Pular para o conteúdo principal

PEDRO AFONSO / TOCANTINS - Polo turístico em praias de água doce, a cidade oferece atividades culturais, gincanas, competições esportivas e shows musicais




LINHA DO TEMPO DA CIDADE DE "PEDRO AFONSO" / TOCANTINS / BRASIL
PEDRO AFONSO / TOCANTINS / BRASIL
OPINIÃO
AS PRAIAS SÃO MUITO BOAS, O RIO DO SONO QUE OFERECE AS PRAIAS, EH UM RIO LIMPO E DESPOLUÍDO NO LOCAL. A ESTRUTURA HOTELEIRA DEIXA A DESEJAR VISTO NÃO TER VAGAS SUFICIENTE PARA O NÚMERO DE TURISTAS QUANDO DA ALTA TEMPORADA. (MELHOR FAZER RESERVA COM ANTECEDÊNCIA) A SEGURANÇA NAS PRAIAS EH UM PONTO POSITIVO, MAS PRECISA MELHORAR. A INFRAESTRUTURA DO COMÉRCIO NA PRAIA EH BOA E OS ATRATIVOS PARA ENTRETER OS TURISTAS SÃO BEM CONVIDATIVOS. 
BEM VINDO A CIDADE DE PEDRO AFONSO
foto - PMPA
A cidade de Pedro Afonso acha-se localizada na confluência dos rios Tocantins e Sono, é uma das mais tradicionais do Estado.
foto - PMPA
População estimada 2016 (1) - 13.097
Área da unidade territorial 2015 (km²) - 2.010,902
Densidade demográfica 2010 (hab/km²) - 5,74
Código do Município 1716505
Gentílico - pedro afonsino
ORIGEM DO NOME
O nome Pedro Afonso originou-se de uma homenagem do frei Rafael Taggia, fundador da cidade, ao príncipe D. Pedro Afonso de Orleans e Bragança.
Gentílico: pedro afonsino
Histórico
Histórico: Pedro Afonso
HISTÓRICO
O lugar, onde se acha encravada a atual cidade de Pedro Afonso, tinha outrora a denominação de "Travessa dos Gentios", em virtude das correrias que aqui se faziam, e era habitado por silvícolas, exclusivamente, sendo a principal nação a dos Chavantes.
Em julho de 1845, apartava à grande aldeia dos Cherentes o reverendo Frei Rafael Taggia, missionário da ordem de são Francisco, acompanhado de um inferior e dez (10) praças de pré. Como é público e corrente, vinha o nobre capuchinho encarregado pelo Governo Providencial de promover a catequese dos gentios. Assim, tão logo desembarcou, mandou construir diversas barracas para si e seus soldados e, separadamente, uma capela. Em seguida, chamou toda a tribo e aldeou-a no lugar chamado São João, 24 quilômetros do arraial improvisado. Em São João fundou o Padre Taggia um colégio destinado á educação dos filhos dos selvagens, mas, certo dia, em decorrência de repreensão feita pelo educador a umas das crianças, os índios se revoltaram contra seu benfeitor que, receoso, de regressar ao arraial em formação, onde mais tarde a Lei providencial n.º 546 de agosto de 1875, criou um distrito de paz. Ainda assim o espírito de revolta e de vingança dos índios, qualidades que lhe são peculiares, não calara de todo e, um belo dia, um poderoso exército decidiu-se a dar cabo do virtuoso desbravador. Aconteceu que, em marcha, ao chegar ao ribeirão próximo do arraial, estacou surpreso, ficando os agressores aterrorizados com o milagre que lhe deparava: o pessoal em armas ao lado do padre era um número superior e, como era natural, fizeram os índios renderam-se. Neste dia, ás 8 horas da manhã, Frei Rafael, qual novo São Francisco de Assis, à porta da sua capelinha, á guisa de batismo, passou a mão na cabeça de 300 índios, fazendo-os regressar a São João.
Com o aumento considerável da população a que vieram juntar-se mais de 5.000 índios, vindos de Riachão, Estado do Maranhão, obedientes à direção de Frei Raffael, o arraial desenvolveu-se rapidamente, passando em 1903 á categoria de Vila de São Pedro Afonso.
Cooperou energicamente pela criação do novo município, o senhor Francisco Casemiro.
Como chefe de valor que soube ser, na primeira legislatura fez sentar-se ´cadeira de Deputado Estadual, como representante de Pedro Afonso, o coronel Daniel Ferreira dos Anjos, espírito trabalhador que muito fez pelo completo soerguimento do município, não só reformando o aparelho administrativo como também implantando, em pouco tempo, a ordem, a disciplina e a moral. O coronel Daniel morreu pobre, deixando à posterioridade o exemplo de servir melhor à coletividade que os interesses particulares.
A febre da borracha do Araguaia, em 1910, foi um dos maiores fatores do progresso de Pedro Afonso. A Bahia nessa ocasião fazia seu intercâmbio comercial com o baixo Araguaia, servindo-se do rio Sono para escoar as suas mercadorias; estas, aqui desembarcadas, eram muitas vezes vendidas aos comerciantes locais com uma redução de 30 a 40% sob as importadas de Belém de São Luís tornando-se o maior empório comercial da época no alto sertão. 
Em 1911, a política e a ganância comercial ateiam fogo no meio da pacata população e três anos depois, Pedro Afonso era um montão de ruínas, de que muitos bem soube locupletar-se uma onda de bandoleiros chefiados por Abílio Araújo.
Em 1924, novas cenas de banditismo ensanguentam o solo pedro-afonsino: Cipriano Rodrigues proclama-se chefe de bacamarte no norte e como tal comete toda sorte de tropelia, roubo e assassinato. Morto em 1925, consolida-se a ordem e a tranquilidade. Os habitantes, despojados de sua terra natal, que puderam escapar-se à fúria inimiga, regressam de novo aos lares carbonizados.
Assim, já em 1937, por ato de Excelentíssimo Sr. Dr. Pedro Ludovico Texeira, então governador do Estado, Pedro Afonso era levado à categoria de cidade e consequentemente a sede de comarca.
Pedro Afonso parece que, pela sua posição geográfica, sempre foi fadado a um grande destino. Em decorrência desse fator, para aqui fora criadas uma Subdiretoria da Fazenda, hoje Departamento da Fazenda e uma corporação da política militar, 4ª. Companhia Isolada, destinada a garantir as atribuições do fisco estadual, equilibrando também a paz e a harmonia no seio da população do alto sertão.
GENTÍLICO: pedro-afonsino
AQUI UMA VISTA PARCIAL DA CIDADE
foto - ?
ILHA DO RIO DO SONO COM SUA PRAIA DE AREIA BRANCA
foto - ?
VISÃO GERAL DA CIDADE
foto - ?
A CIDADE E O RIO DO SONO E TOCANTINS A CONTORNANDO.
foto - ?
CONHEÇA UM POUCO DE PEDRO AFONSO
foto - PMPA
foto - PMPA
foto - PMPA
foto - Márcio Vieira
foto - PMPA
foto - PMPA
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
ESTA E A IGREJA MATRIZ
foto - Thiago de Andrade
A BEIRA PRAIA
foto - Giovane RM
SEDE DO TIRO DE GUERRA
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
foto - Marcelo Belarmino
PRAIAS NO RIO DO SONO
Município recebeu mais de 100 mil visitantes – provenientes de vários estados e do exterior – marcando seu nome como polo turístico do Tocantins
Os hotéis do município registraram lotação de 100%, e teve procura de vagas até em um novo empreendimento do setor hoteleiro na cidade, cujas obras ainda não estão finalizadas.
Para recepcionar os visitantes, Pedro Afonso montou uma grande infraestrutura na praia do Rio Sono e investiu pesado na segurança, com nenhuma ocorrência grave registrada na temporada. O município apostou ainda na diversificação das atividades para entreter
os turistas – foram diversos shows musicais com artistas da região e de renome nacional, atividades culturais, gincanas e competições esportivas. Além disso, durante o período o município realizou a XXVII Exposição Agropecuária, festa tradicional da região.
foto - Marcelo Belarmino
foto - Giovane RM
foto - Marcelo Belarmino
foto - Giovane RM
foto - Giovane RM
foto - Manoel JR
foto - Marcelo Belarmino
foto - Giovane RM
foto - Giovane RM
foto - Giovane RM
ESTA EH A BANDEIRA DA CIDADE DE PEDRO AFONSO, TOCANTINS

fonte / fotos = Portal da Prefeitura de Pedro Afonso / Thymonthy Becker / IBGE / Divulgação / Wikipédia /


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ITABIRA / MG - MURIAÉ / MG - SANTA LUZIA / MG - PEDRO AFONSO / TO - OURO PRETO / MG

IGREJA DE NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
MATRIZ DE NOSSA SENHORA DA SAÚDE, INTERIOR E LATERAL EM ITABIRA / MG
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
foto - Roberta Soriano
CAPELA DE SÃO E NO CONTEXTO DA PRAÇA NA SERRA DOS ALVES EM ITABIRA / MG
foto - Barbosa
foto - Emerson Silva
CAPELA DO BOM JESUS NO MORRO REDONDO EM ITABIRA / MG
foto - Roneijober Andrade
MATRIZ DE SÃO PAULO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
CAPELA DE SÃO JOSÉ EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
IGREJA DA BARRA EM MURIAÉ / MG
foto - Tony Borrach
IGREJA DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO EM MURIAÉ / MG
foto - Afrânio Bastos
IGREJA DE NOSSA SENHORA DAS GRAÇAS EM MURIAÉ / MG
foto - SG Trangel
CAPELA DO BONFIM EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
CAPELA DE NOSSA SENHORA DAS DORES EM SANTA LUZIA / MG
foto - Gui Torres
IGREJA DE SANTA EFIGÊNIA EM OURO PRETO / MG
foto - Gui Torres
MATRIZ DE SANTA LUSIA, SEU INTERIOR E NO CONTEXTO DA RUA EM SANTA LUZIA / MG
foto - Antonor
foto - Gu…

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS - COMO A CIDADE COMEÇOU - CEM ANOS ATRÁS NASCIA A CIDADE QUE SERIA REFERÊNCIA EM QUALIDADE DE VIDA E EDUCAÇÃO, NAS MINAS GERAIS

DIVINÓPOLIS / MINAS GERAIS / BRASIL - 100 ANOS ATRÁS foto - Thymonthy Becker AQUI PODEMOS VER O CENTRO DA CIDADE, COM O SANTUÁRIO, O COLÉGIO DOS PADRES E ABAIXO A PONTE QUE LIGA O CENTRO AO BAIRRO PORTO VELHO. foto - Colombo
NESTA PÁGINA, IREMOS MOSTRAR COMO DIVINÓPOLIS COMEÇOU. ALGUMAS FOTOS SÃO RARAS. E POSSUEM MAIS DE CEM ANOS. ESTE FOI O SEGUNDO LOCAL ONDE FUNCIONOU A CÂMARA MUNICIPAL. AQUI NA RUA SÃO PAULO. foto - ?
AQUI  ANTIGA SANTA CASA DE MISERICÓRDIA. HOJE EH O HOTEL DAS VOVÓS. foto - ?
ESTA EH A RUA SÃO PAULO. REPARE QUE OS POSTES DE LUZ FICAVAM NO MEIO DA RUA. foto - ?
AQUI A MESMA RUA SÃO PAULO, ENTRE ANTÔNIO OLÍMPIO DE MORAIS (ANTIGA AVENIDA DA INDEPENDÊNCIA) E AVENIDA VINTE E HUM DE ABRIL. foto - ?
ESTE VÍDEO FOI FEITO QUANDO DIVINÓPOLIS TINHA 20.000 HABITANTES, HOJE TEM 225.000. QUANDO DA INAUGURAÇÃO DA PONTE CENTRO/PORTO VELHO.
AQUI A AVENIDA PRIMEIRO DE JUNHO ESQUINA COM RUA SÃO PAULO. REPARE AS BOMBAS DO POSTO DE COMBUSTÍVEL. foto - ?
O PRIMEIRO PRÉDIO DA CIDADE. EDIFÍCIO HERCÍLIO. …

CONTAGEM / POLO COMERCIAL

BOM DIA. BEM VINDO A CONTAGEM. CIDADE PROGRESSO
copyrigth "Altemiro Olinto cris"
CONTAGEM TEM 603.048 HABITANTES (IBGE 2010) QUEM NASCE EM CONTAGEM É: CONTAGENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,794 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU. Na época do Brasil-colônia, a Coroa portuguesa mantinha o controle sobre os territórios ocupados através de postos avançados chamados “postos de registro”. Tais postos fiscalizavam e registravam todo o movimento de pessoas e mercadorias, cargas e tropas. Ali, os viajantes, mercadores de escravos e tropeiros eram obrigados a parar e, enquanto as mercadorias eram registradas. CONTAVAM-SE TUDO. INCLUSIVE E PRINCIPALMENTE, AS BARRAS DE OURO, QUE IAM PARA O RIO DE JANEIRO. DAÍ O NOME "CONTAGEM."
No início do século XVII, nas terras da sesmaria do capitão João de Sousa Souto Maior, um terreno conhecido como Sítio das Abóboras, foi instalado um desses postos de fiscalização. Em 1715, Dom Brás Baltasar refere-se a este posto ao escrever …

SÃO JOAQUIM DE BICAS

ESTA EH A CIDADE DE SÃO JOAQUIM DAS BICAS. CERCADA POR UMA PAISAGEM EXUBERANTE. TERRA NATAL DO MESTRE PEDRO AMARAL BAMBIRRA imagem - Mavalwie QUEM NASCE EM SÃO JOAQUIM DAS BICAS EH SANJOAQUIMBIQUENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM 21 DE DEZEMBRO FOI FUNDADA EM 1995 SÃO JOAQUIM DE BICAS TEM  25.537 HABITANTES - IBGE 2010 - ORIGEM DO NOME Uma imagem de São Joaquim foi esculpida em madeira e colocada no topo do altar de uma capelinha que haviam construída para rezarem ao entardecer, marcando a fé e a religiosidade do povo do nosso município. A imagem de São Joaquim e a vegetação deram o primeiro nome ao arraial: São Joaquim do Campo Verde. Com o passar dos anos, o lugar passou a ser chamado de São Joaquim de Bicas, porque a busca de minerais no leito do Rio Paraopeba englobava a dragagem dos cascalhos que depois eram lavados com jatos de água (bicas). HISTÓRIA A religião foi um fato marcante na história do arraial. Os primeiros moradores construíram uma capelinha para a realização de novenas e oraçõ…

CONSELHEIRO LAFAIETE

BOM DIA. BEM VINDO A CONSELHEIRO LAFAIETE. UMA CIDADE ESTRATÉGICA copyrygth "Toramo / Morato CONSELHEIRO LAFAIETE TEM 116.527 HABITANTES. QUEM NASCE EM CONSELHEIRO LAFAIETE É: LAFAIETENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,793 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU A PADROEIRA DA CIDADE É A NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO. A CIDADE ESTA NUMA ALTITUDE MÉDIA DE: 1.014,5 METROS. A CIDADE FOI FUNDADA EM SETEMBRO DE 1790 HISTÓRIA Bandeiras devassaram a região, merecendo destaque a chefiada por Bartolomeu Bueno de Siqueira, que em 1694 se deteve em Itaverava, onde realizou plantações, para mais tranquilamente explorar as redondezas, em busca de Itacolomi. Essa bandeira constituiu-se no ponto de partida oficial da descoberta de ouro nas "Gerais" - nome que com o tempo substituiu o de Cataguás, pelo qual eram conhecidos os primitivos habitantes -, e trouxe , em conseqüência , o povoamento in tenso de uma grande área. De início nenhuma importância deram os desbravadores aos cascalhos e areias do…

SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE

BEM VINDO A CIDADE DE SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE. CAPRICHOSAMENTE ENCRAVADA ENTRE MONTANHAS. AQUI O TREVO DE ACESSO. JÁ CHEGANDO NA CIDADE. foto - Thymonthy Becker QUEM NASCE EM SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE EH: BARBARENSE A CIDADE FAZ ANIVERSÁRIO EM: 04 DE DEZEMBRO E FOI FUNDADA EM 1.995 O MUNICÍPIO TEM 2.788 HABITANTES (IBGE 2010) HISTÓRIA SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE, FUNDADA EM 1823, COMO CONSTA EM DOCUMENTOS, FOI ELEVADO A DISTRITO DE BARBACENA EM 1841, COM O NOME DE ARRAIAL DE SANTA BÁRBARA DO MONTE VERDE.  EM 4 DE JULHO DE 1857 DESMEMBROU-SE DE BARBACENA E ELEVOU A DISTRITO DE RIO PRETO, CONTINUANDO PERTENCENDO AO MESMO ATÉ SUA EMANCIPAÇÃO QUE SE DEU EM 21 DE DEZEMBRO DE 1995. EM 1886, O BARÃO DE SANTA BÁRBARA, JOÃO EVANGELISTA DE ALMEIDA RAMOS, CONSTRUIU A IGREJA MATRIZ DE SANTA BÁRBARA, UM DOS MAIS BELOS CARTÕES POSTAIS DO MUNICIPIO, LOCALIZADO NA PRAÇA BARÃO DE SANTA BÁRBARA, QUE LEVA O NOME DO BARÃO.  O BARÃO DE SANTA BÁRBARA FIXOU RESIDÊNCIA NO VALE DO PIRAPITINGA DISTRITO DE SANTA…

ENTRE RIOS DE MINAS / MINAS GERAIS - "BERÇO DO CAVALO CAMPOLINA", TEM RUAS CALMAS, BELOS CASARÕES, CACHOEIRAS E MUITA BELEZA NA SERRA DO GAMBÁ

LINHA DO TEMPO DE "ENTRE RIOS DE MINAS" / MINAS GERAIS / BRASIL A CIDADE A economia é baseada na agropecuária, sendo grande produtora de leite, milho e de uma cachaça artesanal muito famosa na região. O município é conhecido como berço do Cavalo Campolina e local aonde nasceu Santa Manoelina dos Coqueiros. A atmosfera aconchegante de Entre Rios é proporcionada pelas ruas calmas com casarões conservados, além das lindas arquiteturas da Igreja Matriz de Nossa Senhora das Brotas que tem influências neogóticas, datada de 1928, e do belo prédio do Hospital Cassiano Campolina, construído em 1910.
O TURISMO O município possui belezas naturais como cachoeiras e serras, e é um lugar propício para a prática de esportes ao ar livre como escalada, voô livre, mountain bike, trekking entre outros. Dentre os monumentos naturais destacam-se as cachoeiras do Gordo (18 km. da cidade), dos Faleiros (10 km. da cidade), Coqueiros (12 km. da cidade), do Diniz (12 km. da cidade), da mata (17 km. da c…

BRASILÂNDIA DE MINAS

BEM VINDO A BRASILÂNDIA DE MINAS / CIDADE DAS TERRAS FÉRTEIS. copyrigth "Dimas Justo"
BRASILÂNDIA TEM 14.226 HABITANTES ( IBGE  2010 ) QUEM NASCE EM BRASILÂNDIA DE MINAS É: BRASILANDENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,745 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU BRASILÂNDIA DE MINAS TEM SOMENTE 15 ANOS. FOI EMANCIPADA EM 1995 E SEU ANIVERSÁRIO É NO DIA 22 DE MAIO ESTIVE EM BRASILÂNDIA UMA ÚNICA VEZ. CHEGUEI POR VOLTA DAS 8 HORAS E DEIXEI A CIDADE POR VOLTA DAS 17 HORAS. UMA VISITA RÁPIDA, A TRABALHO, MAS O SUFICIENTE PARA DAR UM GIRO PELA CIDADE E CONHECÊ-LA UM POUCO. TERRA DE GENTE MUITO BOA.
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE BRASILÂNDIA DE MINAS:
FROTA DE VEÍCULOS (IBGE) AUTOMÓVEL                 - 1.060 CAMINHÃO                   -  197 CAMINHÃO TRATOR   -  15 CAMINHONETE             - 273 MICRO-ÔNIBUS            -  7 MOTOCICLETA              - 1.017 MOTONETA                    - 1 ÔNIBUS                           - 74 TRATOR DE RODAS       - -0-
AQUI, UM PASSEIO PELA CIDADE copyrigth "Dima…

DIAMANTINA

BOM DIA. BEM VINDO AO PATRIMÔNIO CULTURAL DA HUMANIDADE. BEM VINDO A DIAMANTINA. CIDADE DAS SERESTAS copyrigth "Mauro Braga" DIAMANTINA TEM HOJE, 45.884 HABITANTES. QUEM NASCE EM DIAMANTINA ÉH: DIAMANTINENSE. O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,748 - CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU A ECONOMIA DO MUNICÍPIO É FORTE NO SETOR ESTUDANTIL. AQUI SE ENCONTRA A UNIVERSIDADE FEDERAL DO VALE DO JEQUITINHONHA E MUCURI. AQUI FORAM REALIZADOS EM 2010, 194 CASAMENTOS, 19 SEPARAÇÕES E 28 DIVÓRCIOS. Conhecida inicialmente como Arraia do Tijuco ou Tejuco, a cidade emancipou-se do município do Serro em 1831, passando a se chamar Diamantina por causa do grande volume de diamantes encontrados na região. Essas pedras eram extraídas em grandes quantidades pela Coroa de Portugual, durante o século XVII. Em 1938, Diamantina comemorou seus 100 anos de elevação à categoria de cidade, recebendo do IPHAN o título de Patrimônio Histórico Nacional. E, no ano de 1999, foi tombada pela UNESCO como: Patrimônio cult…

CARMO DO CAJURU / A CIDADE DOS MÓVEIS

UM AMANHECER COMO ESTE, SÓ EM CARMO DO CAJURU. 
foto - ?
ALGUNS DADOS INTERESSANTES SOBRE CARMO DO CAJURU: POPULAÇÃO: 20.018 HABITANTES (IBGE 2010) HOMENS: 9.600 (APROXIMADAMENTE) MULHERES: 9.400 (APROXIMADAMENTE) ALTITUDE: 772 METROS (MÉDIA) A ECONOMIA DO MUNICÍPIO COMEÇOU COM UMA FÁBRICA DE MANTEIGA, DEPOIS DE FARINHA E MACARRÃO. HOJE SUA ECONOMIA BASEIA-SE NA INDÚSTRIA MOVELEIRA, QUE UMA DAS MELHORES DO BRAZIL. ONDE OS MÓVEIS PRODUZIDOS EM CARMO DO CAJURU SÃO VENDIDOS EM TODO O BRAZIL E EXPORTADO PARA ALGUNS PAÍSES DO MERCO SUL

ESTE É O CASTELO DA LÍDER INTERIORES. ELE FICA NA CIDADE DE MATEUS LEME. MAS PERTENCE A FABRICA DE MOVEIS DE CARMO DO CAJURU
foto - Mauricio Cardim CARMO DO CAJURU, FOI FUNDADA EM DEZEMBRO DE 1948 QUEM NASCE EM CARMO DO CAJURU É: CAJURUENSE O IDH DO MUNICÍPIO É DE: 0,774, CONSIDERADO MÉDIO PELOS INDICADORES DA ONU EM CARMO DO CAJURU, TEM A MAIS FAMOSA FABRICA DE MÓVEIS DO PAÍS. É ALÍDER INTERIORES, QUE FABRICA OS MAIS BONITOS E MODERNOS MÓVEIS DA INDUSTRIA MOVELEIRA. A LÍDER …