Pular para o conteúdo principal

CAMPINAS / SÃO PAULO - PIONEIRA NO TRANSPORTE PÚBLICO SUSTENTÁVEL DE BICICLETA, TEM TURISMO DE NEGÓCIOS E NOVIDADES GASTRONÔMICAS NO MOVIMENTO CAMBUÍ




LINHA DO TEMPO DE "CAMPINAS" / SÃO PAULO / BRASIL
O turismo de negócios impulsiona a alta ocupação dos hotéis e as novidades gastronômicas. Quem vem a passeio pode aproveitar as diárias promocionais dos fins de semana, o clima rural dos distritos de Joaquim Egídio e Souzas e os parques de Vinhedo e Itupeva, a 30 km. À noite, o movimento fica no miolo de Cambuí. Para dançar, as dicas são o Espaço MOG, no Taquaral - telefone (19) 3342-9141 - o Sonique Bar Campinas - telefone (19) 2512-0243 - com música eletrônica, e o Celeiro Bar - telefone (19) 2512-6192 - destino dos sertanejos.
Avenida Norte-Sul, em Campinas
LAGOA DO TAQUARAL
A área popularmente conhecida como “Lagoa do Taquaral” constitui-se um dos mais importantes espaços de lazer da cidade de Campinas. Integrada no passado ä histórica Fazenda Taquaral, os 33 alqueires que compõem esta área foram transformados em Parque no ano de 1972, após aquisição pela Prefeitura Municipal das terras da família Alves de Lima. Destinado ao lazer, a “Lagoa do Taquaral” reúne uma grande variedade de espaços recreativos e culturais, a começar pela Lagoa Isaura Telles Alves de Lima (com pesca permitida nos finais de semana e feriados) que oferece o uso de pedalinhos, visita a uma réplica exata da Caravela Anunciação (nau que trouxe Pedro Alvares Cabral às terras Brasileiras, com 29,65 m de comprimento por 8,64 de altura, 6 velas de tecido com a cruz da Ordem de Cristo ao centro) e espetáculo de “águas dançantes” de uma fonte sonora (nos finais de semana). 
Já na extensa área verde que rodeia a lagoa principal, encontram-se bosques destinados a piquenique; viveiros de pássaros; área com aparelhos de ginástica; 2 playgrounds, lanchonete, sanitários e um percurso de 3 km de bondinhos (os mesmos que serviram Campinas até 1968). Entre os equipamentos culturais, o Parque Portugal/ Lagoa do Taquaral oferece a Concha Acústica - Auditório Beethoven (com capacidade para 2.000 pessoas); o Museu Dinâmico de Ciência; o Planetário; o relógio solar; o Centro de Vivência dos Idosos (no antigo Ginásio de Bocha ) e a "Esplanada das Bandeiras" (praça destinada a eventos cívicos e culturais). 
Entre os equipamentos esportivos, encontram-se o Ginásio de Esportes “Alberto Jordano Ribeiro” (com quadra de volei e basquete); o Balneário Municipal (com 3 três piscinas abertas ao público), uma pista de cooper com extensão de 2.800 m; o kartódromo “Afrânio Ferreira Jr.” (com pista de 800m e curvas sinuosas que atende exigências da Federação Paulista de Automobilismo); uma pista de aeromodelismo; uma ciclovia de aproximadamente 5km; uma pista de patinação (também usada para aulas gratuitas de aeróbica) e 16 quadras poliesportivas.
TORRE DO CASTELO
Praça 23 de outubro, s/nº - Jardim Chapadão
Agendamento para visitas (19) 3735-5158 / 3735-5065 / 3735-5173
Horário de funcionamento: Sábados e domingos das 16h às 20h
O "Castelo d´água", inicialmente assim chamado, foi criado para abastecer os bairros que se formavam na região norte. A torre de 27 metros de altura foi erguida em um dos extremos da triangulação geodésica, ponto estratégico para o desenvolvimento urbano da cidade definida pelo Plano de Melhoramentos de Campinas, conhecido como Plano Prestes Maia, de 1938.
O prédio foi construído entre 1936 e 1940 com capacidade para 250 mil litros de água e com encanamentos de ferro fundido (importados da França) e seis janelas, de onde é possível ter uma visão em 360 graus da cidade. O terreno escolhido para a construção foi a praça circular do Jardim Chapadão, de onde partia uma das avenidas centrais da nova cidade, a Andrade Neves.
Em 1972, a Torre foi reformada para abrigar uma sala circular e nova urbanização da praça. Em 1991, o prédio recebeu novas alterações para a instalação do Museu Histórico da Sanasa. Já em 1998, o edifício e a praça passaram por uma grande restauração para devolver as características do início da década de 1940. No ano de 2001 foi instalada em seu interior a Rádio Educativa de Campinas.
Do alto da Torre do Castelo, podemos conhecer e compreender a cidade de maneira profunda, mergulhar na sua diversidade e aprender com a imensa riqueza cultural e histórica de Campinas.
Dentro do Projeto "Conheça Campinas", a Torre está aberta ao público para visitas monitoradas, aos sábados e domingos.
MATA SANTA GENEBRA
Rodovia Campinas - Paulínia (SP332)
A Reserva Florestal doada à cidade de Campinas é um resquício de Mata Atlântica composto por 660 espécies vegetais e 885 espécies animais, numa área de 251 hectares. Administrada pela fundação José Pedro de Oliveira, a Reserva Florestal de Santa Genebra foi declarada ARIE - Área de Relevante Interesse Ecológico pelo Governo Federal em 1985, tendo sido tombada em 1983 pelo Condephatt (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo), e pelo Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) em 1992 tem acesso restrito a pesquisadores e à educação ambiental monitorada.
A Fundação desenvolve projetos visando a preservação da área e envolve a comunidade através da educação ambiental voltada para alunos das escolas da rede pública e privada, bem como instituições e entidades.
Instalado em uma área de 3 mil metros quadrados, o Borboletário é um complexo composto por um viveiro de borboletas, uma casa de criação, um jardim e um pequeno viveiro de plantas utilizadas para a alimentação das lagartas, permitindo a criação e monitoramento das mais de 600 espécies existentes no local. Essa abundância é justificada pela biodiversidade existente na Reserva.
O Viveiro conta atualmente com mais de 3.000 mudas de espécies nativas e o projeto de reflorestamento desenvolve um trabalho de recuperação das áreas degradadas.
As visitas monitoradas acontecem no último sábado de cada mês às 9h e às 10h30. A entrada é franca e é obrigatório o uso de calça comprida e calçado fechado.
OBSERVATÓRIO MUNICIPAL
Serra das Cabras, s/nº - Distrito de Joaquim Egídio
Telefone: (19) 3298-6566
Correspondência: Rua José Inácio, 14, Centro - CEP 13108-006 - Distrito de Joaquim Egídio
Horário de funcionamento: domingo das 17 às 21h (aberto ao público)
O atendimento às escolas é realizado mediante prévio agendamento, de 2ª a 6ª a partir das 16h
O Observatório Municipal de Campinas, equipamento da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Turismo, foi inaugurado em 15 de janeiro de 1977, sendo o primeiro no gênero a ser implantado no País. Além das atividades de pesquisa e observacional inerentes a um observatório astronômico, desenvolve ações voltadas para o processo de divulgação com o público em geral e educativa, atendendo estudantes de todos os níveis.
MUSEU UNIVERSITÁRIO PUC-CAMPINAS
Rodovia Don Pedro I, km 136 / 13086-900 / Campinas - SP
Tel: 19 - 3756-7245 / Fax: 19 - 3756-7242
e.mail: museu@puc-campinas.edu.br
site: www.puc-campinas.edu.br
Horário de funcionamento: de 2ª a 6ª das 08h00 às 12h00 e das 13h00 às 17h00
O museu da PUCC data de 16/01/1985. Com uma história construída a partir da pesquisa científica formou-se um acervo de fundamental importância pelo seu volume, datação e diversidade, incluindo etnografia indígena, etnologia, cultura popular, rizicultura do Japão no século XVI, cultura afro-brasileira. Impossibilitado temporariamente de receber visitação pública, o museu disponibilizou ao público escolar e outros segmentos da sociedade exposições itinerantes, projetos e fórum de participação científica-popular.
Maria-fumaça que faz o passeio de Campinas à Jaguariúna
MONUMENTO A CAMPOS SALES
Início da Av. Campos Sales - Centro
Grande monumento de granito cinza com colunas simbólicas e figuras em bronze representando algumas características do governo do homenageado, isto é, a harmonia, o crédito e a abundância. Há também, alegorias representando a lei, o trabalho e a vitória da República. Bem na frente está a figura em bronze de Campos Sales, em atitude que lhe era peculiar. Obra executada pelo escultor, Iolando Mallozi. Inaugurado em 8 de agosto de 1934 na praça Visconde de Indaiatuba (Largo do Rosário), sendo posteriormente o monumento daí removido para o início da Avenida Campos Sales. Manoel Ferraz de Campos Sales nasceu em Campinas em 13 de fevereiro de 1841. Foi advogado, jornalista, vereador à Câmara Municipal de Campinas. Participou ativamente da propaganda Republicana e foi deputado provincial, deputado geral, abolicionista, Ministro da Justiça do governo Provisório Republicano e Presidente da República no quatriênio 1898-1902, destacando-se como restaurador das finanças nacionais.
BOSQUE DOS JEQUITIBÁS
Rua Cel Quirino, 02 - Bosque
Fone: 3231-8795.
O Bosque dos Jequitibás é uma das maiores e mais antigas áreas de lazer da cidade de Campinas, visitada anualmente por aproximadamente 1 milhão de pessoas. Adquirido pelo poder público municipal do Sr. Francisco Bueno de Miranda em 1915, este espaço já se constituía uma área de banhos e passeios. Atualmente o Bosque possui 10 hectares de reserva florestal nativa com várias espécies de plantas cadastradas e um zoológico com 300 espécimes de aves, répteis e mamíferos (como leões, tigres, lobo-guará, cachorro-vinagre, arara-azul, suricatas, hipopótamo, pantera, onça pintada, entre outros), uma pista de corrida, trenzinho, quiosques, lanchonetes e playground, a Casa do Caboclo (réplica em pau-a-pique de moradia rural), o Museu de História Natural, o Aquário Municipal e o Teatro Carlos Maia (especializado em teatro infantil). 
Em sua trajetória centenária de espaço de lazer, o Bosque dos Jequitibás mereceu do CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arquitetônico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo) em 1970, o tombamento de seu zoológico; do CONDEPACC (Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas) em 1993, o tombamento de todo o conjunto e do IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente) em 1995, o reconhecimento de seu zoológico.
foto - Adriana Silva
SEJA BEM VINDO A CIDADE QUE EH PIONEIRA NO TRANSPORTE PÚBLICO SUSTENTÁVEL DE BICICLETA. SEJA BEM VINDO A CAMPINAS.
AQUI A RODOVIA DOM PEDRO I
imagem - Wikipédia
QUEM NASCE EM CAMPINAS EH: CAMPINEIRO
A CIDADE TEM 1.164.098 HABITANTES - ESTIMATIVA IBGE 2015
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 14 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1.774
ORIGEM DO NOME
ENTRE JUNDIAÍ E MOGI-MIRIM, HAVIA UM POUSO PARA DESCANSO DOS TROPEIROS, QUE RUMAVAM PARA OU RETORNAVAM DE GOIÁS OU CUIABÁ. ESTE LOCAL DE DESCANSO FICOU SENDO CONHECIDO COMO “CAMPINAS DO MATO GROSSO” EM RAZÃO DA EXISTÊNCIA DE TRÊS "CAMPINHOS” EM MEIO A DENSA MATA
HISTÓRIA
ABERTO O CAMINHO DOS GOIASES, NO GOVERNO DE D. RODRIGO CESAR DE MENEZES, NA DÉCADA DE 1721/30 INSTALOU-SE, LOGO A SEGUIR, ENTRE JUNDIAÍ E MOGI-MIRIM, UM POUSO PARA DESCANSO DOS TROPEIROS, QUE RUMAVAM PARA OU RETORNAVAM DE GOIÁS OU CUIABÁ.
O POVOAMENTO DA REGIÃO CAMPINEIRA INICIOU-SE A PARTIR DE 1739, COM A CHEGADA DE BARRETO LEME E SUA GENTE, FORMANDO-SE UM BAIRRO RURAL.
EM 1772, OS HABITANTES DO BAIRRO, ALEGANDO A FALTA DE ASSISTÊNCIA RELIGIOSA, SÓ POSSÍVEL EM JUNDIAÍ, INICIARAM UM MOVIMENTO NO SENTIDO DE CONSEGUIR LICENÇA PARA A CONSTRUÇÃO DE UMA CAPELA. NO ANO SEGUINTE, VIRA SUAS PRETENSÕES ATENTIDAS, DEMARCANDO-SE, A 22 DE SETEMBRO, O LOCAL DESTINADO Á CONSTRUÇÃO DA MATRIZ EM NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO, ELEITA PADROEIRA.
POUCOS DIAS APÓS ESSE ACONTECIMENTO, O MORGADO DE MATEUS ORDENOU A FRANCISCO BARRETO LEME QUE ALI FORMASSE UMA POVOAÇÃO EM SÍTIO DE MELHOR CONVENIÊNCIA.
NO MESMO DIA, CAPITÃO-GENERAL, EM OUTRO ATO, DETERMINOU A MEDIDA DAS RUAS E QUADRAS, ASSIM COMO A MANEIRA DE SE COLOCAREM AS CASAS NAS QUADRAS. FOI ESSE O PRIMEIRO "PLANO URBANÍSTICO" DE CAMPINAS. POUSO SITUADO NAS "CAMPINAS VELHAS".
LOGO A SEGUIR, A 14 DE JULHO DE 1774, FREI ANTÔNIO DE PÁDUA, PRIMEIRO VIGÁRIO DA PARÓQUIA, REZOU A MISSA, INAUGURANDO-SE ASSIM A CAPELA PROVISÓRIA COBERTA DE PALHA E FEITA ÁS PRESSAS. COM ISSO, INSTALOU-SE A FREGUESIA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO E FUNDOU-SE A POVOAÇÃO. 
VISÃO GERAL DE CAMPINAS
imagem - Bruno SP
DÉCIMA CIDADE MAIS RICA DO BRASIL, HOJE É RESPONSÁVEL POR PELO MENOS 15 POR CENTO DE TODA A PRODUÇÃO CIENTÍFICA NACIONAL, SENDO O TERCEIRO MAIOR PÓLO DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO BRASILEIRO. TEM TAMBÉM DIVERSOS ATRATIVOS TURÍSTICOS, COM VALOR HISTÓRICO, CULTURAL OU CIENTÍFICO, COMO MUSEUS, PARQUES E TEATROS. A ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL DE CAMPINAS, FUNDADA EM 1974, É CONSIDERADA UMA DAS PRINCIPAIS DO PAÍS.
REGIÃO CENTRAL DA CIDADE
imagem - Wikipédia
NA MANHÃ DE SÁBADO, DIA 22 DE SETEMBRO / 2012, FOI LANÇADO OFICIALMENTE NA CIDADE O PROJETO VIVA BIKE CAMPINAS.
A NOVA OPÇÃO DE TRANSPORTE PÚBLICO SUSTENTÁVEL, AGRADÁVEL E SAUDÁVEL, QUE O MUNICÍPIO ACABA DE INAUGURAR.
AQUI QUANDO DO LANÇAMENTO DO PROJETO VIVA BIKE
imagem - Carlos Bassan
TAMBÉM DURANTE O LANÇAMENTO DO PROJETO ACIMA
imagem - Carlos Bassan
AQUI A LAGOA DO TAQUARAL
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
imagem - ?
VILA BARÃO GERALDO
imagem - ?
TORRE DE CONTROLE DO AEROPORTO VIRACOPOS
imagem - Wikipédia
CATEDRAL METROPOLITANA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO. SEDE DA ARQUIDIOCESE
imagem - Wikipédia

PALÁCIO DO JEQUITIBÁ. SEDE DO GOVERNO MUNICIPAL
imagem - Wikipédia
CAIXA D'ÁGUA DE ABASTECIMENTO DA CIDADE
imagem - Wikipédia
O bairro do Cambuí concentra a vida noturna, com bares e restaurantes
foto - Alexandre battibugli
VISTA DO ENTARDECER EM CAMPINA, SÃO PAULO
O Estádio Brinco de Ouro da Princesa é um marco de Campinas e é o estádio do Guarani Futebol Clube. É o maior estádio da cidade e já possui muita história: ele foi inaugurado em 31 de maio de 1953
A Praça da Concórdia fica na região central do distrito campineiro de Campo Grande, localizada no bairro Parque Valença
JARDIM FLAMBOYANT  
foto - Alexandre battibugli
CIA PAULISTA DE FORÇA E LUZ
imagem - Wikipédia
ACADEMIA CAMPINENSE DE LETRAS
imagem - Wikipédia
AVENIDA OROZIMBO MAIA
imagem - Wikipédia
SEDE DA REDE BANDEIRANTES DE TELEVISÃO
imagem - Wikipédia
TEMPLO MÓRMON
imagem - Wikipédia
CASA GRANDE. PRIMEIRA EDIFICAÇÃO DE CAMPINAS
imagem - Wikipédia
CASA DE SAÚDE DA CIDADE
imagem - Wikipédia
CENTRO ISLÂMICO. UMA DAS PRINCIPAIS MESQUITAS DO BRASIL
imagem - Wikipédia
TEATRO DO CENTRO DE CONVIVÊNCIA DA CIDADE
imagem - Wikipédia
CICLOVIA
imagem - Wikipédia
CÂMARA MUNICIPAL
imagem - Wikipédia
PONTO DE ÔNIBUS
imagem - Wikipédia
ANTIGA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA. HOJE EH O CENTRO CULTURAL DA CIDADE
imagem - Wikipédia
TRIBUNAL REGIONAL DO TRABALHO
imagem - Wikipédia
ESTÁDIO MOISÉS LUCARELLI - DA PONTE PRETA
imagem - Wikipédia
MERCADO MUNICIPAL
imagem - Wikipédia
MUSEU DE HISTÓRIA NATURAL
imagem - Wikipédia
BAIRRO NOVA CAMPINAS
imagem - Wikipédia
REGIÃO SUL DA CIDADE
imagem - Wikipédia
TCC - TÊNIS CLUBE DE CAMPINAS
imagem - Wikipédia
PRAÇA CARLOS GOMES NO CENTRO DA CIDADE
imagem - Wikipédia
REGIÃO DO BAIRRO JARDIM FLAMBOAIÃ, A NOITE.
imagem - Wikipédia
ESTAÇÃO RODOVIÁRIA
imagem - Wikipédia
RUA HEITOR PENTEADO - REGIÃO LESTE
imagem - Wikipédia
REGIÃO NORTE DA CIDADE
imagem - Wikipédia
SHOPPING IGUATEMI
imagem - Wikipédia
COMPLEXO VIÁRIO
imagem - Wikipédia
VIADUTO SÃO PAULO
imagem - Wikipédia
BOSQUE DOS JEQUITIBÁS
imagem - Wikipédia
ESCOLA PREPARATÓRIA DE CADETES DO EXÉRCITO
imagem - Wikipédia
LABORATÓRIO NACIONAL DE LUZ SÍNCROTRON
imagem - Wikipédia
RODOVIA DOS BANDEIRANTES
imagem - Wikipédia
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE
 ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO

VALEU PELA VISITA. SEMPRE VOLTE

fontes / fotos - Wikipédia / Thymonthy Becker / viajeaqui.abril.com.br / Portal da Prefeitura Municipal / IBGE / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

SETE LAGOAS / MG - CIDADE DAS LAGOAS ENCANTADAS - TERRA NATAL DO TRAPALHÃO "ZACARIAS"

BEM VINDO A CIDADE DE 7 LAGOAS. CIDADE NASCIDA PARA O ALTO. TERRA NATAL DO TRAPALHÃO ZACARIAS imagem - ? 7 LAGOAS TEM 214.152 HABITANTES - IBGE 2010 -  QUEM NASCE EM 7 LAGOAS EH: SETE LAGOANO A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.880 ORIGEM DO NOME O nome da cidade é uma referência as sete lagoas que foram encontradas quando da fundação da cidade. Com o passar dos anos novas lagoas foram descobertas e a cidade conta com mais de trinta lagoas em todo seu território. HISTÓRIA Os primeiros civilizados que chegaram às terras " das Sete Lagoas", foram alguns componentes da bandeira de Fernão Dias Leme - o "caçador de esmeraldas", que em 1667, estacionados no Sumidouro, foram atraídos pela possibilidade da existência de minério argentífero no Serrote das Sete Lagoas. Ali se demorou a bandeira, acerca da qual, pela primeira vez, a história se refere á extensa planície coberta por lindas lagoas, a qual os indígenas davam o nome de "Vapabuçu". De 1…

OLIVEIRA / MINAS GERAIS - A terra Natal do Cientista "Carlos Chagas" eh repleta de belíssimos casarões que contam a história da cidade

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "OLIVEIRA" / MINAS GERAIS / BRASIL BEM VINDO A OLIVEIRA. TERRA DO CIENTISTA DESCOBRIDOR DA DOENÇA DE CHAGAS copyrigth "PMO" Esta Figueira se desenvolveu abraçada a um coqueiro, derivando daí o nome “coqueiro abraçado”, o fenômeno biológico não é único, mas bastante raro  e em Oliveira se transformou no maior símbolo da cidade, pois está ligado aos sentimentos de carinho e amor, além de ensejar a harmonia indispensável a uma comunidade urbana, sendo um exemplo da natureza para o Homem. O coqueiro abraçado está localizado na região central da cidade. AQUI, O MORRO DO CRISTO
copyrigth "PMO"
População estimada 2016 (1) - 41.739 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 897,294 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 43,98 Código do Município 3145604 Gentílico - oliveirense
ORIGEM DO NOME O topônimo registra duas versões: segundo uns, originou-se da presença de oliveiras entre as árvores frutíferas…

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

NOVA ERA / CIDADE DAS ESMERALDAS

BOM DIA. BEM VINDO A NOVA ERA
foto - ?
 AQUI, O RIO PIRACICABA, CORTANDO A CIDADE
foto - ?
ESTE RIO, FICOU FAMOSO COM A MÚSICA CANTADA POR "SERGIO REIS" - RIO DE PIRACICABA QUEM NASCE EM NOVA ERA É: NOVAERENSE O "IDH" SO MUNICÍPIO É DE: 0,792 - CONSIDERADO "MÉDIO" PELOS INDICADORES DA "ONU" O NOME "NOVA ERA" FOI UMA SUGESTÃO DO ENTÃO GOVERNADOR "BENEDITO VALADARES" QUE ACREDITAVA QUE UMA NOVA ERA DE PROGRESSO VIRIA PARA A REGIÃO DO VALE DO RIO DOCE, COM A CRIAÇÃO DO ESTADO NOVO. DADOS DA POPULAÇÃO, SEGUNDO O IBGE: (CENSO 2010) População total:.......... 17.540População urbana:....... 15.421População Rural:.......... 2.119Taxa de Urbanização:.... 86,23%Distâncias aproximadas aos principais centros (km)Belo Horizonte:.... 137Rio de Janeiro:..... 572São Paulo:.......... 723Brasília:.............. 886Vitória:................ 510VISÃO GERAL DA CIDADE
foto - ? NOVA ERA TEM APROXIMADAMENTE, 18.000 HABITANTES. A CIDADE FOI FUNDADA EM MARÇO DE 17…

CAPINÓPOLIS - CELEIRO DAS MINAS GERAIS

SEJA BEM VINDO A CIDADE DE CAPINÓPOLIS. 
foto - Thymonthy Becker
CAPINÓPOLIS TEM 15.961 HABITANTES - IBGE 2010 - QUEM NASCE EM CAPINÓPOLIS EH: CAPINOPOLINO - IBGE - A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 15 DE JULHO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Explica-se pela existência de uma "CORDA DE CAPIM" no local em que o fazendeiro reservara para o loteamento, usando a expressão "LÁ NO CAPIM", para designá-lo; surgindo o arraial, chamou-se inicialmente, o arraial do "CAPIM", topônimo que foi trocado pelo de CAPINÓPOLIS, pouco depois.  HISTÓRIA Segundo a tradição, os primitivos ocupantes da região, onde hoje se ergue o município de Capinópolis eram gentios integrantes do grupo GÊ ou Caiapós e possivelmente, também, alguns elementos da tribo "Panariá" Dos brancos, têm-se como certo os nomes do Alferes José Rodrigues da Silva, Dona Francisca Ângela da Silva e José Luciano Teixeira, como os primeiros a se fixarem na região, donos de sesmarias, lá por volta de 1810.…