Pular para o conteúdo principal

ESLOVÊNIA / EUROPA / WORLD - Com clima bucólico e bares espalhados ao longo do rio, Eslovênia se tornou point de turistas buscando algo diferenciado





LINHA DO TEMPO DA "ESLOVÊNIA" / EUROPA / WORLD 
DESCUBRA ESLOVÊNIA 
Eslovênia está situada no coração da Europa, entre os Alpes e do Mediterrâneo e a planície de Pannonian. Este pequeno país verde, que se estende por uma área de 20.273 km2, vive um povo hospitaleiro e honesto, que têm reputação de ser trabalhador. A Eslovênia é um país com um número surpreendente de atletas famosos e uma vida cultural muito produtiva. 
A nação eslovena tem uma reputação de ser muito trabalhadora e inteligente, razões pelas quais a Eslovênia é o país mais desenvolvido entre os novos membros da UE. Eslovenos constantemente querem provar-se e seguir em frente e muitos deles têm alcançado um sucesso significativo em todo o mundo com seu trabalho e audácia. Um bom exemplo disso são os atletas que praticam esportes radicais, de alpinismo, esqui até as aventuras de bicicleta modo ultramarathon ou natação. 
Eslovenos também são muito receptivos à aprendizagem de línguas estrangeiras e não têm dificuldade em se comunicar com eles. E alunos do ensino fundamental falam línguas estrangeiras. A maioria dos habitantes da Eslovênia fala bem, especialmente Inglês e Alemão. Uma grande porcentagem da população fala italiano fluentemente. 
Catedral de São Nicolau fica na capital da Eslovênia, World
A área montanhosa fica no norte. Nas montanhas dos Alpes Julian e o Kamniške-Savinjske (Kamnik e Savinja) há muitos picos afiados com belas formas. As montanhas da serra Karavanke, que faz fronteira com a Áustria, são mais arredondadas. 
Na Eslovênia oriental, em grandes áreas a paisagem é coberta com colinas da capital, que se estendem para o oeste e sul. 
Há muitas colinas na Eslovênia sudeste e leste, ou seja, as áreas dedicadas à viticultura. Entre as montanhas e colinas são algumas planícies e bacias. Na maior bacia são Ljubljana e seus arredores. 
Eslovênia também tem vastas planícies do leste, que já fazem parte da planície de Pannonian. 
A diversidade não é característica única da superfície da Eslovênia, mas também o seu submundo. Entre os mais de nove mil cavernas cársticas há algumas que estão entre as mais belas do mundo.
VERDES FLORESTAS 
Com aproximadamente 65% das áreas de floresta, a Eslovênia é um dos países com muito verde. Com mais de 22.000 espécies animais e vegetais, a Eslovênia é um dos recursos naturais mais abundantes dentre os países da Europa. Mais de um terço da Eslovênia é protegido pelo projeto Natura 2000, a rede européia de áreas protegidas especiais identificadas pelos Estados-Membros da União Européia, a fim de conservar a biodiversidade que é tão importante para todo o continente.



A CAPITAL LIUBLIANA (LJUBLJANA) 
À primeira vista, é difícil entender porque a capital da Eslovênia é chamada de “adorada” pelos seus moradores. Em uma análise apressada, Liubliana (Ljubljana) pode até parecer ordinária demais para o turista com conhecimento mais profundo das cidades do oeste europeu. Mas basta uma pequena caminhada pelas tranquilas ruelas que formam o centro histórico para se dar conta de que Liubliana, na realidade, conquista pela simplicidade do dia-a-dia dos seus moradores. 



É em seu centro antigo, cortado ao meio pelo rio Liublianica, que está o charme da cidade, onde mesas à luz de velas recebem casais e grupos de amigos enquanto músicos de rua entretêm pedestres e locais que vão e voltam do trabalho em antigas bicicletas. Entre igrejas e galerias de arte você encontrará em algum momento um bonde elétrico que te levará morro acima ao Castelo de Liubliana, bastante remodelado, e que oferece vistas panorâmicas interessantes dessa cidade com clima de interior. Apesar de ser a capital e sede do governo, centro econômico e cultural do país, Liubliana não chega a 250 mil habitantes. Outra razão para visitar Liubliana? A cidade fica a quatro horas de trem de Veneza. 



COMO CHEGAR 
Aéreo - 
Liubliana é a principal porta de entrada para a Eslovênia. O aeroporto internacional Jože Pučnik (LJU, www.lju-airport.si) fica a cerca de 30 quilômetros do Centro da capital. A forma mais prática de traslado é com ônibus (45 minutos o trajeto, que sai por 4,10 euros). Eles saem de hora em hora, das 5h às 20h, durante a semana, e, nos fins de semana, são sete partidas entre das 7h às 20h, em horários variados. Alternativamente há saídas para Kramnik e Kranj. 
De táxi, a corrida até o centro de Liubliana sairá por cerca de 39 euros. 



Ferroviário - 
Liubliana é razoavelmente bem servida por conexões de trem por destinos a partir dos países que cercam a Eslovênia. Alguns serviços bastante convenientes são são trens que partem de Zagreb, Croácia (2 horas de viagem, sete partidas diárias, desde € 14,60), Budapeste, Hungria (11 horas, desde € 49), e Viena, Áustria (6 horas, desde € 29). As passagens, horários e detalhes sobre serviços podem verificados no site da Slovenske zeleznice (www.slo-zeleznice.si). 



COMO CIRCULAR 
O Centro de Liubliana é bem compacto e a maioria das atrações pode ser conhecida em curtos passeios a pé. Apesar da possibilidade de usar os ônibus para circular pela cidade, uma boa ideia é pegar uma bicicleta alugada. Há vários pontos de retirada e devolução e os preços são bem baixos. Mais informações no site en.bicikelj.si.



CIDADE DE BLED
As pérolas da Eslovênia encontram-se no interior, em regiões montanhosas/alpinas mais para o norte, perto das fronteiras com Itália e Áustria. O grande cartão-postal (e cidade mais visitada) é, sem dúvida, Bled. Há quem diga que esse vilarejo é "criação de algum Deus do turismo”. Não está exagerando. 
Bled, a cidade, herdou o nome do lago glacial que domina todo o seu centro. Lá no meio, uma ilhota abriga uma igreja que é o símbolo mais fotografado do país. Ao redor desse lago, quase que o abraçando, uma cadeia de montanha com pinheiros vai até onde a vista alcança, abrigando um castelo e entrelaçando-se com os Alpes Julianos (assim conhecidos como homenagem ao romano Júlio César) e seus picos nevados logo atrás. A graça em Bled é caminhar em trilhas ao redor do lago, procurando o melhor ângulo para encaixar um cenário de tirar o fôlego em suas fotografias. Uma subida ao castelo (que pode ser feita de carro ou a pé, para quem tiver fôlego), garante panorâmicas ainda mais bonitas. Pousadas e restaurantes escondem-se nas diversas ruelas que ligam a estrada principal ao lago, e uma boa experiência é procurar pelas placas de sobes. 
Ilha de Bled, Eslovênia
É tradição dos países da antiga Iugoslávia alugar quartos, por vezes andares inteiros da casa, ao viajante. Trata-se de uma alternativa mais barata do que os hotéis e que coloca o turista em contato com os locais. Em tempo: a aparência é de estação de inverno, mas é possível nadar no lago durante o verão. 
Lago Bled, Eslovênia
COMO CHEGAR 
Bled pode ser tanto um passeio de um dia a partir de Liubliana, como seu principal destino na Eslovênia. A curta distância até a capital facilita muito o transporte, que pode ser feito de trem, ônibus ou de carro. 
Lago Bled na Eslovênia
De trem, há duas estações que servem a cidade. Lesce-Bled fica a cerca de 1,5 quilômetro do vilarejo de Bled. Trens a partir de Liubliana saem com frequência rumo a este destino e fazem o trajeto em uma hora (preços desde € 4,80). Já Bled Jezero fica do outro lado do lago. A viagem até aqui toma uma pouco mais de tempo (1h45), quase sempre com uma troca de trem em Jesenice (tarifa a partir de €6,22). A estação de trem principal de Liubliana fica na Trg Osvobodilne fronte 6. Mais informações em www.slo-zeleznice.si. 
De ônibus (www.ap-ljubljana.si), a viagem sai por cerca de € 7 e leva cerca de 1h30. Os ônibus saem de hora em hora de Liubliana, das 6 às 22h30, a partir da rodoviária Avtobusna Postaja, na Trg Osvobodilne fronte 4.
Botes no rio Liublianica, em Liubliana
Ruas do Centro de Liubliana
Se o processo de dissolução da antiga Iugoslávia, no início da década de 1990, deixou para a Croácia algumas das mais belas praias da Europa, a herança da Eslovênia, minúscula nação de 20 mil km², não deve em nada ao vizinho.
O Parque Nacional do Triglav, na Eslovênia, é o único do país. O lago Bohinj e o monte Triglav marcam a paisagem do lugar, ideal para ser visitado no verão
O pequeno trecho do Adriático que lhe coube depois da partilha é um oásis de água transparente. A fronteira com a Itália e a Áustria garante uma boa extensão dos Alpes no norte do país. Nestas regiões montanhosas as paisagens se dividem entre grandes campos esverdeados e o maior complexo de cavernas de toda a Europa.
A Eslovênia já se posta com força na rota do ecoturismo (e de esqui!) dos turistas mais antenados. A natureza dita a regra no país, mas Liubliana (Ljubljana), sua capital de clima bucólico e bares espalhados dos dois lados do rio Ljubljanica, há tempos se tornou point de europeus em busca de vida noturna diferenciada.
Poucas horas de carro dali, Bled é o principal destino de inverno e provavelmente uma das cidades mais cênicas que você terá visitado na Europa. Com um carro em mãos, passando por desfiladeiros, rios com água verde-esmeralda e chalés que parecem estrategicamente colocados em grandes campos floridos, chega-se à linda Bovec, base para as atividades que exigem uma dose a mais de esforço físico.
Praça Presernov, Liubliana
COMO CHEGAR 
Não há voos diretos entre o Brasil e a Eslovênia. 
A principal porta de entrada para o país é sua capital Liubliana, servida por um número razoável de companhias aéreas, entre elas a companhia nacional Adria Airways (www.adria.si). A EasyJet tem voos para lá a partir de Paris, enquanto que a Ryanair vai até Trieste, na Itália, mas junto à fronteira, desde Valência, Londres e Barcelona.
Alpes Eslovenos
Por terra, as melhores conexões são trens que partem de Zagreb, Croácia (2 horas de viagem, sete partidas diárias, desde € 14,60), Budapeste, Hungria (11 horas, desde € 49), e Viena, Áustria (6 horas, desde € 29). As passagens, horários e detalhes sobre serviços podem verificados no site da Slovenske zeleznice (www.slo-zeleznice.si).
Ideal para o rafting, o rio Soca, na Eslovênia, é o mais cristalino da Europa e percorre 138 quilômetros por entre os Alpes até desaguar no mar Adriático
COMO CIRCULAR 
Os trens da Slovenske zeleznice são a forma mais prática de circular pelo país. Os serviços são razoavelmente pontuais e os trens possuem variados níveis de conforto e estrutura. Uma boa solução de mobilidade é alugar um carro e chegar a regiões mais isoladas ou onde as conexões de trem são deficientes. As estradas são boas e a sinalização é bem compreensível.
Cascata na região dos Alpes eslovenos

CONHEÇA UM POUCO MAIS DA ESLOVÊNIA
A Eslovênia é um pequeno país da Europa Central, muito próximo à Itália e Áustria. Suas paisagens são similares às da Suíça, com muita natureza e montanhas. A maior cidade e capital do país, Ljubljana, foi escolhida como a Capital Europeia mais verde de 2016.
Kranjska Gora
Localizada a apenas 10 minutos da Itália e da Áustria, a cidade de Kranjska Gora tem montanhas bem altas que refletem no rio. No inverno, o local é point para a prática de ski. 
Rio Ljubljanica
O rio divide a cidade antiga do centro comercial atual, com simpáticos cafés em seu entorno. Próximo à ele, há o The National Museum of Slovenia.
Bled
O lago é um dos pontos mais famosos da Eslovênia. Um castelo do século XI, que tem um museu e capela, fica próximo ao Bled. É possível também alugar um pedalinho ou escalar a montanha. 
Piran
O pitoresco município é repleto de construções medievais. De lá, é possível pegar um barco de madeira e conhecer a ilha de Otok, onde está localizada a igreja St. Catherine, do século X. 
Kobarid
A pequena cidade é cenário do livro “Adeus às armas”, de Ernest Hemingway. O Museu Kobarid, com muitos documentos da primeira Guerra Mundial, é uma das atrações do município. 
Cavernas de Postojna
Um conjunto de cavernas com formações rochosas deslumbrantes é o ponto turístico mais conhecido do país. 
Castelo Predjama
A construção, de estilo Renascentista, está fincada em um cliff vertical, localizado no vilarejo de Predjama. Tanto o castelo como o vilarejo são pontos que valem a visita.
Site: www.slovenia.info/ 
População: 2.000.000 hab
Código de área: +386
Fuso horário: 4h (horário de Brasília)
Localização: Europa
Moeda: Euro
Visto: Não é necessário
ESTA EH A BANDEIRA DA ESLOVÊNIA, WORLD
ESTE EH O BRASÃO DA ESLOVÊNICA, WORLD



fonte / fotos = Forbes Brasil / viajeaqui.abril.com.br / Thymonthy Becker / Wikipédia / slovenia.info / Divulgação / 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PEDRA AZUL / FORTALEZA DE PEDRAS

BOM DIA. SEJA MUITO BEM VINDO A PEDRA AZUL. A FORTALEZA DE MINAS. copyrigth "Paulo Marcio"
PEDRA AZUL EH UMA CIDADE QUE FICA NO VALE DO JEQUITINHONHA E TEM ATUALMENTE: 23.843 HABITANTES (IBGE 2010) QUE NASCE EM PEDRA AZUL É: PEDRA-AZULENSE (PEDRAZULENSE) O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,660 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A TEMPETATURA MÉDIA DA CIDADE É DE: 24°. FORAM REALIZADOS EM PEDRA AZUL, 77 CASAMENTOS EM 2010. NÃO ACONTECEU NENHUMA SEPARAÇÃO E NENHUM DIVORCIO. A CIDADE FAZ ANIVERÁRIO EM 1º DE JUNHO. A pecuária, atividade primeira na história econômica do lugar, continua sendo básica para a sua receita. Colonizada por vaqueiros nordestinos, que ali chegaram em busca de pastagens para seu gado, a região herdou deles a tradição do trato com grandes rebanhos, principalmente o gado de corte, mas não se esqueceu dos cuidados com o subsolo. Os primeiros moradores do atual município foram Manoel José Botelho, em 1822, e o padre Manoel Fernandes, em 1834, após o grande incêndio …

PIRAPORA / PORTAL DO RIO SÃO FRANCISCO

BEM VINDO A CIDADE DE PIRAPORA. A CIDADE PROGRESSO
imagem - Jadir F.
PIRAPORA TEM 53.368 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM PIRAPORA EH: PIRAPORENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 01 DE JUNHO E FOI EMANCIPADA EM 1.912
ORIGEM DO NOME
O topônimo de origem tupi significa “salto de peixe” ou “onde o peixe salta” - pira (peixe) e poré (salto).
HISTÓRIA

O São Francisco foi, durante o ciclo da mineração, importante meio de transporte para o abastecimento da região das minas. As mercadorias saíam da Bahia subindo o rio e, quando terminava o trecho navegável, seguiam por terra até os centros mineradores. A cidade nasceu justamente no ponto da baldeação, na margem direita do rio, a jusante da cachoeira de Pirapora. Parte da tribo dos índios Cariris, em época remota, teria subido o Rio São Francisco. Movida pelo temor à aproximação dos brancos pelo litoral brasileiro e acossada pelas tribos vizinhas. Aportando na área hoje compreendida pelo município de Pirapora, fixaram-se defronte à corredeira, esta…

CAMBARÁ DO SUL / RIO GRANDE DO SUL - Uma pequena cidade com grandes cânions e pontos de ecoturismo com pousadas, clima de montanha e belas paisagens

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "CAMBARÁ DO SUL" / RIO GRANDE DO SUL / BRASIL foto - Angelo Ronchi
A CIDADE Cambará do Sul é conhecida também como a "terra dos cânions" e "capital do mel". A pequena Cambará do Sul é campeã no ranking de baixas temperaturas, sendo que o seu inverno está sempre entre os lugares mais frios do Brasil. Como um típico município do interior conserva hábitos antigos, como a reunião familiar e de amigos na cozinha, ao redor do fogão à lenha. Nas épocas frias, o pinhão na chapa é o tira gosto do gaúcho serrano. foto - Angelo Ronchi
Localiza-se a 185 quilômetros de Porto Alegre, a uma altitude de 1.031 m. 
foto - Angelo Ronchi População estimada 2016 (1) - 6.687 Área da unidade territorial 2015 (km²) - 1.208,647 Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,41 Código do Município 4303608 Gentílico - cambaraense ORIGEM DO NOME A palavra Cambará em tupi-guarani significa "Folha de Casca Rugosa". É uma árvore preciosa por sua bele…

DIANÓPOLIS / TOCANTINS - Berço cultural do estado, tem mais à oferecer, cascatas, cachoeiras, museu e "garganta"; platô da serra geral com cânions e mirantes

LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "DIANÓPOLIS" / TOCANTINS / BRASIL DIANÓPOLIS
BEM VINDO A CIDADE DE DIANÓPOLIS. CIDADE DO DIANOFOLIA
imagem - ? População estimada 2016 (1) - 21.457
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 3.217,313
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,94
Código do Município 1707009
Gentílico - dianopolino
ORIGEM DO NOME DE DIANÓPOLIS, TO
A origem do nome "Dianópolis" está relacionada a Francisco das Chagas Moura, que foi prefeito do município entre os anos de 1934 a 1938. Então, a cidade chamava-se "São José do Du•ro". "Duro" era uma simplificação de "D´ouro", uma vez que a região era rica em ouro em seu subsolo. Quando prefeito, Francisco Moura indicou que a cidade fizesse uma homenagem às senhoras do lugar que chamavam-se "Custodiana", conhecidas pela alcunha de "Diana". Daí a indicação da cidade passar a chamar-se "Dianópolis", quer dizer, "Terra das Dianas".
Gentílico: …

VARZEA DA PALMA - NO CAMINHO DA BAHIA

BEM VINDO A CIDADE DE VARZEA DA PALMA. 
foto - Alonso Alves dos Reis Neto
VARZEA DA PALMA TEM 35.809 HABITANTES - IBGE 2010 -
QUEM NASCE EM VARZEA DA PALMA EH: VÁRZEA PALMENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953
ORIGEM DO NOME

CARATINGA / CIDADE ESPERANÇA / TERRA DAS PALMEIRAS

SEJA SEMPRE BEM VINDO A CIDADE DE CARATINGA. A CIDADE DO MENINO MALUQUINHO
copyrigth "?" ORIGEM DO NOME
A denominação do município Caratinga, de origem indígena, (cará / tinga = branco) é devido à falta de alimentação diversificada, o que fazia com que os primeiros habitantes da região se alimentassem de um tubérculo muito encontrado na região na época do povoamento, um cará-branco que servia de alimento para os índios CARATINGA TEM ATUALMENTE, 85.322 HABITANTES. QUEM NASCE EM CARATINGA É: CARATINGUENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,754 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 24 DE JUNHO. FOI FUNDADA EM 1848 EM CARATINGA, FORAM REALIZADOS EM 2010, 513 CASAMENTOS 056 SEPARAÇÕES 079 DIVÓRCIOS. HISTÓRIA
Em 1841 aportou por estas terras o grande desbravador Domingos Fernandes Lana, que aqui permaneceu até 1847.
No final desse ano, João Caetano do Nascimento, João Antônio de Oliveira e João José, bravos pioneiros, vieram de mudança, trazendo suas famílias,…

LIMA DUARTE / A CIDADE DO AR PURO

BOM DIA. BEM VINDO A LIMA DUARTE / CIDADE CERCADA DE MONTANHAS. copyrigth "Rosana4"
LIMA DUARTE JÁ TEM A SEGUNDA PÁGINA.
CLIK AQUI E VEJA A SEGUNDA PÁGINA DA CIDADE DE LIMA DUARTE

LIMA DUARTE TEM UMA POPULAÇÃO DE 16.166 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM LIMA DUARTE É: LIMADUARTINO. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,739 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. LIMA DUARTE É CERCADA POR BELÍSSIMAS MONTANHAS, E POR ISTO O AR DA CIDADE É CONSIDERADO PURO.
Lima Duarte teve, provavelmente, a mesma origem da maioria das cidades mineiras: um grupo de colonos se estabeleceu a beira das estradas que davam para as minerações aí se formou um pequeno núcleo colonial ao redor de uma capelinha que a fé dos nossos antepassados se apressava em erguer. Sua primeira denominação foi Nossa Senhora das Dores do Rio do Peixe, e a origem deste nome se deve a Santa padroeira da primeira capelinha de Nossa Senhora das Dores, mais o fato de ser o município banhado pelo rio do Peixe. Passou a ser chama…

CARLOS CHAGAS

BOM DIA CARLOCHAGUENSES / BOM DIA VISITANTE. SEJA BEM VINDO A CARLOS CHAGAS / A CAPITAL DO BOI E A PÉROLA DO MUCURI
foto - ? CARLOS CHAGAS, NO VALE DO MUCURI, TEM  20.087 HABITANTES. - (IBGE 2010) DESTE TOTAL, 51% É MULHER. O IDH DO MUNCÍPÍO É DE: 0,681 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU QUEM NASCE EM CARLOS CHAGAS É: CARLOCHAGUENSE ESTIVE EM CARLOS CHAGAS DIA 10 DE FEVEREIRO 2011, MAIS PRECISAMENTE NO FRIGORIFICO "MAX BEEF" FUI FAZER A MEDIÇÃO DA QUALIDADE DO AR. QUEM ME RECEBEU LÁ FOI O ENGENHEIRO AMBIENTAL "FELIPE" (GENTE FINA DA MELHOR QUALIDADE) CHEGUEI AS 7 DA MANHÃ, DEPOIS DE 11 HORAS VIAJANDO DE DIVINÓPOLIS; NÃO FIQUEI MUITO TEMPO EM CARLOS CHAGAS, MAS DEU PARA TIRAR ALGUMAS FOTOS. AQUI, NA ENTRADA DA CIDADE. copyrigth "Thymonthy Becker" CARLOS CHAGAS JÁ FOI CONHECIDA COMO A "PÉROLA DO MUCURI". POR TER SIDO POR MUITOS ANOS, A CIDADE MAIS BONITA DO VALE DO MUCURI. HOJE, JÁ NÃO DETÉM MAIS ESTE TÍTULO.
foto - ? MAS MANTÉM O TÍTULO DE CAPITAL DO …

EXTREMA / O PORTAL DE MINAS

BEM VINDO A CIDADE DE EXTREMA. O PORTAL DE MINAS
imagem - Vinícius Pazzoto
EXTREMA TEM 28.599 HABITANTES - IBGE 2010 - 
QUEM NASCE EM EXTREMA EH: EXTREMENSE
A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 16 DE SETEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.901
ORIGEM DO NOME

RIBEIRÃO DAS NEVES / MG

BEM VINDO A CIDADE DE RIBEIRÃO DAS NEVES. A MAIOR HETEROGENEIDADE RELIGIOSA DO BRAZIL imagem  - Reo 06 RIBEIRÃO DAS NEVES TEM 296.317 HABITANTES - IBGE 2010 QUEM NASCE EM RIBEIRÃO DAS NEVES EH: NEVENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 12 DE DEZEMBRO E FOI EMANCIPADA EM 1.953 ORIGEM DO NOME Muito se fala sobre o nome Ribeirão das Neves, mas pouco sabemos oficialmente sobre este nome. Temos duas versões: Primeira versão: Advém do córrego que passa cortando o centro da cidade. Segundo a lenda, este pequeno córrego que nasce no Morro do Anil, próximo ao Bairro Várzea Alegre, em épocas de frio, ficava com uma temperatura bem abaixo, a ponto de esfriar o suficiente para ocasionar gelo. Dai o nome RIBEIRÃO DAS NEVES. Segunda versão: Advém da Padroeira do Município, Nossa Senhora das Neves, que segundo a lenda, apareceu para alguns fiéis, no alto do morro central que separa o centro comercial do Bairro Santa Martinha. Hoje, próximo ao Cemitério Senhor da Paz, cuja imagem demonstrava beleza e altivez. Seus…