Pular para o conteúdo principal

LUMIAR / NOVA FRIBURGO / RIO DE JANEIRO - Preferido dos casais que buscam sossego nas montanhas em chalés aconchegantes com lareira, diante de uma natureza exuberante da região serrana do Rio de Janeiro




LINHA DO TEMPO DO DISTRITO DE "LUMIAR" / NOVA FRIBURGO / RIO DE JANEIRO / BRASIL
ENCONTRO DOS RIOS MACAÉ E BONITO
Lumiar, distrito de Nova Friburgo, na Serra Fluminense, é procurado por casais que buscam sossego nas montanhas. As hospedagens, em sua maioria chalés aconchegantes com lareira, concentram-se nos arredores da vila e em São Pedro da Serra, a 5 km de distância.

Lumiar abriga cachoeiras e atrações naturais, como o encontro dos rios Macaé e Bonito. Mas a gastronomia está melhor representada em São Pedro, ao redor da estreita Rua Rodrigues Alves.
QUANDO SE ESTA NO NORTE DO PAÍS FICA FÁCIL PARA OS AMAZONENSES CONHECER AS BELEZAS NATURAIS QUE HÁ POR LÁ. JÁ O CARIOCA, TERÁ QUE VIAJAR BASTANTE PARA VER AQUELA BELEZA TODA. EM CONTRA PARTIDA, OS AMAZONENSES TERÃO QUE VIAJAR UM “BOCADO” PARA CONHECER UMA MARAVILHA QUE EXISTE NO RIO DE JANEIRO, BEM PERTO DA CAPITAL. MAS VALERÁ A PENA.
ESTOU FALANDO DA REGIÃO DE LUMIAR, NO RIO DE JANEIRO. ALÉM DE MUITAS CACHOEIRAS, TRILHAS, VOCÊ TERÁ AOS SEUS PÉS A EXUBERANTE MATA ATLÂNTICA, TOTALMENTE PRESERVADA.
Uma viagem Repleta de Belezas Naturais e Muita Luz. Lumiar fica localizada na região serrana do Rio de Janeiro.
Lumiar significa “Toda a Luz do Universo”
O mais interessante e motivador para visitar Lumiar é que no local é possível encontrar pessoas que vivem o lema que define o estado de espírito em busca de uma vida simples, repleta de natureza e luz. Lá você sente que os moradores trabalham e tem seus negócios voltados a arte, a espiritualidade e vida saudável e que querem compartilhar com os visitantes essa ideia.
foto - Osmar Castro
A natureza em Lumiar é exuberante! Você pode desfrutar dela através de passeios à pé, caminhadas ecológicas, esportes radicais, passeios de jipe e passeios à cavalo.


De carro ou de ônibus, de terminal rodoviário de Nova Friburgo, pela RJ 142, chega-se às bucólicas e tranquilas vilas de Lumiar e São Pedro da Serra, distantes cerca de 35 km do centro do município de Nova Friburgo, RJ. Lumiar e São Pedro da Serra estão localizados na Serra Fluminense a aproximadamente 700 metros de altitude, os 5º e 7º distritos respectivamente.
A altitude explica a temperatura mais agradável no verão e o frio mais intenso no inverno. Situam-se em área de Mata Atlântica na Reserva Florestal de Macaé de Cima, onde nasce o rio Macaé, que gerou nome ao município de Macaé. Área florestal contínua de 7 mil hectares da Serra do Mar, a 100 km da cidade do Rio de Janeiro, tem altitude entre 880 a 1.720 m. Grande parte desta reserva florestal se localiza na bacia hidrográfica do rio Macaé e seu afluente rio das Flores, cujos vales apresentam uma altitude média de 1.100 m. Este rio nos propicia o surgimento de grande parte das cachoeiras da região através dos vários declives nele localizados. Assim, a tranquilidade das vilas da região de colonização suíça, o clima agradável, as matas e as cachoeiras são os maiores atrativos destes dois lugarejos.
A reserva de Macaé de Cima conserva intocada beleza selvagem de mata atlântica. Entre rios, árvores gigantescas, palmeiras, cipós e delicados arbustos, florescem orquídeas e bromélias, e é onde se encontra uma variada Fauna, de macacos, tamanduás, cotias e esquilos. A Reserva tem cerca de 4.699 espécies animais e vegetais, sendo 19 exclusivas da própria reserva. O clima regional é do tipo superúmido, e a temperatura média anual é de 17,9°C, sendo janeiro, fevereiro e março os meses mais quentes, e junho, julho e agosto os meses mais frios.
A região surgiu da ocupação pelos imigrantes das margens do rio Macaé e seus afluentes. Lumiar era uma fazenda do nobre francês Felipe de Roure, que deu este nome por causa da vila em que nasceu sua esposa Michaella d'Abreu, em Portugal.
Lumiar e São Pedro da Serra são duas vilas que se completam oferecendo ao visitante inúmeras opções de lazer. De beleza natural impressionante, com ambiente florestal intocado, são dotadas de inúmeras belezas naturais, como as corredeiras do Rio Macaé, o Encontro dos Rios, a Pedra Riscada e extensas regiões de Mata Atlântica preservada. Piscinas naturais, mais de 30 trilhas para serem percorridas de jipe, moto, bicicleta ou a pé, oferecendo ao visitante esportes de canoagem, Mountain baik, trekking e escalada.
De dia, caminhadas por vales e montanhas e passeios ecológicos, banhos de rio, passeios de jipe ou o rafting no rio Macaé. À noite, Lumiar e São Pedro da Serra, oferecem animada vida noturna, especialmente nos fins de semanas. Restaurantes simples e charmosos, boa música, ruas de uma típica vila do interior, com lojinhas de artesanato. O Bar do Vovô é onde se tem as melhores informações sobre a região. No centro de Lumiar, na praça Carlos Maria Marchon, há o antigo chalé da família De Roure, adquirido posteriormente por Carlos Maria Marchon seguido de Eugênio Guilherme Spitz, hoje um espaço comercial, de artesanato, bares e restaurantes.
Próxima à praça encontra-se o a Igreja de São Sebastião, padroeiro de Lumiar, construída em 1901. O artesanato feito nos ateliês e os restaurantes e bares, com música ao vivo, tem famosos fondues e chocolates, além da truta, peixe dos rios da região. São também imperdíveis as tradicionais festas da região, como as Festas de São Sebastião, em janeiro, a tradicional Festa de São Pedro em junho e em julho a Festa da Vila Mozer. O Campeonato de Canoagem em setembro ou as Festas do Aniversário de Lumiar, em 10 de outubro.
As cachoeiras e trilhas são imperdíveis: o Encontro dos Rios Macaé e Bonito; o Poço do Alemão; a Pedra Riscada, melhor caminhada da região, a 1.348m de altitude; o Poço Verde, de águas transparentes, numa clareira circundada por densa vegetação; a Toca da Onça, uma enorme piscina natural de aproximadamente 6 metros de profundidade; a Cachoeira Branca, cercada pela mata atlântica, com muitos poços para mergulhos; a Cachoeira da Boa Vista (Indiana Jones), canyon estreito com pedras formando um escorrega natural; outras cachoeiras, como o Poço Belo e São José.
As trilhas de nível médio têm aproximadamente percurso de 9Km em estradas de terra passando por lugarejos, riachos e nascentes, como São Pedro-Bocaina-Benfica; São Pedro-Boa Esperança-Lumiar;São Pedro-Lumiar-Amargoso. São Pedro da Serra dista 5 km de Lumiar, tem seu nome em homenagem ao Imperador D. Pedro I, feita por colonos alemães que chegaram durante seu reinado. Ali foi construído o primeiro templo católico do município. De linhas simples, edificada em uma elevação da vila, em junho ocorre a tradicional festa para o padroeiro, movimentando toda a região.
A praça João Heringer e a Rua Rodrigues Alves são o ponto central de São Pedro da Serra, onde tudo acontece. A tranquilidade das vilas da região de colonização suíça e alemã, o clima agradável, as matas e as cachoeiras são os ingredientes mais que atrativos para nos levar a estes dois lugarejos. Lumiar é vizinha ao Distrito de São Pedro da Serra, e também a outros povoados e localidades, tais como Boa Esperança, Toca da Onça, Galdinópolis, Rio Bonito, Cascata, São Romão e Santa Luzia que fazem parte do seu circuito eco-turístico, além da belíssima Área de Proteção Ambiental de Macaé de Cima.
Após a pavimentação da rodovia RJ-142, no final de 2006, Lumiar tornou-se um dos principais pontos de passagem entre Nova Friburgo e a Região dos Lagos. A estrada Serramar ou RJ-142, permite chegar rapidamente à região Litorânea, reduzindo em 108 km o percurso por Niterói, Manilha e Cachoeiras de Macacu. Esse percurso ecológico começa em Teresópolis, passa por Nova Friburgo, Mury, Lumiar, São Pedro da Serra e segue até Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Barra de São João, Búzios, Arraial do Cabo e Cabo Frio. No alto da serra começa a estrada, que passa por montanhas de clima europeu e rios cristalinos, chegando ao mar azul da Região dos Lagos, conectando dois extremos de beleza natural –a montanha e o mar – numa das mais belas regiões do estado do Rio de Janeiro. O asfaltamento da estrada não seguiu o documento Carta de Lumiar redigido pelas lideranças comunitárias em 2002, o qual defendia a construção de uma Estrada-Parque.
POUSADA PARADOR LUMIAR
Quando o céu está limpo, as estrelas podem ser vistas aos montes da varanda dos quartos - na verdade, 13 casinhas junto ao lago. Na construção principal, o restaurante da pousada também esbanja vista panorâmica para a serra. Voltada para medidas sustentáveis, a pousada faz compostagem do lixo, aproveita energia solar e trata a 80% da água utilizada.
Localizado a 160 Km do Rio de Janeiro, na região serrana de Nova Friburgo e a apenas 400 km de SP, o Parador Lumiar possui 13 chalés espalhados por um terreno onde correm rios de águas cristalinas




AQUI VOCÊ PODERÁ PRATICAR O ECOTURISMO, COM TODA INFRAESTRUTURA OFERECIDA AOS VISITANTES.
RAPEL, TRILHAS E MUITAS OUTRAS AVENTURAS, QUE COM CERTEZA FARÁ VOCÊ VOLTAR A ESTE PARAÍSO.
SE O RIO DE JANEIRO É LINDO, LUMIAR É IGUALMENTE BELA.


fonte/fotos - Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Divulgação / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

CORONEL FABRICIANO / CIDADE DA SERRA DOS COCAIS

BOM DIA. BEM VINDO A CORONEL FABRICIANO.
copyrigth "pmcf" CORONEL FABRICIANO TEM 103.797 HABITANTES. QUEM NASCE EM CORONEL FABRICIANO É: FABRICIANENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,789 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A ÁREA DA CIDADE É DE APENAS 221 QUILÔMETROS QUADRADOS. DEVIDO A ISTO, A DENSIDADE DEMOGRÁFICA É ALTA. SÃO 470 HABITANTES POR QUILÔMETRO QUADRADO. Destemidos desbravadores, muitos dos quais heróis anônimos que arrostando o endêmico impaludismo, em meio selvagem e hostil, abriram picadões, rasgaram clareiras, mata virgem adentro sertões afora, para que a ferrovia Vitória a Minas pudesse estender as suas paralelas de aço em direção a Itabira, em demanda do riquíssimo minério de ferro do fabuloso Cauê, hoje fonte principal de uma das maiores divisas acarretadas para a Pátria Brasileira. Foi do arroio daqueles heróicos operários, que surgiu a atual cidade Coronel Fabriciano, que até o princípio de 1922 não passava de uma floresta virgem, não violada p…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

SARZEDO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM E RICA NA PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO VEJA QUE BELA AVENIDA imagem - Montanha SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995 HISTÓRIA OS PRIMEIROS CONTATOS DO HOMEM BRANCO COM A REGIÃO RECUAM AO INÍCIO DO CICLO DO OURO. AS TERRAS DO ATUAL MUNICÍPIO FICARAM À MARGEM DO PROCESSO DE OCUPAÇÃO E URBANIZAÇÃO QUE CARACTERIZOU AS REGIÕES AURÍFERAS DE MINAS GERAIS. O POVOAMENTO DE SARZEDO TEVE MAIOR IMPULSO COM A IMPLANTAÇÃO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL, LINHA DO PARAOPEBA. A ESTAÇÃO DE SARZEDO FOI INAUGURADA EM 20 DE JUNHO DE 1917. O NOME DA ESTAÇÃO E, DEPOIS, DO MUNICÍPIO, É UMA HOMENAGEM AO ENGENHEIRO ESPANHOL FRANCISCO SARZEDO QUE TRABALHOU NA CONSTRUÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO. AQUI A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. ONDE A CIDADE COMEÇOU imagem - T…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

ARAGUARI / MG

ESTA EH A MATRIZ DE BOM JESUS DA CANA VERDE, DA CIDADE DE ARAGUARI.
foto - ?
AQUI A IGREJA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA
foto - Roberto Rufino
ESTA AQUI EH A IGREJA DO ROSÁRIO
foto - Roberto Rufino
A IGREJA DO ROSÁRIO NO CONTEXTO DA PRAÇA
foto - Roberto Rufino
LATERAL DA IGREJA DO ROSÁRIO
foto - Roberto Rufino

VIÇOSA

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE VIÇOSA. UMA CIDADE JOVEM E CULTA
imagem - ? VIÇOSA TEM UMA POPULAÇÃO É DE 72.244 HABITANTES, ( IBGE 2010 ) ALÉM DE UMA POPULAÇÃO FLUTUANTE DE APROXIMADAMENTE 20.000 PESSOAS, COMPOSTA PRINCIPALMENTE DE ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA E OUTRAS INSTITUIÇÕES.
QUEM NASCE EM VIÇOSA EH: VIÇOSENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 30 DE SETEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.871  ORIGEM DO NOME O topônimo de Viçosa foi uma homenagem ao Bispo D. Viçoso, da Arquidiocese de Mariana. TRATA-SE DE UMA CIDADE ESSENCIALMENTE UNIVERSITÁRIA, COM DESTAQUE PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE VIÇOSA, CONTA AINDA COM OUTRAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR PRIVADAS COMO ESUV, FDV, UNIVIÇOSA, UNOPAR, ACENTUANDO AINDA MAIS O CARÁTER EDUCACIONAL DA CIDADE.  HISTÓRIA  A HISTÓRIA DE VIÇOSA SE INICIA, PROPRIAMENTE, NO SÉCULO XIX. FOI EM 1800, SEGUNDO APONTAMENTOS ECLESIÁSTICOS QUE O PADRE FRANCISCO JOSÉ DA SILVA OBTEVE DO BISPADO DE MARIANA PERMISSÃO PARA ERIGIR UMA ERMIDA EM HOMENAGEM A S…