sexta-feira, 14 de outubro de 2016

CONGONHAS / MINAS GERAIS - Patrimônio Mundial declarado pela Unesco, a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos eh um dos maiores tesouros da arte barroca





LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CONGONHAS" / MINAS GERAIS / BRASIL

Patrimônio Mundial declarado pela Unesco, a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é um dos maiores tesouros da arte barroca
Capela do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, cidade considerada Patrimônio Cultural da Humanidade segundo a Unesco
Declarado Patrimônio Mundial pela Unesco, o conjunto da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é considerado a obra-prima de Aleijadinho, com os 12 profetas em pedra-sabão no adro da igreja e as seis capelas que narram a Paixão de Cristo. Na Semana Santa e no Jubileu do Senhor Bom Jesus, a cidade lota.
No adro da Basílica, os 12 profetas em pedra-sabão foram esculpidos por Aleijadinho e seus auxiliares entre 1800 e 1805
ATRAÇÕES 
Jubileu do Senhor Bom Jesus de Matosinhos 
A celebração na Basílica (de 7 a 14 de setembro) existe desde 1760 e recebe mais de 100 mil pessoas a cada ano – romeiros que reconhecem graças alcançadas e pagam promessas. Há missas em vários horários e diversas barracas que vendem comidas, artigos religiosos e roupas. 3731-3133.
A Romaria do Senhor de Bom Jesus de Matosinhos, conjunto arquitetônico do século 18, reúne os museus de Mineralogia e Arte Sacra
O conjunto da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é considerado a obra-prima de Aleijadinho
CONGONHAS/MG PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE. TERRA DO MÉDIUM JERICÓ / CIDADE DOS PROFETAS.
foto - ?
População estimada 2016 (1) - 53.348
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 304,067
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 159,57
Código do Município 3118007
Gentílico - Congonhense
ORIGEM DO NOME
O NOME DA CIDADE VEIO POR CONTA DA VEGETAÇÃO EXISTENTE NA REGIÃO E QUE OS ÍNDIOS CHAMAVAM DE CONGOI (AQUELE QUE SUSTENTA)
Gentílico: Congonhense 
HISTÓRICO
Congonhas teve origem em 1757 quando foi fundado o Santuário de Bom Jesus de Matosinhos, por Feliciano Mendes, de Guimarães, nascido em Portugal, de início modesta cruz e oratório; ele era tão pobre que até morrer, em 1765, pedia esmolas.
Contribuíram com grandes quantias Francisco de Lima; Manuel Rodrigues Coelho, Bernardo Pires da Silva, de modo que se começou a nave central da igreja; em 1787 foi colocada diante do altar-mor a imagem do Cristo morto. Custódia e vasos sacros de prata foram encomendados ao ourives Felizardo Mendes. Em 1819 requisitaram-se os serviços do pintor Manuel da Costa Ataíde (o mestre Ataíde) para restaurar pintura da capela-mor. De 1769 a 1772 trabalhou ali o mestre João de Carvalhais, recebendo 32 oitavas à conta da pintura do altar de Santo Antônio. Data de 1781 a última menção a Carvalhais: recebeu oito oitavas de feitio de duas imagens de Cristo dos colaterais para a igreja.
Em 1812 o barão Eschwege instalou no arraial, com a intenção pioneira no país de produzir ferro, sua Fábrica Patriotica, com Varnhagen e o intendente Câmara, sendo tal local situado às margens da rodovia BR 040, nas proximidades da Mina da Fábrica (nome dado em alusão a "Fábrica Patriótica"), hoje pertencente à Vale.
AQUI UMA VISÃO GERAL DA ÁREA NO ENTORNO DO SANTUÁRIO
foto - ?
AQUI UMA VISÃO DA ÁREA RURAL DA CIDADE
foto - ?
HOJE CONGONHAS, ENQUANTO RESOLVE SE DEIXA DE EXTRAIR A HEMATITE QUE ABASTECE AS PRIMEIRAS USINAS DO PAÍS, RECEBE ANUALMENTE MILHARES DE TURISTAS E ROMEIROS QUE ALI VÃO ORAR E ADMIRAR O SANTUÁRIO DO SENHOR BOM JESUS DE MATOSINHOS, EM CUJO REDOR A CIDADE CRESCEU E VIVE. 
AQUI, O PROFETA OBSERVANDO A CIDADE.
foto - ?
ENTRE IGREJAS
foto - ?
A FERROVIA EM CONGONHAS
foto - ?
AQUI O BECO DOS CANUDOS
foto - Wikipédia
VISTA PARCIAL DA CIDADE
foto - ?
AQUI AS SEIS CAPELAS DOS PASSOS DA PAIXÃO
foto - ?
Em espaços montados ao redor da Praça da Basílica ocorrem encenações da Paixão de Cristo, procissões, lava-pés, Vigília Pascal, novenas e shows. Por isso, programe bem sua viagem, pois durante a Semana Santa e a festa do Jubileu do Bom Jesus (entre 7 e 14 de setembro) a cidade costuma ficar cheia
foto - ?
Capela do Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, em Congonhas, cidade considerada Patrimônio Cultural da Humanidade segundo a Unesco
foto - Wikipédia
UM DOS 12 PROFETAS
foto - ?
CAPELA DO SANTUÁRIO DO BOM JESUS DO MATOZINHOS
foto - Altemiro Olinto Cristo
VISTA DA CIDADE PLEOS TELHADOS
foto - ?
ESTA EH A MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO
Data de 1734 e em sua concepção podem ser percebidas várias fases do barroco. O frontispício, representando a Arca de Noé, é um dos poucos portais de autoria de Aleijadinho. Sua nave é uma das maiores de Minas Gerais, com os altares ricamente adornados por imagens. A douração da capela-mor, realizada em 1764, é atribuída a Manoel Francisco Lisboa, pai de Aleijadinho. Praça Sete de Setembro.
foto - Altemiro Olinto Cristo
AQUI PODEMOS VER A CIDADE NO GERAL
foto - ?
MUSEU
foto - ?
ESTA EH A IGREJA DE NOSSA SENHORA DA AJUDA
Construção de 1746. Tem quatro altares que guardam imagens de Nossa Senhora Aparecida, São Benedito, Santo Antônio, Santa Efigênia, São Pedro e muitas outras. Na sacristia está um belo chafariz em pedra-sabão. Está localizada no distrito de Alto Maranhão, a 14 km (o acesso mais fácil é pelo asfalto, passando pelo trevo do Murtinho).
foto - Geraldo Salomão
ESTE EH O PARQUE DA CACHOEIRA
foto - ?
ÁREA DE CAMPING
foto - ?
AGORA ALGUMAS IMAGENS DOS PROFESTAS, QUE FORAM ESCULPIDAS PELO MESTRE "ALEIJADINHO", QUE ESTÃO COMO GUARDIÕES DO SANTUÁRIO DO BEM JESUS DO MATOZINHOS
foto - ?
foto - ?
ESTE EH O SANTUÁRIO DE BOM JESUS DE MATOZINHOS
A Basílica de Bom Jesus do Matosinhos nasceu de uma fé especial. Feliciano Mendes deu início À construção, agraciado que foi pela cura. Ele trouxe uma imagem de Portugal e a colocou num oratório, recolhendo assim as esmolas. A fama foi se espalhando, junto com as notícias de curas alcançadas.
No final do século XVIII nascia o Jubileu, inicialmente comemorado em maio e setembro. As chuvas de maio, que tornavam as estradas intransitáveis, restringiu a festa a setembro. Em época de Jubileu a cidade lota, pessoas de várias partes do país chegam para demonstrar a sua fé.
A peregrinação era tamanha que Congonhas já não conseguia comportar os inúmeros romeiros. Devido a isto foi construída, na década de 30, a Romaria. Constitui-se de um prédio em forma circular, uma pousada ao redor de um enorme pátio. Demolida em 1968, a Romaria foi reconstruída em 1995 e hoje abriga a Fundação Municipal de Cultura, Lazer e Turismo (Fumcult), além de um centro histórico e cultura
foto - ?
foto - ?
foto - ?
AQUI UM DETALHE DOS ANTIGOS CASARÕES
foto - ?
CACHOEIRA NO ENTORNO DA CIDADE
foto - ?
OLHA QUE BELA CONSTRUÇÃO
foto - ?
O SANTUÁRIO VISTO EM DETALHE
foto - ?
UMA PARCIAL DA CIDADE
foto - ?
PARQUE DA CACHOEIRA
Localizado a 5,3 quilômetros do centro. Possui completa infra-estrutura de lazer, incluindo várias piscinas de água natural, quadras (futebol, peteca, vôlei), campo gramado, área de camping, churrasqueiras, restaurante, lanchonete e sorveteria. O rio Santo Antônio forma várias quedas, sendo que a principal tem aproximadamente 20 metros. Estacionamento gratuito (exceto campistas e ônibus). Para o visitante que deseja tranquilidade, não aconselhamos visitar o parque no domingo.
foto - Bárbara Luísa
OUTRA VISTA DA CIDADE
foto - ?
Patrimônio Mundial declarado pela Unesco, a Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos é um dos maiores tesouros da arte barroca
O interior da Basílica do Senhor Bom Jesus de Matosinhos abriga relicários talhados por Aleijadinho, rica decoração rococó e pintura do teto assinada por mestre Ataíde
Objetos em pedra-sabão
Museu de Arte Sacra


ROMARIA
foto - ?
AQUI A BANDEIRA DA CIDADE DE CONGONHAS, MINAS GERAIS
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE CONGONHAS, MINAS GERAIS

fonte / fotos = Wikipédia / Thymonthy Becker / IBGE / viajeaqui.abril.com.br / Portal da Prefeitura Municipal / 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minas são muitas, Todas são gerais