Pular para o conteúdo principal

CAMBARÁ DO SUL / RIO GRANDE DO SUL - Uma pequena cidade com grandes cânions e pontos de ecoturismo com pousadas, clima de montanha e belas paisagens




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CAMBARÁ DO SUL" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL
foto - Angelo Ronchi

A CIDADE
Cambará do Sul é conhecida também como a "terra dos cânions" e "capital do mel". A pequena Cambará do Sul é campeã no ranking de baixas temperaturas, sendo que o seu inverno está sempre entre os lugares mais frios do Brasil.
Como um típico município do interior conserva hábitos antigos, como a reunião familiar e de amigos na cozinha, ao redor do fogão à lenha. Nas épocas frias, o pinhão na chapa é o tira gosto do gaúcho serrano.
foto - Angelo Ronchi

Localiza-se a 185 quilômetros de Porto Alegre, a uma altitude de 1.031 m. 

foto - Angelo Ronchi
População estimada 2016 (1) - 6.687
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.208,647
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,41
Código do Município 4303608
Gentílico - cambaraense
ORIGEM DO NOME
A palavra Cambará em tupi-guarani significa "Folha de Casca Rugosa". É uma árvore preciosa por sua beleza ornamental, madeira de muito cerne e folhas medicinais.
Gentílico: cambaraense
HISTÓRICO
Cambará do Sul
Rio Grande do Sul - RS
Histórico
A região foi povoada a partir da doação de 20 hectares de terra à Igreja, por Dona Úrsula Maria da Conceição, em 17 de abril de 1864, como pagamento de uma promessa ao padroeiro São José. 
foto - Angelo Ronchi
O CLIMA
Seu clima é influenciado pela sua altitude de cerca de 1050m, pelas massas polares oceânicas que atuam na escarpa da Serra Geral onde a mesma está localizada, Pela Corrente das Malvinas, criando um clima muito parecido com o de Londres, frio no inverno, fresco ou morno no verão, e úmido o ano inteiro, e alta pluviosidade garante muitos dias nublados. O fenômeno da neve ocorre anualmente no inverno, porém com frequência menos elevada em relação às cidades mais interioranas do Planalto Norte Rio Grandense ou Campos de Cima da Serra como Vacaria e Bom Jesus. A proximidade da beira do Planalto Meridional com a Planície Litorânea impede que as temperaturas subam muito no verão e a altitude e a Vegetação impedem que as temperaturas mínimas fiquem altas demais nos meses mais quentes.
foto - Angelo Ronchi
CONHEÇA UM POUCO MAIS DE CAMBARÁ DO SUL
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
CENTRO DE APOIO AO TURISTA
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
foto - Angelo Ronchi
MATRIZ DE SÃO JOSÉ
foto - Angelo Ronchi

foto - Angelo Ronchi

SAÍDA PARA ITAIMBEZINHO

foto - Angelo Ronchi



foto - De mochila e caneca
MONUMENTO A APICULTURA
foto - Angelo Ronchi
TURISMO
Em Cambará do Sul estão as sedes do Parque Nacional de Aparados da Serra e do Parque Nacional da Serra Geral, onde estão localizados, dentre vários outros, os conhecidos cânions do Itaimbezinho, Fortaleza, Churriado e Malacara.
ENTRADA PARA O PARQUE NACIONAL DE APARADOS DA SERRA
O Parque Nacional de Aparados da Serra em parte também está localizado no município de Praia Grande, no estado de Santa Catarina, banhado pelo rio do Boi, onde detêm de inúmeras cachoeiras, tais como, Leite de Moça e Braço Forte, onde são as principais.
O município hoje é um ponto de ecoturismo que vem sendo organizado, com diversas pousadas, belas paisagens rurais e clima de montanha, registrando recordes de baixas temperaturas durante o inverno, algumas vezes acompanhadas de neve.
Não dá para ficar indiferente diante dessa incrível muralha verde de 7,5 km de extensão, 900 m de profundidade e 1 500 m de largura. O ponto mais fácil para ver o Cânion da Fortaleza, no Parque Nacional da Serra Geral é do mirante - acesso por caminhada de 50 minutos a partir do estacionamento.
Em dias de pouca nebulosidade é possível avistar, bem ao longe, os prédios de Torres, no litoral gaúcho, e a Lagoa do Sombrio, em Santa Catarina. O passeio pode ser combinado com a trilha que leva à Pedra do Segredo e passa pela Cachoeira do Tigre Preto, com trechos de travessia de rio e algumas subidas pedregosas.
Este é o lar dos belos cânions Itaimbezinho e Fortaleza. Ambos têm belezas distintas: o Itaimbezinho é menor, mas impressiona pela densa vegetação que cobre seus paredões, enquanto o Fortaleza prende a atenção por sua profundidade e extensão. Se o dia amanhece com neblina, a paisagem dos dois pode ficar encoberta, mas as nuvens indo e voltando dão a impressão de se estar no céu (os guias podem indicar os melhores horários para passeios). Cambará também tem a Cachoeira dos Venâncios, sequência de quatro quedas-d'água, e o Lajeado da Margarida, ótimo para um banho no Rio Camisas.
Chegar às melhores atrações da região requer um pouco de paciência, especialmente no caso do Cânion da Fortaleza, pois a estrada que leva até ele tem os 14 km finais pedregosos (os outros 9 km são asfaltados). Quem se dirige ao Cânion do Itaimbezinho encontra uma estrada de terra em estado um pouco melhor - em dias de chuva, informe-se na cidade sobre as condições das vias. Os passeios na parte de baixo dos paredões, feitos por trilhas entre as fendas, partem de Praia Grande (SC), município vizinho. Se for dirigir até lá, tome cuidado na Serra do Faxinal, que liga as duas cidades - a estrada está precária.
O QUE FAZER
Parque Nacional de Aparados da Serra - Aqui, fica o Cânion do Itaimbezinho, o mais belo da região. As duas trilhas até ele partem do Centro de Visitantes e podem ser feitas sem guia. O trajeto mais popular é a trilha do Vértice (45 minutos), feita parcialmente sobre passarelas que têm vista para as cachoeiras da Andorinha e Véu de Noiva. Outra caminhada fácil é a Trilha do Cotovelo (duas horas), que passa pela Véu de Noiva e pelos arroios Perdizes e Preá, até finalmente chegar ao cânion.
Parque Nacional da Serra Geral - Quase não há estrutura, apenas uma guarita do Instituto Chico Mendes controla o acesso dos carros. Pouco importa: é neste parque que está o impressionante Cânion da Fortaleza, que pode ser visto do mirante, um dos pontos mais altos da borda da garganta. Um dos estacionamentos fica no começo da trilha que leva à cachoeira do Tigre Preto e à Pedra do Segredo. Para ver os dois pontos, é preciso atravessar um rio e passar por algumas subidas pedregosas. Prefira ir de manhã, pois à tarde pode haver cerração, que atrapalha a visibilidade.
CÂNION ITAIMBEZINHO
O Itaimbezinho é o cânion mais famoso da região. Fica localizado no Parque Nacional de Aparados da Serra, distante 18 km do centro de Cambará do Sul. O Instituto Chico Mendes é o órgão responsável pela preservação do local. Os seus paredões com 5,8 km de extensão e 720 metros de profundidade encantam visitantes. O nome é de origem tupi guarani e significa “ita”, que é pedra, e “aimbé”, que quer dizer cortada. Ao observar as paredes íngremes, que parecem ter sido cortadas a facão, logo se entende porque os índios deram o nome de Itaimbezinho. Visitado por milhares de pessoas todos os anos, o Cânion Itaimbezinho propicia a realização de diversas atividades, como trekking e passeios de bike. Na parte de cima, é possível caminhar por duas trilhas: a do Vértice e a do Cotovelo. Já na parte de baixo, os visitantes podem se aventurar na Trilha do Rio do Boi, uma verdadeira expedição por dentro do cânion.
QUANDO IR
O ano todo, mas ligue antes para saber sobre as condições de visibilidade dos parques (há menos neblina pela manhã). No Parque Nacional da Serra Geral, tudo é mais nítido no inverno - mas é preciso encarar o frio. Chove mais em setembro.
A MATRIZ / SABER MAIS
A Praça São José fica no centro de Cambará do Sul. E nesta praça, você encontrará uma árvore de cambará, que dá nome à cidade. Em tupi-guarani, cambará significa “folha de casca rugosa”. Os indígenas usavam as folhas de cambará para o tratamento de gripe e tosse. Em frente à Praça São José fica a Igreja Matriz São José.
SUGESTÕES DE ONDE HOSPEDAR
CAMBARÁ ECO HOTEL
Estamos localizados a 190km de Porto Alegre e 120km de Gramado na cidade de Cambará do Sul "Terra dos Cânions" nos Campos de Cima da Serra no extremo nordeste do Rio Grande do Sul.
Ficamos a 1,5km do centro da cidade na mesma estrada que vai ao Parque Nacional dos Aparados da Serra, Cânion Itaimbezinho, e a 23km do Parque Nacional da Serra Geral, Cânion Fortaleza.
ACOMODAÇÕES
Categoria Luxo
25m² - divididos em apartamentos luxo e luxo vista lago 
banheiro privativo, amenidades biodegradáveis, aquecimento central de água (pré aquecido com sistema solar), secador de cabelos, ventilador de teto, calefação, TV 21 polegadas no luxo e TV 32 Led no vista lago, cama box spring queen size (1,60x2,00m), cofre digital, piso antialérgico, frigobar e todos não fumantes.
Categoria Suíte
35m² 
banheiro privativo, amenidades biodegradáveis, aquecimento central de água (pré aquecido com sistema solar), secador de cabelos, ventilador de teto, calefação, TV 21 polegadas, cama box spring queen size (1,60x2,00m), cofre digital, piso antialérgico, frigobar, sofá cama, hidromassagem, microondas, mesa e cadeiras
PACOTES DE SERVIÇO
Nossos hóspedes dispõem da Agência Eco Hotel, em nossa estrutura, para programar suas atividades e passeios com toda comodidade e confiabilidade para conhecer região dos Aparados da Serra. Nossa equipe receptiva, está preparada para orientar as possibilidades e preferências de pacotes e passeios possíveis em nossa região rica em belezas cênicas incomparáveis, destino ideal para quem busca o contato com a natureza, tranquilidade, hospitalidade e descanso. Parque Nacionais, cânions, caminhadas, visitação a cachoeiras, cavalgadas, atividades rurais, esportes de aventura ou simplesmente o ócio são algumas das opções na região.
Não deixe de conhecer as opções e já ir programando sua aventura conosco!
CHALÉS MORADA DOS CÂNYONS
Construídos num lugar invejável, à beira dos canyons dos parques nacionais Aparados da Serra e Serra Geral, estes chalés permitem que seus hóspedes tenham de seus próprios quartos uma visão privilegiada dos canyons e até mesmo do litoral no horizonte. Estamos a aproximadamente 650m de altitude, entre os municípios de Praia Grande SC e Cambará do Sul RS, na Serra do Faxinal.
Itens inclusos no pacote
- cesta de flores, frutas e chocolates caseiros;
- ingresso, guia e lanche para a visitação do canyon Itaimbezinho pela borda;
- música ao vivo voz e violão no jantar de sábado;
- café da manhã e jantar todos os dias;
- wi-fi, estacionamento, roupa de cama, banho, toalha para piscina e amenities sem taxa extra.
Chalés para casal: Valor Parcelado* / Integral antecipado*
Chalés 1, 9 ou 10: R$ 5.486,00 / R$ 4.937,00
Chalés 2, 3 ou 6: R$ 4.446,00 / R$ 4.001,00
Chalés 4, 5, 7 e 8: R$ 3.406,00 / R$ 3.065,00
Pessoas extra a partir de 6 anos nos chalés 4, 5, 7 e 8: R$ 125,00 por diária.
*Pagamento parcelado: 50% no ato da reserva e o restante no check-out (cartão/cheque) ou em 3x no cartão Visa/Master.
*Pagamento integral antecipado: Depósito ou transferência para a CC da pousada.
Tarifário e itens válidos para o pacote do feriado de 15 de novembro (Proclamação da República) 2016
Data sugerida, 11 a 15 de novembro. Mínimo 4 diárias. Consulte disponibilidade de chalés por email ou telefone.
PACOTE LUA DE MEL
O pacote inclui:
• Decoração romântica do chalé
• Jogo de cama especial de algodão egípcio 400 fios
• Velas e pétalas pelo quarto
• Espuma de banho
• Sais de Banho
• Amenities especiais
• Espumante Chandon no gelo
• Cesta de flores e frutas da estação
• Um jantar especial a luz de velas
• Meia pensão (café da manhã e jantar todos dias)
EXEMPLO CHALÉ 10
Detalhes dos Quartos
Estrutura: quarto, deck de vidro e madeira, sala de estar, varanda, mirante e banheiro.
• Capacidade: Casal + 1 criança. (110m²)
• Vista: Canyons e Serra do Faxinal.
• Valor da diária para casal: R$ 1.055,00 (a partir de julho de 2016)
Amenidades
Banheira dupla de hidromassagem
Varanda
Cama Box King Size
Travesseiros de pena ou pluma de ganso
Lençol térmico
Secador de cabelos
Frigobar
Piso de madeira
Deck envidraçado com vista para os canyons
36 canais HD
Blu-ray player
Telescópio para observação terrestre e astronômica
Móveis de madeira de demolição
Sofás
Ar Condicionado quente/frio
TV LED 40"
Duas lareiras
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO

VALEU PELA VISITA / ATÉ A PRÓXIMA

fotos / fonte = Wikipédia / viajeaqui.abril.com.br / Thymonthy Becker / Divulgação / IBGE / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS - COMO A CIDADE COMEÇOU - CEM ANOS ATRÁS NASCIA A CIDADE QUE SERIA REFERÊNCIA EM QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO, NAS MINAS GERAIS

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS / BRASIL - 100 ANOS ATRÁS foto - Thymonthy Becker AQUI PODEMOS VER O CENTRO DA CIDADE, COM O SANTUÁRIO, O COLÉGIO DOS PADRES E ABAIXO A PONTE QUE LIGA O CENTRO AO BAIRRO PORTO VELHO. foto - Colombo
NESTA PÁGINA, IREMOS MOSTRAR COMO DIVINÓPOLIS COMEÇOU. ALGUMAS FOTOS SÃO RARAS. E POSSUEM MAIS DE CEM ANOS. ESTE FOI O SEGUNDO LOCAL ONDE FUNCIONOU A CÂMARA MUNICIPAL. AQUI NA RUA SÃO PAULO. foto - ?
AQUI  ANTIGA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA. HOJE EH O HOTEL DAS VOVÓS. foto - ?
ESTA EH A RUA SÃO PAULO. REPARE QUE OS POSTES DE LUZ FICAVAM NO MEIO DA RUA. foto - ?
AQUI A MESMA RUA SÃO PAULO, ENTRE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS (ANTIGA AVENIDA DA INDEPENDÊNCIA) E AVENIDA VINTE E HUM DE ABRIL. foto - ?
ESTE VÍDEO FOI FEITO QUANDO DIVINÓPOLIS TINHA 20.000 HABITANTES, HOJE TEM 225.000. QUANDO DA INAUGURAÇÃO DA PONTE CENTRO/PORTO VELHO.
AQUI A AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO ESQUINA COM RUA SÃO PAULO. REPARE AS BOMBAS DO POSTO DE COMBUSTÍVEL. foto - ?
O PRIMEIRO PRÉDIO DA CIDADE. EDIFÍCIO HERCÍLIO. …

CONTAGEM / POLO COMERCIAL

BOM DIA. BEM VINDO A CONTAGEM. CIDADE PROGRESSO
copyrigth "Altemiro Olinto cris"
CONTAGEM TEM 603.048 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CONTAGEM É: CONTAGENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,794 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. Na época do Brasil-colônia, a Coroa portuguesa mantinha o controle sobre os territórios ocupados através de postos avançados chamados “postos de registro”. Tais postos fiscalizavam e registravam todo o movimento de pessoas e mercadorias, cargas e tropas. Ali, os viajantes, mercadores de escravos e tropeiros eram obrigados a parar e, enquanto as mercadorias eram registradas. CONTAVAM-SE TUDO. INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, AS BARRAS DE OURO, QUE IAM PARA O RIO DE JANEIRO. DAÍ O NOME "CONTAGEM."
No início do século XVII, nas terras da sesmaria do capitão João de Sousa Souto Maior, um terreno conhecido como Sítio das Abóboras, foi instalado um desses postos de fiscalização. Em 1715, Dom Brás Baltasar refere-se a este posto ao escrever …

SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO / A CIDADE DOS IPÊS

BEM VINDO A SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO.
imagem de Alexandre Bonacini SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO, TEM 65.034 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É: PARAISENSE O IDH DO MUNIC[IPIO É DE 0,812, CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É CONHECIDA COMO A CIDADE DOS IPÊS, VISTO SER MUITA A QUANTIDA DESTA ÁRVORE NA REGIÃO. imagem de Auro Queiroz


imagem de Auro Queiroz
Em uma das propriedades foi doado, em 1821, terreno para a construção da Capela de São Sebastião, em torno da qual se desenvolveu o povoado. O lugar se tornou pouso obrigatório para os viajantes em trânsito para São Paulo, Jacuí e outros povoados sul mineiros. Em 1855 foi criada a Freguesia e, três anos depois, o Curato de São Sebastião do Paraíso. O intercâmbio comercial intensificou-se. As notícias da excelência das terras atraíram agricultores e pecuaristas, gerando grande surto de desenvolvimento, consubstanciado pela elevação a Vila e a Cidade, em 1870 e 1873, respectivam…

DIAMANTINA

BOM DIA. BEM VINDO AO PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE. BEM VINDO A DIAMANTINA. CIDADE DAS SERESTAS copyrigth "Mauro Braga" DIAMANTINA TEM HOJE, 45.884 HABITANTES. QUEM NASCE EM DIAMANTINA ÉH: DIAMANTINENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,748 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU A ECONOMIA DO MUNICÍPIO É FORTE NO SETOR ESTUDANTIL. AQUI SE ENCONTRA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO JEQUITINHONHA E MUCURI. AQUI FORAM REALIZADOS EM 2010, 194 CASAMENTOS, 19 SEPARAÇÕES E 28 DIVÓRCIOS. Conhecida inicialmente como Arraia do Tijuco ou Tejuco, a cidade emancipou-se do município do Serro em 1831, passando a se chamar Diamantina por causa do grande volume de diamantes encontrados na região. Essas pedras eram extraídas em grandes quantidades pela Coroa de Portugual, durante o século XVII. Em 1938, Diamantina comemorou seus 100 anos de elevação à categoria de cidade, recebendo do IPHAN o título de Patrimônio Histórico Nacional. E, no ano de 1999, foi tombada pela UNESCO como: Patrimônio cult…

CARMO DO CAJURU / A CIDADE DOS MÓVEIS

UM AMANHECER COMO ESTE, SÓ EM CARMO DO CAJURU. 
foto - ?
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE CARMO DO CAJURU: POPULAÇÃO: 20.018 HABITANTES (IBGE 2010) HOMENS: 9.600 (APROXIMADAMENTE) MULHERES: 9.400 (APROXIMADAMENTE) ALTITUDE: 772 METROS (MÉDIA) A ECONOMIA DO MUNICÍPIO COMEÇOU COM UMA FÁBRICA DE MANTEIGA, DEPOIS DE FARINHA E MACARRÃO. HOJE SUA ECONOMIA BASEIA-SE NA INDÚSTRIA MOVELEIRA, QUE UMA DAS MELHORES DO BRAZIL. ONDE OS MÓVEIS PRODUZIDOS EM CARMO DO CAJURU SÃO VENDIDOS EM TODO O BRAZIL E EXPORTADO PARA ALGUNS PAÍSES DO MERCO SUL

ESTE É O CASTELO DA LÍDER INTERIORES. ELE FICA NA CIDADE DE MATEUS LEME. MAS PERTENCE A FABRICA DE MOVEIS DE CARMO DO CAJURU
foto - Mauricio Cardim CARMO DO CAJURU, FOI FUNDADA EM DEZEMBRO DE 1948 QUEM NASCE EM CARMO DO CAJURU É: CAJURUENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,774, CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU EM CARMO DO CAJURU, TEM A MAIS FAMOSA FABRICA DE MÓVEIS DO PAÍS. É ALÍDER INTERIORES, QUE FABRICA OS MAIS BONITOS E MODERNOS MÓVEIS DA INDUSTRIA MOVELEIRA. A LÍDER …

POÇOS DE CALDAS / CIDADE DAS ROSAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS
MONTANHAS DA REGIÃO
copyrigth "Enioprado"
POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA
A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no "Monte Alegre&quo…

MINAS GERAIS / BRASIL - UM ESTADO MÚLTIPLO, ÚNICO, COM 853 MUNICÍPIOS QUE SE DESENVOLVERAM SEM PERDER A RIQUEZA CULTURAL, HISTÓRICA SE TORNANDO GRANDES ATRATIVOS TURÍSTICOS

LINHA DO TEMPO DE MINAS GERAIS / BRASIL - TIMELINE VENHA VIVER MINAS GERAIS  Minas Gerais é um estado múltiplo, completo e único. Todos os seus 853 municípios cresceram e se desenvolveram sem perder sua riqueza cultural e histórica e se tornaram grandes atrativos turísticos. A mesa mineira, “onde sempre cabe mais um”, é a maior marca da hospitalidade do povo do Estado. Para conhecer Minas Gerais, não basta apenas ouvir falar, ler ou se informar. E quem quiser comprovar, será muito bem-vindo! 
Uberaba O Estado detém cerca de 60% do patrimônio histórico nacional. As cidades centenárias narram a grandiosidade da história do Brasil. Minas também é um imenso palco de manifestações artísticas, exportadas nacional e internacionalmente. Em Minas você encontrará destinos ideais para relaxar e cuidar do corpo e da mente. Entrar em contato com costumes, pessoas e lugares que valorizam a harmonia e o bem-estar. Viver Minas Gerais é muito mais que uma simples viagem turística, é estabelecer uma vivênc…

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

ENTRE RIOS DE MINAS / MINAS GERAIS - "BERÇO DO CAVALO CAMPOLINA", TEM RUAS CALMAS, BELOS CASARÕES, CACHOEIRAS E MUITA BELEZA NA SERRA DO GAMBÁ

LINHA DO TEMPO DE "ENTRE RIOS DE MINAS" / MINAS GERAIS / BRASIL A CIDADE A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
O TURISMO O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voô livre, mountain bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da c…