Cidade-Porto” por ter o maior movimento fluvial do estado de Roraima. A cidade nasceu como um local de embarque de gado para a capital amazonense. Os animais desciam até a boca da estrada, onde se iniciam as Corredeiras do Bem-Querer. Ali eram desembarcados e tangidos até um curral no porto municipal, onde eram embarcados para Manaus. As mercadorias vindas de Manaus, que tem como destino Boa Vista faziam este caminho em sentido inverso, e isso desenvolveu o lugar. O Aeroporto de Caracaraí possui a quarta maior pista de pouso da Amazônia Ocidental, com 2.500 metros de extensão, concluída pela Comissão de Aeroportos da Amazônia. A navegabilidade de Caracaraí a Manaus pelo baixo rio Branco é maior do que em outros pontos a Norte (ainda que grandes embarcações tenham dificuldades durante as fortes secas). As duas maiores e principais estradas federais de Roraima (BR-174 e BR-210 - "Perimetral Norte&…

IPUIUNA / MG - CAPITAL NACIONAL DA BATATA

BEM VINDO A CIDADE DE IPUIUNA. A CAPITAL NACIONAL DA BATATA foto - Thymonthy Becker Comunicação IPUIÚNA TEM 9.521 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM IPUIÚNA EH: IPUIUNENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Ipuiuna, palavra de origem indígena, que  significa “olho de águas turvas” ou “olho de águas escuras”, uma referência a nascente do Rio Pardo que está no município. HISTÓRIA Presume-se que os seus primeiros habitantes tenham sido pessoas que já habitavam povoados vizinhos, como Caldas-MG e Santa Rita de Caldas-MG. É sabido que em 20 de janeiro de 1891, José Francisco Lopes e João Bernardes de Souza fizeram doação de 10 alqueires de terras para formação de um povoado que teria o nome de Santa Quitéria e São João Batista. Posteriormente, veio a edificação de uma capela que, na verdade foi o marco inicial do novo povoado a sombra da qual cresceu o novo núcleo. AQUI A MATRIZ DE SANTA QUITÉRIA foto -  Marçal Carboneri IGREJA DE SÃO BENEDITO foto …

SÃO JOAQUIM DE BICAS

ESTA EH A CIDADE DE SÃO JOAQUIM DAS BICAS. CERCADA POR UMA PAISAGEM EXUBERANTE. TERRA NATAL DO MESTRE PEDRO AMARAL BAMBIRRA imagem - Mavalwie QUEM NASCE EM SÃO JOAQUIM DAS BICAS EH SANJOAQUIMBIQUENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO FOI FUNDADA EM 1995 SÃO JOAQUIM DE BICAS TEM  25.537 HABITANTES - IBGE 2010 - ORIGEM DO NOME Uma imagem de São Joaquim foi esculpida em madeira e colocada no topo do altar de uma capelinha que haviam construída para rezarem ao entardecer, marcando a fé e a religiosidade do povo do nosso município. A imagem de São Joaquim e a vegetação deram o primeiro nome ao arraial: São Joaquim do Campo Verde. Com o passar dos anos, o lugar passou a ser chamado de São Joaquim de Bicas, porque a busca de minerais no leito do Rio Paraopeba englobava a dragagem dos cascalhos que depois eram lavados com jatos de água (bicas). HISTÓRIA A religião foi um fato marcante na história do arraial. Os primeiros moradores construíram uma capelinha para a realização de novenas e oraçõ…

ITU / SÃO PAULO - SEMPRE DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER QUEM QUER SE DIVERTIR, PASSEAR, APRECIAR UMA BOA COMIDA OU APENAS DESCANSAR. QUEM GOSTA DE TURISMO, PRECISA CONHECER ITU. E NÃO EH EXAGERO

LINHA DO TEMPO DE "ITU" / SÃO PAULO / BRASIL  Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.  Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos.  Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histór…

CONTAGEM / POLO COMERCIAL

BOM DIA. BEM VINDO A CONTAGEM. CIDADE PROGRESSO
copyrigth "Altemiro Olinto cris"
CONTAGEM TEM 603.048 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CONTAGEM É: CONTAGENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,794 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. Na época do Brasil-colônia, a Coroa portuguesa mantinha o controle sobre os territórios ocupados através de postos avançados chamados “postos de registro”. Tais postos fiscalizavam e registravam todo o movimento de pessoas e mercadorias, cargas e tropas. Ali, os viajantes, mercadores de escravos e tropeiros eram obrigados a parar e, enquanto as mercadorias eram registradas. CONTAVAM-SE TUDO. INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, AS BARRAS DE OURO, QUE IAM PARA O RIO DE JANEIRO. DAÍ O NOME "CONTAGEM."
No início do século XVII, nas terras da sesmaria do capitão João de Sousa Souto Maior, um terreno conhecido como Sítio das Abóboras, foi instalado um desses postos de fiscalização. Em 1715, Dom Brás Baltasar refere-se a este posto ao escrever …

SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE

BEM VINDO A CIDADE DE SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE. CAPRICHOSAMENTE ENCRAVADA ENTRE MONTANHAS. AQUI O TREVO DE ACESSO. JÁ CHEGANDO NA CIDADE. foto - Thymonthy Becker QUEM NASCE EM SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE EH: BARBARENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM: 04 DE DEZEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.995 O MUNICÍPIO TEM 2.788 HABITANTES (IBGE 2010) HISTÓRIA SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE, FUNDADA EM 1823, COMO CONSTA EM DOCUMENTOS, FOI ELEVADO A DISTRITO DE BARBACENA EM 1841, COM O NOME DE ARRAIAL DE SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE.  EM 4 DE JULHO DE 1857 DESMEMBROU-SE DE BARBACENA E ELEVOU A DISTRITO DE RIO PRETO, CONTINUANDO PERTENCENDO AO MESMO ATÉ SUA EMANCIPAÇÃO QUE SE DEU EM 21 DE DEZEMBRO DE 1995. EM 1886, O BARÃO DE SANTA BÁRBARA, JOÃO EVANGELISTA DE ALMEIDA RAMOS, CONSTRUIU A IGREJA MATRIZ DE SANTA BÁRBARA, UM DOS MAIS BELOS CARTÕES POSTAIS DO MUNICIPIO, LOCALIZADO NA PRAÇA BARÃO DE SANTA BÁRBARA, QUE LEVA O NOME DO BARÃO.  O BARÃO DE SANTA BÁRBARA FIXOU RESIDÊNCIA NO VALE DO PIRAPITINGA DISTRITO DE SANTA…

ABADIA DOS DOURADOS / CIDADE ONDE SE ENCONTRA ENTERRADO O BAU DE TIRADENTES

BOM DIA. BEM VINDO A ABADIA DOS DOURADOS. UMA CIDADE HOSPITALEIRA, DE UM POVO ACOLHEDOR, VÁRIOS PONTOS TURÍSTICOS ECOLÓGICOS E RELIGIOSO, COMIDA MINEIRA DE PRIMEIRA QUALIDADE. E COM UMA HISTÓRIA QUE FALE A PENA VOCÊ CONHECER. copyrigth "Léo/MPB/Gustavo"
Abadia dos Dourados tem uma população de 6.704 habitantes. (IBGE 2010) Sendo 3.586 do sexo masculino e 3.118 do sexo feminino. QUEM NASCE EM ABADIA DOS DOURADOS É:  ABADIENSE ABADIA DOS DOURADOS FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO. FOI FUNDADA EM 1948. HISTÓRICO IMPORTANTE DE ABADIA QUE MERECE INVESTIGAÇÃO: Segundo o Sr. Laerte Esteves dos Santos, bisneto do fundador da cidade, Manoel Esteves dos Santos, o seu bisavô era amigo íntimo de Tiradentes e veio foragido de Sao Joao Del Rei para Abadia dos Dourados e com ele trouxe inumeras CARTAS  DE TIRADENTES. Estas cartas estavam em um bau de metal que foi enterrado por volta do ano de 1965, pela avó do sr Laerte, em um local próximo a cidade. Esteveram no local, juntamente com o sr…