domingo, 23 de outubro de 2016

INDAIATUBA / SÃO PAULO - Parque temático, feiras de arte, bosque do saber, museu ferroviário e parque ecológico dão mostra de que a cidade está voltada para o futuro




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "INDAIATUBA" / SÃO PAULO / BRASIL
A proximidade com o aeroporto de Viracopos atraiu empresas de grande porte para a cidade. Por causa disso, os hotéis têm boa estrutura para eventos e são ideais para quem vem a trabalho. Mas nem só de executivos vive Indaiatuba: jovens de toda a região vêm curtir a noite em seus bares e na badalada danceteria Zoff (Av. Pres. Vargas, 731, 3894-6471).
INDAIATUBA / SÃO PAULO / BRASIL
imagem - Wikipédia
População estimada 2016 (1) - 235.367
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 311,545
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 646,11
Código do Município 3520509
Gentílico - indaiatubano
ORIGEM DO NOME
O VOCÁBULO INDAIATUBA, EM TUPI-GUARANI, SIGNIFICA REGIÃO COBERTA DE INDAIÁS (INDAIÁ = PALMEIRA DE PEQUENO PORTE ).
A EXISTÊNCIA MARCANTE DE PALMEIRAS DO TIPO "INDAIÁ", CARREGADAS DE PEQUENOS COCOS, FEZ COM QUE INDAIATUBA TIVESSE RECEBIDO, ENTRE MEADOS DO SÉCULO XVIII E INÍCIO DO SÉCULO XIX, TAMBÉM A DENOMINAÇÃO DE "COCAIS"
Gentílico: indaiatubano
HISTÓRICO

A província de São Paulo quase não tinha núcleos urbanos até o século XVIII, e em nossa região existiam apenas as Vilas de Itu e Jundiaí. Então, o governo português implementou uma vigorosa política de incentivo à produção de açúcar na província, na segunda metade do século XVIII. Essa iniciativa, deslanchada pelo governador Morgado de Mateus, visava estimular o povoamento do interior de São Paulo. Seu objetivo era incentivar o surgimento e crescimento de novas Vilas, criando núcleos de população para enfrentar um possível avanço dos espanhóis no sul do país.
Em seu início, o povoado de Indaiatuba foi um dos bairros rurais da Vila de Itu, no caminho que era passagem de tropas para o sul do Brasil, passando por Sorocaba, e do sul para as vilas mineradoras de Mato Grosso e Goiás, passando pelo mesmo caminho. No século XVIII os caminhos para o interior eram estreitos, sendo percorridos com o auxílio de mulas, burros e cavalos, que transportavam todo o comércio regional e de exportação. O arraial aparece como Indayatiba já nos registros do censo de 1768. Com uma pequena população que vivia, sobretudo, de suas roças de milho e feijão, esse arraial também é chamado de Cocaes, por causa dos seus campos de palmeiras Indaiá.
Encontramos, nos séculos XVIII e XIX, referência aos bairros de Piraí, Itaici, Mato Dentro, Buru e Indaiatuba. Como aconteceu também com outros povoados próximos, a dinâmica econômica trazida pela produção de açúcar e aguardente mudou a vida dos pequenos bairros rurais que formaram Indaiatuba: em cem anos cresceu o número de engenhos de tal modo que, por volta de 1850, já não havia aqui um só córrego com queda suficiente para mover uma roda d'água que não tivesse já a sua "fábrica de fazer açúcar".
Em torno dessas fazendas de açúcar foram se fixando, desde o final do século XVIII, pessoas que viviam do comércio e da fabricação artesanal de produtos para os habitantes próximos.
O núcleo urbano de Indaiatuba se fixou em torno do Largo da Igreja, como era costume. A história política de Indaiatuba inicia-se com a ereção de sua capela curada, através da doação de alguns imóveis feita à capela, por Pedro Gonçalves Meira, em 1813. Por esse gesto Pedro é considerado o fundador de nossa cidade.
Ter sua capela curada possibilitou ao pequeno bairro ser o centro civil local, uma vez que, a partir daí, puderam ser feitos nessa igreja os batismos, casamentos e sepultamentos, tanto da população próxima como dos habitantes dos bairros rurais vizinhos. Um fato curioso é de que a primeira padroeira dessa capela foi Nossa Senhora da Conceição. Após a morte de Pedro, seu irmão Joaquim passou a cuidar dessa capela e, devoto de Nossa Senhora da Candelária, transformou-a em sua padroeira. Essa capela, ampliada e reformada, é a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária.
Na segunda metade do século XIX, o café substituiu aos poucos o açúcar como principal produto de nossa agricultura de exportação. Sabemos que Joaquim Emígdio de Campos Bicudo, cafeicultor dono da Fazenda Pau Preto, comprou a propriedade do espólio do padre Roriz, agrupando então a antiga fazenda Pau Preto a uma chácara vizinha que já possuía e à chácara onde estava o Casarão. Transferiu para lá a sede da fazenda e construiu uma nova área, feita conforme o padrão das indústrias inglesas do século XIX, de tijolo à vista. Lá instalou a primeira máquina de beneficiar café da cidade, movida a vapor.
Em nove de dezembro de 1830 Indaiatuba tornou-se, por decreto do Imperador, sede de uma das Freguesias da Vila de Itu, englobando também os bairros de Itaici, Piraí, Mato Dentro e Buru. Sua elevação à condição de Vila ocorreu em 24 de março de 1859. Com esse novo estatuto Indaiatuba ganha autonomia política em relação a Itu, passando a ter sua própria Câmara de Vereadores.
Na frente da Igreja, havia uma área aberta, o Largo da Matriz, centro da vida local, onde aconteciam os eventos civis e religiosos, como a Festa da Padroeira e a saída da romaria para Pirapora. Em torno da Matriz foram sendo construídas as residências urbanas dos fazendeiros da Freguesia, hoje quase todas demolidas, e em redor as casas de comerciantes, artesãos e trabalhadores livres.
O projeto urbano da cidade inicia-se no século XIX, com um traçado quadriculado, feito "a cordel", conforme a tradição racionalista já implantada nas cidades portuguesas e em algumas Vilas brasileiras desde o século XVIII. Esse traçado mantém-se no centro histórico da cidade até hoje, sendo parte de nosso mais antigo patrimônio urbano.
No final do século XIX um acontecimento veio mudar a vida urbana de Indaiatuba: a estrada de ferro. O primeiro trecho da Estrada de Ferro Ituana foi feito entre Jundiaí e o nosso bairro rural de Pimenta, na fazenda do mesmo nome, inaugurado em 1872. Em 1873 iniciou-se o trecho Itaici-Piracicaba, passando por Indaiatuba.
A estação primitiva de Indaiatuba não foi erguida pela Ytuana. A Câmara Municipal de Indaiatuba fez uma arrecadação publica de fundos e construiu por conta própria a primeira Estação, doando-a para a Ytuana. Essa primeira estação, inaugurada em 1880, fica à esquerda da Estação principal, funcionando hoje como uma oficina-escola de liuteria. A “nova” Estação, onde hoje está o Museu Ferroviário, foi construída em 1911.
Com a Estação de trem Indaiatuba viveu muitas mudanças. A ferrovia ligou a cidadezinha a São Paulo, possibilitou a ida e vinda cotidiana de pessoas e de mercadorias, o telégrafo, a chegada diária do correio.... Por ela chegaram os imigrantes, e por ela saíram as batatas, a madeira, todo comércio, enfim. Nela embarcaram nossos soldados na Revolução de 32.
imagem - Rogério Brasileiro
AVENIDA OTORORO
imagem - Fábio Barros
AVENIDA PRESIDENTE KENNEDY
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
DISTRITO INDUSTRIAL
imagem - Luzia Cruz Frata
CIAEI
imagem - Rogério Brasileiro
imagem - Fábio Barros
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DO DISTRITO DE HELVÉCIA
imagem - Zardeto
ESTAÇÃO FERROVIÁRIA DO DISTRITO DE PIMENTA
imagem - Zardeto
INTERIOR DA ESTAÇÃO DE PIMENTA
imagem - Zardeto
PARQUE TEMÁTICO
O PARQUE TEMÁTICO ESTÁ LOCALIZADO NO PARQUE ECOLÓGICO, NA ALTURA DO JARDIM MONTE VERDE, E É UMA DAS MAIS COMPLETAS E DIFERENCIADAS ÁREAS DE LAZER DE INDAIATUBA. A PRINCIPAL ATRAÇÃO SÃO OS ANIMAIS GIGANTES FEITOS DE FIBRA QUE COMPÕEM O PLAYGROUND TEMÁTICO. OS BALANÇOS TÊM COMO SUPORTE DOIS ELEFANTES, DUAS GIRAFAS DECORAM O ESCORREGADOR TIPO TOBOGÃ, A PONTE DE MADEIRA É O ACESSO ÀS CABANAS DO MESMO MATERIAL, E O ESPAÇO TAMBÉM É COMPOSTO POR FORMIGA, JOANINHA E COGUMELOS GIGANTES. O LAZER SE COMPLETA COM PLAYGROUND COMUM, UMA QUADRA POLIESPORTIVA QUE FOI CONSTRUÍDA NO PADRÃO EXIGIDO PARA A PRÁTICA DE TÊNIS, DUAS QUADRAS DE VÔLEI DE AREIA E DOIS CAMPOS DE FUTEBOL DE AREIA, ALÉM DE QUIOSQUES DE ALIMENTAÇÃO, ÁREA DE DESCANSO E DE BANHO COM CHUVEIROS E PISTA DE CAMINHADA. O PARQUE CONTA AINDA COM DUAS FONTES DE ÁGUA E TODOS OS PONTOS DE LAZER ESTÃO INTERLIGADOS POR CALÇADAS.
imagem - Rosângela
imagem - Rosângela
imagem - Rosângela
FÓRUM DE JUSTIÇA
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
UMA IGREJA DE FAZENDA
imagem - Zardeto
MONUMENTO À CIDADE
imagem - Wikipédia
ANTIGA PASSAGEM DE TREM
imagem - Zardeto
IGREJA NOSSA SENHORA CANDELÁRIA
A IGREJA NOSSA SENHORA DA CANDELÁRIA MARCA O LOCAL ONDE SE INICIOU A CIDADE DE INDAIATUBA. É POR TER SUA CAPELA CURADA QUE INDAIATUBA TORNOU-SE SEDE DA FREGUESIA, EM 9 DE DEZEMBRO DE 1830, AGRUPANDO OS BAIRROS VIZINHOS. EM TORNO DA MATRIZ, FORAM SENDO CONSTRUÍDAS AS RESIDÊNCIAS URBANAS DOS FAZENDEIROS DA FREGUESIA. É UMA DAS POUCAS IGREJAS CONSTRUÍDAS EM TAIPA DE PILÃO NO INTERIOR DE SÃO PAULO AINDA EXISTENTE, EXEMPLO DA ARQUITETURA RELIGIOSA COLONIAL PAULISTA.
imagem - Rosângela
imagem - ?
IGREJA DE SÃO BENEDITO
imagem - Fábio Barros
FEIRAS DE ARTE
A FEIRA DAS ARTES É UMA TRADIÇÃO NA CIDADE E CONTA COM A PARTICIPAÇÃO DE CERCA DE 50 ARTESÃOS. A PRAÇA É TAMBÉM UM DOS LOCAIS MAIS ARBORIZADOS E AGRADÁVEIS DA CIDADE, CONTA AINDA COM PARQUINHO PARA CRIANÇAS E LAGO COM PEIXES. ALÉM DE ITENS COMO ARTIGOS DE CAMA, MESA E BANHO, ACESSÓRIOS PARA A COZINHA E ENFEITES PARA A CASA, OS VISITANTES ENCONTRAM AINDA BARRACAS DE ALIMENTOS CASEIROS, DE ELABORAÇÃO IGUALMENTE ARTESANAL.
imagem - PMI
BOSQUE DO SABER
A ESCOLA MUNICIPAL AMBIENTAL BOSQUE DO SABER PERTENCE À SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E FOI INAUGURADA NO DIA 22 DE MAIO DE 2004, COM A PROPOSTA INICIAL DE SER UM CENTRO METADISCIPLINAR. NELA ENCONTRA-SE UMA ÁREA VERDE DE APROXIMADAMENTE 11.000 M² PARA O DESENVOLVIMENTO DAS ATIVIDADES DE APOIO E PESQUISAS REFERENTES AO ESTUDO DO MEIO, ONDE. A ÁREA EXTERNA POSSUI ESTUFA, GALPÃO E VIVEIRO PARA MUDAS, GALPÃO DE RECICLAGEM DE PAPEL ARTESANAL, ORQUIDÁRIO, JARDIM DAS BORBOLETAS, ÁREA DE ALIMENTAÇÃO, PARQUINHO, JARDIM DOS BEIJA-FLORES, GALPÃO DE COMPOSTAGEM, MAQUETE DE UMA MICROBACIA HIDROGRÁFICA, POMAR ORGÂNICO, HORTA ORGÂNICA, ALÉM DE UMA TRILHA DE CERCA DE 500 METROS PARA QUE OS VISITANTES POSSAM CAMINHAR NA MATA NATIVA.
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
MUSEU FERROVIÁRIO
ADMINISTRADO PELA FUNDAÇÃO INDAIATUBANA DE EDUCAÇÃO E CULTURA (FIEC), ATUALMENTE O MUSEU FERROVIÁRIO ESTÁ LOCALIZADO EM UM CONJUNTO DE PRÉDIOS DA ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. OFERECE A EXPOSIÇÃO PERMANENTE DA LOCOMOTIVA Nº10, QUE FOI FABRICADA EM 1874 NOS ESTADOS UNIDOS, ONDE FOI ADQUIRIDA PELO IMPERADOR D. PEDRO II, FATO DE DESTAQUE NA HISTÓRIA DAS FERROVIAS NO BRASIL. CONTA TAMBÉM COM CERCA DE 400 OBJETOS EM SEU ACERVO, TODOS IDENTIFICADOS E REGISTRADOS, ALÉM DE INSTALAÇÕES DE FERROMODELISMO EM ESCALA HO, ONDE AS COMPOSIÇÕES FAZEM PERCURSO NA PARTE INTERNA E EXTERNA DO MESMO.
imagem - ?
imagem - Rogério Brasileiro
imagem - Rogério Brasileiro
IGREJA DO DISTRITO DE HELVÉCIA
imagem - Zardeto
AS MONTANHAS AO FUNDO
imagem - Fábio Barros
BAIRRO CIDADE NOVA
imagem - Fábio Barros
SEDE DO PODER LEGISLATIVO - CÂMARA DE VEREADORES -
imagem - Fábio Barros
CASARÃO PAU PRETO
O CASARÃO, COMO É POPULARMENTE CONHECIDO NA CIDADE, É UMA CONSTRUÇÃO QUE DATA DO INÍCIO DO SÉCULO XIX, PROVAVELMENTE ENTRE 1810 E 1820, CUJAS PAREDES DE TAIPA DE PILÃO E DE MÃO SÃO TESTEMUNHOS DE TÉCNICAS CONSTRUTIVAS DAQUELE PERÍODO. ELE ESTÁ EDIFICADO EM UM TERRENO DE 6.248,43 M², QUE CONTA TAMBÉM COM UM BOSQUE FORMADO POR POUCO MAIS DE CEM ÁRVORES, DAS QUAIS SE DESTACA UM ENORME JATOBÁ COM APROXIMADAMENTE 150 ANOS DE IDADE. O CASARÃO PAU PRETO FOI TOMBADO EM DEZEMBRO DE 2008 (DECRETO MUNICIPAL 10.108/20080), ATUALMENTE, NO LOCAL ESTÃO INSTALADAS A SEDE ADMINISTRATIVA DA FUNDAÇÃO PRÓ-MEMÓRIA DE INDAIATUBA, A BIBLIOTECA PÚBLICA E O MUSEU MUNICIPAL.
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
PREFEITURA MUNICIPAL
CARTÃO-POSTAL DA CIDADE E SÍMBOLO DE MODERNIDADE, O NOVO PRÉDIO DA PREFEITURA INAUGURADO EM 2002 POSSUI 7,8 MIL METROS QUADRADOS DE ÁREA CONSTRUÍDA, ABRIGANDO A MAIORIA DAS SECRETARIAS MUNICIPAIS. DISPÕE DE UM ANFITEATRO COM CAPACIDADE PARA 350 PESSOAS E UM ESPAÇO DESTINADO A EXPOSIÇÕES E VERNISSAGES
imagem - Rogério Brasileiro
imagem - Rogério Brasileiro
RIO JUNDIAÍ
imagem - Zardeto
MONUMENTO AOS JOGOS REGIONAIS
imagem - Fábio Barros
MOTO MANIA OU, MANIA DE MOTOS
imagem - Fábio Barros
PARQUE ECOLÓGICO
O PARQUE ECOLÓGICO, PROJETO DO ARQUITETO E URBANISTA RUY OHTAKE, FOI INAUGURADO EM 1992 E HOJE CORTA A CIDADE EM 80% DA SUA TOTALIDADE. SÃO 15 QUILÔMETROS DE PISTAS DE CAMINHADAS, COOPER E CICLOVIAS. ABRANGE EM SUA EXTENSÃO, BOSQUES, LAGOS, JARDINS, ÁREAS DE RECREAÇÃO, CAMPOS DE FUTEBOL, VÔLEI, UMA PISTA DE BICICROSS OFICIAL, UMA PISTA DE SKATE PROFISSIONAL, UMA RAIA DE REMO OLÍMPICO, EQUIPAMENTOS DE GINÁSTICA, UMA PRAÇA DE EVENTOS, PARQUE TEMÁTICO INFANTIL E UM TEATRO MULTIDISCIPLINAR. É SEDE TAMBÉM DE VÁRIOS EVENTOS ESPORTIVOS E CULTURAIS, COMO O CARNAVAL DE RUA E A CORRIDA CIDADE DE INDAIATUBA.
imagem - Fábio Barros
imagem - Rogério Brasileiro
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
PRAÇA RUI BARBOSA
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
imagem - Fábio Barros
RUA PADRE BENTO
imagem - Fábio Barros
VOCÊ SABIA?
O BAIRRO HELVETIA POSSUI A MAIOR CONCENTRAÇÃO DE DESCENDENTES DE COLONOS SUÍÇOS NO BRASIL.
imagem - Fábio Barros
SHOPPING
imagem - Fábio Barros
VOCÊ SABIA?
O MUNICÍPIO DE INDAIATUBA EH CONSIDERADO UM DOS MELHORES DO PAÍS EM DESENVOLVIMENTO
AQUI A PISTA DE SKATE
imagem - Rogério Brasileiro
VOCÊ SABIA?
INDAIATUBA POSSUI HOJE UM TIME DE FUTEBOL PROFISSIONAL, CHAMADO ESPORTE CLUBE PRIMAVERA
imagem - PMI
RUA QUINZE DE NOVEMBRO
imagem - Fábio Barros
VOCÊ SABIA ?
A CIDADE DE INDAIATUBA CONTA TAMBÉM COM INÚMEROS CAMPOS DE PÓLO HÍPICO, SENDO UM CENÁRIO DE DESTAQUE DESTE ESPORTE NO BRASIL E NO MUNDO.
imagem - Fábio Barros
VOCÊ SABIA?
O CHAFARIZ FOI CONSTRUÍDO NO INÍCIO DO SÉCULO 20. ERA UTILIZADO PELA POPULAÇÃO PARA CONSUMO DE ÁGUA E PARA A LAVAGEM DE ROUPAS. NO FINAL DA DÉCADA DE 60 E INÍCIO DE 70, PASSOU POR UMA RESTAURAÇÃO E ESTÁ INSTALADO EM UMA PRAÇA ARBORIZADA.
imagem - Fábio Barros
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE INDAIATUBA, SÃO PAULO
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE INDAIATUBA, SP

VALEU PELA VISITA. SEMPRE VOLTE.

 
fonte / fotos = Wikipédia / Thymonthy Becker / Portal da Prefeitura Municipal de Indaiatuba / IBGE / viajeaqui.abril.com.br /


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minas são muitas, Todas são gerais