Pular para o conteúdo principal

PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA / BAHIA - Montanhas, chapadões, rios, cachoeiras e grutas no principal destino ecoturístico do Brasil




LINHA DO TEMPO DO "PARQUE NACIONAL DA CHAPADA DIAMANTINA" / BAHIA / BRASIL
Principal destino de ecoturismo do Brasil, a área de preservação é só uma parte de um território que guarda uma quantidade incrível de montanhas, chapadões, rios, cachoeiras e grutas. Como o parque ainda não tem um plano de manejo implementado, a maioria de suas atrações não tem estrutura adequada para visitas. Entre os lugares mais visitados (divididos entre seis destinos), parte está fora dos seus domínios. 
Por que é 5 estrelas? A beleza natural impressiona. Os próprios guias não sabem bem o número de grutas e cachoeiras, mas juram que ainda há atrações a descobrir. Cachoeiras em cânions, rios de água avermelhada e formações rochosas formam um conjunto sem igual. O trekking do Vale do Paty, um dos mais cênicos do país, corta a área do parque. 
Poço Azul na caverna do Parque Nacional da Chapada Diamantina na Bahia. Em contato com a água, os raios de sol revelam diversos tons de azul e belas formações rochosas
Preste atenção A flora da região é riquíssima. Muitas espécies, como algumas orquídeas, só existem aqui, e alguns tipos de sempre-viva, flor típica, correm risco de extinção. A água avermelhada dos rios deve-se à matéria orgânica vegetal em decomposição, mas é potável. 
Cachoeiras ladeadas por cânions, rios caudalosos, cavernas com águas cristalinas. A Chapada Diamantina, Bahia, é perfeita para quem procura aventura e diversão no meio da natureza. Seis destinos nos arredores do Parque Nacional servem de base para o turista
A melhor foto Do alto do Morro do Pai Inácio você faz a imagem clássica da Chapada, mas as cachoeiras da Fumaça e do Buracão também rendem ótimos cliques. 
Tempo de visita Para conhecer as melhores atrações, o ideal é ter de uma semana a dez dias.
Morrão do Camelo no Parque Nacional da Chapada Diamantina
Quando ir O ano inteiro. No período entre novembro e janeiro chove mais, o que não costuma atrapalhar os passeios. De junho a agosto, época de seca, algumas quedas têm menos volume de água. 
Poço Azul na caverna do Parque Nacional da Chapada Diamantina. Quando batem na água, os raios de sol revelam várias tonalidades de azul e belas formações rochosas
Informações O parque é administrado pelo Instituto Chico Mendes (sede em Palmeiras), você pode entrar em contato pelos telefone (75)3332-2418 ou (75) 3332-2310. Os passeios devem ser feitos sempre com guia - além de não correr o risco de se perder, as belas paisagens do percurso ganham como complemento informações sobre a vegetação e a história da Chapada. Eles devem ser contratados nas agências de turismo ou nas ACVs.
Gruta Pratinha
A CHAPADA DIAMANTINA NA BAHIA EH REALMENTE UM SHOW DA NATUREZA QUE MOSTRA QUE SABE FAZER E BEM FEITO. 
foto - Wikipédia
Em 1985, através do Decreto Nacional n˚91.655, foi criado o Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) para a preservação das belezas cênicas do local. Porém, o grande objetivo da manutenção desta área está na conservação das suas nascentes, com destaque para o principal rio baiano, o Paraguaçu, responsável pelo abastecimento de 60% da população da capital baiana. Além de resguardar um banco genético importantíssimo para a pesquisa científica e conservação da biodiversidade. A cada ano, pelo menos quatro ou cinco novas espécies de plantas endêmicas e três espécies de animais são descobertas na região.
O PNCD é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação Ambiental (ICMBio), uma autarquia ligada ao Ministério do Meio Ambiente, que trabalha exclusivamente em prol das áreas de preservação. A sua área representa apenas uma pequena parte de toda a Chapada Diamantina, região que engloba dezenas de municípios. Ele ainda não possui controle de visitação e á possível conhecê-lo a partir de diversas localidades, principalmente de Lençóis, do Vale do Capão, de Mucugê e Andaraí. O acesso aos seus atrativos, na maioria das vezes, é realizado por meio de caminhada. Porém, ele não concentra todos os atrativos da região, muitos lugares famosos estão localizados ao seu redor.
Consciência ambiental
A conscientização da população faz parte das frentes de trabalho do Instituto e é realizada em parceria com os movimentos ambientalistas, como o GAP (Grupo Ambientalista de Palmeiras) e o GAL (Grupo Ambientalista de Lençóis), além do apoio dado pelas diversas brigadas voluntárias e pelas ACVs (Associações de Condutores de Visitantes) espalhadas por diversos municípios da região.
A vegetação predominante da Chapada é conhecida como campo rupestre, que em geral é mais rasteira, porém é considerada um dos ecossistemas mais ricos do mundo, comparável à Mata Atlântica e à região do Cabo na África do Sul. Nele é possível encontrar mais de 100 tipos de orquídeas, inúmeras bromélias, cactos, begônias, trepadeiras e sempre-vivas, que podem ser apreciadas de abril a agosto. A variedade de animais também é imensa, principalmente as aves, que são mais de 250 espécies.
Aqui é o berço de 50% dos rios que banham o Estado da Bahia, tendo como o seu principal o Rio Paraguaçu, fundamental para a vida no semiárido baiano. E como não poderia deixar de ser, as águas da chapada também são inusitadas. É possível nadar em águas escuras e em águas ultra transparentes. Porém, todas são limpas. Essas águas avermelhadas são como “um chá natural gigante”, compara o biólogo Roy Funch, um dos principais responsáveis pela criação do Parque Nacional da Chapada Diamantina.
O beija-flor-gravatinha-vermelha é endêmico na Chapada Diamantina e habita áreas superiores a mil metros de altitude. Nas matas chapadenses também vivem o tamanduá bandeira, o macaco prego, a jaguatirica e muitos outros animais.
Do alto do Morro do Pai Inácio, tradicional e imperdível atração, parece que a Chapada não tem fim. Pudera, são mais de 1.500 km² cheios de grutas com grandes salões subterrâneos, cânions gigantes e cachoeiras das mais belas e altas do país. 
Tudo isso, junto, faz deste um dos principais destinos de ecoturismo do Brasil. Além dos cenários naturais encantadores, a estrutura é das mais preparadas para o turismo, sobretudo em Lençóis, a “capital da Chapada”, onde há bons hotéis e restaurantes gostosos. 
A cidade é a base para ir às outras seis localidades turísticas daqui, seja a hippie Vale do Capão, sejam as cachoeiras de Ibicoara, seja a histórica Igatu ou mesmo a “recém-descoberta” Itaetê, novidade do GUIA BRASIL 2015, que tem lindas quedas-d’água. A cereja no bolo da Chapada é o queridinho dos aventureiros: o Vale do Paty, mais cênico trekking do país.
MORRO DO INÁCIO
foto - baixaki
CACHOEIRA DOS MOSQUITOS
foto - Falcon Oline
POÇO ENCANTADO
foto - ?
GRUTA PRATINHA
foto - ?
CACHOEIRA DA FUMAÇA
FOI DESCOBERTA POR UM AVIADOR AMERICANO DA DÉCADA DE 60. A VISÃO DO CÂNION E DA CACHOEIRA COMPENSAM O ESFORÇO. DE UMA ALTITUDE DE 420 M.
AS ÁGUAS ESCORREM POR UMA ESTREITA ABERTURA E SE DISSIPAM ANTES MESMO DE TOCAR O SOLO; DAÍ O NOME CACHOEIRA DA FUMAÇA.
foto - ?

fonte / fotos = Wikipédia / viajeaquiabril.com.br / Thymonthy Becker / IBGE / Divulgação / 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

ENCRUZILHADA DO SUL / RIO GRANDE DO SUL - Para quem gosta de esportes de aventura, trilhas de fora de estrada, Jeep Cross e tradicionais festas Sulinas

LINHA DO TEMPO DE "ENCRUZILHADA DO SUL" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL ENCRUZILHADA DO SUL / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL
ENCRUZILHADA DO SUL, A CIDADE DA FESTA DO BUMBA MEU BOI E DAS TRILHAS DE FORA DE ESTRADA E JEEP CROSS. imagem - Ubirajara Buddin Cruz
População estimada 2016 (1) - 25.801
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.348,319
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 7,33
Código do Município 4306908
Gentílico - Encruzilhadense

ORIGEM DO NOME A primitiva denominação “Santa Bárbara de Encruzilhada” constituiu uma homenagem indireta ao destacamento de dragões, sediado no local, na época das lutas contra os espanhóis. Como se sabe, Santa Bárbara é ainda hoje a padroeira dos artilheiros. Por sua vez, o nome de “Encruzilhada” se prende ao fato de a cidade ter tido começo num local onde se cruzavam dois caminhos em sentido transversal. Em 1943, quando da revisão geral da toponímia brasileira, a cidade passou a chamar-se “Encruzilhada do Sul”. HISTÓRICO  Encruzilhada do Sul Rio Grande…

IGARATINGA / CAPITAL MINEIRA DOS TIJOLOS

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE IGARATINGA. CAPITAL MINEIRA DOS TIJOLOS DE CERÂMICA. CIDADE DE GENTE AMIGA
imagem - Thymonthy Becker Comunicação" IGARATINGA TEM 9.264 HABITANTES (IBGE 2010)
QUE NASCE EM IGARATINGA EH: IGARATINGUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARO E FOI FUNDADA EM 1.962

HISTÓRICO OS PRIMEIROS HABITANTES DA REGIÃO FORAM OS BANDEIRANTES QUE SE DIRIGIAM A PITANGUI, EM SUAS FIXAÇÕES AS MARGEM DIREITA E ESQUERDA DO RIO SÃO JOÃO.
A CIDADE DE IGARATINGA ENCONTRAVA-SE LOCALIZADA DENTRO DA ÁREA DA PROPRIEDADE DOS MATEUS, FAZENDA ESTA QUE FOI ABANDONADA PELOS PROPRIETÁRIOS, SEGUNDO MORADORES ANTIGOS.
SANTO ANTÔNIO DA PEDRA FOI O PRIMEIRO NOME DA CIDADE. POR DECISÃO DOS HERDEIROS, FOI DOADA UMA ÁREA DE VINTE ALQUEIRES PARA A CAPELA DE SANTO ANTÔNIO DA PEDRA, MARCANDO OS LIMITES DA ATUAL CIDADE.
AS PRIMEIRAS FAMÍLIAS QUE CHAGARAM AO LOCAL FORAM A FERREIRA GUIMARÃES, A MENDES E A FAMÍLIA FERREIRA DA SILVA QUE ERA DESCENDENTE DE ESCRAVOS.
A PRIMEIRA ESTRADA CONSTRUÍDA FOI …

IGARATINGA

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE IGARATINGA. CAPITAL MINEIRA DOS TIJOLOS DE CERÂMICA. CIDADE DE GENTE AMIGA imagem "Thymonthy Becker Communication" IGARATINGA TEM 9.264 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM IGARATINGA EH: IGARATINGUENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARO E FOI FUNDADA EM 1.962 HISTÓRIA OS PRIMEIROS HABITANTES DA REGIÃO FORAM OS BANDEIRANTES QUE SE DIRIGIAM A PITANGUI, EM SUAS FIXAÇÕES AS MARGEM DIREITA E ESQUERDA DO RIO SÃO JOÃO. A CIDADE DE IGARATINGA ENCONTRAVA-SE LOCALIZADA DENTRO DA ÁREA DA PROPRIEDADE DOS MATEUS, FAZENDA ESTA QUE FOI ABANDONADA PELOS PROPRIETÁRIOS, SEGUNDO MORADORES ANTIGOS. SANTO ANTÔNIO DA PEDRA FOI O PRIMEIRO NOME DA CIDADE. POR DECISÃO DOS HERDEIROS, FOI DOADA UMA ÁREA DE VINTE ALQUEIRES PARA A CAPELA DE SANTO ANTÔNIO DA PEDRA, MARCANDO OS LIMITES DA ATUAL CIDADE. O COMEÇO AS PRIMEIRAS FAMÍLIAS QUE CHAGARAM AO LOCAL FORAM A FERREIRA GUIMARÃES, A MENDES E A FAMÍLIA FERREIRA DA SILVA QUE ERA DESCENDENTE DE ESCRAVOS. A PRIMEIRA ESTRADA CONSTRUÍ…

PIRANGUINHO

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE PIRANGUINHO. O ENGENHO DA SERRA / CAPITAL NACIONAL DO PÉ-DE-MOLEQUE imagem - Robson Grilo PIRANGUINHO TEM 8.016 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM PIRANGUINHO EH: PIRANGUINHENSE ACIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARÇO E FOI EMANCIPADA EM 1.963 ORIGEM DO NOME "PIRANGUINHO" É UM TERMO FORMADO PELA JUNÇÃO DE UM TERMO TUPI, PYRANG ("VERMELHO") COM O SUFIXO DIMINUTIVO DA LÍNGUA PORTUGUESA, "INHO". = VERMELHINHO (COR DO DOCE DE PÉ-DE-MOLEQUE) HISTÓRIA PIRANGUINHO INICIOU SUA HISTÓRIA NO FINAL DO SÉCULO XIX, QUANDO O BRAZIL AINDA ERA UM IMPÉRIO GOVERNADO POR D. PEDRO II. A REGIÃO ONDE ATUALMENTE SE LOCALIZA O MUNICÍPIO DE PIRANGUINHO, ATÉ MEADOS DO SÉCULO XIX, ERA PROPRIEDADE DA BARONESA LEOCÁDIA DE LOURENÇO E ESTAVA SUBORDINADA A SÃO CAETANO DA VARGEM GRANDE - ATUAL BRAZÓPOLIS. COM OS ANOS, A LOCALIDADE ACABOU SE TORNANDO ALVO DE INTERESSE POR PARTE DAS AUTORIDADES RESPONSÁVEIS EM DESENVOLVER O PROJETO "REDE MINEIRA DE VIAÇÃO". TAL …

GUAXUPÉ / MINAS GERAIS / BRAZIL -/ TERRA DO MELHOR CAFÉ DE MINAS

BEM VINDO A CIDADE DE GUAXUPÉ. CIDADE DO CAFÉ.
foto - Leonardo Pinelli
GUAXUPÉ TEM 49.430 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM GUAXUPÉ EH: GUAXUPEANO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JULHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME 

"Caminho das Abelhas", significado indígena da palavra Guaxupé, é a versão mais aceita para a denominação que ficou até hoje. Tomou esse nome, por volta de 1814, o ribeirão e mais tarde o arraial, denominado Dores de Guaxupé. HISTÓRIA

Até o começo do século passado, o território em que se situa Guaxupé era mata virgem. As mais antigas referências dão conta de que somente em 1813 pés de homens civilizados pisaram a região que era habitada pelos primitivos O documento mais antigo sobre posse de terras até agora conhecido tem a data de 28 de outubro de 1818: É uma escritura passada em Jacuí e pela qual João Martins Pereira e sua mulher Maria de Jesus do Nascimento vendiam a Antônio Gomes da Silva "terras de cultura de matos virgens e serrados"na p…

SÃO GONÇALO DO PARÁ / A CIDADE DOS DOCES

BOM DIA. BEM VINDO A SÃO GONÇALO DO PARÁ  A CIDADE COMEÇA O ANO, FAZENDO ANIVERSÁRIO. ELA FOI EMANCIPADA EM 10 DE JANEIRO DE 1949. QUEM NASCE EM SÃO GONÇALO DO PARA É: SÃOGONÇALENSE Como atrações turísticas o município apresenta a antiga igreja matriz, um cemitério de pedra bruta, construído pelos escravos e datado de 1855, a cachoeira existente no Ribeirão dos Morais e uma bela lagoa, formada por uma barragem. VENHA VISITAR E CONHECER DE PERTO ESTA BELA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS, QUE FICA NA REGIÃO CENTRO OESTE DO ESTADO. foto -PMSGP
SÃO GONÇALO DO PARÁ É A TERRA DO DOCE. AQUI SE FABRICA DOCES DA MELHOR QUALIDADE, QUE SÃO DISTRIBUIDOS POR TODO O BRAZIL. AQUI TAMBÉM, EH A UNICA FABRICA DO BRAZIL QUE AINDA FABRICA DOCE DE GOIABADA EM CAIXINHAS DE MADEIRA. (CONTRARIANDO A MÚSICA DE DUDU NOBRE) ALGUNS DADOS INTERESSANTES DA CIDADE:
POPULAÇÃO
1970..........6.329 1980..........6.229 1991..........7.541 2000..........7.972 2005..........8.237 2007..........10.308 2010..........10.405 (IBGE 2010) HISTORIA A C…

ITU / SÃO PAULO - SEMPRE DE BRAÇOS ABERTOS PARA RECEBER QUEM QUER SE DIVERTIR, PASSEAR, APRECIAR UMA BOA COMIDA OU APENAS DESCANSAR. QUEM GOSTA DE TURISMO, PRECISA CONHECER ITU. E NÃO EH EXAGERO

LINHA DO TEMPO DE "ITU" / SÃO PAULO / BRASIL  Graças ao saudoso comediante Francisco Flaviano de Almeida, o Simplício, artista conhecido em todo o Brasil, Itu ficou conhecida como a terra dos exageros. Em um programa de televisão, nos idos dos anos de 1960, Simplício, durante suas piadas, criou o mito de que em Itu tudo era grande. A partir disso, os turistas voltaram seus olhos para a cidade que, por sua vez, começou a comercializar objetos em tamanho gigante e colocou em sua praça central um telefone público enorme e um semáforo de proporções ampliadas.  Essa bem humorada brincadeira ainda é o maior chamariz de visitantes para Itu, mas, ao chegarem, os turistas descobrem que as opções vão muito além da divertida lenda dos gigantismos.  Com uma infinidade de atrativos, o município está entre as 67 estâncias turísticas de São Paulo, sendo considerado um dos destinos obrigatórios para quem viaja pelo Estado. Com mais 400 anos, Itu reúne em seu território atrações de cunho histór…

CARMO DO CAJURU / A CIDADE DOS MÓVEIS

UM AMANHECER COMO ESTE, SÓ EM CARMO DO CAJURU. 
foto - ?
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE CARMO DO CAJURU: POPULAÇÃO: 20.018 HABITANTES (IBGE 2010) HOMENS: 9.600 (APROXIMADAMENTE) MULHERES: 9.400 (APROXIMADAMENTE) ALTITUDE: 772 METROS (MÉDIA) A ECONOMIA DO MUNICÍPIO COMEÇOU COM UMA FÁBRICA DE MANTEIGA, DEPOIS DE FARINHA E MACARRÃO. HOJE SUA ECONOMIA BASEIA-SE NA INDÚSTRIA MOVELEIRA, QUE UMA DAS MELHORES DO BRAZIL. ONDE OS MÓVEIS PRODUZIDOS EM CARMO DO CAJURU SÃO VENDIDOS EM TODO O BRAZIL E EXPORTADO PARA ALGUNS PAÍSES DO MERCO SUL

ESTE É O CASTELO DA LÍDER INTERIORES. ELE FICA NA CIDADE DE MATEUS LEME. MAS PERTENCE A FABRICA DE MOVEIS DE CARMO DO CAJURU
foto - Mauricio Cardim CARMO DO CAJURU, FOI FUNDADA EM DEZEMBRO DE 1948 QUEM NASCE EM CARMO DO CAJURU É: CAJURUENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,774, CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU EM CARMO DO CAJURU, TEM A MAIS FAMOSA FABRICA DE MÓVEIS DO PAÍS. É ALÍDER INTERIORES, QUE FABRICA OS MAIS BONITOS E MODERNOS MÓVEIS DA INDUSTRIA MOVELEIRA. A LÍDER …