Pular para o conteúdo principal

SÃO MIGUEL DAS MISSÕES / RIO GRANDE DO SUL - A mais preservada missão jesuítica do Brasil, que impressiona por sua grandiosidade, fundada há 400 anos pelos Jesuítas, trabalhando como arquitetos, escultores, pintores e professores




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "SÃO MIGUEL DAS MISSÕES" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL
Anjo barroco das ruínas do sítio arqueológico de São Miguel das Missões
São Miguel das Missões guarda a mais preservada missão jesuítica do Brasil. As ruínas do povoado, fundado no século 17, foram declaradas Patrimônio Mundial pela Unesco em 1983 (em conjunto com construções semelhantes que ficam na Argentina). O terreno com os restos da catedral e de construções vizinhas fica bem próximo ao Centro e aos hotéis, como a Pousada das Missões.
Índios guaranis que vivem na região do sítio arqueológico de São Miguel das Missões
Ruínas de São Miguel das Missões, RS
COMO CHEGAR 
A cidade fica próxima da fronteira com a Argentina – 174 km de distância para São Borja. Saindo de Porto Alegre, pegue a Rodovia BR-116 em direção a Canoas. Na Av. Getúlio Vargas, siga pelo acesso à BR-386 – estrada com pedágios – e vá até a cidade de Tio Hugo. Lá, faça o retorno no trevo e pegue a RS-223. Um pouco depois de Ibirubá, vire à esquerda na BR-377 e siga até Cruz Alta. Pegue a RS-342 e, depois, em Ijuí, saia pela BR-285 (à esquerda). Percorra a estrada até chegar ao acesso de São Miguel das Missões.
As ruínas do sítio arqueológico de São Miguel das Missões são Patrimônio Histórico da Humanidade
Pousada das Missões
COMO CIRCULAR 
No Centro da cidade ficam as Ruínas de São Miguel – que impressionam por sua grandiosidade –, os hotéis e restaurantes de lá. O Roteiro das Missões é organizado por agências e vão, inclusive para os países vizinho, Argentina e Paraguai.
O sítio arqueológico de São Miguel das Missões é o mais preservado das missões jesuíticas do Brasil
Fonte Missioneira nas ruínas do sítio arqueológico de São Miguel das Missões
BEM VINDO AO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E CULTURAL DA HUMANIDADE. BEM VINDO AO SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE SÃO MIGUEL ARCANJO. BEM VINDO A CIDADE DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES.
AQUI O PÓRTICO DE ENTRADA NA CIDADE
imagem - PMSMM
População estimada 2016 (1) - 7.742
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.229,620
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 6,03
Código do Município 4319158
Gentílico - miguelino
ORIGEM DO NOME
O NOME VEM DAS MISSÕES JESUÍTAS QUE ACONTECERAM NA REGIÃO E DA IGREJA CONSTRUÍDA POR ELES EM HOMENAGEM A SÃO MIGUEL ARCANJO.
A VILA DE SÃO MIGUEL SURGIU EM 1926, QUANDO FOI EFETUADO UM LOTEAMENTO URBANO EM TORNO DOS REMANESCENTES DO ANTIGO POVO JESUÍTICO-GUARANI.
Gentílico: miguelino
HISTÓRICO
O antigo povo de São Miguel, localizado em São Miguel das Missões sobressai com o mais importante remanescente da civilização jesuítico guarani dos Sete Povos das Missões. 
Estas evidências materiais da singular civilização resultante do convívio do jesuíta europeu com o indígena provêm do início do século XVII, época da fundação dos sete Povos e, especificamente, da criação do povo de São Miguel. 
Sua instalação definitiva só se dá, no entanto, em 1697, já que, devido aos ataques dos bandeirantes, esta redução teve que ser transferida para a outra margem do Rio Uruguai, só se efetivando sua instalação no sítio atual quando cessaram as investidas paulistas. Nesta época inicia-se um período de grande desenvolvimento e num processo de transculturação, os índios guarani vão gradualmente absorvendo a cultura européia, transformando-se em hábeis artífices, metalúrgicos, tipógrafos, escultores, pintores, músicos. Ceramistas, canteiros e fabricantes de instrumentos musicais.
Em 1768, com a expulsão dos jesuítas, os Povos das Missões passaram a serem governados pela administração colonial espanhola e a partir de 1801, pela administração portuguesa.
O processo de decadência ocorreu em função dos tratados que entre si vinham estabelecendo entre Portugal e Espanha: em 1750 o Tratado de Madri troca a Colônia de Sacramento (hoje Uruguai), pelo território dos Sete Povos das Missões, sendo os índios obrigados a abandonar suas terras. O apego ao torrão natal expresso pelo herói mítico Sepé Tiarajú explica a eclosão das guerras guaraníricas (1754 ? 1756), quando os índios afinal derrotados, antes de abandonarem a redução, ateiam fogo às suas residências e ao Colégio. O Tratado de Madri é anulado pelo Tratado de El Pardo em 1761, que permite aos índios retornarem às suas terras até a definitiva expulsão dos jesuítas dos domínios espanhóis, decretada por Carlos III, rei da Espanha. Finalmente a Guerra Cisplatina, em 1828, destrói o que ainda resta da civilização missioneira, quando D. Fructuoso Rivera incorpora a seu exército todos os homens que encontra nas Missões.
A vila de São Miguel surgiu em 1926, quando foi efetuado um loteamento urbano em torno dos remanescentes do antigo povo jesuítico-guarani.
AQUI UMA VISTA PARCIAL DA CIDADE
imagem - PMSMM
AQUI UMA AVENIDA DA CIDADE
imagem - ?
OUTRA PARCIAL DA CIDADE
imagem - ?
AQUI UMA VISÃO GERAL DA CIDADE
imagem - PMSMM
AQUI NUMA RUA
hjobrasil.com
hjobrasil.com
imagem - ?
imagem - ?
HOTEL DA CIDADE
imagem - Abrajet
CASA DE PASSAGEM DOS ÍNDIOS
imagem - Germano Schuur
UMA POUSADA
imagem - ?
HOTEL
imagem - Germano Schuur
CHEGANDO NA CIDADE
imagem - ?
MUSEU MISSIONÁRIO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
POUSADA TEMÁTICA
imagem - ?
EM SÃO MIGUEL DAS MISSÕES LOCALIZA-SE O SÍTIO ARQUEOLÓGICO DE SÃO MIGUEL ARCANJO, ONDE ESTÃO AS RUÍNAS JESUÍTAS DA ANTIGA REDUÇÃO DE SÃO MIGUEL ARCANJO. FORAM DECLARADAS PATRIMÔNIO MUNDIAL PELA UNESCO EM 1983.
O SÍTIO ARQUEOLÓGICO CONTA COM O MUSEU DAS MISSÕES, QUE ABRIGA ESTÁTUAS DE IMAGENS SACRAS FEITAS PELOS ÍNDIOS GUARANI.
"AS MISSÕES FORAM FUNDADAS HÁ 400 ANOS PELOS JESUÍTAS.
TRABALHANDO COMO ARQUITETOS, ESCULTORES, PINTORES E PROFESSORES, ELES CONSTRUÍRAM, AUXILIADOS PELOS ÍNDIOS GUARANIS, UMA CIVILIZAÇÃO ÚNICA NA AMÉRICA LATINA".
OS GUIAS TURÍSTICOS SÃO RESPONSÁVEIS PELAS VISITAS GUIADAS AO MUSEU DAS MISSÕES E AOS REMANESCENTES DA IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO (PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE). O MUSEU DAS MISSÕES, EM PARCERIA COM A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, IPHAN E OUTRAS ENTIDADES, PROMOVE ATIVIDADES EDUCATIVAS NOS EVENTOS MAIS SIGNIFICATIVOS DA CIDADE.
AQUI A CRUZ MISSIONEIRA
imagem - ?
CRUZ MISSIONEIRA
CONSTRUÍDA EM UM ÚNICO BLOCO DE PEDRA ARENITO, POSSUI QUATRO BRAÇOS (DOIS PARA A ESQUERDA E DOIS PARA A DIREITA), SÍMBOLO JESUÍTICO DE FÉ REDOBRADA. É UM O MAIS IMPORTANTE SÍMBOLO DAS MISSÕES, EM TORNO DO QUAL A COMUNIDADE SE IDENTIFICA, ESTA FOI PLANTADA EM SÃO MIGUEL, POR OCASIÃO DA REDUÇÃO DOS GUARANIS À FÉ CRISTÃ.
imagem - Isa lanziani
MUSEU DAS MISSÕES
PROJETADO EM 1940 POR LÚCIO COSTA, TAMBÉM REFLETE A RIQUEZA CULTURAL DA CIVILIZAÇÃO QUE SE DESENVOLVEU NA REGIÃO. INSPIRADO NAS HABITAÇÕES DOS MISSIONEIROS, COM AVARANDADO COBERTO COM TELHAS DE BARRO, CONTÉM UMA RICA COLEÇÃO DE CERCA DE CEM IMAGENS DE RARA BELEZA, DE TAMANHOS QUE VÃO DE 15 CM A 2,20 M, RECOLHIDOS POR JOÃO HUGO MACHADO EM 1939 E 1940.
imagem - ?
imagem - PMSMM
imagem - ?
SINO
ENCONTRA-SE JUNTO AO MUSEU, ANTIGAMENTE INSTALADO NO ALTO DA TORRE DO TEMPLO DE SÃO MIGUEL. PESA UMA TONELADA, E FOI FUNDIDO NA REDUÇÃO DE SÃO JOÃO BATISTA, A PRIMEIRA FUNDIÇÃO DE FERRO DO SUL DO PAÍS.
imagem - PMSMM
O MUSEU DAS MISSÕES RECEBE TODO ANO MUITOS ESTUDANTES DO RIO GRANDE DO SUL E DEMAIS ESTADOS DA REGIÃO SUL. O LOCAL É PROPÍCIO PARA PESQUISAR SOBRE ARTES E HISTÓRIA, ALÉM DE CONTAR COM RECURSOS NATURAIS PARA AULAS DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL. NO ANO DE 2010, O MUSEU DAS MISSÕES RECEBEU QUASE 100 MIL VISITANTES DE TODOS OS ESTADOS BRASILEIROS E DOS 5 CONTINENTES.
AS RUÍNAS DA IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO
imagem - PMSMM
imagem - PMSMM
IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO
DE ESTILO BARROCO COMEÇOU A SER CONSTRUÍDA EM 1735 E LEVOU 10 ANOS PARA SER CONCLUÍDA. OS BLOCOS DE ARENITO ERAM TRAZIDOS DE UMA DISTÂNCIA DE 20KM. ERA COMPOSTA POR TRÊS NAVES SEPARADAS POR DUAS GRANDES ARCADAS E CINCO ALTARES COM IMAGENS DE SANTOS, A COBERTURA ERA DE TELHAS DE BARRO SUSTENTADAS POR VIGAS DE MADEIRA E, NA FRENTE, UM PÓRTICO COM ARCADAS E COLUNAS QUE EXIBIAM ESTÁTUAS DOS 12 APÓSTOLOS. A TORRE COM 25 METROS DE ALTURA, OSTENTAVA UM GALO DE ESTANHO DOURADO E CINCO SINOS. O PROJETO DA IGREJA DEVE-SE AO ARQUITETO ITALIANO GIAN BATISTA PRIMOLLI.
imagem - PMSMM
INTERIOR DA IGREJA
imagem - PMSMM
RUÍNAS DE SÃO MIGUEL
Qualquer um que chega diante das ruínas da antiga Igreja de São Miguel impressiona-se com a grandiosidade da construção - ainda mais quando conhece a importância histórica do local. Aqui, assim como em outras reduções jesuíticas da Argentina e do Paraguai, centenas de religiosos viveram entre os séculos 17 e 18 para catequizar os índios. A oeste do Rio Grande do Sul, as reduções ficaram conhecidas como Sete Povos das Missões - o sítio arqueológico de São Miguel Arcanjo (1687), com as ruínas da catedral e algumas colunas das casas vizinhas, é o mais preservado deles, declarado Patrimônio Histórico e Cultural Mundial pela Unesco. Pertinho, o Museu das Missões (1942), projetado por Lúcio Costa, mostra esculturas de santos feitas pelos índios ou trazidas da Europa. Vale fazer a visita guiada para aprender mais sobre o lugar (R$ 65 para grupos de até dez pessoas). O sítio fica aberto entre 9h/12h e 14h/18h (até 20h no verão). R$ 5. Depois que escurece, só é possível entrar para assistir ao espetáculo Luz e Som (19h no inverno; 21h30 no verão), quando as ruínas são iluminadas por feixes e spots de luz que acompanham uma narrativa sobre a história das Missões. R$ 5. Secretaria de Turismo, 3381-1294.
imagem - PMSMM
FRENTE DA IGREJA
imagem - PMSMM
CASA DE APOIO
imagem - PMSMM
SÍTIO ARQUEOLÓGICO
imagem - PMSMM
REGIÃO DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO
imagem - PMSMM
INSTALAÇÕES DO HOTEL
imagem - ?
REGIÃO DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO
imagem - PMSMM
QUERUBINS
imagem - PMSMM
IGREJA DE SÃO MIGUEL ARCANJO - ATUAL
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ESPETÁCULO DE SOM E LUZ
A HISTÓRIA DOS SETE POVOS TAMBÉM É CONTADA ATRAVÉS DO ESPETÁCULO DE SOM E LUZ, CRIADO EM 1978, QUE É APRESENTADO AO ANOITECER, NO SÍTIO ARQUEOLÓGICO SÃO MIGUEL ARCANJO. O ESPETÁCULO NARRA EM 48 MINUTOS O NASCIMENTO, O DESENVOLVIMENTO E O FIM DA CIVILIZAÇÃO CRIADA, NO RIO GRANDE DO SUL, POR JESUÍTAS E ÍNDIOS. AS VOZES QUE CONTAM A HISTÓRIA SÃO OS ATORES PAULO GRACINDO, LIMA DUARTE, ARMANDO BÓGUS, FERNANDA MONTENEGRO, MARIA FERNANDA, JUCA DE OLIVEIRA E ROLANDO BOLDRIN.
HORÁRIOS DE VISITAÇÃO DO SITIO ARQUEOLÓGICO
DAS: 9 H ÀS 12 H E DAS 14 H ÀS 18 H.
NO HORÁRIO DE VERÃO: 9H ÀS 12 H E DAS 14 H ÀS 20 H.
INGRESSOS
ESTUDANTES R$ 2,50
DEMAIS PESSOAS R$ 5,00
PESSOAS C/+ 60 ANOS / GRATIS
imagem - Germano Schuur
PORTAL DE ENTRADA NA CIDADE
imagem - Isa Lanziani
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES, RS
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO MIGUEL DAS MISSÕES, RS

fonte / fotos - Wikipédia / Thymonthy Becker / IBGE / Portal da Prefeitura Municipal / viajeaqui.abril.com.br / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

SARZEDO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM E RICA NA PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO VEJA QUE BELA AVENIDA imagem - Montanha SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995 HISTÓRIA OS PRIMEIROS CONTATOS DO HOMEM BRANCO COM A REGIÃO RECUAM AO INÍCIO DO CICLO DO OURO. AS TERRAS DO ATUAL MUNICÍPIO FICARAM À MARGEM DO PROCESSO DE OCUPAÇÃO E URBANIZAÇÃO QUE CARACTERIZOU AS REGIÕES AURÍFERAS DE MINAS GERAIS. O POVOAMENTO DE SARZEDO TEVE MAIOR IMPULSO COM A IMPLANTAÇÃO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL, LINHA DO PARAOPEBA. A ESTAÇÃO DE SARZEDO FOI INAUGURADA EM 20 DE JUNHO DE 1917. O NOME DA ESTAÇÃO E, DEPOIS, DO MUNICÍPIO, É UMA HOMENAGEM AO ENGENHEIRO ESPANHOL FRANCISCO SARZEDO QUE TRABALHOU NA CONSTRUÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO. AQUI A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. ONDE A CIDADE COMEÇOU imagem - T…

CORONEL FABRICIANO / CIDADE DA SERRA DOS COCAIS

BOM DIA. BEM VINDO A CORONEL FABRICIANO.
copyrigth "pmcf" CORONEL FABRICIANO TEM 103.797 HABITANTES. QUEM NASCE EM CORONEL FABRICIANO É: FABRICIANENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,789 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A ÁREA DA CIDADE É DE APENAS 221 QUILÔMETROS QUADRADOS. DEVIDO A ISTO, A DENSIDADE DEMOGRÁFICA É ALTA. SÃO 470 HABITANTES POR QUILÔMETRO QUADRADO. Destemidos desbravadores, muitos dos quais heróis anônimos que arrostando o endêmico impaludismo, em meio selvagem e hostil, abriram picadões, rasgaram clareiras, mata virgem adentro sertões afora, para que a ferrovia Vitória a Minas pudesse estender as suas paralelas de aço em direção a Itabira, em demanda do riquíssimo minério de ferro do fabuloso Cauê, hoje fonte principal de uma das maiores divisas acarretadas para a Pátria Brasileira. Foi do arroio daqueles heróicos operários, que surgiu a atual cidade Coronel Fabriciano, que até o princípio de 1922 não passava de uma floresta virgem, não violada p…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

NAZÁRIO / GOIÁS - NO CORAÇÃO DA CRIANÇA RESIDE O SEGREDO DA PAZ - CIDADE AMIGA DAS MINAS GERAIS

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE NAZÁRIO. NO CORAÇÃO DE GOIÁS. A MAIOR PRODUTORA DE PÓ DE GELATINA DO BRAZIL. UMA CIDADE ACOLHEDORA E DE PESSOAS PRESTATIVAS. foto - Thymonthy Becker Comunicação NAZÁRIO TEM 8.421 HABITANTES (ESTIMATIVA IBGE 2013) QUEM NASCE EM NAZÁRIO EH: NAZARINENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 25 DE AGOSTO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME O NOME NAZÁRIO EH UMA HOMENAGEM AO PRIMEIRO MORADOR (NAZÁRIO PEREIRA DE OLIVEIRA) QUE SE ESTABELECEU NA REGIÃO. ERA DE DESCENDÊNCIA ESPANHOLA E CHEGOU AO LOCAL POR VOLTA DE 1.880  HISTÓRIA DA CIDADE Por volta de 1880, Nazário Pereira de Oliveira, de descendência espanhola, radicou-se com sua família em lugar bem próximo à Serra da Jibóia, no então Município de Palmeiras de Goiás, onde tentou, sem êxito, a fortuna, procurando ouro ou pedras preciosas. Pouco tempo depois, transferiu-se para o local onde mais tarde nasceria o povoado, nas proximidades da confluência do Córrego Buriti com o Rio dos Bois. Fez erigir aí uma capela, à qual c…

AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER - Hong Kong, uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e combina a cultura oriental com a ocidental, livre comércio, baixos impostos; lidera

LINHA DO TEMPO DAS "10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER" / WORLD O ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT (EIU) DIVULGOU UM NOVO RANKING LISTANDO AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER. A LISTA, QUE TEM CAUSADO DEBATES, TRAZ HONG KONG EM PRIMEIRO LUGAR.
1° - HONG KONG (CHINA)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo. É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

2° - AMSTERDÃ (HOLANDA)
Amsterdã é prática, moderna e vanguardista. E essas qualidades de certa forma resumem as características de toda a Holanda, um país de território minúsculo que foi uma g…