Pular para o conteúdo principal

TABATINGA / AMAZONAS - Banhada pelo Rio Solimões, Grande potencial biológico, Cultura Nativa, Comunidades Ribeirinhas, na divisa com a Colômbia




LINHA DO TEMPO DE "TABATINGA" / AMAZONAS / BRASIL
Visão geral da cidade de Tabatinga, Amazonas
População estimada 2016 (1) - 62.346 
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.266,062 
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 16,21 
Código do Município 1304062 
Gentílico - tabatinguense 
ORIGEM DO NOME
Tabatinga é uma palavra de origem indígena que no tupi significa barro branco de muita viscosidade, encontrado no fundo dos rios e no tupi-guarani quer dizer casa pequena.
Gentílico: tabatinguense 
HISTÓRICO 
A cidade de Tabatinga deriva do povoado de São Francisco Xavier de Tabatinga, fundada na primeira metade do séc. XVIII por Fernando da Costa Ataíde Teives, que para ali transferiu um destacamento militar do Javari (mais ao sul, nas fronteira Brasil ? Peru), estabelecendo um posto de guarda de fronteiras entre domínios do Reino de Portugal e da Espanha. 
Também como postos militares de fronteira foram criadas mais tarde (década de 30 do séc XX), do lado brasileiro, Vila Ipiranga e Vila Bittencourt, os dois outros pontos povoados de maior expressão. 
Fronteira entre Brasil e Colômbia que faz divisa entre as cidades de Tabatinga, Amazonas e Letícia, Colômbia 

CULTURA E LAZER
Existem vários esportes que são praticados no município: Motocross, Bicicross, Canoagem Rústica, Le Parkour e Corridas de Orientação.
Corrida e caminha da Paz realizada pelo exército de fronteira em Tabatinga, Amazonas 
Atletas da capitania Fluvial da Marinha do Brasil em Tabatinga, Amazonas
Bares e restaurantes onde é possível tomar vários tipos de bebidas nacionais e colombianas ou peruanas, ou apreciar as comidas típicas como o cebiche, a arepa e a feijoada.
O Restaurante Boa Mesa. Comida boa e com o preço bem em conta. Existe também vários outros restaurantes aqui e em Letícia, fica a gosto do freguês. Aqui o pessoal tem o costume de servir uma sopa sempre antes do almoço.
A culinária eh uma mistura de costumes e tradições de Brasileiros e Colombianos em Tabatinga, Amazonas


Nas imediações do quartel do Exército existe um pequeno zoológico onde é possível ver tatu, sucuri, macacos, aves e a onça-pintada. No bairro da Comara, perto do aeroporto internacional, tem-se uma visão privilegiada do rio e das florestas peruanas e é o ponto de acesso às aldeias indígenas de Umariaçu I e de Umariaçu II de etnia Ticuna.
Nos dias de intenso calor todos correm para os vários banhos de igarapés que ficam na estrada Leticia - Tarapacá (Colômbia) e na área rural de Tabatinga. Os clubes com piscinas da cidade também servem de refúgio. Quando está na vazante, aparecem diversas praias do rio Solimões, sendo a principal e mais badalada a praia de Limeira onde há shows e desfile das mais belas mulheres da tríplice fronteira para a escolha da "Garota Limeira".
O Rio Solimões eh um atrativo turístico, fonte de renda e alimentação em Tabatinga, Amazonas
O rio também propicia pesca abundante nos flutuantes, barcos pequenos ou na margem; sendo uma opção de relaxamento. Além de ser possível observar os botos e um belo por-do-sol.
Durante o ano existem vários eventos importantes. Destacam-se o Reveillon, com a tradicional queima de fogos no rio Amazonas ou rio Solimões; o carnaval, com o desfile das escolas de samba e blocos carnavalescos; as festas juninas ( com os arraiais se estendendo desde meados de maio até novembro), onde há as comidas típicas como canjica, milho assado, pamonha e doces; as comemorações cívicas como os desfiles de 20 de julho (Independência da Colômbia), 5 de setembro (Ascensão do Amazonas) e 7 de setembro (Independência do Brasil); o Festival da Confraternidade; e o Festival das Tribos do Alto Solimões - FESTISOL.
Os festivais que acontecem durante o ano em Tabatinga, Amazonas, atrai milhares de turista anualmente


CONHECENDO UM POUCO MAIS DA CIDADE DE TABATINGA, AM
Sede da Polícia Federal em Tabatinga, Amazonas


Aeroporto Internacional de Tabatinga, Amazonas

Catedral dos Santos Anjos da Guarda em tabatinga, Amazonas

Loja Maçônica em tabatinga, Amazonas
Sede da Justiça Federal em tabatinga, Amazonas
Mercado central municipal em tabatinga, Amazonas
Escola de música do Comando Solimões em tabatinga, Amazonas
Corporação de Bombeiros em tabatinga, Amazonas
Agência do Banco do Brasil em Tabatinga, Amazonas
Agência do Banco Brasileiro de Desconto (Bradesco)
Agência da Caixa Econômica Federal
Centro Cultural Vitória Régia do Comando do Solimões em tabatinga, Amazonas
Agência do Correios e Telégrafos em Tabatinga, Amazonas
Câmara de Vereadores de Tabatinga, Amazonas
Gremio Recreativo do Alto Solimões em Tabatinga, Amazonas

Sede da Prefeitura Municipal de Tabatinga, Amazonas

Igreja Universal do Reino de Deus em Tabatinga, Amazonas
Padaria em tabatinga, Amazonas
Os posto de combustível não vendem álcool combustível, somente gasolina, em tabatinga, Amazonas. Além deste posto, tem mais dois postos em Letícia onde a gasolina é mais barata e de boa qualidade.
Revendedora da Operada de Tv a Cabo, Sky em Tabatinga, Amazonas
Universidade Estadual do Amazonas, Campus de Tabatinga, Amazonas
Conheça um pouco mais das ruas centrais e comércio em tabatinga, Amazonas










Cais do Porto que eh muito movimentado em Tabatinga, Amazonas


Marinha do Brasil em Tabatinga, Amazonas


Comando de Fronteira do Solimões/ 8º Batalhão de Infantaria de Selva (CFSol/8º BIS), fica situado na Praça Colômbia, s/n – Centro em Tabatinga, Amazonas 

Fronteira entre Brasil e Colômbia e Divisa entre as cidades de Tabatinga, Amazonas e Letícia na Colômbia

Hospital de Guarnição do Comando de Fronteira fica na Avenida principal (Praça Colômbia). Em Tabatinga, Amazonas
Hotel de Trânsito do Comando de Fronteira em Tabatinga, Amazonas
Marinha do Brasil em Tabatinga, Amazonas
Pavilhão do Exército de Comando Solimões em Tabatinga, Amazonas

Vila Militar do Exército de Comando Solimões em Tabatinga, Amazonas 
Hospedagem no estado do Amazonas
Para você que pensa em conhecer a cidade de Tabatinga e toda o estado do Amazonas o Trivago oferece uma lista de hotéis com os melhores preços:
Hotel em Tabatinga, Amazonas
Hotel, restaurante e pizzaria em Tabatinga, Amazonas 
ESTE EH O BRASÃO DO MUNICÍPIO DE TABATINGA, AMAZONAS

fonte / fotos = IBGE / Thymonthy Becker / ronguapi.wordpress.com / Divulgação / 



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS - COMO A CIDADE COMEÇOU - CEM ANOS ATRÁS NASCIA A CIDADE QUE SERIA REFERÊNCIA EM QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO, NAS MINAS GERAIS

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS / BRASIL - 100 ANOS ATRÁS foto - Thymonthy Becker AQUI PODEMOS VER O CENTRO DA CIDADE, COM O SANTUÁRIO, O COLÉGIO DOS PADRES E ABAIXO A PONTE QUE LIGA O CENTRO AO BAIRRO PORTO VELHO. foto - Colombo
NESTA PÁGINA, IREMOS MOSTRAR COMO DIVINÓPOLIS COMEÇOU. ALGUMAS FOTOS SÃO RARAS. E POSSUEM MAIS DE CEM ANOS. ESTE FOI O SEGUNDO LOCAL ONDE FUNCIONOU A CÂMARA MUNICIPAL. AQUI NA RUA SÃO PAULO. foto - ?
AQUI  ANTIGA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA. HOJE EH O HOTEL DAS VOVÓS. foto - ?
ESTA EH A RUA SÃO PAULO. REPARE QUE OS POSTES DE LUZ FICAVAM NO MEIO DA RUA. foto - ?
AQUI A MESMA RUA SÃO PAULO, ENTRE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS (ANTIGA AVENIDA DA INDEPENDÊNCIA) E AVENIDA VINTE E HUM DE ABRIL. foto - ?
ESTE VÍDEO FOI FEITO QUANDO DIVINÓPOLIS TINHA 20.000 HABITANTES, HOJE TEM 225.000. QUANDO DA INAUGURAÇÃO DA PONTE CENTRO/PORTO VELHO.
AQUI A AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO ESQUINA COM RUA SÃO PAULO. REPARE AS BOMBAS DO POSTO DE COMBUSTÍVEL. foto - ?
O PRIMEIRO PRÉDIO DA CIDADE. EDIFÍCIO HERCÍLIO. …

CONTAGEM / POLO COMERCIAL

BOM DIA. BEM VINDO A CONTAGEM. CIDADE PROGRESSO
copyrigth "Altemiro Olinto cris"
CONTAGEM TEM 603.048 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CONTAGEM É: CONTAGENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,794 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. Na época do Brasil-colônia, a Coroa portuguesa mantinha o controle sobre os territórios ocupados através de postos avançados chamados “postos de registro”. Tais postos fiscalizavam e registravam todo o movimento de pessoas e mercadorias, cargas e tropas. Ali, os viajantes, mercadores de escravos e tropeiros eram obrigados a parar e, enquanto as mercadorias eram registradas. CONTAVAM-SE TUDO. INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, AS BARRAS DE OURO, QUE IAM PARA O RIO DE JANEIRO. DAÍ O NOME "CONTAGEM."
No início do século XVII, nas terras da sesmaria do capitão João de Sousa Souto Maior, um terreno conhecido como Sítio das Abóboras, foi instalado um desses postos de fiscalização. Em 1715, Dom Brás Baltasar refere-se a este posto ao escrever …

SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO / A CIDADE DOS IPÊS

BEM VINDO A SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO.
imagem de Alexandre Bonacini SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO, TEM 65.034 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É: PARAISENSE O IDH DO MUNIC[IPIO É DE 0,812, CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU SÃO SEBASTIÃO DO PARAISO É CONHECIDA COMO A CIDADE DOS IPÊS, VISTO SER MUITA A QUANTIDA DESTA ÁRVORE NA REGIÃO. imagem de Auro Queiroz


imagem de Auro Queiroz
Em uma das propriedades foi doado, em 1821, terreno para a construção da Capela de São Sebastião, em torno da qual se desenvolveu o povoado. O lugar se tornou pouso obrigatório para os viajantes em trânsito para São Paulo, Jacuí e outros povoados sul mineiros. Em 1855 foi criada a Freguesia e, três anos depois, o Curato de São Sebastião do Paraíso. O intercâmbio comercial intensificou-se. As notícias da excelência das terras atraíram agricultores e pecuaristas, gerando grande surto de desenvolvimento, consubstanciado pela elevação a Vila e a Cidade, em 1870 e 1873, respectivam…

ENTRE RIOS DE MINAS / MINAS GERAIS - "BERÇO DO CAVALO CAMPOLINA", TEM RUAS CALMAS, BELOS CASARÕES, CACHOEIRAS E MUITA BELEZA NA SERRA DO GAMBÁ

LINHA DO TEMPO DE "ENTRE RIOS DE MINAS" / MINAS GERAIS / BRASIL A CIDADE A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
O TURISMO O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voô livre, mountain bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da c…

DIAMANTINA

BOM DIA. BEM VINDO AO PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE. BEM VINDO A DIAMANTINA. CIDADE DAS SERESTAS copyrigth "Mauro Braga" DIAMANTINA TEM HOJE, 45.884 HABITANTES. QUEM NASCE EM DIAMANTINA ÉH: DIAMANTINENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,748 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU A ECONOMIA DO MUNICÍPIO É FORTE NO SETOR ESTUDANTIL. AQUI SE ENCONTRA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO JEQUITINHONHA E MUCURI. AQUI FORAM REALIZADOS EM 2010, 194 CASAMENTOS, 19 SEPARAÇÕES E 28 DIVÓRCIOS. Conhecida inicialmente como Arraia do Tijuco ou Tejuco, a cidade emancipou-se do município do Serro em 1831, passando a se chamar Diamantina por causa do grande volume de diamantes encontrados na região. Essas pedras eram extraídas em grandes quantidades pela Coroa de Portugual, durante o século XVII. Em 1938, Diamantina comemorou seus 100 anos de elevação à categoria de cidade, recebendo do IPHAN o título de Patrimônio Histórico Nacional. E, no ano de 1999, foi tombada pela UNESCO como: Patrimônio cult…

POÇOS DE CALDAS / CIDADE DAS ROSAS

BOM DIA. BEM VINDO A CIDADE DAS ROSAS
MONTANHAS DA REGIÃO
copyrigth "Enioprado"
POÇOS DE CALDAS TEM HOJE 152.496 HABITANTES O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0.841 - CONSIDERADO ELEVADO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 06 DE NOVEMBRO E FOI FUNDADA EM 1872 QUEM NASCE EM POÇOS DE CALDAS EH: POÇOS-CALDENSE. HISTÓRIA
A região onde se localiza o atual Município de Poços de Caldas foi inicialmente habitada pelos indios Cataguases que, em 1675, ofereceram combate e venceram a célebre bandeira de Lourenço Castanho, cognominado "O Velho". Com a busca de pastagens para manter a pecuária valorizou-se a região dos "Campos de Caldas'', como passou a ser chamado o local. Com isto, facilitou a instalação do núcleo pastoril que, economicamente, substituiu a lavra e grupiara. Entre os que vieram para os "Campos de Caldas", nos últimos anos de 1700, encontrava-se o Padre Manoel Gonçalves Correia, que instalou uma fazenda no "Monte Alegre&quo…

PEQUI / MINAS GERAIS - Descer de tobogã em cachoeira numa belíssima vista da cidade e cidades vizinhas, com existência de grutas, grotas e rica vegetação natural

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEQUI" / MINAS GERAIS / BRASIL foto (acima) Thymonthy Becker BEM VINDO A CIDADE DE PEQUI. AOS PÉS DA SERRA DO RIO DO PEIXE. Pórtico da estrada da cidade de Pequi, Minas Gerais foto - Thymonthy Becker População estimada 2016 (1) - 4.369 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 203,991 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 19,98 Código do Município 3149606 Gentílico - pequiense ORIGEM DO NOME O termo significa, em tupi, "coxa áspera", e origina-se de um velho e frondoso pequizeiro, que existiu em frente a uma venda no largo da igreja, cuja sombra abrigava a população que ali se reunia Gentílico: pequiense Histórico Pequi  Minas Gerais - MG HISTÓRICO A fixação da povoação do atual município deve-se, principalmente, aos solos férteis e ao grande número de córregos e riachos que cortam a região. Pequi foi criada em 1841, quando o distrito de Santo Antônio de São Joanico, no município de Pitangui, foi dividido em dois: Pequi e Maravilha.…

SABARÁ / PRIMEIRO POVOAMENTO DAS MINAS GERAIS

SEJA MUITO BEM VINDO A SABARÁ. VILLA REAL DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO DE SABARÁ
copyrigth "Borbosa"
SABARÁ TEM 126.269 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM SABARÁ EH: SABARAENSE (IBGE) O IDH DO MUNICÍPIO EH DE: 0,773 - (2010) - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. SABARÁ FAZ ANIVERSÁRIO EM 17 DE JULHO E FOI FUNDADA EM 1675. A RECEITA DO MUNICÍPIO CHEGA A ORDEM DE: 115.339.947,00 (IBGE) AS DESPESAS SÃO DE: 80.310.772,00 (IBGE) Sabará foi o primeiro povoamento de Minas Gerais. A sua história tem raízes nos primórdios da colonização do Brasil e está intimamente relacionada à lenda da serra resplandecente existente na região do sabarabuçú, de limites imprecisos. O sabarabuçu fervilhou na imaginação dos colonizadores, que buscavam no sertão uma serra feita de prata e pedras preciosas Sabará foi um dos núcleos de mineração da Província que mais ouro encaminhou à Coroa Portuguesa. Seus rios e lavras eram riquíssimos do precioso mineral, e houve época em que os trabalhos de …

GUAXUPÉ / MINAS GERAIS / BRAZIL -/ TERRA DO MELHOR CAFÉ DE MINAS

BEM VINDO A CIDADE DE GUAXUPÉ. CIDADE DO CAFÉ.
foto - Leonardo Pinelli
GUAXUPÉ TEM 49.430 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM GUAXUPÉ EH: GUAXUPEANO
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JULHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME 

"Caminho das Abelhas", significado indígena da palavra Guaxupé, é a versão mais aceita para a denominação que ficou até hoje. Tomou esse nome, por volta de 1814, o ribeirão e mais tarde o arraial, denominado Dores de Guaxupé. HISTÓRIA

Até o começo do século passado, o território em que se situa Guaxupé era mata virgem. As mais antigas referências dão conta de que somente em 1813 pés de homens civilizados pisaram a região que era habitada pelos primitivos O documento mais antigo sobre posse de terras até agora conhecido tem a data de 28 de outubro de 1818: É uma escritura passada em Jacuí e pela qual João Martins Pereira e sua mulher Maria de Jesus do Nascimento vendiam a Antônio Gomes da Silva "terras de cultura de matos virgens e serrados"na p…