terça-feira, 9 de agosto de 2016

DUBAI / EMIRADO ÁRABES - DO 124º ANDAR DO MAIS ALTO EDIFÍCIO DO MUNDO, A VISÃO DE UMA METRÓPOLE QUE FLORESCEU ENTRE DESERTO E OCEANO SE DESCORTINA




LINHA DO TEMPO DE DUBAI / EMIRADOS ÁRABES UNIDOS 
Mais moderna do que tradicional em relação aos outros territórios dos Emirados Árabes Unidos, Dubai passou por cima de seu clima desértico para chamar a atenção do mundo. A capital de mesmo nome combina um grande centro de negócios, lojas de luxo e muitas atrações para os visitantes. Quando se fala em Dubai logo vem à mente construções arrojadas, frutos da riqueza vinda do petróleo. E isso é verdade. 
Nas últimas duas décadas, sobretudo, não parou de erguer arranha-céus de esplendorosa arquitetura. Entre os que mais atraem a atenção estão o Burj Khalifa, considerado o mais alto do mundo, e o Burj Al Arab, com a forma de uma vela. Pode-se gastar horas visitando os souks (os mercados em árabe) ou os shoppings. O The Dubai Mall, abriga, além de 1200 lojas, o enorme The Dubai Aquarium e o Mall of the Emirates Mall dá espaço para o Ski Dubai, uma incrível pista de ski indoor. 
Para conhecer melhor a história do lugar, uma das opções é o Museu de Dubai, que reúne achados arqueológicos da região. A tradição islâmica está representada na belíssima Mesquita de Jumeirah. Já Bastakiya, umas as áreas residenciais mais antigas da região, exibe construções com arquitetura única.
COMO CHEGAR
A Emirates (www.emirates.com.br) oferece voos diretos de São Paulo para Dubai, com duração de 14h30. Outras opções são a Qatar Airways (www.qatarairways.com), Turkish Airlines (www.flyturkish.com) e companhias europeias como KLM, British Airways, Lufthansa e Iberia que, claro, fazem conexão em seus respectivos hubs.
O moderno aeroporto internacional de Dubai (DXB, www.dubaiairport.com) localiza-se dentro da cidade e a apenas alguns quilômetros dos principais hotéis da cidade. A forma mais simples de transporte entre os terminais e seu destino final é através de táxis, sempre práticos e convenientes. Se preferir, tome o metrô (www.rta.ae). Lembre-se que muitos hotéis oferecem o serviço de traslado para muitos de seus hóspedes.
COMO CIRCULAR
Dentro das cidades dos Emirados Árabes o sistema de transporte público é um tanto incipiente. Dubai possui a melhor malha de metrô, ônibus e monotrilho, algo que serve bem ao dia a dia. No entanto, em termos de praticidade, preço e conveniência, nada bate o uso de táxis, fáceis de achar e que chegam rapidamente nos destinos desejados. E, muito importante, você está sempre dentro do ar-condicionado. 
Como o sistema rodoviário é muito bem montado, com ótimas estradas e ruas e boa sinalização em inglês, o aluguel de automóveis é boa opção. Como também não é muito caro e as regras de trânsito são universais, é a alternativa ideal para famílias ou grupos.
ONDE FICAR
Alguns dos melhores hotéis do mundo ficam em Dubai, com serviços impecáveis, infraestrutura não só completa como luxuosa, muitos restaurantes e mimos para os hóspedes. No entanto, o outro lado da moeda eram diárias insanamente altas que afugentavam os turistas comuns. Quem quisesse economizar, teria que optar por estabelecimentos um tanto simplórios. No entanto, o cenário está mudando. Hotéis quatro estrelas já oferecem tarifas de menos de US$ 100 -- com direito a piscina e café da manhã -- e mesmo os mais estrelados trabalham com descontos interessantes na baixa estação.
Os símbolos hoteleiros de Dubai continuam sendo casas como o Burj al Arab e o Jumeirah Beach Hotel, mas preste atenção em boas ofertas.
O QUE FAZER
Dubai é uma festa para os fãs da arquitetura. Praticamente todos os grandes escritórios do mundo plantaram uma grande obra no deserto e na orla, desafiando a areia, as tempestades e os ventos, todos inclementes. Além disso, as belas praias agradam os banhistas. No entanto, a grande atração de Dubai é mesmo a imensa variedade de opções de compras. São dezenas de lojas de departamento, estabelecimentos duty-free, outlets e shopping centers que vendem artigos de luxo e de grifes celebradas em todo o mundo.
INFORMAÇÕES AO VIAJANTE
Línguas: Árabe
Moeda: Dirham
Visto: Necessário, válido por 30 dias. Emitido através de agência ou diretamente na embaixada
Saúde: Recomenda-se certificação Internacional para Febre Amarela
Embaixada oficial no Brasil:
SHIS QI 05 CHÁCARA 54 - Lago Sul, Brasília / DF
61 3248 0717
http://www.uae.org.br
Melhor época para visitar: De novembro a março, quando as temperaturas estão mais amenas
MUSEU DE DUBAI
Aberto para visitação em 1971, o Museu de Dubai está localizado nas instalações do Forte de Al Fahidi, construído em 1787. Portanto, não se espante ao encontrar canhões na parte externa. Seu acervo inclui artefatos que remetem ao modo de vida e crescimento da região em vários aspectos. 
São peças de cerâmica, joias, objetos, referências aos souks (mercados árabes tradicionais) e itens sobre os animais usados pelos povos nômades do deserto. Toda esta história é apresentada por meio de painéis, vídeos e monitores. Há ainda o enorme esqueleto de uma embarcação de madeira do lado de fora. É um passeio bacana, relativamente rápido e bastante informativo, mas sai um pouco do roteiro luxuoso de Dubai. Custa 3 dirhams.
SKI DUBAI
Por fora, esta pista de ski indoor chama a atenção por sua grandiosa construção, localizada dentro do Mall of the Emirates. Por dentro, impressiona por sua perfeição. O Ski Dubai é mais um exemplo das excentricidades de Dubai, com 22.500 metros quadrados de área e neve de verdade em pleno deserto durante o ano inteiro. 
Com ou sem a ajuda de instrutores, a diversão está garantida em cinco rampas de diferentes tamanhos e níveis de dificuldade. O complexo é capaz de receber 1 500 visitantes simultaneamente. Teleféricos, cavernas e uma ambientação especial remetem ao visual de algumas das cidades mais geladas do mundo. O preço do ingresso inclui o aluguel de roupas especiais. Custa de 110 a 300 dirhams.
DUBAI MALL
Adjetivos nunca serão suficientes para descrever o Dubai Mall. “Maior shopping center do mundo” já é uma descrição bem modesta, pois fazer compras em uma de suas mais de 1.200 lojas é apenas um dos atrativos. Há um rinque de patinação com dimensões olímpicas, um parque de diversões indoor, uma livraria tão grande que parece uma biblioteca, um educativo e fascinante aquário, hotéis, teatros e dezenas de opções de alimentação. 

A infraestrutura para receber famílias é excelente, mas é fácil se perder por seus intermináveis corredores. Quem busca grifes famosas se sentirá em Paris, Milão ou na 5ª Avenida de Nova York. Estão todas aqui: Cartier, Tiffany’s, Chaumet, Armani, Louis Vuitton, entre outras. Para entreter os mais jovens, aposte nos parques temáticos Sega Republic e Kidzania ou no Underwater Zoo, zoológico de animais marinhos.
O ESSENCIAL
Do 124º andar do mais alto edifício do mundo, o Burj Khalifa, a vista de uma metrópole que floresceu entre deserto e oceano se descortina. E Dubai não para de crescer, para o alto e para os lados. Onde era mar, hoje avistamos os tentáculos da ilha artificial Palm Jumeirah e o inconfundível símbolo da cidade, o hotel Burj Al Arab. 
Onde há uma década era só areia, agora elevam-se arranha-céus ocupados por companhias multinacionais e um contingente de expatriados vindos de mais de 160 países – incríveis 80% da população total. A vista, a meteórica expansão, os planos futuros, a complexa teia étnica e cultural em pleno Islã: Dubai tira o fôlego de seus visitantes – e é exatamente isso que os fascina e seduz.
HOTÉIS
Há três tipos de hotel em Dubai. Os resorts junto à praia costumam atrair famílias por suas piscinas, spas, centros de compras, restaurantes e várias opções de lazer. Igualmente bem-equipados e com uma proposta de exclusividade e luxo, estão hotéis cinco estrelas voltados para altos executivos e um público que prioriza o charme ao entretenimento. Já o terceiro grupo engloba endereços com oferta mais básica e diárias em conta, incluindo os hotéis de redes internacionais como Accor (Ibis, Mercure e Novotel), Holiday Inn e Tulip.
RESTAURANTE
Dubai oferece duas faces bem distintas na hora de fazer uma refeição. Uma reflete as influências persas, mediterrâneas, turcas e indianas, encontradas em quiosques com curries, kebabs e shwarmas (a versão mais gostosa do nosso churraquinho grego) a preços atraentes – acompanhados de sucos naturais de frutas como manga e abacate, tem-se um belo lanche ou um almoço rápido.
DUBAI EH CONHECIDA COMO A CIDADE MAIS MODERNA DO MUNDO.
AQUI ESTÃO UMAS DAS MAIORES BELEZAS HUMANAS DO PLANETA
foto - ?
DUBAI (EM ÁRABE: دبيّ, DUBAYY) É UM DOS SETE EMIRADOS E A CIDADE MAIS POPULOSA DOS EMIRADOS ÁRABES UNIDOS (EAU) COM APROXIMADAMENTE 2.262.000 HABITANTES.
foto - ?
ESTÁ LOCALIZADA AO LONGO DA COSTA SUL DO GOLFO PÉRSICO NA PENÍNSULA ARÁBICA NA ÁSIA.
foto - ?
O MUNICÍPIO MUITAS VEZES É CHAMADO DE "CIDADE DE DUBAI" PARA DIFERENCIÁ-LO DO EMIRADO DE MESMO NOME. 
foto - ?
DUBAI É CONHECIDA MUNDIALMENTE POR SER EXTREMAMENTE MODERNA, "FUTURISTA" E COM ENORMES ARRANHA-CÉUS E LARGAS AVENIDAS.
foto - ?
Existem registros da existência da cidade pelo menos 150 anos antes da formação dos EAU. 
foto - ?
Dubai divide funções jurídicas, políticas, militares e econômicas com os outros emirados, embora cada emirado tenha jurisdição sobre algumas funções, tais como a aplicação da lei civil e fornecimento e manutenção de instalações locais.
foto - ?
Dubai tem a maior população e é o segundo maior emirado por área, depois de Abu Dhabi. Dubai e Abu Dhabi são os únicos emirados que possuem poder de veto sobre questões de importância nacional na legislatura do país. 
foto - ?
Dubai tem sido governado pela dinastia Al Maktoum desde 1833. O atual governante de Dubai, Mohammed bin Rashid Al Maktoum, é também o Primeiro-Ministro e Vice Presidente dos Emirados Árabes Unidos.
foto - ?

fonte / fotos = viajeaqui.abril.com.br / Thymonthy Becker / Wikipédia / Divulgação / 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minas são muitas, Todas são gerais