Pular para o conteúdo principal

SÃO LUÍS / MARANHÃO - Rica em manifestações culturais, possui o maior conjunto arquitetônico de azulejos portugueses da América Latina, uma culinária peculiar e uma vida noturna muito movimentada




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "SÃO LUÍS" / MARANHÃO / BRASIL
Atenas Brasileira, Cidade dos Azulejos, Jamaica Brasileira e Ilha do Amor, são alguns dos adjetivos usados para denominar a cidade de São Luís, maranhão
População estimada 2016 (1) - 1.082.935
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 834,785 
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 1.215,69 
Código do Município 2111300 
Gentílico - são-luisense 
Gentílico: são-luisense 
HISTÓRICO 
A cidade de São Luís, capital do Maranhão, formou-se na península que avança sobre o estuário dos rios Anil e Bacanga. 
Fundada em 8 de setembro de 1612, pelos franceses Daniel de La Touche e Fraçois de Rasilly, cujo objetivo comum, dentro do contexto da economia mercantilista, era estabelecer a França Equinocial, a capital maranhense encontra na homenagem ao então Rei da França, Luís XIII, as raízes da sua nomenclatura: São Luís. 
Conquistada e incorporada do domínio português, apenas três anos depois de sua fundação pelos franceses (1615), a cidade de São Luís sucumbiria, ainda no decorrer do século XVII, ao domínio holandês. Todavia, assim como acontecera com os franceses, também os holandeses, batidos em guerra pelos portugueses, seriam expulsos decorridos três anos da invasão, em 1645. É quando se inicia, de fato em definitivo, a colonização portuguesa da antiga Upaon Açu ou Ilha Grande, segundo a denominação tupinambá para a Ilha de São Luís. 
Nascida no mar, caracterizada como porto fluvial e marítimo, à semelhança de outras cidades brasileiras da época colonial, a capital do Maranhão desempenhou importante papel na produção econômica do Brasil ? colônia durante os séculos XVII e XIX, tendo sido considerada o quarto centro exportador de algodão e arroz, depois de Salvador, Recife e Rio de Janeiro. 
Data desta época o conjunto urbanístico de caráter civil que compõe o Centro Histórico da capital maranhense e se constitui num dos mais representativos e ricos exemplares do traçado urbano e da tipologia arquitetônica produzidos pela colonização portuguesa. 
Na realidade, a tipologia arquitetônica que corresponde aos séculos XVIII e XIX difere, em muito, das casas em taipa e madeira que caracterizam os edifícios de caráter civil do século XVII: constituem-se em sólidas construções em alvenaria de pedra e argamassa com óleo de peixe, serralheria e cantarias de lioz de origem européia, e madeira de lei. De qualquer maneira, os mais representativos exemplares da arquitetura de São Luís datam, sobretudo, da segunda metade do século XIX. Trata-se dos sobrados de fachadas revestidas em azulejos portugueses que se consubstanciam num dos aspectos mais peculiares da expressão civil
A Praça Gonçalves Dias, localizada no alto dos Remédios (bairro), além de propiciar uma bela vista ao pôr-do-sol da baía de São Marcos, com a foz do Rio Anil é famosa por ser ponto de encontro dos enamorados de São Luís, o que lhe deu o título de Largo dos Amores.
A CAPITAL SÃO LUÍS
São Luís, a capital do Maranhão, tem muitas particularidades: é a única cidade do país fundada por franceses, tem a maior coleção de azulejos portugueses da América Latina e, apesar de pertencer ao Nordeste, fica juntinho da Amazônia. No Centro Histórico, as fachadas dos casarões, enfeitadas por delicados ladrilhos vindos da então Metrópole, permitem uma volta ao passado - é uma pena, no entanto, que a conservação desse patrimônio mundial decepcione. Mas a "Ilha do Amor", como São Luís é conhecida, também tem seu lado moderno, como lembram a movimentada Avenida dos Holandeses e os bares da charmosa Lagoa da Jansen.
Avenida Litorânea em São Luís, Maranhão
Em homenagem à maior coleção de azulejos portugueses da América Latina, os semáforos de São Luís são decorados em azul e branco
COMO CIRCULAR
As ruas sem numeração podem ser um mistério e tanto para quem não está acostumado à cidade. Mas a maioria dos hotéis e restaurantes fica nos bairros Ponta D'Areia, Renascença I e II e Calhau, todos interligados pela longilínea Avenida dos Holandeses, o que facilita um pouco o acesso. O Centro Histórico, onde se chega cruzando a Ponte José Sarney, abriga grande parte das atrações, mas é bom se programar: às segundas, a maioria delas está fechada. O mesmo ocorre nos fins de semana, quando o comércio não abre e há pouca circulação de gente, o que torna o passeio menos seguro.
O altar-mor revestido de ouro é a melhor atração da Igreja Matriz da Sé
Construída por jesuítas, a Igreja da Sé recebeu o título de matriz em 1762
Teto da Catedral da Sé, que presta homenagem à Nossa Senhora da Vitória, protetora dos portugueses nas batalhas para expulsar os franceses da cidade
Bacuri, fruta da região, em São Luís, maranhão
Arroz de cuxa, prato típico do Maranhão à base de camarão
COMIDA TÍPICA
Maranhense Principal receita local, o cuxá é uma espécie de bobó feito com folhas de vinagreira (uma erva azedume), papa de farinha de mandioca, gergelim torrado e socado no pilão e camarão seco. Em São Luís, a mistura é integrada ao arroz e acompanha peixes e frutos do mar. Outro prato típico é a torta de camarão, um tipo de omelete. Na sobremesa, cremes de frutas regionais, como bacuri e cupuaçu. Onde comer: Maracangalha, Dona Maria e Cabana do Sol.
Bloco Tradicional La Boêmios de Fátima do Carnaval de São Luís. Os Bloco Tradicionais estão sendo inventariados para requerer o título de Patrimônio Imaterial Cultural Brasileiro
Bloco Tradicional Originais do Ritmo
Bloco Tradicional Os Foliões do Carnaval
Guaraná Jesus 
Em 1920, o farmacêutico Jesus Norberto Gomes, tentando fabricar um remédio, acabou criando um xarope que viria a ser um verdadeiro fenômeno de vendas. Chamada de Guaraná Jesus (possivelmente uma auto-homenagem do criador, que era ateu), a bebida cor-de-rosa com cheiro de tutti-frutti conquistou o coração dos ludovicenses. Em 2001, a Coca-Cola comprou a fórmula do refrigerante, famoso pelo sabor adocicado, com traços de cravo e canela, mas manteve sua comercialização restrita ao estado.
Onde beber: 
nos bares e restaurantes do estado.
Guaraná Jesus, refrigerante fenômeno de vendas no Maranhão
Escola de Samba Mangueira, em São Luís, Maranhão
Escola de Samba Unidos de Fátima
Passarela do Samba, São Luís, maranhão
CENTRO HISTÓRICO
A influência de portugueses, espanhóis, franceses e holandeses ajudou a moldar o Centro Histórico de São Luís, tornando-o verdadeiro guardião de uma vasta herança cultural – parte de seus 4 mil imóveis são reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade.
Grande parte dos 4 mil edifícios do centro histórico de São Luís são reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade
O centro histórico, com ruas estreitas, vielas, becos, praças e casarões erguidos entre os séculos 18 e 19 é a grande atração de São Luís
No Centro Histórico de São Luís (MA), há mais de 4 mil casarões, prédios e construções reconhecidos pela Unesco como Patrimônio Cultural da Humanidade - as casas revestidas de azulejos foram forradas por portugueses para diminuir o calor dentro delas
Repleta de museus e bares, a Rua do Giz, no Centro Histórico de São Luís (MA), é uma das mais populares da cidade - o nome vem de uma história que diz que a rua já foi coberta por uma escorregadia argila
imagem - Jardan
imagem - Jardan
EVENTO
Bumba meu boi Nasceu de brincadeiras entre escravos no século 18. É o São João maranhense e a principal festa popular do estado. Durante a segunda metade do mês de junho, centenas de grupos folclóricos vindos de todos os cantos do Maranhão transformam as ruas da capital em um palco a céu aberto. Eles se apresentam ao redor de bois coloridos, em um festival marcado por danças e ritmos.
Durante o mês de junho, cerca de 250 grupos folclóricos invadem as ruas da capital e divertem-se ao redor do boi colorido na festa do Bumba Meu Boi
SUGESTÃO DE ROTEIRO
48 Horas em Alcântara e São Luis
foto - Alfredo J.M. Cruz
MUSEU HISTÓRICO E ARTISTICO DO MARANHÃO
R. do Sol, 302 (Centro Histórico)
Centro Histórico
Com peças doadas por descendentes de antigos moradores, o museu reconstitui o cotidiano da cidade no século 19 - um dos hábitos da época era o ato de mascar tabaco e depois cuspi-lo em escarradeiras, que podem ser vistas espalhadas pelos cômodos. Outros objetos, como a cadeira de uma ama de leite ao lado de um berço, representam a presença dos escravos. Estão em exibição, também, uma mesa de jantar e o manuscrito original de O Mulato, escrito por Aluísio de Azevedo. No prédio vizinho fica o Museu de Arte Sacra, com imagens de santos e objetos usados nas celebrações católicas.
Museu sobre a história do bumba meu boi, a Casa do Maranhão está localizada no antigo prédio da alfândega
IGREJA DO CARMO
Pça. João Lisboa, 350 (Centro Histórico)
Centro Histórico
No século 17, serviu de fortaleza para combatentes que lutaram contra a invasão holandesa na cidade. As paredes e a porta de entrada são originais, mas os azulejos que decoram as paredes datam de 1866. O antigo convento serve de residência para freis capuchinhos e abriga um museu (2ª/6ª 14h/17h, grátis), com peças de arte sacra, um antigo confessionário e máquinas de pedra que serviam para a produção de hóstias.
PALÁCIO DOS LEÕES
Av. D. Pedro II, s/n (Centro Histórico)
Centro Histórico
(98) 3232-9789
O Palácio dos Leões, sede do governo, tem salas com tapetes e lustres da França, mobília e quadros dos séculos 18 e 19
Apenas uma parte do edifício fica aberta para visitas, e depende da agenda oficial - se o governador estiver em algum evento, o prédio pode fechar para os turistas.
Antiga fortaleza erguida pelos franceses em 1612, a construção transformou-se em palácio com o domínio português em São Luís.
As salas mantêm decoração original, com peças francesas dos séculos 18 e 19, e os quadros vieram da coleção particular do escritor maranhense Arthur de Azevedo, comprada pelo governo do Maranhão após sua morte.
Sede do governo maranhense, o Palácio dos Leões fica no centro histórico em São Luís (MA)
TEATRO ARTHUR AZEVEDO
Rua do Sol, 180 (Centro Histórico)
(98) 3218-9900
Um dos símbolos de São Luís (MA), o Teatro Arthur Azevedo foi construído no início do século 19 por comerciantes portugueses, saudosos das apresentações que assistiam nos palcos de Lisboa.
A fachada do teatro, construído no século 19, está sempre sendo restaurada
 O imponente edifício conserva sua fachada em estilo neoclássico
Com estilo neoclássico e detalhes do barroco, o teatro passou por restaurações que o mantiveram muito bem-conservado. O tour mostra a plateia, o salão nobre, os camarotes, as galerias, as varandas (onde o funcionamento do palco é explicado), os camarins e o palco.
Aberto somente para visitas guiadas (de terça a sexta-feira, das 14h às 17h) e para espetáculos.
O interior do Teatro Arthur Azevedo, orgulho da capital maranhense
RESTAURNATE MARACANGALHA
R. Mearim, 13, Qd. 3 (Renascença II), acesso pela Av. dos Holandeses, 6 km
Renascença II
(98) 3235-9305
Pirão de Galinha, do restaurante Maracangalha, em São Luís (MA)
Restaurantes como o Maracangalha oferecem o que há de mais típico do Maranhão: arroz de cuxá, pirões, pescados, frutas e doces. Entre esses dois últimos estão os nativos bacuri, buriti e murici. Isso sem falar nas obrigatórias bebidas tiquira e guaraná Jesus
Torta de Caranguejo, receita do restaurante Maracangalha, de São Luís (MA)
ORLA DE SÃO LUÍS
Grande parte dos 32 km de litoral da cidade foram considerados impróprios para banho. Na agitada Ponta d'Areia, barracas ficam cheias na happy hour.
São Marcos, a preferida dos surfistas, abriga as ruínas do Forte São Marcos (século 18).
Pôr do sol na Lagoa da Jansen, um dos locais mais badalados da cidade, conhecida pelo reggae adaptado pela cena cultural regional
Um dos locais mais charmosos de São Luís (MA) é a Lagoa da Jansen, repleta de bares
Uma das atrações da orla de São Luís (MA) é a praia de São Marcos. Além de ser a preferida dos surfistas, abriga as ruínas do Forte São Marcos, construído no século 18
Calhau tem calçadão, playground, quiosques com música ao vivo à noite e boa oferta de hotéis e restaurantes. Na sequência vêm a Praia do Caolho e a lotada Olho d'Água, rodeada por pequenas pousadas.
Pertinho dali, na maré baixa, é possível chegar de carro à também movimentada Praia do Meio e a Araçagy, mais afastada.
A Praia do Calhau tem a orla mais bonita de São Luís, com calçadão, playground e quiosques
Caranguejo defende seu território na orla de São Luís; apesar de imprópria para banho, a praia tem infraestrutura de bares que ficam lotados no happy hour
HOTEL BRISTOL EXPRESS SÃO LUÍS
Av. Colares Moreira, 13, Qd. 100 Lt. 13 (Renascença II)

HOTEL PESTANA SÃO LUÍS
Av. Avicênia, 1 (Praia do Calhau), 7 km
Praia do Calhau
(98) 2106 0505
pestana.com
Possui decoração leve, com tons coloridos claros. Os quartos localizados no térreo contam com saída direta para a piscina. O hotel tem área com hidromassagem e salas de massagem, além de um bar de apoio à piscina. Uma agência de turismo, dentro do hotel, auxilia os passeios dos hóspedes.

CASA DO NHOZINHO
Rua Portugal, 185
Centro Histórico (Praia Grande)
(98) 3218-9953
A Casa de Nhozinho abriga obras do artesão maranhense Mestre Nhozinho
O museu Casa de Nhozinho revela um panorama da cultura popular maranhense
CONHEÇA MAIS UM POUCO DE SÃO LUÍS, MARANHÃO, BRASIL
Sede da Prefeitura Municipal de São Luís, Maranhão
PRAIA OLHO D’ÁGUA
O VISUAL É RÚSTICO, FORMADO POR DUNAS, MORROS E FALÉSIAS; MAS OLHO D'ÁGUA É URBANIZADA, CHEIA DE QUIOSQUES E BASTANTE MOVIMENTADA. OS VENTOS FORTES QUE SOPRAM POR ALI ENTRE OS MESES DE JULHO E DEZEMBRO ATRAEM OS PRATICANTES DE ESPORTES À VELA.
imagem - PMSLM
PRAIA DO CALHAU
A PRAIA DE ÁGUAS CALMAS, DUNAS E VEGETAÇÃO RASTEIRA ACOMPANHA TODA A EXTENSÃO DA AVENIDA LITORÂNEA. O MOVIMENTO É GRANDE NOS FINAIS DE SEMANA, TANTO DE BANHISTAS QUANTO DE ADEPTOS DE ATIVIDADES ESPORTIVAS, COMO CORRIDA E CICLISMO. O CHARME FICA POR CONTA DOS QUIOSQUES PADRONIZADOS E DOS RESTAURANTES SOBRE PALAFITAS.
imagem - PMSLM
imagem - Fernando Cunha
imagem - PMSLM
CAIS DA SAGRAÇÃO
LAGO JANSEN
FOZ DO RIO ANIL. ENCONTRO COM O MAR
PRAÇA MARCÍLIO DIAS
PONTA DE AREIA
A PRAIA MAIS PRÓXIMA DO CENTRO - PONTA D'AREIA FICA A QUATRO QUILÔMETROS E TEM FÁCIL ACESSO - É TAMBÉM A MAIS FREQUENTADA DA CIDADE, REUNINDO BANHISTAS DE ESTILOS DIVERSOS, EMBORA NÃO SEJA INDICADA PARA BANHOS. RESTAURANTES E CLUBES DE REGGAE ESPALHAM-SE AO LONGO DA ORLA
imagem - PMSLM
imagem - PMSLM
SÃO MARCOS
É A PREFERIDA DA TURMA JOVEM E DOS SURFISTAS. OS BARES GARANTEM A ANIMAÇÃO DURANTE O DIA E TAMBÉM À NOITE. A PAISAGEM É FORMADA, AINDA, POR DUNAS COBERTAS DE VERDE E RUÍNAS DO FORTE SÃO MARCOS, ERGUIDO NO SÉCULO 18
imagem - PMSLM
BECO CATARINA MINA
A ESCADARIA DE 35 LARGOS DEGRAUS EM PEDRAS DE LIOZ, DATADA DO SÉCULO 18, GANHOU O NOME EM HOMENAGEM A UMA BELA ESCRAVA QUE, A PARTIR DO TRABALHO ÁRDUO E "FAVORES" PRESTADOS AOS CORONÉIS PORTUGUESES, COMPROU A PRÓPRIA ALFORRIA
imagem - PMSLM
imagem - PMSLM
SOLAR DOS VASCONCELOS
O SOBRADO ABRIGA EXPOSIÇÃO DE FOTOS E DE OBJETOS QUE MOSTRAM AS TRANSFORMAÇÕES PELAS QUAIS PASSOU O CENTRO HISTÓRICO. APRESENTA AINDA UMA COLEÇÃO DE MAQUETES E MINIATURAS DE EMBARCAÇÕES TÍPICAS USADAS PELOS MARANHENSES
imagem - PMSLM
FACHADAS TOTALMENTE AZULEJADAS
imagem -Jardan
CASA DO MARANHÃO
O MUSEU FOLCLÓRICO FUNCIONA NO ANTIGO PRÉDIO DA ALFÂNDEGA, DATADO DE 1873. AS VISITAS GUIADAS APRESENTAM TODO O ACERVO, FORMADO POR VESTIMENTAS E INSTRUMENTOS MUSICAIS USADOS NAS FESTAS DO BUMBA-MEU-BOI. PARA SABER MAIS SOBRE O CENTRO HISTÓRICO E A CULTURA MARANHENSE, SIGA PARA A SALA DE VÍDEO
imagem - PMSLM
LADEIRA
imagem - Jardan
PINTURA DE BOB MARLEY PINTADA EM UMA PAREDE. O REGGAE EH TRADIÇÃO NA CIDADE E BOB MARLEY EH ÍCONE.
imagem - ?
AQUI O AEROPORTO INTERNACIONAL DE SÃO LUIZ 
PRAÇA GONÇALVES DIAS E IGREJA DE NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS AOS FUNDOS.
VISTA PARCIAL
imagem - Paulo Burgo
CAMINHADA NO ENTORNO DA LAGOA DE JANSEN
imagem - Paulo Targino Moreira Lima
VISTA PARCIAL
imagem - Jardan
FONTE DO RIBEIRÃO
A MAIS BEM CONSERVADA FONTE DE SÃO LUÍS FOI INAUGURADA EM 1796. TRAZ CINCO JORROS DE ÁGUA QUE SAEM DA BOCA DE CARRANCAS E DE ESCULTURAS DE PEIXES E DEUSES.
imagem - PMSLM
CIDADE VELHA
imagem - Daniel Fotos
AQUI O RIO ANIL SHOPPING
AVENIDA COLARES MOREIRA
foto - Wikipédia
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE SÃO LUÍS, MARANHÃO
ESTE EH O BRASÃO DA CIDADE DE SÃO LUÍS, MARANHÃO


fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / Wikipédia / Portal do Governo do Maranhão / viajeaqui.abril.com.br / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO / A CIDADE DOS IPÊS

BEM VINDO A SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO.
imagem de Alexandre Bonacini SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO, TEM 65.034 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É: PARAISENSE O IDH DO MUNIC[IPIO É DE 0,812, CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É CONHECIDA COMO A CIDADE DOS IPÊS, VISTO SER MUITA A QUANTIDA DESTA ÁRVORE NA REGIÃO. imagem de Auro Queiroz


imagem de Auro Queiroz
Em uma das propriedades foi doado, em 1821, terreno para a construção da Capela de São Sebastião, em torno da qual se desenvolveu o povoado. O lugar se tornou pouso obrigatório para os viajantes em trânsito para São Paulo, Jacuí e outros povoados sul mineiros. Em 1855 foi criada a Freguesia e, três anos depois, o Curato de São Sebastião do Paraíso. O intercâmbio comercial intensificou-se. As notícias da excelência das terras atraíram agricultores e pecuaristas, gerando grande surto de desenvolvimento, consubstanciado pela elevação a Vila e a Cidade, em 1870 e 1873, respectivam…

WASSERSTRASSENKREUZ / ALEMANHA - RIO POR CIMA DE RIO - COM 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL DO MUNDO EH UMA ATRAÇÃO TURÍSTICA

LINHA DO TEMPO DA "WASSERSTRASSENKREUZ" / ALEMANHA - PONTE NAVEGÁVEL Já imaginou um rio passando por cima de outro? Pois é, esse tipo de canal é raro de ser encontrado no mundo. A Wasserstrassenkreuz foi inaugurada em 2003 e é o maior canal navegável da Europa, na Alemanha, sobre o Rio Elba. Une a rede de canais da ex-Alemanha Oriental com a da Alemanha Ocidental, como parte do projeto de reunificação de ambas desde a queda do muro de Berlin. PONTES NAVEGÁVEIS SÃO CONSTRUÇÕES RARAS DE SE ENCONTRAR NO MUNDO – O QUE JÁ FAZ DE QUALQUER UMA ATRAÇÃO IMEDIATA. SE ESTIVERMOS FALANDO DA MAIOR DO PLANETA ENTÃO, O ENCANTO SE MULTIPLICA.
LOCALIZADA NA ALEMANHA, A WASSERSTRASSENKREUZ POSSUI A ESTRUTURA DE UM AQUEDUTO – COMO O DA LAPA, NO RIO DE JANEIRO -, MAS FOI PROJETADA PARA SER CRUZADA POR GRANDES EMBARCAÇÕES. INAUGURADA EM 2003, E MEDINDO UM TOTAL DE 920 METROS DE COMPRIMENTO, A MAIOR PONTE NAVEGÁVEL JÁ FEITA PELO HOMEM CONECTA DOIS CANAIS – O ELBE-HAVEL E O MITTELLAND – AO PASSAR POR …

LIMA DUARTE

BOM DIA. BEM VINDO A LIMA DUARTE / CIDADE CERCADA DE MONTANHAS E DO AR MAIS PURO DAS MINAS GERAIS copyrigth "Rosana4" LIMA DUARTE JÁ TEM A SEGUNDA PÁGINA. CLIK AQUI E VEJA A SEGUNDA PÁGINA DA CIDADE DE LIMA DUARTE
LIMA DUARTE TEM UMA POPULAÇÃO DE 16.166 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM LIMA DUARTE É: LIMADUARTINO. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,739 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. LIMA DUARTE É CERCADA POR BELÍSSIMAS MONTANHAS, E POR ISTO O AR DA CIDADE É CONSIDERADO PURO. Lima Duarte teve, provavelmente, a mesma origem da maioria das cidades mineiras: um grupo de colonos se estabeleceu a beira das estradas que davam para as minerações aí se formou um pequeno núcleo colonial ao redor de uma capelinha que a fé dos nossos antepassados se apressava em erguer. Sua primeira denominação foi Nossa Senhora das Dores do Rio do Peixe, e a origem deste nome se deve a Santa padroeira da primeira capelinha de Nossa Senhora das Dores, mais o fato de ser o município banhado pelo rio d…

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

OLIVEIRA / MINAS GERAIS - A terra Natal do Cientista "Carlos Chagas" eh repleta de belíssimos casarões que contam a história da cidade

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "OLIVEIRA" / MINAS GERAIS / BRASIL BEM VINDO A OLIVEIRA. TERRA DO CIENTISTA DESCOBRIDOR DA DOENÇA DE CHAGAS copyrigth "PMO" Esta Figueira se desenvolveu abraçada a um coqueiro, derivando daí o nome “coqueiro abraçado”, o fenômeno biológico não é único, mas bastante raro  e em Oliveira se transformou no maior símbolo da cidade, pois está ligado aos sentimentos de carinho e amor, além de ensejar a harmonia indispensável a uma comunidade urbana, sendo um exemplo da natureza para o Homem. O coqueiro abraçado está localizado na região central da cidade. AQUI, O MORRO DO CRISTO
copyrigth "PMO"
População estimada 2016 (1) - 41.739 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 897,294 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 43,98 Código do Município 3145604 Gentílico - oliveirense
ORIGEM DO NOME O topônimo registra duas versões: segundo uns, originou-se da presença de oliveiras entre as árvores frutíferas…

ALMENARA - CIDADE DA MAIOR PRAIA FLUVIAL DO BRAZIL

BEM VINDO A CIDADE DE ALMENARA. 
foto - Danilo D. Lisboa
ALMENARA TEM 38.775 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM ALMENARA EH: ALMENARENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 13 DE JANEIRO E FOI EMANCIPADA EM 1.938
ORIGEM DO NOME  

PASSOS / MG -

VEJA AS IGREJAS DA CIDADE DE PASSOS, NO SUL DAS MINAS GERAIS.
ESTA EH A IGREJA DE NOSSA SENHORA DA  PENHA
imagem de Thymonthy Becker
AQUI ELA VISTA DO LADO ESQUERDO
imagem de Thymonthy Becker
AQUI A VISÃO DA ABÓBODA. MUITO BONITA POR SINAL
imagem de Thymonthy Becker
A ABÓBODA VISTA MAIS DE PERTO. MUITO BONITA MESMO,. NÃO EH COMUM A GENTE VER IGREJAS COM ABÓBODAS COMO ESTA.
imagem de Thymonthy Becker
AQUI A VISÃO GERAL DA IGREJA, COM PARTE DA BONITA PRAÇA QUE A CERCA.
imagem de Thymonthy becker
ESTA EH A CAPELA DO CARMELO SÃO JOSÉ
imagem de Altemiro Olinto Cristo
ESTA EH A CAPELA DE NOSSA SENHORA DA PENHA
imagem de Altemiro Olinto Cristo
ESTA EH A CAPELA DO EDUCANDÁRIO SENHOR BOM JESUS DOS PASSOS
imagem de Altemiro Olinto Cristo
AQUI A CAPELA DE SANTA RITA
imagem de Altemiro Olinto Cristo
ESTA EH A IGREJA DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS. A ARQUITETURA NÃO IDENTIFICA SÓ DE OLHAR, SER UMA IGREJA. MAS FICOU MUITO LEGAL
imagem de Altemiro Olinto Cristo
ESTA EH A IGREJA DE SÃO JOSÉ OPERÁRIO
imag…

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

ALFENAS / MG - CIDADE UNIVERSITÁRIA E BELA

BEM VINDO A CIDADE DE ALFENAS. BANHADA PELO MAR DE MINAS. UMA CIDADE CULTA E BELA.  imagem - ? ALFENAS TEM 73.774 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM ALFENAS EH: ALFENENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 15 DE OUTUBRO E FOI FUNDADA EM 1.869 ORIGEM DO NOME A designação do município, originou-se da expressão "Vamos nos Alfenas", usada pelos habitantes da região ao se dirigirem ao povoado, em virtude dos membros da família Martins Alfenas serem os moradores mais próximos. HISTÓRIA Por volta de 1800, procedentes de Campanha da Princesa da Beira, São Gonçalo, Caldas e Jacuí, aproximaram-se da região do atual município, os primeiros habitantes. Embora não se tenha notícia de descobertas auríferas no local, a abundância de água, fartura de pastagens e o clima, atraíram os faiscadores em busca de descanso. Alguns se fixaram, iniciando o povoamento. Ao mesmo tempo, o sítio passou a interessar aos criadores, desenvolvendo-se as fazendas. Em 1805, Francisco Siqueira Ramos e sua mulher, Floriana F…