Pular para o conteúdo principal

ACRE / BRASIL - PAULISTAS, SULISTAS, NORDESTINOS E INDÍGENAS, FORMARAM UMA POPULAÇÃO COM IDENTIDADE CULTURAL PRÓPRIA, DE SABORES, COSTUMES E LENDAS




LINHA DO TEMPO DO ESTADO DO ACRE / BRASIL 

Em 1903, após firmar o acordo de construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, pagar 2 milhões de libras esterlinas e entregar algumas terras no Mato Grosso ao governo da Bolívia, o Brasil anexou definitivamente o território do Acre (que seria alçado à condição de estado em 1962), então praticamente dominado por seringalistas brasileiros. Havia pelo menos 100 anos eles dominavam o mercado da borracha por lá. 
Eram paulistas, sulistas e nordestinos, que, junto da população indígena, formaram uma população com identidade cultural própria. Exemplo disso são as peculiares misturas de sabores da culinária local, com influências até das cozinhas síria e libanesa, representadas em pratos como quibe de macaxeira e arroz (para o café da manhã) e carne de sol com pirarucu. Rio Branco, capital desde 1920, concentra quase 50% da população do estado, que hoje soma 733.559 habitantes. 
Ela fica bem na tríplice fronteira com a Bolívia e o Peru, às margens do Rio Acre, lugar de calor intenso e chuvas fortes durante todo o ano. Nas redondezas, há belas praias fluviais de areia branca. A segunda cidade mais populosa é Cruzeiro do Sul, considerada o principal destino turístico do estado, por preservar construções históricas do ciclo da borracha e, principalmente, por ser vizinha ao Parque Nacional Serra do Divisor, criado em 1989. Ainda há pouca infra-estrutura hoteleira na região, mas o Acre, por suas dezenas de rios amazônicos, é bastante procurado por praticantes de pesca esportiva.

RIO BRANCO (CAPITAL DO ACRE)
Bastante úmida, com chuvas e calor intenso o ano todo, Rio Branco fica na tríplice fronteira entre Brasil, Peru e Bolívia. Atualmente, o Acre tem fuso horário de uma hora a menos em relação a Brasília. Em 2010, a população do estado aprovou em referendo a volta das duas horas a menos de diferença (que vigoraram de 1913 a 2008), mas o assunto ainda tramita no Senado - e vem gerando polêmica.
BEM VINDO AO ESTADO DO ACRE. / A UNIÃO DA TRADIÇÃO COM A MODERNIDADE
imagem - Wikipédia
A CAPITAL DO ACRE EH: RIO BRANCO
QUEM NASCE NO ESTADO DO ACRE EH ACRIANO
O ESTADO DO ACRE TEM 733.559 HABITANTES - IBGE 2010 -
ORIGEM DO NOME
O NOME, QUE PASSOU DO RIO AO TERRITÓRIO, EM 1904, E AO ESTADO, EM 1962, ORIGINA-SE, TALVEZ, DO TUPI A'KIR Ü "RIO VERDE" OU DA FORMA A'KIR, DE KER, "DORMIR, SOSSEGAR". MAS É QUASE CERTO QUE SEJA UMA DEFORMAÇÃO DE AQUIRI, MODO PELO QUAL OS EXPLORADORES DA REGIÃO GRAFARAM UMÁKÜRÜ, UAKIRY, VOCÁBULO DO DIALETO IPURINÃ. HÁ TAMBÉM A HIPÓTESE DE AQUIRI DERIVAR DE YASI'RI, YSI'RI, "ÁGUA CORRENTE, VELOZ".
HISTÓRIA
SÓ EM 1877 COMEÇARAM A CHEGAR AO ACRE — QUE NA ÉPOCA ERA TERRITÓRIO BOLIVIANO — OS PRIMEIROS COLONIZADORES QUASE TODOS NORDESTINOS EM BUSCA DA BORRACHA ENCONTRADA NA FLORESTA AMAZÔNICA. NO FINAL DO SÉCULO XIX, JÁ HAVIA NA REGIÃO 50 MIL BRASILEIROS. OS SERINGUEIROS ENTRARAM EM LUTA COM AS TROPAS PARA OCUPAR A REGIÃO E, EM 1903, SOB A LIDERANÇA DO GAÚCHO PLÁCIDO DE CASTRO, PROCLAMARAM O ESTADO INDEPENDENTE DO ACRE. O GOVERNO BRASILEIRO OCUPOU ENTÃO A REGIÃO E, EM SEGUIDA, ENTROU EM CONVERSAÇÕES DIPLOMÁTICAS COM A BOLÍVIA. COMO RESULTADO, O ACRE FOI COMPRADO PELO BRASIL À BOLÍVIA.
CRIADO COMO TERRITÓRIO FEDERAL EM 1904, O ACRE FOI ELEVADO À CATEGORIA DE ESTADO EM 1962.
UM PLANALTO COM ALTITUDE MÉDIA DE 200M DOMINA GRANDE PARTE DO ACRE. JURUÁ, TARAUACÁ, MURU, EMBIRÁ E XAPURI SÃO SEUS RIOS MAIS IMPORTANTES. A ECONOMIA DO ESTADO SE BASEIA NA EXTRAÇÃO DA BORRACHA E DA CASTANHA, NA PECUÁRIA E NA AGRICULTURA. COM DUAS HORAS A MENOS EM RELAÇÃO AO FUSO HORÁRIO DE BRASÍLIA (DF), NELA SE LOCALIZA O ÚLTIMO POVOAMENTO DO BRASIL A VER O SOL NASCER, NA SERRA DA MOA, NA FRONTEIRA COM O PERU. A INTENSA ATIVIDADE EXTRATIVISTA, QUE ATINGIU O AUGE NO SÉCULO XX, ATRAI BRASILEIROS DE VÁRIAS REGIÕES PARA O ESTADO.
DA MISTURA DE TRADIÇÕES SULISTAS, PAULISTAS, NORDESTINAS E INDÍGENAS SURGIU UMA CULINÁRIA DIVERSIFICADA, QUE JUNTA A CARNE-DE-SOL COM O PIRARUCU, PEIXE TÍPICO DA REGIÃO, PRATOS REGADOS COM TUCUPI, MOLHO FEITO DE MANDIOCA. O TRANSPORTE FLUVIAL, CONCENTRADO NOS RIOS JURUÁ E MOA, A OESTE DO ESTADO, E TARAUACÁ E ENVIRA, A NOROESTE, É UM DOS PRINCIPAIS MEIO DE CIRCULAÇÃO, JUNTAMENTE COM A BR-364, QUE LIGA RIO BRANCO A CRUZEIRO DO SUL E QUE FOI RECENTEMENTE ASFALTADA E DOTADA DE PONTES ONDE ANTES EXISTIAM TRAVESSIAS POR BALSAS.
VISTA DA CAPITAL RIO BRANCO
imagem - Wikipédia
ROTAS TURÍSTICAS

CAMINHOS DE CHICO MENDESEste roteiro permitirá ao turista conhecer e vivenciar o dia-a-dia de um seringal tradicional da primeira metade do século XX e conhecer o modo de vida dos seringueiros e extrativistas. O turista entrará em contato com a natureza amazônica e a história de Chico Mendes, que liderou a luta dos povos da floresta e ficou conhecido mundialmente pela defesa da Amazônia. Nascido num seringal, o sindicalista viveu e morreu defendendo a preservação dos recursos naturais. Sua luta à região vai se deparar com grandes áreas de floresta nativa e uma população que vive dos recursos desta floresta.
ESTRADA DA BORRACHA
FACHADA DA CASA DE CHICO MENDES
FUNDAÇÃO CHICO MENDES
IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO EM XAPURI
CAMINHOS DA REVOLUÇÃO
Entre final do século XIX e início do século XX, o Brasil passou por um importante momento histórico: a Revolução Acreana. O combate entre os seringueiros brasileiros, que exploravam terras bolivianas, e forças da Bolívia, que cobravam impostos sobre esse uso, teve como consequência a criação do território do Acre, que, posteriormente, se tornou um estado brasileiro. Neste roteiro turístico, é possível conhecer a região que serviu de palco para essa revolução e que guarda, até hoje, traços de sua história.
EM PORTO



CAMINHOS DO PACÍFICO
O roteiro Caminho do Pacífico é desenvolvido com foco no fortalecimento turístico dos municípios fronteiriços acreanos com os vizinhos países Peru e Bolívia, num chamado à integração latino-americana. A diversão começa na capital acreana, Rio Branco, passando por diversas paisagens dominadas pelo verde, rica fauna e grande riqueza cultural pelos municípios de Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil, localizado na tríplice fronteira. Esse roteiro possibilita a conexão das rotas turísticas acreanas com a Rota Internacional Amazônia - Andes - Pacífico.




CAMINHOS DO GEOGLIFOS
Na parte oriental do Estado do Acre, principalmente na região de Rio Branco e qo longo do divisor de águas onde se encontra a rodovia BR 317, têm sido encontradas estrutura de terra de formatos geométricos - círculos, retângulos, hexágonos, octágonos e outros - de dimensões, feitas por populações que lá viveram há cerca de 1.000 anos.




CAMINHOS DAS ALDEIAS
O Roteiro explora a riqueza do Vale do Juruá, com suas diversas etnias indígenas e seu inexplorável "Tesouro Verde". É neste maravilhoso cenário que conheceremos a cidade de Cruzeiro do Sul e o parque Nacional da Serra do Divisor. O Parque Nacional da Serra do Divisor é considerado por diversos pesquisadores como a região de maior biodiversidade do planeta, desbravando-os através de caminhadas ecológicas.




UM GIRO PELA CAPITAL
imagem - Sérgio Vale
imagem - Sérgio Vale
imagem - Davi Sopchaki


















imagem - Davi Sopchaki
AQUI A SEDE DA OAB
imagem - Fialho
ESTA EH A CATEDRAL DE NOSSA SENHORA DA GLORIA NA CIDADE DE CRUZEIRO DO SUL
imagem - Wikipédia
ANTEPASSADOS
NA REGIÃO DO ATUAL ESTADO DO ACRE FORAM ENCONTRADOS INÚMEROS GEOGLIFOS (ESTRUTURAS FEITAS NO SOLO), COM IDADE VARIÁVEL EM ATÉ 2100 ANOS. PELA COMPLEXIDADE REMONTAM À CIVILIZAÇÕES PRÉ-COLOMBIANAS DE ELEVADO GRAU DE CONHECIMENTO EM VÁRIAS ÁREAS E DOMÍNIO DE AVANÇADAS TÉCNICAS DE MOVIMENTAÇÃO DE TERRA E ÁGUA. AS ÚLTIMAS ESCAVAÇÕES FIZERAM UMA DESCOBERTA IMPORTANTE EM XAPURI: UM BURACO DE ESTEIO EM BOAS CONDIÇÕES FOI LOCALIZADO EM UM GEOGLIFO DE FORMATO REDONDO, REFORÇANDO A TESE DE QUE OS ÍNDIOS DAQUELA ÉPOCA PODERIAM TER USADO FORTIFICAÇÕES PALIÇADAS PARA HABITAÇÃO E SEGURANÇA
ENTRADA DA UNIVERSIDADE FEDERAL
imagem - Wikipédia
BR 364
imagem - ?
CIDADE DE TARAUACÁ
imagem - Wikipédia
ESTÁDIO ARENA DA FLORESTA
imagem - Fialho
imagem - Fialho
O ACRE
0 ACRE, CENTRO DA PAN-AMAZÔNIA, ESTÁ INTEGRADO AOS DEMAIS ESTADOS DO BRASIL, À BOLÍVIA E AO PERU. NESSA REGIÃO, NUM RAIO DE 750 QUILÔMETROS, VIVEM 30 MILHÕES DE PESSOAS DE DIFERENTES CULTURAS. COM UMA HISTÓRIA SINGULAR, O ACRE REPRESENTA, DESDE O SÉCULO 19, A UNIÃO DA TRADIÇÃO COM A MODERNIDADE NA CONSTRUÇÃO DO DESENVOLVIMENTO HUMANO. EM SEUS 16 MILHÕES DE HECTARES DE FLORESTA TROPICAL, COM A MAIOR BIODIVERSIDADE DA TERRA, VIVEM 700 MIL HABITANTES, METADE DOS QUAIS MORANDO NA FLORESTA. DENTRE ELES, 15 MIL SÃO ÍNDIOS, DONOS DE 32 RESERVAS INDÍGENAS, 14 DIFERENTES NAÇÕES QUE MANTÉM PRESERVADAS AS TRADIÇÕES DE SUAS ETNIAS. COMUNIDADES INTEIRAS SE ORGANIZAM A PARTIR DA UNIDADE DE UMA PRODUÇÃO FAMILIAR QUE SE UTILIZA DOS RIOS COMO PRINCIPAL MEIO DE TRANSPORTE E DA PRÓPRIA FLORESTA COMO FONTE ALIMENTAR. E UMA SOCIEDADE ÚNICA DE PRESERVAÇÃO DE VALORES E COSTUMES DA "FLORESTANIA", QUE SÃO OS PRINCÍPIOS DE RESPEITO AO MEIO AMBIENTE E A MULTIPLICIDADE SÓCIO-CULTURAL.
CIDADE DE SENA MADUREIRA
imagem -Jezaflu
CIDADE DE MARECHAL THALMATURGO
imagem - Jezaflu
CIDADE DE JORDÃO
imagem - Blog Fala Jordão
CIDADE SENADOR GUIOMARD
imagem - Jezaflu
AVENIDA NA CIDADE DE SENA MADUREIRA
imagem - Jezaflu
CIDADE DE SANTA ROSA DO PURUS
imagem - Jezaflu
CIDADE DE RODRIGUES ALVES
imagem - Jezaflu
CIDADE DE PORTO WALTER
imagem - Jezaflu
PRAÇA RODRIGUES ALVES
imagem - Fialho
O TRADICIONAL CORETO DA PRAÇA
imagem - Fialho
PASSARELA / SÍMBOLO DA CAPITAL
imagem - Wikipédia
UNIDADE DE ARTE
imagem - Wikipédia
UPA / SEGUNDO DISTRITO
imagem - Sérgio Vale
SBORBA
imagem - Fialho
CONHEÇA UM POUCO DO PARQUE DA MATERNIDADE, EM FOTOS. NA CAPITAL
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Fialho
BIBLIOTECA DA FLORESTA / NA CAPITAL
imagem - Fialho
imagem - Fialho
AVENIDA / NA CAPITAL
imagem - Fialho
AVENIDA BRASIL / NA CAPITAL
imagem - Fialho
AVENIDA CEARÁ / NA CAPITAL
imagem - Fialho
PARQUE TUCUMÃ / NA CAPITAL
imagem - Fialho
BIBLIOTECA PÚBLICA / NA CAPITAL
imagem - Fialho
imagem - Fialho
imagem - Sérgio Vale
PRAÇA DA BIBLIOTECA PÚBLICA
imagem - Fialho
imagem - Fialho
VISÃO PARCIAL DA CAPITAL
imagem - Fialho
VIA CHICO MENDES NA CAPITAL
imagem - Fialho
USINA DE ARTE / NA CAPITAL
imagem - Fialho
PRAÇA DO PALÁCIO RIO BRANCO / NA CAPITAL
imagem - Wikipédia
VIA VERDE / EM RIO BRANCO
imagem - Fialho
imagem - Fialho
PRAÇA DA REVOLUÇÃO / NA CAPITAL
imagem - Fialho
imagem - Fialho
PRAÇA RODRIGUES ALVES / NA CAPITAL
imagem - Fialho
PALÁCIO DAS SECRETARIAS - NA CAPITAL
imagem - Fialho
RUA BENJAMIM CONSTANT EM RIO BRANCO
imagem - Fialho
MEMORIAL DOS AUTONOMISTAS - NA CAPITAL -
imagem - Wikipédia
CASAS
PASSARELA
imagem - Davi Sopchaki
ESTE EH O BRASÃO DA POLICIA MILITAR DO ESTADO DO ACRE
AQUI O BRASÃO DA CORPORAÇÃO DE BOMBEIROS DO ACRE
ESTA EH A BANDEIRA DO ESTADO DO ACRE
AQUI O BRASÃO DO ESTADO

                                              ATÉ A PRÓXIMA. A GENTE SE VÊ


fonte/fotos - Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / IBGE / Portal do Governo do Acre / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

POÇOS DE CALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS / BEM VINDO A POÇOS DE CALDAS MONTANHAS DA REGIÃO copyrigth "Enioprado" POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no &q…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

SARZEDO

SEJA BEM VINDO A UMA DAS CIDADES MAIS JOVEM E RICA NA PRODUÇÃO DE MINÉRIO DE FERRO DAS MINAS GERAIS. SEJA BEM VINDO A CIDADE COM O MAIOR CRESCIMENTO ECONÔMICO DAS MINAS GERAIS. BEM VINDO A SARZEDO VEJA QUE BELA AVENIDA imagem - Montanha SARZEDO TEM 25.728 HABITANTE (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SARZEDO EH : SARZEDENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.995 HISTÓRIA OS PRIMEIROS CONTATOS DO HOMEM BRANCO COM A REGIÃO RECUAM AO INÍCIO DO CICLO DO OURO. AS TERRAS DO ATUAL MUNICÍPIO FICARAM À MARGEM DO PROCESSO DE OCUPAÇÃO E URBANIZAÇÃO QUE CARACTERIZOU AS REGIÕES AURÍFERAS DE MINAS GERAIS. O POVOAMENTO DE SARZEDO TEVE MAIOR IMPULSO COM A IMPLANTAÇÃO DA ESTRADA DE FERRO CENTRAL DO BRASIL, LINHA DO PARAOPEBA. A ESTAÇÃO DE SARZEDO FOI INAUGURADA EM 20 DE JUNHO DE 1917. O NOME DA ESTAÇÃO E, DEPOIS, DO MUNICÍPIO, É UMA HOMENAGEM AO ENGENHEIRO ESPANHOL FRANCISCO SARZEDO QUE TRABALHOU NA CONSTRUÇÃO DO RAMAL FERROVIÁRIO. AQUI A ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. ONDE A CIDADE COMEÇOU imagem - T…

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

NAZÁRIO / GOIÁS - NO CORAÇÃO DA CRIANÇA RESIDE O SEGREDO DA PAZ - CIDADE AMIGA DAS MINAS GERAIS

SEJA MUITO BEM VINDO A CIDADE DE NAZÁRIO. NO CORAÇÃO DE GOIÁS. A MAIOR PRODUTORA DE PÓ DE GELATINA DO BRAZIL. UMA CIDADE ACOLHEDORA E DE PESSOAS PRESTATIVAS. foto - Thymonthy Becker Comunicação NAZÁRIO TEM 8.421 HABITANTES (ESTIMATIVA IBGE 2013) QUEM NASCE EM NAZÁRIO EH: NAZARINENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 25 DE AGOSTO E FOI EMANCIPADA EM 1.948 ORIGEM DO NOME O NOME NAZÁRIO EH UMA HOMENAGEM AO PRIMEIRO MORADOR (NAZÁRIO PEREIRA DE OLIVEIRA) QUE SE ESTABELECEU NA REGIÃO. ERA DE DESCENDÊNCIA ESPANHOLA E CHEGOU AO LOCAL POR VOLTA DE 1.880  HISTÓRIA DA CIDADE Por volta de 1880, Nazário Pereira de Oliveira, de descendência espanhola, radicou-se com sua família em lugar bem próximo à Serra da Jibóia, no então Município de Palmeiras de Goiás, onde tentou, sem êxito, a fortuna, procurando ouro ou pedras preciosas. Pouco tempo depois, transferiu-se para o local onde mais tarde nasceria o povoado, nas proximidades da confluência do Córrego Buriti com o Rio dos Bois. Fez erigir aí uma capela, à qual c…

AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER - Hong Kong, uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e combina a cultura oriental com a ocidental, livre comércio, baixos impostos; lidera

LINHA DO TEMPO DAS "10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER" / WORLD O ECONOMIST INTELLIGENCE UNIT (EIU) DIVULGOU UM NOVO RANKING LISTANDO AS 10 MELHORES CIDADES DO MUNDO PARA SE VIVER. A LISTA, QUE TEM CAUSADO DEBATES, TRAZ HONG KONG EM PRIMEIRO LUGAR.
1° - HONG KONG (CHINA)
Uma fascinante metrópole cosmopolita, com 7 milhões de habitantes e 1,1 mil km² de área, que combina a cultura oriental com a ocidental. Sua população tem um padrão de vida comparável ao das grandes potências, com um PIB per capita de 43,8 mil dólares. O custo de vida da cidade, entretanto, é um dos mais caros do mundo. É o principal centro comercial da China. Possui uma economia de livre mercado, baixos impostos e mínima intervenção do governo central, seguindo a filosofia de "um país, dois sistemas".

2° - AMSTERDÃ (HOLANDA)
Amsterdã é prática, moderna e vanguardista. E essas qualidades de certa forma resumem as características de toda a Holanda, um país de território minúsculo que foi uma g…