Pular para o conteúdo principal

OS 10 CARROS PEQUENOS MAIS BARATOS DO BRASIL - Para quem eh solteiro e não gosta de fazer baliza




LINHA DO TEMPO DOS "10 CARROS PEQUENOS MAIS BARATOS DO BRASIL" EM 2016 / WORLD
Para quem é solteiro e não gosta de fazer baliza, um carro pequeno é mais do que ideal. Conheça os mais em conta para o seu bolso 
Falar em carros pequenos há alguns anos, significava falar dos modelos entre R$ 25 mil e R$ 35 mil. Eram os veículos mais baratos de cada marca e também os mais pelados, com o mínimo possível de equipamentos. Isso em outros tempos. Hoje em dia, apenas um carro novo é vendido por menos de R$ 30 mil e muitas marcas, como Ford e Chevrolet, se afastaram do chamado segmento de entrada – embora a GM vá oferecer um Onix mais barato em breve.
Mesmo com o mercado em crise, com uma queda de 25% na vendas de carros novos no primeiro semestre de 2016, as marcas continuam a aumentar os preços de seus veículos. Apesar disso, se pesquisar bem, é possível encontrar uma concessionária com estoque maior e disposta a oferecer bons descontos. Estes são os 10 carros pequenos mais baratos do Brasil, conforme o preço de tabela:
1º - Fiat Palio Fire – R$ 29.540 
O rei dos carros pequenos no quesito preço, o Fiat Palio Fire é o Palio da geração anterior, usando o veterano motor 1.0 Fire de 75 cv e 9,9 kgfm de torque, com etanol. Sua versão mais barata, por R$ 29.540, é o carro mais barato do país. Mas, para isso, vem com o mínimo: só duas portas, sem rádio, sem ar-condicionado, vidros e travas manuais e sem direção hidráulica. Até a preparação para rádio é opcional, por R$ 411.
2º - Chery New QQ – R$ 31.290 
Um dos símbolos da suposta “invasão chinesa” que nunca se concretizou, o Chery QQ ganhou uma nova geração em abril de 2015 e brigou por muito tempo pelo título de carro mais barato do país. Embora não seja, ainda está na faixa dos R$ 30 mil e tenta roubar os clientes da Fiat oferecendo um pacote mais completo, com ar-condicionado, direção hidráulica, rádio com USB e vidros dianteiros elétricos, por R$ 31.290.
3º - Fiat Mobi – R$ 31.900 
Lançado há poucos meses, o Fiat Mobi vem para substituir o Palio Fire como carro pequeno de entrada da Fiat. É bem menor, medindo 3,56 metros de comprimento, contra os 3,82 metros do Palio Fire e usa o mesmo motor 1.0 Fire de 75 cv e 9,9 kgfm de torque, com biocombustível. A versão mais básica, chamada Mobi Easy, vem tão crua quanto seu antepassado, com a diferença de ser oferecido apenas com quatro portas.
4º - Volkswagen Up - R$ 33.990 
A Volkswagen tem bons argumentos para te convencer a escolher o Up! no lugar dos outros carros pequenos. É um dos automóveis mais econômicos do país, usando o motor 1.0 de 82 cv e 10,4 kgfm de torque (com etanol), e cinco estrelas no teste de colisão do Latin NCAP. Só que também vem bem pelado na configuração mais básica, por R$ 33.990: duas portas, só com preparação para rádio e sem alto-falantes, nada de direção elétrica e nem ar-condicionado.
5º - Volkswagen Gol – R$ 34.250 
Por R$ 34.250, o Volkswagen Gol pode roubar algumas vendas do Up de entrada por ser um pouco maior, principalmente para quem viaja nos bancos traseiros. O motor é o mesmo, o 1.0 três cilindros de 82 cv e 10,4 kgfm de torque com etanol. Apesar de ter direção hidráulica, não conta com ancoragem ISOFIX para cadeirinhas infantis, como o Up!. Assim , sua escolha fica entre ter um carro mais espaçoso ou mais seguro.
6º - Renault Clio – R$ 34.300 
O decano da lista, o Renault Clio é um dos carros à venda há mais tempo no Brasil, com o velho 1.0 de 80 cv e 10,5 kgfm, com etanol. Sua idade e o fato que está prestes a sair de linha (para dar espaço ao Kwid) são seus piores inimigos, pois ele vem mais completo do que os demais. Por R$ 34.300, já vem com ar-condicionado, vidros dianteiros elétricos, direção hidráulica e travas elétricas. Nada de rádio, só a fiação pronta para o equipamento.
7º - Chery Celer - R$ 34.990 
Outro chinês na lista. O Chery Celer é um carro pequeno, mas não tão compacto quanto o New QQ, por R$ 34.990. Tentando rivalizar com Volkswagen Gol e Fiat Palio, o Celer usa o velho argumento dos chineses: vem completo, com ar-condicionado, direção hidráulica, rádio com entrada USB, vidros e espelhos elétricos. Também é mais potente, com motor 1.5 de 113 cv e 15,5 kgfm, com etanol.
8º - Nissan March – R$ 38.790 
Entre os carros pequenos, o Nissan March é o primeiro da lista a oferecer direção elétrica de série, por R$ 38.790. Apesar disso, não foge muito dos anteriores, trazendo apenas ar-condicionado e computador de bordo com consumo instantâneo. Seu motor é o 1.0 de 77 cv e 15,1 kgfm de torque, outro que aparece entre os mais econômicos do país – embora não seja tão econômico quanto no sedã Versa.
9º - Chevrolet Onix – R$ 39.190 
Prestes a mudar e atual detentor do título de carro mais vendido do Brasil, o Chevrolet Onix atual é oferecido por R$ 39.190 em sua versão mais básica. A configuração LS vem com ar-condicionado, quatro portas e direção hidráulica, mas fica devendo na falta de rádio, travas e vidros elétricos. Usa o motor 1.0 de 80 cv e 9,8 kgfm com etanol, uma versão atualizada do antigo 1.0 Econo.Flex do Corsa e Celta.
10º - Fiat Uno – R$ 39.570 
Para se afastar do Fiat Mobi, o Uno teve que ficar mais completo, mesmo que isso o deixe com preço de R$ 39.750 – a versão mais pelada Uno Vivace saiu de linha. Mais completo, mas não tanto, já que continua no segmento dos carros pequenos. O Uno vem de série com ar-condicionado, direção hidráulica, computador de bordo e follow me home (que deixa o farol aceso por alguns segundos depois que o carro é desligado). Apesar de usar o motor 1.0 Evo de 75 cv e 9,9 kgfm, ele vai mudar ainda este ano por um mais moderno, de três cilindros.


Fonte / fotos - Carros - ig.com.br / Thymonthy Becker / Internet / Divulgação / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER - Hong Kong, uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e combina a cultura oriental com a ocidental, livre comércio, baixos impostos; lidera

LINHA DO TEMPO DAS "10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER" / WORLD O ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT (EIU) DIVULGOU UM NOVO RANKING LISTANDO AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER. A LISTA, QUE TEM CAUSADO DEBATES, TRAZ HONG KONG EM PRIMEIRO LUGAR.
1° - HONG KONG (CHINA)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo. É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

2° - AMSTERDÃ (HOLANDA)
Amsterdã é prática, moderna e vanguardista. E essas qualidades de certa forma resumem as características de toda a Holanda, um país de território minúsculo que foi uma g…

JANAÚBA / MG - A CIDADE DOS RIOS

BEM VINDO A CIDADE DE JANAÚBA. A CIDADE DOS RIOS. CAPITAL NACIONAL DA BANANA E DO MINI-MILHO.  imagem - ? JANAÚBA TEM 66.803 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM JANAÚBA EH: JANAUBENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 27 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME Janaúba, nome de origem indígena, significa planta leitosa, também conhecida como Algodão de Seda, vegetal da família das apocináceas, dicotiledônia, monopétala, abundante na região HISTÓRIA Os primeiros habitantes da região do Vale do Gorutuba constituíam-se de uma mistura de índios Tapuias; mescla de um povo Cafuso ou Caburé, e quilombos negros. Este povo fincou moradia nas proximidades do Vale do Gorutuba. Conta-se que neste rio existia muitos sapos conhecidos como Kuruatuba — sapo grande ou sapo Kururu, dando origem a denominação do rio e do povo que vivia — Gorutubanos. Os Gorutubanos viviam dos produtos da terra. Dedicavam-se principalmente ao plantio do algodão e de porcos. O regime pastoril foi grande favor de civilização…