Pular para o conteúdo principal

Postagem em destaque

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

CAMAQUÃ / RIO GRANDE DO SUL - Grandes eventos anuais, importantes pontos turísticos históricos e ecológicos, são alguns dos atrativos para que você venha conhecer Camaquã




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CAMAQUÃ" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL
foto - ?
SEJA BEM VINDO A CIDADE PÓLO DA REGIÃO CENTRO-SUL. SEJA BEM VINDO A CAMAQUÃ
imagem - Alexa Haas
População estimada 2016 (1) - 66.031
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.679,434
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 37,37
Código do Município 4303509
Gentílico - camaquense
ORIGEM DO NOME
Dentre os diversos significados dados ao município de Camaquã o mais adequado segundo o autor Antonio Cândido Silveira Pires é o de rio correntoso ou rio forte. Camaquã vem de Icabaquã e na língua tupi-guarani I significa rio, água e Cabaquã quer dizer velocidade, correnteza. Então podemos concluir que o nome de nosso município vem do rio Camaquã que passa em nossa cidade.
Gentílico: camaquense
HISTÓRICO
Os primeiros sesmeiros que se estabeleceram na região foram: o Sargento-Mor Boaventura José Centeno, o Sr. Antônio Lopes Duro e o Capitão Joaquim Gonçalves da Silva (pai de Bento Gonçalves). A história de Camaquã tem início em 9 de dezembro de 1815, quando foi concedida a licença para a criação da Capela Curada de São João Batista de Camaquã, construída em terreno doado pelo Capitão, considerado fundador do município. Entretanto, o povoamento, não se efetuou, em virtude da falta de água nas proximidades da capela, que pudesse suprir as necessidades da povoação. Esta é a primeira data oficial consolidando a criação de uma comunidade. É, portanto, seu fundador, segundo pesquisas do historiador Luis Alberto Cibilis, o Capitão Joaquim Gonçalves da Silva, doador do primeiro terreno para construção da Capela e o requerente da provisão que a criou.
A região onde atualmente está localizado Camaquã já era conhecida desde os tempos coloniais de 1714. Por volta de 1763 diversos casais açorianos foram descendo para o Sul, localizando-se na margem esquerda do Estuário Guaíba e da margem direita da Laguna dos Patos, fundando fazendas e charqueadas até o rio Camaquã.
O povoamento da região foi despertado pelo interesse religioso e pecuário. A população cresceu com a vinda dos imigrantes: portugueses, franceses, poloneses, alemães, espanhóis, negros e com os já donos desta terra os irmãos indígenas. Constava do extenso território da Freguesia do Triunfo, as sesmarias do Cordeiro, do Duro e do Cristal de propriedade do Capitão Joaquim Gonçalves da Silva, pai de Bento Gonçalves, que ao doar terreno na atual localidade da Capela Velha, 8º distrito requereu autorização para fundar a Capela Curada de São João Batista de Camaquã.
AQUI A CAPELA VELHA
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
imagem - André Bercot
BARRAGEM DO ARROIO DURO
Reservatório artificial de água, cercado por mata nativa e floresta de pinos. Funciona diariamente a partir das 8h. Informações fone: (51) 3671-4433 ramal 46.
O local possui churrasqueiras, amplo espaço de área verde com pracinha de brinquedos e possibilita a pesca sem redes e tarrafas.
imagem - ?
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ESTE TAMBÉM EH PATRIMÔNIO ARQUITETÔNICO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
CENTRO DE INTEGRAÇÃO E ASSISTÊNCIA A SAÚDE
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
O CINEMA COLISEU
O antigo cinema Coliseu surgiu em 1914 por iniciativa de José Bukawski e funcionou até a sua morte em 1944. Em 1981 foi adquirido pela Prefeitura Municipal e em 22 de outubro de 1987 foi totalmente restaurado e reinaugurado. Atualmente, com uma capacidade de 220 lugares o Coliseu é palco de peças teatrais, seminários e festivais e o Teatro é cedido para a comunidade para formaturas, seminários, palestras, debates e outras atividades, sendo dirigido pela Secretaria Municipal da Cultura, órgão da Prefeitura Municipal de Camaquã.
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
AQUI NO COMPLEXO ESPORTIVO RUI CASTRO NETTO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
AQUI DENTRO DO FORTE ZECA NETTO
Sua construção foi iniciada, possivelmente, no ano de 1903 e concluída em 1904, dotada de todo o conforto desejado para a época quando Camaquã deveria contar com menos de 150 prédios. 
Por seu inigualável valor histórico o espaço foi adquirido pela prefeitura em 1991, e no ano seguinte tombado como Patrimônio Público Cultural do Estado do Rio Grande do Sul em 09 de julho de 1992. Em 1996, completamente restaurado o Forte Zeca Netto é entregue à comunidade. Serviu de residência ao legendário General José Antônio Netto – o Zeca Netto.
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ENTRADA PARA A BARRAGEM DO ARROIO DURO
imagem - Henrique de Borba
CASA DO ARTESÃO
Estrada de acesso à Vila Aurora a 7km da zona urbana a SE
Fundada em 11 de novembro de 1997, a Associação de Artesãos de Camaquã está localizada no Quiosque Municipal da Praça Zeca Netto. A Casa do Artesão oferece trabalhos em madeira, cerâmica, linhas, grampada, macramê, frivoletê, crochê, couro, palha, pinturas em tela, porcelana entre outros.
Horário de atendimento:
De segunda a sexta: das 8h30min às 11h30min e das 13h30min às 17h30min
Sábados e domingos: das 14h às 17h30min
Fone 3692-2356
ESCOLA 7 DE SETEMBRO
imagem - Henrique de Borba
AQUI A FAZENDA DA FIGUEIRA
imagem - Henrique de Borba
FORTE ZECA NETTO. 
AQUI FUNCIONA A BIBLIOTECA PÚBLICA MUNICIPAL, O MUSEU MUNICIPAL DIVINO ALZIRO BECKEL E A SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA.
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
VISTA MAIS AMPLA DO FORTE ZECA NETTO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
A FRENTE DO FORTE ZECA NETO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
FUNDOS DA IGREJA MATRIZ DE SÃO JOÃO BATISTA
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ÁREA RURAL
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
RUA DA CIDADE
imagem - Henrique de Borba
MATRIZ DE SÃO JOÃO BATISTA
Prédio de estilo eclético com elementos neoclássicos. Está localizado frente a Praça Coronel Sylvio Luiz, antes, Quinze de Novembro. A Paróquia de São João Batista chegou aos 150 anos, alicerçada em uma história, que se confunde com a própria origem do município. Ali, onde se encontra a Igreja Matriz, era o coração da cidade. Naquele espaço os principais prédios históricos de Camaquã se entrelaçam, perfazendo o retrato de um passado glorioso. Ali se forjou a virtude de nossa gente sob a égide do padroeiro.
Ela integra o conjunto arquitetônico da Praça Cel. Sylvio Luiz Pereira da Silva, não apenas pelo estilo, senão pelo conjunto, que tem a “cara de Camaquã” do início do século XX.
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
IGREJA DE SANTA TERESINHA NO BAIRRO BOM JARDIM
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
IGREJA DOS TRÉS REIS MAGOS
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ENTORNO DA CIDADE
imagem - Paulo César Silva
O PIRULITO DA PRAÇA
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
PONTE SOBRE ARROIO DURO
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
AQUI POR CIMA DA PONTE
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
FONTE DA PRAÇA DONÁRIO LOPES
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
AQUI A PRAÇA DONÁRIO LOPES
imagem - Pulsar Imagens
PRAÇA SYLVIO LUIZ
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
PRAÇA ZECA NETTO
imagem - ?
AQUI A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
ROTATÓRIA
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
SINAL DE TRÂNSITO FRANCÊS NA RUA DA IGREJA MATRIZ
imagem - Ubirajara Buddin Cruz
imagem - Theobaldo
imagem - Jean Raubach
ESCOLA ESTADUAL
imagem - Henrique de Borba
CLUBE CAMAQUENSE
imagem - Fernando Lima
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO


fonte / fotos - IBGE / Thymonthy Becker / Divulgação / Portal da Prefeitura Municipal / 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SÃO LUIZ DO PARAITINGA / SÃO PAULO - Em um cenário de ladeiras, ruas, praças, casarões antigos, acontece o carnaval de marchinhas que atrai milhares de turistas anualmente

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "SÃO LUIZ DO PARAITINGA" / SÃO PAULO / BRASIL A parte central da área urbana foi tombada em 1982 pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) A Igreja das Mercês foi reerguida com êxito e inaugurada com grande festa no fim de 2011. Paralelamente, surgem novas atrações, como é o caso do Instituto Elpídio dos Santos, um casarão reformado que conta a trajetória do músico nascido na cidade (e traz um memorial sobre as dificuldades enfrentadas nas enchentes). São Luiz do Paraitinga, São Paulo COMO CHEGAR Quem vem de São Paulo deve seguir pelo Complexo Ayrton Senna/Carvalho Pinto até o final e entrar na Via Dutra. Depois de 10 km, em Taubaté, vire à direita na Rod. Oswaldo Cruz (SP-125), seguindo até a cidade. Quem vem do Rio de Janeiro e outros estados ao Norte, deve pegar a Via Dutra até Taubaté. São Luiz é a cidade paulista com o maior número de imóveis tombados Patrimônio Histórico COMO CIRCULAR Além d…

INHAPIM / MINAS GERAIS - No vale do Rio Doce entre as Verdes Montanhas das Minas gerais, uma cidade hospitaleira e charmosa

LINHA DO TEMPO DE "INHAPIM" / MINAS GERAIS / BRASIL
foto - Byllea INHAPIM TEM UMA POPULAÇÃO DE 24.269 HABITANTES(IBGE 2010) Quem nasce em Inhapim é: INHAPINHENSE

ORIGEM DO NOME A origem do nome da cidade vem do pássaro inhapim (Icterus cayanenis) nativo da região.
foto - ? Inhapim é uma palavra do tupi que significa “amanhece” ou “amanhecer”.
A igreja matriz é a porta de entrada da cidade.

foto - ? CONHEÇA UM POUCO MAIS DE INHAPIM POR FOTOS BAIRRO SANTO ANTÔNIO Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira DISTRITO DE MACADAME Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira
Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira AABB (ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA BANCO DO BRASIL) Foto - Gustavo Sturzenecker Moreira

PONTE NOVA - NAS MARGENS DO RIO PIRANGA

BEM VINDO A CIDADE DE PONTE NOVA. TERRA NATAL DE REINALDO -  ÍDOLO DO CLUBE ATLÉTICO MINEIRO E DA DUPLA SERTANEJA VICTOR & LÉO
foto - ?
PONTE NOVA TEM 57.390 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PONTE NOVA EH: PONTENOVENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE OUTUBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.856
ORIGEM DO NOME 

CÓRREGO FUNDO - 2ª PÁGINA

SEJA MUITO BEM VINDO DE VOLTA À CIDADE DE CÓRREGO FUNDO. TRÊS DISTRITOS QUE SE UNIRAM PARA FORMAR ESTA PEQUENA GRANDE CIDADE DO CENTRO OESTE DAS MINAS GERAIS. DO SONHO À REALIDADE. foto - Thymonthy Becker
CLIK AQUI E VEJA A PRIMEIRA PÁGINA DE CÓRREGO FUNDO
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE CÓRREGO FUNDO PELAS LENTES DE MINHA CÂMERA. VEJA ONDE ESTAMOS. CÓRREGO FUNDO JÁ PERTENCEU ÀS CIDADES DE OURO PRETO, SÃO JOÃO DEL REY, TIRADENTES, ITAPECERICA E, POR ÚLTIMO, FORMIGA.

CÓRREGO FUNDO ESTÁ A 727 QUILÔMETROS (08h50min) DA CAPITAL FEDERAL A CIDADE SE ENCONTRA A 203 QUILÔMETROS (03h00min) DA CAPITAL MINEIRA. O MUNICÍPIO ESTÁ A 87 QUILÔMETROS (01h20min) DE DIVINÓPOLIS AQUI PODEMOS VER A SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL. FICA NO CÓRREGO FUNDO DE CIMA. foto - Thymonthy Becker ESTIVE EM CÓRREGO FUNDO DIAS ATRÁS E CONHECI UM POUCO MAIS DA HISTÓRIA DA CIDADE. (NÃO PUDE VISITAR, AINDA, CÓRREGO FUNDO DO MEIO) CÓRREGO FUNDO FOI FORMADA COM A UNIÃO DE TRÊS DISTRITOS PRÓXIMOS UM DOS OUTROS.  (CÓRREGO FUNDO DE BAIXO) (CÓRREGO FUND…

CATAS ALTAS DA NORUEGA

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DO CAMINHO COLONIAL. SEJA BEM VINDO A CATAS ALTAS DA NORUEGA. MAIS BONITA E MAIS FELIZ AQUI PODEMOS VER A CIDADE DE CATAS ALTAS DA NORUEGA ENCRAVADA NAS MONTANHAS DAS MINAS GERAIS imagem - ? A CIDADE TEM 3.562 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM CATAS ALTAS DA NORUEGA EH: CATASALTENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 1º DE MARÇO E FOI EMANCIPADA EM 1.963 ORIGEM DO NOME ALGUNS BANDEIRANTES FORAM MAIS FELIZES ENCONTRANDO COM FACILIDADE E ABUNDÂNCIA O OURO COBIÇADO, QUE AFLORAVA NA TERRA SEM GRANDE TRABALHO DAS ESCAVAÇÕES PROFUNDAS. DAÍ O NOME DA LOCALIDADE - CATAS QUE SIGNIFICA LAVRAS; CATAS ALTAS - LAVRAS ALTAS. JÁ A ORIGEM DO NOME "NORUEGA" AINDA É DESCONHECIDA, A VERSÃO MAIS ACEITA É A QUE O NOME FOI DADO PELOS PRIMEIROS DESBRAVADORES AO ENCONTRAR AQUELES MORROS FRIOS E ÚMIDOS QUE "ESCONDIAM A FACE DO SOL". HISTÓRIA
CATAS ALTAS DA NORUEGA COMEÇOU A SER POVOADA APROXIMADAMENTE EM TORNO DE 1690 POR MEMBROS DAS BANDEIRAS DE MIGUEL GARCIA E DO CORONEL…

ITABIRITO - ENTRE A HISTÓRIA E A MODERNIDADE

BEM VINDO A CIDADE DE ITABIRITO. TERRA DO FAMOSO E PATRIMÔNIO CULTURAL, PASTEL DE ANGU.
foto - Gui Torres
ITABIRITO TEM 45.449 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ITABIRITO EH: ITABIRITENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 07 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.923
ORIGEM DO NOME

ACAÍACA / A MAIS BELA CIDADE DA REGIÃO

BEM VINDO A CIDADE QUE EM QUALQUER DIREÇÃO QUE VOCE LER SEU NOME SERÁ SEMPRE O MESMO. BEM VINDO A ACAIACA.
AQUI DOIS CASARÕES DA CIDADE
imagem - ?
ACAIACA TEM 3.920 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ACAIACA EH: ACAIAQUENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.962
ORIGEM DO NOME

RIO PARDO DE MINAS / NAS SETE QUEDAS QUE ENCANTAM

BEM VINDO A CIDADE DE RIO PARDO DE MINAS. imagem - ? RIO PARDO DE MINAS TEM 29.099 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM RIO PARDO DE MINAS EH: RIOPARDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 13 DE OUTUBRO E FOI FUNDADA EM 1.831 ORIGEM DO NOME Rio Pardo deve o seu nome ao rio de igual nome, em virtude de serem suas águas de cor parda e lamacentas. HISTÓRIA A povoação teve sua origem na mineração de ouro e diamantes praticada por Portugueses, nas serras do atual distrito de Serra Nova. O comércio era estabelecido diretamente com a capital da Bahia e com as cidades de Condeúba, Jacaraci, Caculé e Feira de Santana. Sabe-se que a primeira expedição que pisou terras do atual município foi a denominada Espinosa Navarro, procedente de Caravelas, que percorreu todo o vale do Rio Pardo até entrar no município de Espinosa. Predominavam em todo o município as grandes fazendas de propriedades dos primeiros povoadores portugueses. E desde aquela época toda a atividade econômica do município girava em torno da agr…

LAGOA FORMOSA / CIDADE DAS ROSAS

BEM VINDO A CIDADE QUE EH UMA PEDACINHO DO PARAÍSO NAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A LAGOA FORMOSA.
AQUI UMA VISÃO GERAL DA CIDADE COM A LAGOA AO CENTRO.
imagem - CMLF
LAGOA FORMOSA TEM 17.161 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM LAGOA FORMOSA EH: LAGOENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE MARÇO E FOI FUNDADA EM 1.962
ORIGEM DO NOME

DIVISA ALEGRE - NAS MARGENS DA 116 / DIVISA ALEGRE - THE MARGINS OF 116

BEM VINDO A CIDADE DE DIVISA ALEGRE
Welcome to the city of Divisa Alegre foto (photo) Thymonthy Becker DIVISA ALEGRE TEM 5.884 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM DIVISA ALEGRE EH: DIVISALEGRENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 22 DE DEZEMBRO E FUI EMANCIPADA EM 1.995 ORIGEM DO NOME O nome da cidade eh uma referência a sua localização, na divisa com o estado da Bahia.

Divisa Alegre have  5884 inhabitants - ibge 2010 - Who is born  in Divisa Alegre eh: divisalegrense City makes birthday on december 22, 1995 and went emancipated Origin of the name The name of the city eh a reference to its location on the border with the state of bahia. HISTÓRIA  Primeiro morador desta pequena cidade foi José Vaz da Costa e sua esposa Alcina Sousa Meira, que deram a luz ao primeiro filho da cidade, Gilberto Sousa Costa em 10 de Janeiro de 1952. Eles se estabeleceram no local, construíram uma pensão, e em pouco tempo outras pessoas construíram casas e pontos de comércio. Dando origem ao municio que pertencia a Águas …