Pular para o conteúdo principal

OEIRAS / PIAUÍ - Na cidade que respira fé ocorre uma densa manifestação religiosa com procissões, peregrinação e turismo religioso




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "OEIRAS" PIAUÍ / BRASIL
A CIDADE
Oeiras tem origem numa capela fundada em 1695 e dedicada a Nossa Senhora da Vitória. O povoado foi elevado a vila e sede de concelho em 1712. Tornou-se capital do Piauí em 1759, sendo elevada o município em 1761. Foi capital até 1851.
Centrinho histórico de Oeiras, Piauí
TURISMO
Oeiras é uma das cidades mais religiosas do Estado, onde ocorre uma densa manifestação religiosa. Destacam-se as festas da Padroeira Nossa Senhora da Vitória, em 15/08, de Nossa Senhora da Conceição, em 08/12 e a Semana Santa, talvez a mais movimentada do Piauí, que inclui Procissões como a do Domingo de Ramos, do Fogaréu (quinta-feira) e do Senhor Morto (sexta-feira da Paixão).
Vista parcial da cidade de Oeiras, Piauí
PONTOS TURÍSTICOS 
Dentre os pontos turísticos mais visitados, pode-se destacar: o Morro do Leme, onde se ergueu uma estátua em homenagem a Nossa Senhora da Vitória, à qual se chega através de uma enorme escadaria; o Morro da Cruz (que teve a cruz, de pedras sobrepostas há mais 100 anos não se sabe por quem nem para quê, deu nome ao morro destruída por vândalos, e construída outra de concreto bem maior e em local diferente), que permite visão privilegiada do município; o Pé de Deus; a Casa da Pólvora; o Museu mais antigo do Piauí; a Catedral de Nossa Senhora da Vitória; a Igreja de Nossa Senhora do Rosário; o Café Oeiras (reaberto); o Cine-Teatro (abandonado); dentre os inúmeros Casarios coloniais, ruas estreitas de paralelepípedos e Praças com fontes luminosas.
A coloridas casas margeadas por rua de paralelepípedo, do centro histórico de Oeiras, Piauí
CAPITAL DA FÉ
Oeiras é um ponto de peregrinação de fiéis em diversas datas religiosas. A tradicional Semana Santa, maior festa religiosa da região, atrai pessoas de várias regiões do Piauí, provendo um espetáculo ímpar de fé e religiosidade popular. A Procissão de Bom Jesus do Passos, a Procissão do Fogaréu e a Descida da Cruz, são uns dos mais significativos eventos da Primeira Capital.
Sem contar na Expressões Culturais de seu Folclore e Cultura, destacando-se os Congos do Rosário, tido como uma das mais belas expressões Afro-Brasileiras.
OEIRAS / PIAUI
foto - ?
BEM VINDO A CIDADE DE OEIRAS. UM PATRIMÔNIO A SER PRESERVADO.
imagem - W. Luiz
População estimada 2016 (1) - 36.385
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.702,493
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 13,19
Código do Município 2207009
Gentílico - oeirense
ORIGEM DO NOME
O nome da cidade é uma homenagem ao todo poderoso primeiro, "Ministro do Reino, o futuro Marquês de Pombal conde de Oeiras de Portugal."
Segundo o dicionário onomástico etimológico de língua portuguesa, Oeiras pode vir pode vim do latim Aurarias, acusativo plural de aurarai, . Deste modo, o nome de Oeiras leva-nós a aproximar a fundação da povoação a eventuais atividades auríferas no local.
Gentílico: oeirense
Histórico
Oeiras Piauí - PI 
HISTÓRICO

Diversas expedições tentaram a exploração das terras do atual Estado do Piauí. Dentre elas, a de Domingos Afonso Mafrense, em 1674, penetrou toda a região centro-sul, resultando o domínio de vasto sertão até o Parnaíba. Outra, vinda de Pernambuco, por influência da expedição de Mafrense, teria invadido os sertões de Cabrobó, avançando sempre para o nordeste. Acredita-se que ambas penetraram no território onde mais tarde se instalou a sede do Município de Oeiras. 
Há registros de pedidos de sesmarias, feitos anteriormente (em 1667) por Mafrense, Julião Afonso Serra e outros, abrangendo a região que vai desde o Parnaíba até a Serra do Araripe. Sabe-se, por outro lado, que Mafrense fundou no local diversas fazendas, entre as quais a "Cabrobó", onde residiu, e que Serra organizou ali um arraial de índios domesticados. Dividem-se, por isso, entre os dois desbravadores as opiniões sobre quem se instalou primeiramente nas terras do atual Município, embora predominem as versões que indicam a primazia de Mafrense. 
O fato é que no lugar com o nome de "Mocha", tomado de um riacho ali situado, formou-se uma povoação, com capela filiada à freguesia de Cabrobó, da Diocese de Pernambuco. Essa povoação passou ao nível de freguesia, sob a invocação de Nossa Senhora da Vitória, em 1696, e foi elevada à categoria de vila em 1712. 
Ao ser criada a Capitania do Piauí, em 1758 (Carta Régia de 29 de julho), a vila de Mocha, que era o seu maior núcleo, tornou-se sede do Governo. Somente em 1761 ganhou ela foros de cidades, passando, então, a denominar-se Oeiras, em homenagem ao Conde de igual nome, depois Marquês de Pombal. 
Oeiras é considerada o núcleo mais antigo do Piauí e berço da história e colonização do Estado. Foi sede da Província até 1852, quando o Conselheiro Saraiva transferiu a capital para a "Chapada do Corisco", onde hoje se encontra Teresina. 
Gentílico: oeirense
Agência do Banco do Brasil em Oeiras, Piauí
imagem - David Jales
A casa das 12 janelas eh o centro cultural de Oeiras, Piauí
imagem - Fernando Salge
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Wikipédia
BELOS CASARÕES
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Agamenon Pedrosa
CONHEÇA UM POUCO MAIS DA CIDADE DE OEIRAS, PIAUÍ
imagem - Eliel Damasceno
imagem - Antônio de Pádua Rêis
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Antônio de Pádua Rêis
imagem - Flávio Cipriano
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Agamenon Pedrosa
A cidade oferece boas pousadas para os turistas, em Oeiras, Piauí
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Xande Fema
imagem -  Antônio de Pádua Rêis
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Edilson Morais Brito
imagem - Thompson Sá
imagem - Agamenon Pedrosa
Museu de Arte Sacra em Oeiras, Piauí
imagem - Antônio de Pádua Reis
Morro do leme ou Morro da Santa onde tem uma estátua da Santa Vitória em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
Para se chagar ao topo do Morro da santa tem esta escadaria em Oeiras, Piauí
imagem - Antônio de Pádua Rêis
Nossa Senhora da Vitória no alto do Morro em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
Igreja de Nossa Senhora do rosário em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
imagem - Wikipédia
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA VITÓRIA
Esta igreja foi a primeira igreja construída no estado do Piauí. Data de 1.733 e foi dedicada a Nossa Senhora da Vitória em referência a conquista do, então, sertão bravio do capitania de Piauí.
imagem - Agamenon Pedrosa
AS ESCADARIAS DA MATRIZ
imagem - Agamenon Pedrosa
A praça da Matriz forma esta bonita paisagem interagindo igreja, casarões e arborização em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
Igreja de Nossa Senhora da Conceição em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
Igreja da Sagrada família em Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
CAFÉ OEIRAS
magem - Agamenon Pedrosa
Neste bonito casarão de 9 janelas funciona a Prefeitura Municipal de Oeiras, Piauí
imagem - Agamenon Pedrosa
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE OEIRAS, PIAUÍ
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE OEIRAS, PI

fonte / fotos = Wikipédia / Thymonthy Becker / IBGE / Divulgação / Prefeitura Municipal de Oeiras / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

MANHUAÇU / MINAS GERAIS - Rodeada por belezas naturais como o Pico da bandeira, belíssimas paisagens como as plantações de café, além de construções centenárias

LINHA DO TEMPO DE "MANHUAÇU" / MINAS GERAIS / BRASIL
Situada na zona da mata de Minas Gerais, Manhuaçu é o maior e mais desenvolvido município da região. Sua localização estratégica possui acesso a diversas rodovias estaduais e federais, estando rodeada por belezas naturais que você não pode deixar de conhecer. Manhuaçu também se destaca pela economia, que gira principalmente na produção de café. A produção regional é a maior do Brasil, sendo produtos de consumo nacional e internacional. Existem muitas fazendas de café na região, que além do impulso econômico, proporcionam uma belíssima paisagem.  Cafezal com pés carregado de café foto - ? Alguns dos maiores atrativos da cidade estão no Ecoturismo. Os principais pontos são a Pedra Furada, reservas Monte Alverne, Sítio Graciema e Mata do Sossego e os balneários Recanto no Paraíso e Cachoeira Sette. A cidade também é rica em patrimônio histórico. A Igreja Matriz São Lourenço, localizada no Centro, é o principal ponto da cidade, co…

CATAGUASES / MINAS GERAIS - Venha ver e fazer filmes nesta cidade cinematográfica. Deixe saudades e leve lembranças

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CATAGUASES" / MINAS GERAIS / BRASIL “O nome Cataguases vem – pelo menos, até provas em contrário, pois muitas são as controvérsias nessa cidade em constante questionamento – , pois é, o nome Cataguases parece que vem de uma tribo de índios que habitava a região, os ‘Catu-auás’. Dizem que o nome catu-auá significa em tupi-guarani ‘terra de gente boa’. E Cataguases sabe receber muito bem. Quem bebe da água do Rio Pomba nunca deixa de voltar. Dizem. ” Confira alguns dos mais importantes pontos turísticos de Cataguases. Além de inúmeras obras artísticas e arquitetônicas modernas tombadas pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional), Cataguases também oferece inúmeras construções marcantes do final do século XIX, belíssimas paisagens naturais, museus, centros culturais e muito mais! PONTE METÁLICA (DE 1.914) A construção da Ponte Metálica foi determinada em 1910, devido à solicitação do deputado federal Astolpho Dutra Nicácio. Ela…