Pular para o conteúdo principal

PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA / BAHIA - Montanhas, chapadões, rios, cachoeiras e grutas no principal destino ecoturístico do Brasil




LINHA DO TEMPO DO "PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA" / BAHIA / BRASIL
Principal destino de ecoturismo do Brasil, a área de preservação é só uma parte de um território que guarda uma quantidade incrível de montanhas, chapadões, rios, cachoeiras e grutas. Como o parque ainda não tem um plano de manejo implementado, a maioria de suas atrações não tem estrutura adequada para visitas. Entre os lugares mais visitados (divididos entre seis destinos), parte está fora dos seus domínios. 
Por que é 5 estrelas? A beleza natural impressiona. Os próprios guias não sabem bem o número de grutas e cachoeiras, mas juram que ainda há atrações a descobrir. Cachoeiras em cânions, rios de água avermelhada e formações rochosas formam um conjunto sem igual. O trekking do Vale do Paty, um dos mais cênicos do país, corta a área do parque. 
Poço Azul na caverna do Parque Nacional da Chapada Diamantina na Bahia. Em contato com a água, os raios de sol revelam diversos tons de azul e belas formações rochosas
Preste atenção A flora da região é riquíssima. Muitas espécies, como algumas orquídeas, só existem aqui, e alguns tipos de sempre-viva, flor típica, correm risco de extinção. A água avermelhada dos rios deve-se à matéria orgânica vegetal em decomposição, mas é potável. 
Cachoeiras ladeadas por cânions, rios caudalosos, cavernas com águas cristalinas. A Chapada Diamantina, Bahia, é perfeita para quem procura aventura e diversão no meio da natureza. Seis destinos nos arredores do Parque Nacional servem de base para o turista
A melhor foto Do alto do Morro do Pai Inácio você faz a imagem clássica da Chapada, mas as cachoeiras da Fumaça e do Buracão também rendem ótimos cliques. 
Tempo de visita Para conhecer as melhores atrações, o ideal é ter de uma semana a dez dias.
Morrão do Camelo no Parque Nacional da Chapada Diamantina
Quando ir O ano inteiro. No período entre novembro e janeiro chove mais, o que não costuma atrapalhar os passeios. De junho a agosto, época de seca, algumas quedas têm menos volume de água. 
Poço Azul na caverna do Parque Nacional da Chapada Diamantina. Quando batem na água, os raios de sol revelam várias tonalidades de azul e belas formações rochosas
Informações O parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes (sede em Palmeiras), você pode entrar em contato pelos telefone (75)3332-2418 ou (75) 3332-2310. Os passeios devem ser feitos sempre com guia - além de não correr o risco de se perder, as belas paisagens do percurso ganham como complemento informações sobre a vegetação e a história da Chapada. Eles devem ser contratados nas agências de turismo ou nas ACVs.
Gruta Pratinha
A CHAPADA DIAMANTINA NA BAHIA EH REALMENTE UM SHOW DA NATUREZA QUE MOSTRA QUE SABE FAZER E BEM FEITO. 
foto - Wikipédia
Em 1985, através do Decreto Nacional n˚91.655, foi criado o Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) para a preservação das belezas cênicas do local. Porém, o grande objetivo da manutenção desta área está na conservação das suas nascentes, com destaque para o principal rio baiano, o Paraguaçu, responsável pelo abastecimento de 60% da população da capital baiana. Além de resguardar um banco genético importantíssimo para a pesquisa científica e conservação da biodiversidade. A cada ano, pelo menos quatro ou cinco novas espécies de plantas endêmicas e três espécies de animais são descobertas na região.
O PNCD é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio), uma autarquia ligada ao Ministério do Meio Ambiente, que trabalha exclusivamente em prol das áreas de preservação. A sua área representa apenas uma pequena parte de toda a Chapada Diamantina, região que engloba dezenas de municípios. Ele ainda não possui controle de visitação e á possível conhecê-lo a partir de diversas localidades, principalmente de Lençóis, do Vale do Capão, de Mucugê e Andaraí. O acesso aos seus atrativos, na maioria das vezes, é realizado por meio de caminhada. Porém, ele não concentra todos os atrativos da região, muitos lugares famosos estão localizados ao seu redor.
Consciência ambiental
A conscientização da população faz parte das frentes de trabalho do Instituto e é realizada em parceria com os movimentos ambientalistas, como o GAP (Grupo Ambientalista de Palmeiras) e o GAL (Grupo Ambientalista de Lençóis), além do apoio dado pelas diversas brigadas voluntárias e pelas ACVs (Associações de Condutores de Visitantes) espalhadas por diversos municípios da região.
A vegetação predominante da Chapada é conhecida como campo rupestre, que em geral é mais rasteira, porém é considerada um dos ecossistemas mais ricos do mundo, comparável à Mata Atlântica e à região do Cabo na África do Sul. Nele é possível encontrar mais de 100 tipos de orquídeas, inúmeras bromélias, cactos, begônias, trepadeiras e sempre-vivas, que podem ser apreciadas de abril a agosto. A variedade de animais também é imensa, principalmente as aves, que são mais de 250 espécies.
Aqui é o berço de 50% dos rios que banham o Estado da Bahia, tendo como o seu principal o Rio Paraguaçu, fundamental para a vida no semiárido baiano. E como não poderia deixar de ser, as águas da chapada também são inusitadas. É possível nadar em águas escuras e em águas ultra transparentes. Porém, todas são limpas. Essas águas avermelhadas são como “um chá natural gigante”, compara o biólogo Roy Funch, um dos principais responsáveis pela criação do Parque Nacional da Chapada Diamantina.
O beija-flor-gravatinha-vermelha é endêmico na Chapada Diamantina e habita áreas superiores a mil metros de altitude. Nas matas chapadenses também vivem o tamanduá bandeira, o macaco prego, a jaguatirica e muitos outros animais.
Do alto do Morro do Pai Inácio, tradicional e imperdível atração, parece que a Chapada não tem fim. Pudera, são mais de 1.500 km² cheios de grutas com grandes salões subterrâneos, cânions gigantes e cachoeiras das mais belas e altas do país. 
Tudo isso, junto, faz deste um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. Além dos cenários naturais encantadores, a estrutura é das mais preparadas para o turismo, sobretudo em Lençóis, a “capital da Chapada”, onde há bons hotéis e restaurantes gostosos. 
A cidade é a base para ir às outras seis localidades turísticas daqui, seja a hippie Vale do Capão, sejam as cachoeiras de Ibicoara, seja a histórica Igatu ou mesmo a “recém-descoberta” Itaetê, novidade do GUIA BRASIL 2015, que tem lindas quedas-d’água. A cereja no bolo da Chapada é o queridinho dos aventureiros: o Vale do Paty, mais cênico trekking do país.
MORRO DO INÁCIO
foto - baixaki
CACHOEIRA DOS MOSQUITOS
foto - Falcon Oline
POÇO ENCANTADO
foto - ?
GRUTA PRATINHA
foto - ?
CACHOEIRA DA FUMAÇA
FOI DESCOBERTA POR UM AVIADOR AMERICANO DA DÉCADA DE 60. A VISÃO DO CÂNION E DA CACHOEIRA COMPENSAM O ESFORÇO. DE UMA ALTITUDE DE 420 M.
AS ÁGUAS ESCORREM POR UMA ESTREITA ABERTURA E SE DISSIPAM ANTES MESMO DE TOCAR O SOLO; DAÍ O NOME CACHOEIRA DA FUMAÇA.
foto - ?

fonte / fotos = Wikipédia / viajeaquiabril.com.br / Thymonthy Becker / IBGE / Divulgação / 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

SARZEDO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM E RICA NA PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO VEJA QUE BELA AVENIDA imagem - Montanha SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995 HISTÓRIA OS PRIMEIROS CONTATOS DO HOMEM BRANCO COM A REGIÃO RECUAM AO INÍCIO DO CICLO DO OURO. AS TERRAS DO ATUAL MUNICÍPIO FICARAM À MARGEM DO PROCESSO DE OCUPAÇÃO E URBANIZAÇÃO QUE CARACTERIZOU AS REGIÕES AURÍFERAS DE MINAS GERAIS. O POVOAMENTO DE SARZEDO TEVE MAIOR IMPULSO COM A IMPLANTAÇÃO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL, LINHA DO PARAOPEBA. A ESTAÇÃO DE SARZEDO FOI INAUGURADA EM 20 DE JUNHO DE 1917. O NOME DA ESTAÇÃO E, DEPOIS, DO MUNICÍPIO, É UMA HOMENAGEM AO ENGENHEIRO ESPANHOL FRANCISCO SARZEDO QUE TRABALHOU NA CONSTRUÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO. AQUI A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. ONDE A CIDADE COMEÇOU imagem - T…

CORONEL FABRICIANO / CIDADE DA SERRA DOS COCAIS

BOM DIA. BEM VINDO A CORONEL FABRICIANO.
copyrigth "pmcf" CORONEL FABRICIANO TEM 103.797 HABITANTES. QUEM NASCE EM CORONEL FABRICIANO É: FABRICIANENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,789 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A ÁREA DA CIDADE É DE APENAS 221 QUILÔMETROS QUADRADOS. DEVIDO A ISTO, A DENSIDADE DEMOGRÁFICA É ALTA. SÃO 470 HABITANTES POR QUILÔMETRO QUADRADO. Destemidos desbravadores, muitos dos quais heróis anônimos que arrostando o endêmico impaludismo, em meio selvagem e hostil, abriram picadões, rasgaram clareiras, mata virgem adentro sertões afora, para que a ferrovia Vitória a Minas pudesse estender as suas paralelas de aço em direção a Itabira, em demanda do riquíssimo minério de ferro do fabuloso Cauê, hoje fonte principal de uma das maiores divisas acarretadas para a Pátria Brasileira. Foi do arroio daqueles heróicos operários, que surgiu a atual cidade Coronel Fabriciano, que até o princípio de 1922 não passava de uma floresta virgem, não violada p…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

NAZÁRIO / GOIÁS - NO CORAÇÃO DA CRIANÇA RESIDE O SEGREDO DA PAZ - CIDADE AMIGA DAS MINAS GERAIS

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE NAZÁRIO. NO CORAÇÃO DE GOIÁS. A MAIOR PRODUTORA DE PÓ DE GELATINA DO BRAZIL. UMA CIDADE ACOLHEDORA E DE PESSOAS PRESTATIVAS. foto - Thymonthy Becker Comunicação NAZÁRIO TEM 8.421 HABITANTES (ESTIMATIVA IBGE 2013) QUEM NASCE EM NAZÁRIO EH: NAZARINENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 25 DE AGOSTO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME O NOME NAZÁRIO EH UMA HOMENAGEM AO PRIMEIRO MORADOR (NAZÁRIO PEREIRA DE OLIVEIRA) QUE SE ESTABELECEU NA REGIÃO. ERA DE DESCENDÊNCIA ESPANHOLA E CHEGOU AO LOCAL POR VOLTA DE 1.880  HISTÓRIA DA CIDADE Por volta de 1880, Nazário Pereira de Oliveira, de descendência espanhola, radicou-se com sua família em lugar bem próximo à Serra da Jibóia, no então Município de Palmeiras de Goiás, onde tentou, sem êxito, a fortuna, procurando ouro ou pedras preciosas. Pouco tempo depois, transferiu-se para o local onde mais tarde nasceria o povoado, nas proximidades da confluência do Córrego Buriti com o Rio dos Bois. Fez erigir aí uma capela, à qual c…

AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER - Hong Kong, uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e combina a cultura oriental com a ocidental, livre comércio, baixos impostos; lidera

LINHA DO TEMPO DAS "10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER" / WORLD O ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT (EIU) DIVULGOU UM NOVO RANKING LISTANDO AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER. A LISTA, QUE TEM CAUSADO DEBATES, TRAZ HONG KONG EM PRIMEIRO LUGAR.
1° - HONG KONG (CHINA)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo. É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

2° - AMSTERDÃ (HOLANDA)
Amsterdã é prática, moderna e vanguardista. E essas qualidades de certa forma resumem as características de toda a Holanda, um país de território minúsculo que foi uma g…